quinta-feira, 20 de maio de 2010

BLOG DE MISSÕES


http://missoesnasnacoes.blogspot.com/

ATENÇÃO!!!


CONHEÇA O MEU

BLOGSPOT DE MISSÕES.
LÁ VC VAI

ENCONTRAR TUDO

SOBRE MISSÕES:

Testemunhos - Fotos - Artigos - Esboços - Vídeos - Sugestões e muito mais.

É só copiar.

http://missoesnasnacoes.blogspot.com/

Um abraço Missionário

O DILEMA
FINANCEIRO

Introdução:
- Há uma tremenda necessidade na igreja hoje em dia de educar e acompanhar pessoas na gerência de seus recursos, de forma que honre a Deus. Vivemos numa cultura materialista e consumista. (Vídeo – Dilema Financeiro – Willow Creek).

- Milhares de casamentos estão enfraquecidos por conflitos relacionados com dinheiro. Há um estresse opressor causado pelas dívidas. Precisamos de cura para auto-estima ferida e a confiança abalada, resultado de decisões financeiras erradas.

- Outra razão vital para tratarmos deste tema, é que Deus quer usar estas mensagens para remover grandes pedras de tropeço que impedem o nosso crescimento espiritual.

- Há uma relação direta entre o relacionamento que temos com as coisas materiais e o nosso relacionamento com Deus.
- Jesus declarou que nós não podemos servir a Deus e ao dinheiro ao mesmo tempo (Mt. 6.21). O dinheiro pode tornar-se um deus rival em nossas vidas, se nós não soubermos lidar com ele.

“Pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram com muitos sofrimentos” - 1 Tm. 6.10

Lembra-se da música:

“Dinheiro na mão é vendaval, é vendaval, na vida de um sonhador. Quanta gente aí se engana e cai da cama com toda ilusão que sonhou”. O dinheiro é algo poderoso e tem feito muita gente “cair da cama” e “cair do cavalo”.
- Você deseja ter uma vida financeira em ordem e experimentar o que significa ter liberdade financeira? Eu creio que você é capaz!

“Tudo posso naquele que me fortalece” - Fp. 4.13

- Este processo é uma caminhada e cada um de nós está em um lugar diferente. Alguns estão começando, outros estão bem a frente ou chegando lá.
Veja uma das quatro situações financeiras em que nos encontramos:• Em crise
• À beira de um desastre financeiro
• Equilibrado
• Honrando a Deus
Em crise

- Alguns de nós temos vivido sérios problemas financeiros. Estamos em crise. Você já viveu, vive, ou talvez viverá uma grave crise financeira. Estar aqui pode significar que você tem coragem para encarar seus problemas financeiros. E vamos fazer o melhor para que seja um lugar seguro onde você encontrará soluções. Existe esperança para todos nós que vivemos em crise financeira.
À beira de um desastre financeiro
Alguns de nós não estamos em crise, mas também não estamos muito bem.
Vivemos estourando os nossos limites financeiros. Estamos cansados de ter dívidas altas e economias tão baixas.Equilibrado
São aqueles que estão em boa forma...financeira. Talvez seja o seu caso. Um consumidor sem dívidas, economiza regularmente e investe com sabedoria. Do ponto de vista financeiro, você tem sido um bom gerente do seu dinheiro, mas pode mesmo assim não estar honrando a Deus com seus recursos financeiros. Estas mensagens também vão ajudá-lo, eu espero.

Honrando a Deus

Se você se encaixa neste quarto grupo, você já deve estar aplicando os princípios bíblicos e controlando suas finanças de uma maneira que honra a Deus. Minha esperança é que estas mensagens confirme suas ações e aprofunde seu entendimento sobre o propósito de Deus em sua vida.
Qual destes quatro pontos descreve melhor sua atual situação? Em crise, À beira de um desastre financeiro, Equilibrado, Honrando a Deus.
ALGUNS MITOS CULTURAIS QUE TENTAM NOS LEVAR PARA UM PENSAMENTO CONSUMISTA
(os três mitos mais poderosos):
• Coisas trazem felicidade

Isto é um mito. Países como EUA, Suécia, Alemanha, e outros possuem muitas coisas, e as pessoas ali não são plenamente felizes. Divórcio, depressão, prisão, suicídio e muito mais nos confirmam isto. Um pouco de conforto é bom. Um pouco de dinheiro ajuda. Mas, muita coisa, muitas propriedades e muito dinheiro pode até prejudicar. Felicidade começa com fé! (Pr. Davi Gomes)

Quem ama o dinheiro jamais terá o suficiente....jamais ficará satisfeito.....Quando aumentam os bens, também aumentam os que os consomem” (Ecl 5:10-11)


• Dívidas são previsíveis e inevitáveis

Este mito surge do pensamento que não existem conseqüências negativas com dívidas. O oposto disto é verdade. O efeito esmagador das dívidas está contra nós. Produz grandes conflitos em casamentos e relacionamentos. Traz muita ansiedade e preocupação. Retira flexibilidade futura e liberdade. Nos faz hipotecar o futuro para pagarmos, bem depois, itens que já foram usados, consumidos ou gastos.
Nenhum de nós consegue comprar tudo à vista (embora seja o ideal). Mas é preciso controlar as prestações e ver a capacidade de pagamento.• Um pouco mais de dinheiro solucionará todos os meus problemas
Pesquisadores perguntaram: “Quanto dinheiro a mais você precisaria para viver bem e diminuir a pressão?” A resposta foi sempre por volta de 10% a mais. Mas a verdade é os problemas financeiros, na maioria dos casos, não se resolve com um pouco mais de dinheiro.
Nós precisamos aprender a gerenciar e viver com o valor que possuímos. Porque um pouco mais de dinheiro é um pouco mais para gerenciarmos.Estes mitos culturais têm nos conduzido para algumas coisas:1. PRISÃO
“O que toma emprestado é servo do que empresta” Pv. 22.7

O que empresta possui uma parte de nós.
2. VAZIO
Não importa o que a cultura diz, existe um momento que descobrimos a verdade bíblica:

“A vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui” Lc. 12.15

3. PESSIMISMO E DESESPERO

Milhares de anos atrás, Salomão, o homem mais rico da história, depois de refletir no fato de que em sua vida ele pôde possuir tudo o que quis e experimentar tudo do melhor, ele disse:

“Percebi que tudo foi inútil, foi correr atrás do vento; não há nenhum proveito no que se faz debaixo do sol” Ecl. 2.11b

Você acha que tendo mais, estará mais seguro?

“As riquezas desaparecem assim que você as completa; elas criam asas e voam como águias para o céu.” (Pv 23:5)

Conclusão:

Muitos conhecem a oração de Jabez, mas a oração de Agur é bem menos conhecida e não menos importante:

“Duas coisas peço que me dês antes que eu morra: Mantém longe de mim a falsidade e a mentira; não me dês nem pobreza nem riqueza; dá-me apenas o alimento necessário. Se não, tendo demais, eu te negaria e te deixaria, e diria: Quem é o Senhor? Se eu ficasse pobre, poderia vir a roubar, desonrando assim o nome do meu Deus.” (Provérbios 30:7-9)

Sua carteira de investimentos está equilibrada?

Sobrevivemos através daquilo que ganhamos. Deixamos nossa marca na vida através daquilo que damos. “Coisa mais bem-aventurada é dar do que receber”.

AUTOR: Pr. Luiz Sanches


+++++++++++
+++++++++++
+++++++++++++
+++++++++++++

A ÁRVORE
DA VIDA

Texto base: Apocalipse 22.1-5,14




- O livro de Apocalipse foi escrito uns 30 anos depois que os demais evangelhos foram escritos e uma perigosa heresia crescia entre os cristãos.

- Era o Gnosticismo, (significa "a crença na Salvação pelo Conhecimento"), ensino que desvirtuava a verdade central do evangelho - a doutrina referente à pessoa de Cristo, e assim removia o fundamento da esperança de vida.

- Os escritos de João visam reafirmar as verdades concernentes a Cristo –(divindade, humanidade, vida perfeita, sacrifício expiatório, ressurreição, e sua promessa de voltar ao mundo). Tudo isto foi feito a fim de que tivéssemos base para ter esperança.

- João declarou: "Estes sinais. . . foram registrados para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome." João 20:31.

- A ênfase é que Cristo veio para dar vida a quem estava condenado a perdê-la.

- Por que esta ênfase do apóstolo ao ensino de que Cristo veio para dar vida? E que Ele é a nossa esperança de vida! Porque pelo pecado o homem perdeu o direito à vida. Pois "o salário do pecado é a morte." Romanos 6:23.

1 – Aconteceu algo errado no jardim.

a) Ao criar o homem foi o propósito de Deus conferir-lhe vida imortal. Mas o Senhor não dotou o homem com imortalidade logo ao criá-lo. Se o homem fosse imortal, não seria ameaçado com a morte. Imortal quer dizer não sujeito à morte..

b) Adão, e sua mulher Eva, deveriam ser primeiro provados. Eles eram seres livres e deveriam demonstrar se seriam obedientes ou não, aos princípios divinos. O ponto da prova é mencionado em Gênesis 2:15-17:

c) O fruto da árvore da ciência do bem e do mal evidentemente não produzia mal algum, de si mesmo. O que acarretava o mal era a desobediência ao mandato divino.

d) Nossos primeiros pais falharam na prova. Desobedeceram a Deus. Depois de pecarem, Deus não lhes permitiu comer da árvore da vida. Essa árvore tinha a virtude de perpetuar a vida.

e) A seiva da árvore do conhecimento do bem e do mal é o egoísmo que gera os frutos mortais da arbitrariedade e do capricho. Os que comem o fruto desta árvore descobrem que estão nus, pois entraram no caminho do malogro e do fracasso.

f) Transmitiram a seus descendentes a natureza pecaminosa, nos legaram também a sentença de morte. Romanos 5:12

g) Como pecadores, não temos esperança de vida além dos setenta e poucos anos a mais que aqui vivemos. Salmo 103: 15 e 16.

2 – Mas o propósito de Deus para o homem não mudou.

a) Como Deus é Amor infinito, através do mistério da Encarnação, orientou de novo o Homem e a salvação ficou ao nosso alcance.

b) Cristo é o rebento do tronco de Jessé e o renovo que brota das raízes deste tronco – Isaias 11.1-2

c) Em Jesus ressuscitado, portanto, passamos a fazer parte da Árvore da Vida, tornando-nos ramos ligados à cepa da Videira, Cristo, e às suas raízes que é a comunhão com Deus. Jesus abriu as portas do Paraíso à humanidade;

d) Jesus Cristo é o Novo Adão, a cabeça da Humanidade reconciliada com Deus - 2 Co 5.17-19

e) É a Árvore da Vida que nos dá o fruto da Vida Eterna - Jo 6.54-57

f) A carne e o sangue de Cristo são a seiva da Árvore da Vida Eterna, isto é, o Espírito Santo. - Jo 6.62-63

g) Com Jesus, a Humanidade entra no Paraíso e é amorosamente assumida na família de Deus;
3 – Alimente-se do que o Senhor tem para a sua vida hoje

a) Apocalipse 2.7 Jesus diz: ... ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus;

b) Nas cartas as sete Igrejas, há uma sentença: ao vencedor... ao vencedor...porque em Cristo nós somos mais que vencedores!

c) Aqui no texto há a promessa de comer da árvore da vida. De comer o que faz bem. De comer o que é eterno. De comer vida!

d) No Reino de Deus, os eleitos serão todos alimentados pelo do fruto da Árvore da Vida: “Felizes os que lavam as suas vestes, para terem direito à Árvore da Vida e poderem entrar nas portas da cidade”- Ap 22.14.

e) Somos o que comemos! Comemos o que plantamos!

f) O Que são frutos das nossas atitudes! Isaías 3.10 “Dizei aos justos que bem lhes irá; porque comerão do fruto das suas ações”.
Conclusão:

- Do que você tem se alimentado? Está te fazendo bem?

- Como disse Davi no Salmo 23, o Senhor prepara um banquete! Não é para comer migalhas que caem desta mesa, e sim se assentar e desfrutar do melhor que Ele preparou para você!



::::::::::::::::::
::::::::::::::::::
::::::::::::::::::
:::::::::::::::::::