segunda-feira, 16 de maio de 2011



4 requisitos para
o chamado

Texto Base: Is 6.1-8




1º - Requisito: Reconhecer o caráter de Deus.

1.1 - "Eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono". Isto denota Sua soberania. Todo controle a Ele pertence.

Ele é e sempre será o Rei Soberano e Eterno, o Todo-Poderoso.

1.2 - Ele é digno de reverência. "Serafins estavam por cima dEle, cada um tinha seis asas: com duas cobriam o rosto, com duas cobriam os pés e com duas voavam" (v.2)

1.3 - Os serafins clamavam um ao outro, reconhecendo Seu caráter santo. nEle não há erro!

2º - Requisito: Reconhecer seu estado de pecador.




"Ai de mim, que vou perecendo! Porque sou homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios."

2.1 - Precisamos reconhecer que somos pecadores e portanto precisamos de Deus.

- O clamor de Isaías não se assemelha à mera humildade superficial, mas ele profundamente percebe que é um homem de lábios impuros.

2.2 - Somos dependentes de Deus e não podemos negar isso.

3º - Requisito: Ser purificado.
- Na concepção judaica, altar era o lugar de expiação pelo pecado. Sabemos que o fogo purifica.

- Sem purificação não há como trabalhar em prol do Reino.

- Os serafins não estão ali por acaso, trata-se de uma ordem distinta de seres angelicais, cujo nome significa "Seres Ardentes" e que tem por missão aqui em especial, pronunciar constantemente lembretes de que o Senhor é Santo.

4º - Requisito: Se colocar a disposição para o serviço real.

- Somente deppois de todos os requisitos preenchidos Deus faz a pergunta: "A quem enviarei?"

- Depois de perdoado e purificado só há uma resposta que Deus espera de nós: Envia-me Senhor!

Conclusão

- Se o Senhor nos chamou, e para isso tem nos perdoado os pecados e nos purificado, resta agora de nossa parte cumprir o quarto requisito para o chamado: Aceitarmos e estar a disposição do Mestre.



AUTOR: Pr. Junior Serapião










#############



###############



################



#################



###################






Nenhum comentário:

Postar um comentário