segunda-feira, 8 de outubro de 2012

PRECISAMOS DE 
REAVIVAMENTO 
QUE RESTAURE 
A IGREJA


INTRODUÇÃO: Texto Bíblico principal: 
Salmo 85:1-13 



1. A razão pela qual, muitas vezes, a igreja deixa de desfrutar os benefícios das bênçãos de Deus como paz, alegria, esperança, segurança e certeza quanto ao futuro é porque se acomodou em sua vida de indiferença e na falta de compromisso sério com Deus, o qual se ira e se indigna por causa do pecado. 

2. A razão pela qual a igreja passa por situações indesejadas é devido a um generalizado desinteresse pelo genuíno estudo da palavra de Deus, o desenvolvimento de uma religião ritualística ou de entretenimento, e, a caminhada nos perigosos pântanos do pecado. 

3. A razão pela qual Deus permite a aflição na vida dos membros de Sua igreja é para que eles se arrependam e peçam misericórdia, depois de sofrer por seus pecados; e, mantenham sua comunhão restaurada por Deus. Precisamos de reavivamentos que restauram a igreja! 

 I. O PRESENTE ÁRIDO E INFRUTÍFERO NÃO DEVE ANULAR A LEMBRANÇA DOS REAVIVAMENTOS DO PASSADO – Salmo 85:1-3 

1. No passado o avivamento acarretara benefício materiais ao povo de Deus: Deus abençoou a terra fazendo o povo regressar do cativeiro. 

2. No passado o avivamento trouxera benefícios morais ao povo de Deus: Deus havia perdoado a iniquidade e todos os pecados do Seu povo. 

3. No passado o avivamento resultara em benefícios espirituais: Através do perdão o povo de Deus havia experimentado a restauração da comunhão no relacionamento com Deus. 

Aplicação teológica: 

A igreja de Deus pode esperar terríveis aflições quando se afasta de Deus, porém, quando se arrepende e se volta para Ele com humildade e sinceridade, Deus regozija-se com ela novamente. 

 II. O PRESENTE CARACTERIZADO PELA INDIFERENÇA NÃO DEVE LEVAR O POVO DE DEUS À INDIFERENÇA NA BUSCA DO REAVIVAMENTO – Salmo 85:5-7 

1. O povo de Deus precisa reconhecer que causou a ira de Deus ao pecar contra Ele: Quando o povo de Deus se afasta de Deus precisa clamar por salvação novamente, pois o pecado causa ira e indignação ao coração de Deus. 

2. O povo de Deus deve reconhecer que Deus tem o direito de irar-se contra a apostasia: Indiferença e rebeldia em relação à Bíblia conduz a apostasia, afastamento de Deus. As perguntas dos versos 5 e 6 são retóricas, visto que Deus se prontificou a retribuir à confissão de pecados desviando Sua ira e renovando Suas bênçãos (Levíticos 26:40-45). O revivamento trará fome pelas promessas de Deus em Sua Palavra. 

3. O povo de Deus deve reconhecer a necessidade da comunhão com Deus através da oração: Quando o povo reconhece sua injustiça não ora pela manifestação da justiça de Deus, mas suplica pela manifestação do amor, da graça, do perdão e da salvação de Deus. 

Aplicação teológica: 

A igreja de Deus deve se dirigir a Deus com um pedido claro (verso 4) que condiz com sua mais pura intensão tendo a certeza de ser atendida pela bondade e misericórdia divina (verso 7). E, se cada membro permitir que Deus o cure de suas apostasias, Ele prontamente lhes mostrará Sua graça e amor. 

 III. O PRESENTE ATUAL DA IGREJA DE DEUS NÃO DEVE IMPEDIR NINGUÉM DE ESPERAR POR REAVIVAMENTO NO FUTURO – Salmo 85:8-13 

1. A esperança é uma característica dos fieis que aguardam o reavivamento espiritual: O final do salmo é um chamado à vigilância. De maneira profética o salmista faz uma pausa para ouvir as palavras de Deus em resposta à súplica na oração. 

2. A certeza é uma característica dos humildes que buscam o reavivamento espiritual: O salmista expressa certeza de que Deus atenderá generosamente ao pedido de salvação e restauração do povo. Sabemos que a salvação é certa para aqueles que a buscam porque em Cristo o amor e a verdade se encontraram, a retidão e a paz se beijaram. 

3. A paz e a justiça caracterizam aqueles que foram agraciados com o reavivamento: Ao abandonar a loucura e insensatez da vida pecaminosa que conduz à morte, o arrependido é coberto com a graça e a justiça de Cristo, que conduz à restauração física, moral e espiritual visível na retidão de cada um de seus passos. 

Aplicação teológica: 

Pela Sua graça, Deus oferece perdão, restauração e salvação ao pecador e implanta a esperança, a certeza e a justiça no coração que resultará em paz, alegria, entusiasmo, justiça, retidão – ou seja, resultará em reavivamento e reforma! 

 CONCLUSÃO: 

1. No reavivamento espiritual, Deus revigora a saúde espiritual dos cristãos e nova vida àqueles que morreram em seus delitos e pecados. 

2. No reavivamento há um reconhecimento da desobediência e um despertamento da preguiça espiritual. 

3. No reavivamento espiritual a igreja é conduzida pelo Espírito Santo a afastar-se do pecado, o desejo de santificar a vida e um anseio pela manifestação de Deus. 

 APELO: 

1. Se você é cristão, reconheça que você é membro da igreja de Deus e não mais pertence ao mundo. 

2. Se você já aceitou Jesus, deixe Deus colocar tua vida em harmonia com Sua santa vontade a fim de que experimentes um reavivamento espiritual. 

3. Se você ainda não é cristão, aceite a Jesus e abandone a insensata confiança e si mesmo e experimente uma vida totalmente nova. 



AUTOR E FONTE: Pr. Heber Toth Armí / http://portal-biblico.blogspot.com.br/search/label/SERM%C3%83O%20EXPOSITIVO




###########
############
#############
##############
###############
################
#################
#################
#################
#################


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.