quarta-feira, 19 de maio de 2010


O ESTIMULO
DE UM
MENDIGO CEGO

Texto: Marcos 10.46 - 52
46 Depois foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto do caminho, mendigando.
47 E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim.
48 E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! tem misericórdia de mim.
49 E Jesus, parando, disse que o chamassem; e chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama.
50 E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus.
51 E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista.
52 E Jesus lhe disseram: Vai, a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho.

INTRODUÇÃO

- Este homem é um retrato de como deveria torna-se alegre cada um daqueles que buscam a Cristo.

- No isolamento de suas trevas e de sua profunda pobreza, ele pensou que Jesus era filho de Davi, e disso ficou persuadido.
Embora não enxergasse, fez bom uso de seus ouvidos.

PROPOSIÇÃO
Se não temos todos os dons, usemos aquele que possuímos.

INTERROGATIVA
Qual o estimulo de um mendigo cego?

TRANSIÇÃO

- Vamos falar de cura, salvação e transformação.
Ávida desse mendigo cego é uma similis da nossa vida. Porque éramos pobre e cego – Mas, eu quero tirar quatro lições desse texto para nossas vidas.

1. EM QUE CONDIÇÕES DEVEMOS BUSCAR AO SENHOR.

- Muitos buscam o Senhor só em condições de estimulo.
- Ele buscou ao Senhor em condições de desestimulo.

1.1. Ninguém estimulou a sua busca.
1.2. Muitos se opuseram a seus esforços. (vs.48)
1.3. Por algum tempo o próprio Jesus não lhe deu atenção.
1.4. Não passava de um mendigo cego, e só isso era bastante para que muitos pleiteadores se sentissem obstados.

2. DE QUEM DEVEMOS ESPERAR RECEBER ESTIMULO.

- As vezes ficamos frustrados, pois não sermos estimulados por pessoas perto de nós
- Esse estimula veio do Senhor, que mandou chamá-lo.
- Há diversos tipos de chamados, que chegam aos homens a pedido do Senhor Jesus.
- Porque Deus tem um propósito de curar e salvar.

2.1. O chamado Universal.

- Jesus é levantado para todo aquele que olhar para Ele possa viver (João 3.14,15).
14 E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado;
15 Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

- O evangelho é pregado a toda a criatura.
- Para todo aquele que estiver sem estimulo algum olhe para Cristo e venha receber o verdadeiro a força para recomeçar.

3. NÃO DEVEMOS NOS CONTENTAR SOMENTE EM RECEBER ENCORAJAMENTO.

- Ainda foi buscar Jesus.
- Recusar-se ir a Jesus e ser curado teria sido, na verdade, uma tolice.

3.1. Ele levantou-se. Esperançosamente, resolutamente, abandonou sua postura de mendigo.
- Para recebermos a salvação, devemos estar alertas, e ter seriedade de propósitos.

3.2. Laçou de si a capa e todo impedimento.
- Nossa justiça, nosso confortável pecado, nosso hábito – qualquer coisa, tudo nós devemos deixar por de Cristo.

3.3. Foi a Jesus.
- Na escuridão de sua cegueira, seguiu a voz do Salvador.

3.4. Expôs seu problema.
- “Mestre, que eu torne a ver”.

3.5. Recebeu a Salvação.
- Jesus disse: “A tua fé te salvou” – Obteve visão perfeita; e em todos os sentidos ficou em perfeita saúde.

4. QUAL POSTURA QUANDO ACHAMOS A JESUS.
- Quando achamos devemos segui-lo.

4.1. Usou sua vista para ver a seu Senhor.
4.2. Tornou-se Seu discípulo confesso. (vs. 52)
4.3. Foi com Jesus, em seu caminho para a cruz e para a coroa.
4.4. Permaneceu um bem conhecido discípulo, sendo mencionado o nome de seu pai.

CONCLUSÃO

Neste mundo o êxito vem somente àqueles que mostram determinação.
Podemos esperar salvação, se nossa mente não está verdadeiramente preparada?
A Graça torna um homem tão decidido a ser salvo como este mendigo estava decidido a chegar-se a Jesus e receber a vista.


Fonte: http://www.batistarestituicao.com.br/ministracoes/O-ESTIMULO-DE-UM-MENDIGO-CEGO.doc


::::::::::::::::::::
::::::::::::::::::::

Uma igreja de

olhos secos em

um mundo inclinado

para o inferno


Texto: Lucas 19:37-45

Introdução:
1. A vida cristã é para ser transbordante de alegria em abundância.
A. Um cristão tem alegria inefável - 1 Pedro 1:8.
a. Por trás das lágrimas, debaixo de nossas lutas, permanece a alegria.
2. Mas, a vida cristã é também uma vida de prantos e luto.
A. Somos informados de que há "tempo para rir e tempo para chorar" - Eclesiastes 3:4.
3. Três vezes a Bíblia diz que Jesus chorou:
a. No túmulo de Lázaro - João 11:35.

b. No Getsêmani, antes de sua traição - Hebreus 5:7.

c. sobre Jerusalém - Lucas 19:41.

4. O que foi que partiu o coração de Jesus quando ele olhou para a cidade?

A. O que foi que o levou a tanta compaixão que ele chorou?
a. Ele chorou sobre o pecado.

b. Três verdades levaram Jesus chorar sobre a cidade de Jerusalém.

5. Vamos olhar para cada verdade e perguntar a nós mesmos, “não me incomoda essa verdade?”
B. Se eu sou um verdadeiro seguidor de Cristo, então o que partiu o coração de Jesus deveria partir o meu.
C. Ao examinar essas verdades, é preciso considerar, se realmente temos uma semelhança com Jesus?
a. Precisamos perguntar: "Não nos sentimos como Jesus se sentia?"
1. Religião sem realidade
A. Jesus chorou por causa da religião superficial de seu povo.
1. No dia desse evento as pessoas estavam alegres e estendendo ramos de palmas diante dEle.

2. Eles estavam dizendo - versículo 38.

a. Era um dia de alegria e esplendor.

b. Mas, no meio de tudo isso, Jesus chorou.
B. Jesus viu a superficialidade da sua religião.

1. Ele viu uma multidão que tinha uma religião que estava vazia da realidade.

a. Eles tinham celebração, pompa e ritual, mas não a Deus.

b. Eles tinham forma, mas não a força.

2. Ele sabia que a multidão que gritava "Bendito o Rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória nas alturas!" Dentro de poucos dias estariam chorando "Crucificai-o! Crucificai-o!"

C. Os fariseus e saduceus do tempo de Jesus, os povo mais religiosos de sua época, nunca tinha realmente conhecido a ele - Mateus 7:21, 22.
1. Eles tinham a pregação, oração, poder e performance.

a. Mas eles não tinham Jesus - Mateus 7:23.
D. Quando Jesus olhou para a sua religião, que era sem realidade e força partiu seu coração.
1. E nós?
2. Oportunidade sem observância

A. Jesus chorou sobre a oportunidade passando diante do Seu povo - Lucas 19:41, 42.
1. Que oportunidade essas pessoas tinham!

a. O Senhor Jesus Cristo, o Rei da glória, estava chegando, e eles não estavam prontos para recebê-Lo.
B. Especialmente neste dia em que deveriam ter conhecido - Lucas 19:42.
1. A oportunidade mais gloriosa de todos os tempos estava passando por eles.

a. Se Jesus olhar para as nossas cidades e as oportunidades perdidas, que temos deixado passar Ele choraria sobre nós!
C. Jesus sabia que um julgamento em pouco tempo estava para vir sobre o povo.
1. Deus dá a oportunidade, mas quando ela é rejeitada, ele dá julgamento.
a. Jeremias chorou sobre Jerusalém e Judá.
i. Advertiu-os do julgamento e ele não quiseram ouvir.

ii. O exército babilônico veio, cercou a cidade e tirou das pessoas os seus alimentos.

1. O julgamento veio.

D. A oportunidade está passando rapidamente diante de nós.
1. O mundo está cheio de embriaguez, drogas, vícios, adultério, fornicação e perversão de todos os tipos.

2. Nós estamos indo para longe de Deus.

3. Ele nos deu a oportunidade, mas ela está passando.

a. Em seguida, vem o julgamento.
E. Se Jesus olhar para nós hoje, nossas igrejas, e a tendência mundial em seguir o pecado, Ele chora!
1. A oportunidade da juventude está passando - Eclesiastes 12:1.

a. Estima-se que apenas 8% das pessoas que são salvas, são salvas após a idade de 20 anos.

b. Muitas vezes nós, como pais falamos para aqueles que estão tentando ensiná-los o evangelho que nós não queremos que nossos filhos sejam manipulados, ou que a religião seja imposta sobre eles.

i. Quando completam 17, 18 ou 19 e estão vivendo em drogas, ou na prostituição, queremos trazê-los para o pastor e dizer: "Você não pode fazer algo por ele?"

c. Quando fazemos essas coisas sufocamos a Palavra ao ponto de ela não cortar mais, penetrar, ou afetar nossas vidas - Hebreus 4:12.
2. A oportunidade de vida está passando - Salmos 89:48.

a. Nós pensamos que somos jovens, e a morte está longe, distante.i. Faça um passeio em um cemitério e leia as lápides.

1. Você pode ser surpreendido com o número de jovens que estão lá.

ii. Leia os jornais e veja o número de pessoas que morreram na plenitude da vida.

2. Mais pessoas morrem com suas roupas de rua do que com os seus pijamas.

3. Calamidade sem preocupação

A. Neste texto, vemos o julgamento latente - Lucas 19:43, 44.
1. O julgamento estava chegando, mas eles não sabiam disso.

a. Eles estavam vivendo em uma época de paz e tranquilidade.

b. Mas Jesus olhou através do túnel do tempo e viu o julgamento que eles não podiam ver.

B. Eu me pergunto se Jesus não vê o julgamento do mundo.
1. Lembre-se, após a oportunidade, o juízo.

C. A igreja no século 21 é uma "Uma igreja de olhos secos em um mundo inclinado para o inferno"
1. Você sabe o que há de errado com o mundo e a igreja de hoje? Resposta: Não lágrimas!

D. Eu li a história de um obreiro que escreveu uma carta ao pastor e perguntou: "Nós tentamos de tudo para trazer o avivamento sem resultados. Nós oramos, jejunhamos, pregamos, mas o avivamento não veio. O que devemos fazer? "O pastor escreveu de volta: "Tente lágrimas".

1. "Nós não teremos avivamento até que tenhamos o Sr. Amém e a Sra. Olhos molhados de volta no banco da igreja"

a. Quando foi a última vez que você chorou por uma alma hipotecado ao diabo?
E. Muitos de nós têm filhos e outros entes queridos fora da igreja.
1. Quando foi a última vez que você realmente derramou lágrimas por essa pessoa?

2. Quando foi a última vez que você baixou suas mãos e joelhos e orou pela sua salvação?

a. Se não tens a resposta para qualquer destas perguntas, nós podemos ter a resposta para a sua condição perdida.

b. Algum dia vai ser tarde demais para chorar, talvez já é.

Conclusão:
1. Vamos orar para que as coisas que partiu o coração de Jesus, tambem parta o nosso.

2. Vamos lutar para ter uma religião que é real.

3. Vamos procurar aproveitar as oportunidades que surgem em nosso caminho.

4. Vamos começar a mostrar preocupação real pela calamidade dos perdidos.

AUTOR: Pr. Aldenir Araújo / VISITE O BLOGSPOT: http://opregadorfiel.blogspot.com/2010/05/uma-igreja-de-olhos-secos-em-um-mundo.html


+++++++++++++
+++++++++++++
:::::::::::::::::::
:::::::::::::::::::