sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010


Curando um
Coração Ferido

Há esperança?



- Há esperança para curar um coração ferido?

- Alguém ou algo acabou de quebrar o seu coração.

- Você foi pego de surpresa pela separação, um comportamento chocante ou pela perda de um ente querido.

- De repente você começa a se sentir como se tivesse perdido todas as esperanças.... você sente até uma dor física no seu peito que o deixa machucado e com uma cicatriz.

- Como você pode esperar jamais se recuperar ou descobrir quais passos vão ajudar acabar com o seu sofrimento?

- Todos nós sabemos que emoções são uma parte muito importante de como Deus nos criou. Mesmo assim, não podemos entender por completo por que demora tanto a recuperação de ferimentos emocionais.

- Nunca removeríamos de forma prematura o gesso ou suturas até que o osso quebrado ou pele fosse completamente restaurado.

- Precisamos entender que cura emocional exige tempo.

- O livro de Salmos oferece grande conforto quando passando por emoções prolongadas como tristeza, medo e dor. “Sara os quebrantados de coração, e lhes ata as suas feridas“ (Salmo 147:3).

- São algumas circunstâncias impossíveis de ser curadas?

- O que achar dessas situações:

- No início, o casamento de Dawn e Leo aparentava ser tão seguro. Então o álcool e as cantadas que Leo dava em sua cunhada, Lori, acabaram resultando em um triste divórcio.
Louise chorava descontroladamente quando sua filha narrou sua moléstia quando criança.

- Depois do segundo aborto instantâneo de Dave e Yvonne, eles acabaram todos os relacionamentos que os lembravam dos dois filhos que perderam.

Curando um Coração Ferido – É importante confiar

- Nossa tendência humana é evitar situações dolorosas, ou até mesmo enterrá-las.

- Podemos voltar a confiar naqueles que nos machucaram tão profundamente?

Há certos passos para curar um coração ferido.

Liberação - “… perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém…“(Marcos 11:25).

- Lori escolheu deixar para trás suas mágoas. Anos depois, seu sobrinho (filho de Dawn e Leo) se casou.

- Lori relembra: “Minha experiência ruim tinha criado uma barreira entre as duas famílias. Milagrosamente, quando perdoei Leo, o casamento reaproximou todo mundo e relacionamentos saudáveis foram criados.

Focalize novamente - “Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera...“ (Efésios 3:20).

- Inicialmente, Louise tinha se culpado por não ter sido mais protetora. Ela tentou esconder seu coração ferido de todo mundo.

- Ela compartilha: “Minha pesperctiva foi nublada por culpa e vergonha. À medida que nossa filha e eu discutíamos o incidente, pudemos ajudar outras vítimas e ver resultados positivos em suas vidas.“

Receba - “[Deus é o ]Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus“ (2 Coríntios 1:4).

- Ano passado, Yvonne deu à luz a um lindo menino.

“ Talvez nunca vamos entender por que tivemos que passar por tantas dificuldades. Gradualmente, o vazio começou a ser preenchido pelas travessuras de seu filho Daniel.“

- Dave e Yvonne vão receber seus diplomas de enfermagem esse ano. “Queremos ajudar outras pessoas que também estão passando por dificuldades.“

Curando um Coração Ferido – Há um motivo

- Uma vez, certo rapaz clamou ter o coração mais bonito e perfeito. Um homem mais velho o desafiou.
- A multidão olhou para o coração do homem velho. Estava batendo fortemente, mas era cheio de cicatrizes. Alguns pedaços tinham sido removidos e outros colocados, mas não se encaixava perfeitamente. O homem velho olhou para o homem novo: “Eu nunca trocaria meu coração pelo seu. Cada cicatriz representa uma pessoa a quem dei o meu amor – eu tiro um pedaço e dou para eles. Algumas vezes eles me dão um pedaço de seu coração ferido, o qual coloquei perto de bordas recortadas. Quando a pessoa não retorna o meu amor, fica um grande buraco. Esses buracos ficam abertos, lembrando-me de que eu também amo essas pessoas. Talvez algum dia eles vão retornar e preencher esse espaço.“

Nunca escolheríamos ter um coração ferido!

- A agonia e recuperação é quase insuportável.

- Tem Alguém, no entanto, que tinha um coração perfeito e escolheu feri-lo.

- Medicamente, quando um coração se rompe (quebra), água escorre (João 19:33-34).

- Jesus experimentou um coração quebrado de todas as formas. Ele entende traição, tentação e perda (Isaías 53:3; Lucas 22:33-34; Mateus14:10-13).

- Ele é o nosso Consolador, Conselheiro e Companheiro que enche os espaços vazios de nossos corações.





+++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++


RESTAURANDO UM
CORAÇÃO FERIDO
I Reis 19:1-18


- Anos atrás recebi o pedido de uma jovem senhora para conversarmos, ela contou-me uma longa história de sofrimento. Em dado momento perguntei-lhe durante quantos anos ela vivia assim e sua resposta foi: "Por 14 anos pastor!" Fiquei surpreso com sua resposta, porque até aquele momento a imagem que tinha dela era a de uma pessoa que aparentemente parecia tão bem com Deus, consigo mesma e com os outros. Nunca imaginaria que por trás daquele sorriso, encontraria um coração tão ferido.

Impressiona-me a capacidade que algumas pessoas têm de mascarar sufocar a sua dor por tantos anos. Esta mulher é apenas um exemplo entre tantos que sofrem calados.

- O profeta Elias viveu momentos difíceis. A rainha Jezabel, casada com o rei de Israel, Acabe, havia introduzido a forma siríaca do culto a Baal , a Astarte e outras divindades fenícias tão fanática estava Jezabel nesta religião, que em volta de sua mesa reunia ela 450 profetas ou sacerdotes de Baal e 400 sacerdotes de Astarte . Por causa disso a nação veio a passar por um período de seca e o profeta veio a viver na total dependência de Deus para ter suas necessidades supridas. Tornou-se inevitável o confronto direto com o rei Acabe e posteriormente com os próprios sacerdotes de Baal e Astarte no Monte Carmelo. Aqueles dias foram desgastantes física e emocionalmente para Elias. (Cap.17 e 18). Após a vitória sobre os sacerdotes idólatras no Monte Carmelo e a morte desses, Elias recebe a ameaça da rainha de que não descansaria até matá-lo. Temendo, o profeta levanta-se e vai para Berseba, deixando ali seu moço, e, parte sozinho para o deserto, anda o dia todo e encontrando uma sombra, assenta-se e pede para si a morte.

COMO DEUS CUIDA DO CORAÇÃO FERIDO DO PROFETA ELIAS?

· Deus se importa com a saúde física de Elias – v.5 e 6

Dá a ele o que comer e beber, deixando-o dormir.

- Essas três necessidades são vitais na vida de todos nós. Parar com a correria do dia a dia por um pouco de tempo é um bom começo para quem está com suas emoções tão desestruturadas.

· Envia-lhe um anjo, que o toca – v.7

- O anjo faz questão de tocá-lo duas vezes e o orienta, despertando.

- Há momentos na vida que precisamos de alguém assim, que como mensageiros de Deus nos toque e fale conosco sobre a vontade de Deus.

- Jesus deu muita importância ao tocar nas pessoas, principalmente aquelas marginalizadas.

- Infelizmente muitas vezes as pessoas têm usado as mãos mais para derrubar outros que levantá-las, mais para agredir que dar carinho, estão mais para demônios que para anjos.

- Deus envia um anjo até Elias.

- Deus envia mensageiros até nós e às vezes revela isto num abraço inesperado, num conselho amigo, em pequenas expressões de carinho, tudo isto para nos lembrar de que não estamos esquecidos no deserto.

· Deus vai até Elias e ouve seus desabafo – v.10

– Por duas vezes Deus questiona Elias: "Que fazes aqui Elias?" Em outras palavras, o que está fazendo com sua vida, Elias? O profeta abre os lábios e expõe sua dor e amargura.

- Não há melhor terapia que esta! Na medida em que esvaziamos nosso coração (Felipenses 4:6-7), abrimos espaço para Deus nos encher de Sua paz.

- Não há como receber algo das mãos de Deus se as nossas mãos estão de punhos fechados e estamos esmurrando a nós mesmos ou a outros ao nosso redor. É necessário abri-las!

· Deus fala com Elias – v.11

Elias sai para estar na presença do Senhor, conforme o que Deus lhe dissera para fazer. Ele se coloca à porta da caverna para ouvir a voz de Deus.

- Há muitas vozes vindo de encontro a nós, as vozes de pessoas que nos cercam, algumas quem sabe até nos acusando e nos empurrando para o fundo da caverna; a voz do diabo, buscando roubar o restante de esperança e fé e outros valores que ainda existem em nós, ainda que enfraquecidos, buscando nos matar; a própria voz, carregada de crítica, amargura e queixumes.

- Se sairemos curados ou não, vai depender de uma coisa: a quem daremos ouvidos? É hora de ouvir o que Deus tem a dizer.

Deus tinha duas coisas a dizer a Elias:

1. Sua missão ainda não acabou! V.15-17

- A vida de Elias ainda tinha propósito e a sua também. Elias ainda tinha que ungir algumas pessoas.

- Este continua sendo o propósito de Deus também para nossas vidas: ungir pessoas em nosso caminho.

- Talvez as pessoas que você deva ungir e abençoar sejam de sua família, sua igreja ou quem sabe servindo a Deus em algum campo missionário.

2. Você não está sozinho! – V.18

– Deus diz a Elias que Ele havia conservado em Israel sete mil pessoas que eram fiéis aa Ele, Elias não era o único.

- Lembre-se: ainda que todos lhe abandonem, haverá sempre alguém por perto de você... "Porque Ele (Jesus) tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei!" Hebreus 13:5.


Que o Senhor restaure a saúde de sua alma e o (a) use poderosamente!



FONTE: Pr. Fausto Brasil



====================

====================