quarta-feira, 5 de maio de 2010


Como ser feliz
no casamento


- O bom relacionamento entre marido e mulher é fundamental para o matrimonio feliz e este é indispensável para que haja uma família saudável.

- Numa visão cristã, com base na Bíblia, procuramos analisar alguns fatores importantes para a harmonia conjugal.

- Todo cristão sabe que o casamento é de origem Divina (Gn.1.27; 2:18-24).

- Podemos dizer que o casamento tem como objetivo primordial a união legítima entre um homem e uma mulher para:- A felicidade do homem
- Construir família
- Servir a Deus
- Adorar a Deus

- Com isso Deus visava propiciar ambiente e condições para felicidade do homem, não o deixando em solidão (Gn 2.18).

O QUE É NECESSÁRIO PARA UM CASAMENTO FELIZ

- Aceitar os princípios da palavra de Deus para o matrimônio

- O Cristão deve ter em mente que em tudo na vida deve submeter-se á palavra de Deus, como servo (Mt 20.25-28), temer a Deus e andar nos seus caminhos (Sl.128).

- Submeter-se ao Espírito Santo para obedecer a palavra de Deus
Somente com o poder do Espírito Santo o casal tem condições de obedecer á palavra de Deus com relação ao casamento.
Para tanto, precisa do Fruto do Espírito em seu relacionamento, conforme (Gl 5.22-23).

- O homem espiritual e a mulher espiritual, que são verdadeiros cristãos, demonstram isso na vida diária: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Havendo essas maravilhosas virtudes do Espírito, o casal o casamento e a família serão felizes.

Casamento Feliz

- Com base na palavra de Deus, temos a seguir os requisitos que consideramos mais importante:

* Independência (Gn 2.24)

1) Emocional
2) Domiciliar
3) Financeira

União Espiritual

- Os dois precisam ter as mesmas convicções espirituais (2 Co 6.14);

- Precisam ter o mesmo comportamento espiritual no servir Deus (1 Pe 3.7).

União Psicologica

- Refere-se á união dos temperamentos, dos sentimentos, das emoções (1 Co 1.10);

- Equilíbrio emocional ¨temperados¨ fruto da temperança (Gl 5.22).
União Intelectual

- Resultante da formação de instrução do conhecimento adquiridos. Se possível, dois devem ter o mesmo nível intelectual aproximados.
União Social

- O casal origina-se de famílias diferentes: pais, sogros, parentes;
- constituem família (grupo social)
- Sociedade Casa – Família – Sociedade
- Aspecto legal (1 Co 7.39)

União Fisica /Sexual
1) Sua natureza

- Prevista por Deus (Gn 1.27-28; 2.24)
Não era, nem é e nem será pecado, dentro dos princípios de Deus (Hb 13.4).

2) Sua finalidade

- Procriação (Gn 1.28)
- Ajustamento mútuo entre marido e mulher (1 Co 7.1-7)
- Satisfação (bem estar, prazer) Pv 5.18; Ec 9.9 (ver livro de cantares de Salomão)
- Deus valoriza a união sexual entre marido e mulher (Dt 24.5)

3) Como deve ser, no plano de Deus

- Exclusiva;
- Monogâmica;
- Alegre (Pv 5.18);
- Santa (1 Pe 1.15; 1 Ts 4.4-8);
- Natural (Ct 2.6; 8.3);
- Observar o significado do corpo para Deus como: (1Co 6.19-20)

- Templo de Deus, propriedade do Espírito Santo.
União Amorosa

- O marido deve amar sua esposa, até de modo sacrificial (Ef.5.25);
- A esposa deve amar o seu esposo (Tt 2.4).

Como demonstrar o Amor

- Com afeto, com carinho, com palavras (Ct 4; Pv 31.29);
- Com gestos, abraços carícias (1 Jo 3.18; 1 Pe 3.8);
- Fazendo o possível em favor do outro (Ef 5.25);
- Zelando um ao outro (Ef 5.29);

- O amor é o elo principal do relacionamento entre o marido e a mulher. Se não houver o amor tudo desaba. Este amor deve estar dominado pelo amor Ágape (1 Co 13).
Respeito

- O marido deve respeitar a mulher (1Pe 3.7);
- A mulher deve respeitar o marido (Ef 5.33);
- Um não é maior que o outro (1 Co 11.11; Gl 3: 26-28).
Comunicação

- É necessário disponibilidade de tempo para comunicação entre casal (Ec 3.1-8);

Inimigos da comunicação:

a) Excesso de trabalho no lar, no emprego, na igreja;
b) Desunião (Tg 3.13-18);
c) Desvio de atenções: Televisão, atividades, amigos.

Entender o conceito de liderança cristão no Lar:

1) O marido é a cabeça (o líder) do casal e do Lar (Ef. 5.22-23);
2) A mulher é vice-líder, ao lado do marido (adjutora) (Gn. 2.18; 1 Tm 5.14);
3) A liderança do casal esta sob a liderança de cristo (1 Co 11.1-3);

Deus <>
Podemos entender então, que para ter uma vida familiar e conjugal feliz precisamos cumprir os princípios de Deus de acordo com a sua Palavra. Que Jesus os abençoe grandiosamente!


++++++++++++
++++++++++++
+++++++++++
++++++++++

++++++++



TRABALHO

BÊNÇÃO OU

MALDIÇÃO?



Divisa:

“Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação" (2 Pe 1.20)

DEFINIÇÕES
Trabalho:

- Ato ou efeito de trabalhar;
- Conjunto das atividades humanas, manuais ou intelectuais, que visam a produtividade;
- Esforço humano aplicado à produção de riqueza;
- Cuidado ou esmero em qualquer serviço; ofício; ocupação; obra executada ou a executar;
- Fadiga; cuidado; aflição; preocupação; ação de um maquinismo; maneira como alguém trabalha;

Trabalhador:- Diligente; ativo; laborioso; jornaleiro;
- Empregado, assalariado;
- Aquele que trabalha para outrem.


O dia do trabalhador no Brasil:O Dia do Trabalhador (no Brasil também chamado Dia do Trabalho) é celebrado anualmente no dia 1 de Maio em numerosos países do mundo, sendo feriado nacional em muitos deles.
A ORIGEM DO TRABALHO NA BÍBLIA

O trabalho é um exercício criado por Deus“Tenho visto o trabalho que Deus deu aos filhos dos homens, para com ele os exercitar” (Ec 3.10).

A terra foi criada para ser tratada pelo trabalho humano, saudável e comedido“E toda a planta do campo que ainda não estava na terra, e toda a erva do campo que ainda não brotava; porque ainda o Senhor Deus não tinha feito chover sobre a terra, e não havia homem para lavrar a terra” (Gn 2.5).

O primeiro trabalho humano foi a identificação dos seres animais
“Havendo, pois, o Senhor Deus formado da terra todo o animal do campo, e toda a ave dos céus, os trouxe a Adão, para este ver como lhes chamaria; e tudo o que Adão chamou a toda a alma vivente, isso foi o seu nome” (Gn 2.19).

A origem do árduo e não da maldição trabalho (a terra foi amaldiçoada)“E a Adão disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida. [...]No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás. [...] O Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar a terra de que fora tomado” (Gn 3. 17, 19, 23).

ALGUNS FATOS SOBRE O TRABALHO
Deus trabalhou e descansou
“E havendo Deus acabado no dia sétimo a obra que fizera, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito” (Gn 2.2).

Jesus disse que Deus trabalha “até agora” (referindo aquela hora)“E Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também” (Jo 5.17).

Deus, imutável, continua e continuará trabalhando
“Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.” (Tg 1.17).
O trabalho feito por Deus é uma bênção.
O cristão que imita a Cristo, executa trabalhos que são bênçãos
“SEDE meus imitadores, como também eu de Cristo” (1 Co 11.1).

O diabo realiza trabalhos malditos“Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio* no meio do trigo, e retirou-se” (Mt 13.25).
* Planta gramínea que nasce entre o trigo e o danifica; Coisa de má qualidade que prejudica as que são boas.

Quem serve ao diabo pode executar trabalho para maldição“Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo” (1 Jo 3.8).

TIPOS DE TRABALHO NA BÍBLIA
Trabalho na agricultura“E a festa da sega dos primeiros frutos do teu trabalho, que houveres semeado no campo, e a festa da colheita, à saída do ano, quando tiveres colhido do campo o teu trabalho” (Ex 23.16).

Trabalho de reparação de obra civil“E os que tinham o encargo da obra faziam com que o trabalho de reparação fosse crescendo pelas suas mãos; e restauraram a casa de Deus no seu estado, e a fortaleceram” (2 Cr 24.13).

Trabalho para a subsistência
“Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem” (Sl 128.2).

Trabalho que trás alegria“E tudo quanto desejaram os meus olhos não lhes neguei, nem privei o meu coração de alegria alguma; mas o meu coração se alegrou por todo o meu trabalho, e esta foi a minha porção de todo o meu trabalho” (Pv 2.10).

Trabalho proveitoso“Em todo trabalho há proveito, mas ficar só em palavras leva à pobreza” (Pv 14.23).

Trabalho perdidoPorque os lábios da mulher estranha destilam favos de mel, e o seu paladar é mais suave do que o azeite, mas o seu fim é amargoso como o absinto, agudo como a espada de dois gumes [...]Longe dela seja o teu caminho, e não te chegues à porta da sua casa [...] Para que não farte a estranhos o teu esforço, e todo o fruto do teu trabalho vá parar em casa alheia; (Pv 5.3, 4, 8, 10).

Trabalho sem o pagamentoNão corroborado pela Carta Maior, Lei ou Constituição ou Costume Local não respeitados
“E disse Labão: Não se faz assim no nosso lugar, que a menor se dê antes da primogênita. Cumpre a semana desta; então te daremos também a outra, pelo serviço que ainda outros sete anos comigo servires” (Gn 29.26,27);
Ocorrências: Omissão de informação por parte de Jacó; Desinformação sobre os costumes locais; Excesso de confiança de Jacó. “Ninguém será desobrigado de cumprir uma lei sob pretexto de não conhecê-la”.

Trabalho para deleite de outrem“Será, porém, que, se não deres ouvidos à voz do Senhor teu Deus, para não cuidares em cumprir todos os seus mandamentos e os seus estatutos, que hoje te ordeno, então virão sobre ti todas estas maldições, e te alcançarão [...]O fruto da tua terra e todo o teu trabalho, comerá um povo que nunca conheceste; e tu serás oprimido e quebrantado todos os dias” (Dt 28. 15, 33).
Os resultados do trabalho de alguém em desobediência a Deus pode ser passado para outrem.

Trabalho escravo“Assim que lhes fizeram amargar a vida com dura servidão, em barro e em tijolos, e com todo o trabalho no campo; com todo o seu serviço, em que os obrigavam com dureza” (Ex 1.14).
Os filhos de Israel amargaram dura servidão do Egito.

A MOTIVAÇÃO PARA O TRABALHO
O amor por uma mulher
“Depois disse Labão a Jacó: Porque tu és meu irmão, hás de servir-me de graça? Declara-me qual será o teu salário. [...] E Jacó amava a Raquel, e disse: Sete anos te servirei por Raquel, tua filha menor. [...] Assim serviu Jacó sete anos por Raquel; e estes lhe pareceram como poucos dias, pelo muito que a amava” (Gn 29.15, 18, 20).
O trabalho realizado por amor não traz sofrimento; o tempo passa rapidamente e dá satisfação ao trabalhador.

Trabalho feito com a ajuda de Deus“E Moisés contou a seu sogro todas as coisas que o Senhor tinha feito a Faraó e aos egípcios por amor de Israel, e todo o trabalho que passaram no caminho, e como o Senhor os livrara” (Ex 18.8).
Deus cooperou de forma única no ministério de Moisés, falando com ele várias vezes (Ex 6.10).

O dia do pagamento“E disse Jacó a Labão: Dá-me minha mulher, porque meus dias são cumpridos, para que eu me case com ela” (Gn 29.21).
Como Jacó que tendo trabalhado requereu o pagamento, todos nós trabalhamos em troca de alguma coisa.

Descanso do trabalho
“.Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; não farás nenhum trabalho nele, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu boi, nem o teu jumento, nem animal algum teu, nem o estrangeiro que está dentro de tuas portas; para que o teu servo e a tua serva descansem como tu” (Dt 5.14).
Todo trabalhador tem direito ao descanso pelo trabalho realizado. A questão do sábado foi explicitada por Jesus que o ignorou como o dia “d” para o descanso. “Porque o Filho do homem até do sábado é Senhor” (Mt 12.8).

TRABALHO NA OBRA DE DEUS
Perfil do Obreiro para uma atividade específica
“Da idade de trinta anos para cima até aos cinqüenta anos, será todo aquele que entrar neste serviço, para fazer o trabalho na tenda da congregação. Este será o ministério dos filhos de Coate na tenda da congregação, nas coisas santíssimas” ( Nm 4. 3, 4).
Nem sempre a exigência de um certo perfil é discriminação.

Prosperidade pelo trabalho honesto
“A riqueza de procedência vã diminuirá, mas quem a ajunta com o próprio trabalho a aumentará” (Pv 13.11).
Jesus. O trabalhador por excelência
“E Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também” (Jo 5.17).

O trabalho na casa de Deus é recompensado“Ora, o que planta e o que rega são um; mas cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho” (1 Co 3.8).

14O trabalho firmes, constantes e abundantes na Obra de Deus é válido
“Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor” (1 Co 15.58).

Hora extra no trabalho de Deus
“Porque bem vos lembrais, irmãos, do nosso trabalho e fadiga; pois, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós, vos pregamos o evangelho de Deus” (1 Ts 2.9).

Deus não se esquece de pagar pelo trabalho realizado
“Porque Deus não é injusto para se esquecer da vossa obra, e do trabalho do amor que para com o seu nome mostrastes, enquanto servistes aos santos; e ainda servis” (Hb 6.10).

Deus conheçe a dimensão do nosso trabalho
“Conheço as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; e puseste à prova os que dizem ser apóstolos, e o não são, e tu os achaste mentirosos” (Ap 2.2).

PERIGO DO TRABALHO
Quando um contrato não é cumprido traz frustração ao trabalhador
“E aconteceu que pela manhã, viu que era Lia; pelo que disse a Labão: Por que me fizeste isso? Não te tenho servido por Raquel? Por que então me enganaste?” (Gn 29.25).
O sogro deu-lhe uma outra mulher (a irmã da amada).

Há egoístas solitários quem trabalham por ganância
“Há um que é só, e não tem ninguém, nem tampouco filho nem irmão; e contudo não cessa do seu trabalho, e também seus olhos não se satisfazem com riqueza; nem diz: Para quem trabalho eu, privando a minha alma do bem? Também isto é vaidade e enfadonha ocupação” (Ec 4.8).

O gasto indevido pelo salário do trabalho
“Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura” (Is 55.2).

Advertência de Deus para os maus patrões“Ai daquele que edifica a sua casa com injustiça, e os seus aposentos sem direito, que se serve do serviço do seu próximo sem remunerá-lo, e não lhe dá o salário do seu trabalho” (Jr 22.13).

Deve-se evitar viver dependente de terceiros
“Nem de graça comemos o pão de homem algum, mas com trabalho e fadiga, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós” (2 Ts 3.8).

VERDADES SOBRE O TRABALHO

O bom trabalho pode provocar invejas no companheiro
“Também vi eu que todo o trabalho, e toda a destreza em obras, traz ao homem a inveja do seu próximo. Também isto é vaidade e aflição de espírito” (Ec 4.4).

Não pode realizar ninguém espiritualmente
“Todo o trabalho do homem é para a sua boca, e contudo nunca se satisfaz o seu espírito” (Ec 6.7).

Só vale enquanto se tem vida“Que proveito tem o homem, de todo o seu trabalho, que faz debaixo do sol?” (Ec 1.3).

É temporal“Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.” (Ec 9.10).

AFINAL, O TRABALHO É BÊNÇÃO OU MALDIÇÃO?
O diabo realiza trabalhos malditos“Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio* no meio do trigo, e retirou-se” (Mt 13.25).
* Planta gramínea que nasce entre o trigo e o danifica; Coisa de má qualidade que prejudica as que são boas.

Os trabalhos realizados por quem serve ao diabo pode ser maldição
“Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo” (1 Jo 3.8).

Todo e qualquer trabalho realizado por um cristão fiel.
Qualquer outro que seja feito dentro dos princípios éticos.

EU DEPENDO DA GRAÇA DE DEUS.
Fonte: Ev. Enoque Nogueira



+++++++++++
+++++++++++


++++++++++
+++++++++++
+++++++++++



TIPOS DE MÃES

NA BÍBLIA




INTRODUÇÃO:

1. Estamos hoje homenageando as mães, um tributo necessário àquelas que podem ser consideradas mães de verdade!

- Sabemos que muitas mulheres não são dignas de serem chamadas de mães, pois abortam seus filhos, os assassinam filhos, jogam-nos na lata de lixo.

- Há também mães que impõem sobre seus filhos torturas, castigos extremos, sofrimento, abandono, etc., sem falar naquelas que desonram seus filhos pelo comportamento pecaminoso que exercem, quando descambam para a prostituição, drogas.

2. Porém a grande maioria das mulheres, honram de fato a posição de mães que ocupam.

- Fazem de tudo para que seus filhos possam vir a ser vidas honradas na sociedade em que vivem. Muitas delas dão até mesmo a própria vida pelos seus filhos, fazendo de tudo para que possam crescer e ocupar espaços de destaque no mundo em que vivemos.

- Há exemplos de mães que, até mesmo, passaram privações, fome, para que seus filhos se formassem numa faculdade.
Na Escritura encontramos vários exemplos de mães, os quais queremos trazer nesta noite.

Vejamos:

ALGUNS EXEMPLOS NEGATIVOS E POSITIVOS DE MÃES DENTRO DA PALAVRA DE DEUS:

A - EXEMPLOS NEGATIVOS:

I – AGAR - A MÃE DISPLICENTE

Gn 21.13-18, "13 Mas também do filho da serva farei uma grande nação, por ser ele teu descendente. 14 Levantou-se, pois, Abraão de madrugada, tomou pão e um odre de água, pô-los às costas de Agar, deu-lhe o menino e a despediu. Ela saiu, andando errante pelo deserto de Berseba. 15 Tendo-se acabado a água do odre, colocou ela o menino debaixo de um dos arbustos 16 e, afastando-se, foi sentar-se defronte, à distância de um tiro de arco; porque dizia: Assim, não verei morrer o menino; e, sentando-se em frente dele, levantou a voz e chorou. 17 Deus, porém, ouviu a voz do menino; e o Anjo de Deus chamou do céu a Agar e lhe disse: Que tens, Agar? Não temas, porque Deus ouviu a voz do menino, daí onde está. 18 Ergue-te, levanta o rapaz, segura-o pela mão, porque eu farei dele um grande povo".

1. Agar vem do hebraico "rgh" – Hagar – significado "vôo".

2. Notem que Agar, mesmo sabendo da parte de Deus, que Ismael seria pai de muitas nações, abandonou o seu filho achando que o menino ia morrer. Foi incrédula e displicente! Parece que Agar era de fato era "avoada", conforme nos indica seu nome.

II – REBECA - A MÃE PARCIAL
Gn 25.28, "Isaque amava a Esaú, porque se saboreava de sua caça; Rebeca, porém, amava a Jacó".

1. Nome "Rebeca" – Hebraico "hqbr" – Ribqah – significado "amarrar firme", "corda com laçada para amarrar animais pequenos".

2. Todos nós sabemos da trama familiar montada por Rebeca, motivando e incentivando Jacó a enganar seu irmão Esaú, e que em virtude desta trama recebeu a bênção da primogenitura de seu pai Isaque, em lugar de seu irmão.

- Tal posição de Rebeca motivou uma intriga familiar muito séria – ódio e ameaça de assassinato. De seu nome podemos deduzir que ela apenas "se amarrou" apenas Jacó, quando de fato era mãe também de Esaú.

B - EXEMPLOS POSITIVOS:

I – EVA - A MÃE A DE TODA HUMANIDADE
Gn 3.20, "E deu o homem o nome de Eva a sua mulher, por ser a mãe de todos os seres humanos".

1. A palavra "Eva" – "hwx" – Chavvah – significa "vida", "vivendo".

2. A primeira mulher recebeu este nome por ser a mãe de todos os seres humanos. Como seu próprio nome indica, Eva deu origem ao processo de "vida" dos seres humanos a partir dela, recebendo o privilégio de ser chamada a "mãe de toda a humanidade".

II- SARA - A MÃE SÍMBOLO DE FÉ

Hb 11.11-12, "11 Pela fé, também, a própria Sara recebeu poder para ser mãe, não obstante o avançado de sua idade, pois teve por fiel aquele que lhe havia feito a promessa. 12 Por isso, também de um, aliás já amortecido, saiu uma posteridade tão numerosa como as estrelas do céu e inumerável como a areia que está na praia do mar".

1. Nome "Sara" – Hebraico "hr s" – Sarah – significado "nobre", "magnífica", "princesa".

2. Sara é um exemplo de fé para todas as mães, uma vez que mesmo sendo impossível gerar um filho pela sua idade avançada, creu nas promessas divinas e Deus a tornou fértil. Assim ela gerou Isaque, que seria o continuador da descendência de Abraão. Vemos nela de fato uma "princesa da fé", podendo ser exemplo para todas as mães. Sua fé é inigualável e deve ser copiada por todas as mães.

III – JOQUEBEDE - A MÃE "AMA DE CRIAÇÃO" DE SEU PRÓPRIO FILHO

- Êx 2.1-9, "1 Foi-se um homem da casa de Levi e casou com uma descendente de Levi. 2 E a mulher concebeu e deu à luz um filho; e, vendo que era formoso, escondeu-o por três meses. 3 Não podendo, porém, escondê-lo por mais tempo, tomou um cesto de junco, calafetou-o com betume e piche e, pondo nele o menino, largou-o no carriçal à beira do rio. 4 A irmã do menino ficou de longe, para observar o que lhe haveria de suceder. 5 Desceu a filha de Faraó para se banhar no rio, e as suas donzelas passeavam pela beira do rio; vendo ela o cesto no carriçal, enviou a sua criada e o tomou. 6 Abrindo-o, viu a criança; e eis que o menino chorava. Teve compaixão dele e disse: Este é menino dos hebreus. 7 Então, disse sua irmã à filha de Faraó: Queres que eu vá chamar uma das hebréias que sirva de ama e te crie a criança? 8 Respondeu-lhe a filha de Faraó: Vai. Saiu, pois, a moça e chamou a mãe do menino. 9 Então, lhe disse a filha de Faraó: Leva este menino e cria-mo; pagar-te-ei o teu salário. A mulher tomou o menino e o criou".

1. Nome "Joquebede", Hebraico "dbkwy" – Yowkebed – significado "Javé é a glória".

2. Sabemos que Joquebede foi a ama de seu próprio filho, Moisés. Quando a criança, para escapar da morte, foi colocada sobre o leito do rio e apanhada pela filha de Faraó, Joquebede foi chamada para ser-lhe "ama de criação".

- Isto aconteceu porque Joquebede colocou Miriã, sua filha mais velha, para vigiar a criança que deslizava no leito do rio. Foi Miriã que ofereceu à filha de Faraó, os serviços de sua mãe como "babá", o que foi aceito pela princesa. De fato seu nome indica que Joquebede foi uma promotora da "glória" de Javé.

IV - ANA – A MÃE SUPLICANTE

1 Sm 1.10-18, "10 levantou-se Ana, e, com amargura de alma, orou ao SENHOR, e chorou abundantemente. 11 E fez um voto, dizendo: SENHOR dos Exércitos, se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva te não esqueceres, e lhe deres um filho varão, ao SENHOR o darei por todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha. 12 Demorando-se ela no orar perante o SENHOR, passou Eli a observar-lhe o movimento dos lábios, 13 porquanto Ana só no coração falava; seus lábios se moviam, porém não se lhe ouvia voz nenhuma; por isso, Eli a teve por embriagada 14 e lhe disse: Até quando estarás tu embriagada? Aparta de ti esse vinho! 15 Porém Ana respondeu: Não, senhor meu! Eu sou mulher atribulada de espírito; não bebi nem vinho nem bebida forte; porém venho derramando a minha alma perante o SENHOR. 16 Não tenhas, pois, a tua serva por filha de Belial; porque pelo excesso da minha ansiedade e da minha aflição é que tenho falado até agora. 17 Então, lhe respondeu Eli: Vai-te em paz, e o Deus de Israel te conceda a petição que lhe fizeste.18 E disse ela: Ache a tua serva mercê diante de ti. Assim, a mulher se foi seu caminho e comeu, e o seu semblante já não era triste".

1. Nome "Ana", Hebraico "hnx" – Channah, significado "graça".

2. Ana foi a mãe de um dos maiores sacerdotes-profetas do Velho Testamento.

Porém, sabemos as dificuldades que ela enfrentou devido à sua esterilidade, que a motivou "chorar" na presença de Deus, junto ao templo. Vimos que até mesmo o sacerdote Eli a teve por embriagada. Em seu pedido suplicante, ela ofereceu seu filho para o serviço de Deus, cumprindo seu voto mais adiante.

Note que em sua súplica, Ana achou "graça" diante do Senhor.

V – MARIA - A MÃE AGRACIADA E SOFREDORA

Lc 1.30-33, "30 Mas o anjo lhe disse: Maria, não temas; porque achaste graça diante de Deus. 31 Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem chamarás pelo nome de Jesus. 32 Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; Deus, o Senhor, lhe dará o trono de Davi, seu pai; 33 ele reinará para sempre sobre a casa de Jacó, e o seu reinado não terá fim".

Lc 2.34-35, "34 Simeão os abençoou e disse a Maria, mãe do menino: Eis que este menino está destinado tanto para ruína como para levantamento de muitos em Israel e para ser alvo de contradição 35 (também uma espada traspassará a tua própria alma), para que se manifestem os pensamentos de muitos corações".

1. Nome "Maria" – Grego - "Maria" – Maria; Hebraico – "Myrm" - Miryam - significado "rebelião".

2. Maria hospedou em seu ventre o Filho de Deus, o Deus Encarnado, para depois vê-lo ser sacrificado em prol dos pecados humanos, 1 Co 15.3,

"Antes de tudo, vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras". Certamente Maria, agonizou junto à cruz de seu filho. Talvez, esta mulher de Deus, seja a única das mães citadas, cujo nome não faz juz ao seu significado, uma vez que jamais foi "rebelde". A vida de Maria se resume no seguinte ato de obediência: "Cumpra-se em mim segundo a sua palavra", Lc 1.38.

CONCLUSÃO:


++++++++++++
++++++++++++