sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010


A FIGUEIRA MURCHA

MATEUS 21.17-20



I. Há no mundo casos de profissão promissora, porém infrutífera

a) Pessoas As envolvidas neles superam, em muito, tantas outras

- Elas nos impressionam pela conversa, pelos modos . São loquazes na conversa, profundos na especulação teológica.

b) Tais pessoas parecem desafiar as estações do ano

- A figueira produz os frutos antes das folhas.

- Certas pessoas parecem muito adiantadas em comparação com as pessoas ao seu redor, mas é só fachada, só aparência.

c) Tais pessoas ultrapassam a regra comum do crescimento

- A regra primeiro figo, depois folha.

- Essas pessoas professam, proclamam o fruto, mas não o possuem.

d) Tais pessoas usualmente atraem a atenção dos outros

- Segundo Mc 11.14 Nosso Senhor viu de longe essa árvore. As demais árvores ainda não tinham folha.

- Essa árvore era a única que estava em destaque.

- Essas pessoas não têm nenhuma modéstia, tocam trombetas e anunciam frutos que não possuem.

e) Tais pessoas não somente atraem o olhar, como também freqüentemente atraem o convívio de homens bons

- Jesus e os discípulos foram até a figueira. Ela os atraiu.

- Existem pessoas que fascinam outras pela sua super-espiritualidade de trombeteiam.

- Parecem ser piedosos, fervorosos, mas é só folhas.

II. Essas pessoas serão inspecionadas pelo Rei Jesus

a) Ele procurará fruto

- Ele perscruta profundamente a nossa vida para ver se tem fruto, alguma fé genuína, algum amor verdadeiro, algum fervor na oração.

- Se ele não ver frutos não ficará satisfeito.

b) Jesus tem o direito de esperar fruto quando Ele vem procurá-lo

- Ele tinha direito de encontrar fruto porque o fruto aparece primeiro, depois as folhas.

- Aquela árvore estava fazendo propagando de algo que ela não possuía. Jesus tem encontrado fruto em você?

- Conforme João 15.8 o Pai é glorificado quando produzimos muito fruto e essa é a prova de que somos discípulos de Jesus.

c) Fruto e o que o Senhor deseja ardentemente

- Jesus teve fome.

Ele procurava fruto e não folhas.

Ele não se satisfaz com folhas.

Ele sente necessidade de sermos santos.

d) Quando Jesus se aproxima de uma alma Ele se aproxima com discernimento agudo

- Dele não se zomba. A Ele não podemos enganar.

- Já pensei ser figo aquilo que não passava de folha.

- Mas Jesus não comete engano. Ele não julga segundo a aparência.

III. O Resultado da vinda de Cristo será terrível para quem fez uma profissão fervente, mas sem fruto

a) Onde deveria achar fruto, achou somente folhas

- Se eu professo a fé sem a possuir não se trata de uma mentira?

Se eu professo arrependimento sem tê-lo não é uma mentira?

Se eu participo de ceia, mas estou em pecado e não amo aos meus irmãos não é isso uma mentira?

- A profissão de fé sem a graça divina é a pompa funerária de uma alma morta.

b) Jesus condenou a árvore infrutífera

- Jesus não apenas a amaldiçoou, ela já era uma maldição.

- Ela não servia para o revigoramento de ninguém.

c) Ele pronunciou a sentença contra ela

- A sentença foi fica como está, estéril, sem fruto.

- Continue sem a graça. Jesus dirá no dia final APARTAI-VOS para aqueles que viveram a vida toda apartados.

- Continue o imundo sendo imundo.



FONTE: Rev. Hernandes Dias Lopes.


=================

=================






HÁBITOS

QUE ABENÇOAM




Quebra-gelo: Você possui algum hábito?

Textos: II Reis 20:1-6 e II Crônicas 32:24-26



Introdução:

- A maioria das pessoas possui vários hábitos, alguns saudáveis outros nem tanto; alguns contribuem para uma vida melhor outros tornam a vida mais difícil e sofrida.

- A Bíblia nos estimula a desenvolver hábitos que tornam a nossa vida muito melhor.

- São hábitos que atraem afastam a maldição e atraem sobre nós a bênção de Deus. Se desejarmos ter uma vida abençoada por Deus precisamos desenvolver esses hábitos.

- Os textos que lemos neste estudo nos falam de alguns desses hábitos presentes na vida do rei Ezequias.

- Ezequias recebeu uma notícia ruim. Várias vezes, ao longo de nossa vida, recebemos notícias ruins.

- A maneira como Ezequias lidou com a notícia mudou a história e trouxe a bênção de Deus sobre ele.

Se você quiser ser abençoado:

1) Receba a notícia ruim e ore a Deus.

- É o que Ezequias faz. Ele recebe a notícia de que vai morrer e logo que recebe a notícia vai orar, falar com Deus, ao invés de ficar reclamando da sua sorte.

- Se quiser ser abençoado desenvolva o hábito de orar ao invés de reclamar. Não adianta orar e reclamar, isso mostra a falta de fé e confiança na direção de Deus sobre a nossa vida.

- A oração que faz diferença é a oração da fé. Desenvolva o hábito de orar e confiar em Deus.

2) Aprenda a desabafar com Deus.

- Desabafar com amigos alivia o coração, é muito bom, mas não soluciona o problema muitas vezes.

- Não desabafar quando ficamos aflitos e angustiados é pior ainda. Aprenda a desabafar com quem tem o poder de te ajudar. Aprenda a desabafar com Deus.

- Muitos dizem que fazem isto, mas continuam irritados e angustiados, isso não é desabafar.

- Ezequias desabafou, chorou e deixou diante de Deus toda sua angústia e aflição e Deus rapidamente respondeu.

- Deus sempre responde rapidamente aquele que humilde, sincera e confiantemente desabafa com Ele.

Quer ter resposta? Aprenda a desabafar com Deus.

3) Seja humilde. Aprenda a se humilhar.

- A Bíblia diz que Deus resiste ao soberbo, mas dá graça ao humilde (Tiago 4:6). Depois que recebeu a resposta o coração do rei Ezequias se exaltou, foi exortado, se arrependeu e se humilhou e Deus voltou a abençoá-lo (II Crônicas 32:24-26).

- Aprenda a se humilhar. Ser humilde é um hábito que atrai a bênção de Deus.

- Quando somos humildes não resistimos a direção de Deus em nossas vidas. Aprenda a ser humilde.

Conclusão:

- Você gostaria de ter uma vida abençoada e receber rapidamente as respostas de Deus?

- Desenvolva os hábitos de orar sempre ao Senhor, em toda e qualquer situação, de desabafar com Ele e de se humilhar perante Deus.

- Nunca se afaste de Deus e de sua vontade.

- Desenvolvendo esses hábitos sempre será abençoado(a).

- Quer isso? Levante a mão, vamos orar.







===================

===================

===================

===================

===================