sábado, 30 de junho de 2012

ANJOS SÃO CRIATURAS 
PODEROSAS DE DEUS 


INTRODUÇÃO: 


Texto bíblico principal: Hebreus 1:3-14 


1. Quem são os anjos? 
- Eles são criaturas que, embora reais, são, geralmente, invisíveis aos olhos humanos. Eles eram de grande estima para os judeus. 


2. Quem fez os anjos? A Bíblia declara que os anjos são criaturas de Deus de antes da criação do mundo (Salmo 148:2 e 5; Jó 38:4-7). 


3. O que faz os anjos? Os anjos exercem funções específicas na administração do Universo e sua missão é esplendorosa e de destaque (Hebreus 1:7). 


 I. OS ANJOS SÃO SERES ESPIRITUAIS, PORÉM REAIS, CRIADOS POR DEUS – Hebreus 1:10, 14 


1. Os anjos são criaturas de Deus: Os anjos adoram ao Criador, porque eles existem graças a Deus que os criou; assim os anjos não tem vida própria. 


2. Os anjos são criaturas espirituais: Eles são espíritos, porém inferiores a Deus e superiores aos seres humanos. Embora espirituais e invisíveis, os anjos são reais; eles existem! 


3. Os anjos são criaturas poderosas: Na Sua onipotência Deus concedeu poderes aos Seus espíritos ministradores, que são os anjos (verso 7). Eles possuem poder! 

II. OS ANJOS SÃO SÁBIOS ADMINISTRADORES PODEROSOS DE DEUS – Hebreus 1:4-14 


1. Os anjos são administradores de Deus, a serviço de Cristo: Eles são dotados de poder sobrenatural, mas submissos a Cristo. É Jesus Cristo quem envia e determina o serviço e atividade dos anjos. 


2. Os anjos são espíritos adoradores de Cristo: Embora dotados de poder e autoridade (Hebreus 1:7) os anjos não buscam adoração, eles são adoradores que prestam serviço Àquele que está assentado no trono ao lado do Pai (Hebreus 1:3, 13). Os anjos reconhecem a divindade do Filho de Deus. 


3. Os anjos são espíritos servidores de Cristo: Jesus não só realizou uma obra perfeita na Criação e Redenção (verso 3) e deixou os cristãos à própria sorte; além disso, Ele envia continuamente Seus anjos para este mundo em benefício de Sua igreja. 

III. OS ANJOS SÃO ENVIADOS A TERRA EM FAVOR DOS CRISTÃOS – Hebreus 1:13-14 


1. Os anjos cuidam dos que irão herdar a salvação: A hoste maligna (inimigos de Cristo) está presente na vida do cristão, mas Cristo envia Seus anjos para conduzir a vida daqueles que se salvarão. 


2. Os anjos servem a Cristo ao servir aos cristãos: Os anjos são servos de Cristo e ao mesmo tempo servem a igreja militante de Cristo no mundo. Os cristãos não são os senhores dos anjos, pelo serviço que eles prestam; pelo contrário, eles prestam serviço aos cristãos a pedido do Senhor Jesus Cristo. 


3. Os anjos prestam serviço a Cristo servindo a Sua igreja: Embora os anjos sejam poderosos espíritos ministradores enviados para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação, o cristão jamais deve suplicar salvação e auxílio a um anjo, mas a Cristo que envia Seus anjos. 

CONCLUSÃO: 


1. A Bíblia apresenta uma realidade invisível no mundo: As pessoas estão rodeadas e são sustentadas pelos poderosos anjos de Deus. Eles servem aos que herdarão a salvação, não porque estão a serviço deles, mas porque estão a serviço de Cristo. 


2. A Bíblia apresenta o governo de Cristo no mundo: Cristo governa o mundo com possibilidades inesgotáveis, pois tem a Seu serviço, anjos poderosos que percorrem a Terra toda. Embora os anjos exerçam um serviço sublime, não devem ser adorados. 


3. A Bíblia apresenta a Cristo – não anjos –, como foco do cristão: A Bíblia, em Hebreus 1 deixa evidente que o cristão deve focar sempre em Cristo, o Senhor da igreja; Jesus é quem dá ordens aos Seus anjos para auxiliar – em meio a tribulações, aflições e perseguições – quem herdará a salvação. 

APELO: 


1. Compreenda que os anjos são servidores do Senhor Jesus Cristo. 


2. Entenda que os anjos servem você porque estão a serviço de Cristo. 


3. Aceite que deves buscar forças em Cristo, que envia Seu anjo para te socorrer. 


AUTOR E FONTE: Pr. Heber Toth Armí / http://portal-biblico.blogspot.com.br/search/label/SERM%C3%83O%20EXPOSITIVO


=======
========
=========
==========
===========
============

Nenhum comentário:

Postar um comentário