domingo, 20 de dezembro de 2009


VEJA QUANTOS

PRIVILÉGIOS

VOCÊ TEM!

II Rs 20.1-11



INTRODUÇÃO

1. Ezequias era rei de Judá.

Homem rico, próspero, famoso, que andava com Deus. Sua vida parecia não ter tantos problemas. Certamente muitos gostariam de estar no seu lugar.

2. Um dia, porém, Deus enviou à sua casa o profeta Isaías com uma mensagem urgente: “Põe em ordem a tua casa, porque certamente morrerás e não viverás.”

3. O rei, então, se pôs a chorar e clamar ao Senhor. Deus ouviu sua súplica e lhe deu mais quinze anos de vida.

4. Deste texto podemos tirar algumas preciosas lições sobre a questão dos privilégios:

I. O PRIVILÉGIO DE ESTAR VIVO – V. 1

1. Quanto vale a sua vida?

• Você já parou para analisar que dom extraordinário é o dom da vida? Deus criou você, formou você e lhe dá agora o fôlego da vida. Sua vida é um milagre de Deus.

• Quanto vale a sua vida? Que preço você vale? Você venderia sua vida por algum valor?

Ilustração:

Um rico empresário sofreu um acidente na BR 262 e na cidade de Manhuaçú, seus dois filhos imploraram aos médicos: “Quantos vocês querem para salvar o nosso pai? Pedem o que vocês quiserem, e nós lhes daremos. Mas, ele já estava morto.”

• Você valoriza a sua vida? Você a vê como um dom de Deus? Você agradece a Deus por ela?

2. Muitas vezes só valorizamos a vida quando estamos à beira da morte

• Quando Ezequias se deparou no portal da morte, desejou ardentemente viver. Agarrou-se à sua vida. Muitas vezes só valorizamos a vida, quando estamos perdendo-a.

• O amor à vida é também dom de Deus. Ame a sua vida. Valorize esse precioso dom de Deus. Viva a sua vida gostosamente. Viva a sua vida na presença de Deus e para a glória de Deus.

• Viva a vida com entusiasmo. Ilustração: Og Mandino. “Se você está vivo, um milagre pode acontecer na sua vida hoje”.

3. Viva a vida de um justo para que você possa ter a morte de um justo

• A ordem para Ezequias era colocar a sua vida, a sua família, a sua casa em ordem. É perigoso levar a vida sem um balanço, sem uma avaliação. Não é perigoso morrer, mas é muito perigoso morrer sem por em ordem a vida.


II. O PRIVILÉGIO DE TER UMA CASA – V. 1

1. Você tem agradecido a Deus por ter uma casa, um endereço certo, um porto seguro?

• Você já agradeceu a Deus por ter uma casa? Talvez você não tenha uma casa própria, mas tem uma casa alugada, onde você pode retornar todos os dias depois do trabalho.

• Você já agradeceu a Deus o privilégio de ter um endereço, de saber para onde ir depois de um dia de luta?

• Sexta-feira passada, O GLOBO REPORTER fez uma matéria sobre as pessoas que vivem nas ruas, debaixo dos viadutos, das marquizes. 38% não têm uma casa, um lar, por causa de problemas financeiros; 35% por causa de problemas familiares; 11% por causa de drogas e 4% por causa de crimes. As pessoas tentam fugir dos problemas, mas fogem para onde? Para as calçadas. Na rua as pessoas parecem livres, mas estão presas. O sonho de todas as pessoas que vivem nas ruas é ter uma casa e um emprego. Mas não basta ter uma casa, é preciso ter uma família. Não basta apenas um endereço fixo para quem tem tantas carências. Muitas vezes passamos e não conseguimos ver pela janela do carro aquelas pessoas aflitas, com fome, com medo. Aquelas almas que tem desejos, sonhos, carências, que antes de querer sua moeda, querem o seu sorriso.

• Rev. Wildo dos Anjos, chamado por Deus aos 13 anos para recuperar os mendigos de rua. Um dia ele estava evangelizando um mendigo debaixo do viaduto. Então, o mendigo lhe disse: “Se Deus e você me amam porque você não arranja um lar para mim”? Aí nasceu a Missão da Madrugada, a Casa de Recuperação de Mendigos.

2. Você tem agradecido a Deus por ter uma família que lhe ama?

• A herança do Senhor na sua vida não é o seu dinheiro, o seu patrimônio financeiro, o seu carro, mas os seus filhos. Você tem agradecido a Deus por eles. Tem consagrado a vida deles a Deus? Tem curtido seus filhos? Tem gastado tempo com eles? Tem vivido para eles?

• Agradeça a Deus pela sua família. Abençoe sua família. Ore por ela. Ter uma família é um grande privilégio.

III. O PRIVILÉGIO DE FALAR COM DEUS EM ORAÇÃO – V. 2-3

1. Você tem audiência direta, sem lista de espera, na sala do trono, com o Rei do universo

• Para falar com Deus não tem burocracia, não tem que passar por uma série de protocolos, não tem que ficar esperando na sala de espera. Para falar com Deus não tem que marcar agenda antecipada nem existe linha ocupada. Você pode falar com ele em qualquer dia, a qualquer hora.

Ele nunca está cansado.

Ele nunca está dormindo nem de viagem. Seus ouvidos estão atentos.

Ele se deleita em ouvir a sua voz, em ter comunhão com você e em atender às suas necessidades.

2. Você tem o privilégio de abrir o seu coração com Deus sem o temor de ser rejeitado – v. 3

• Ezequias era rei, mas era homem. Ele tinha sentimentos. Ele se fez de durão. Ele rasgou o coração diante de Deus. Ele chorou muitíssimo. Ele abriu as comportas da alma. Você pode expremer a ferida. Você pode contar para Deus a sua dor. Você pode abrir o seu peito para ele sem medo de ser rejeitado.

• O melhor lugar para chorar é aos pés do Senhor. Ele entende você. Ele aceita você. Ele acolhe você.

3. Você tem o privilégio de falar com aquele que pode mudar o rumo da sua história

• Deus é maior do que os seus problemas. Ele é poderoso para mudar a sua sorte. Ele é poderoso para reverter o que estava determinado sobre a sua vida. A oração muda as coisas no reino espiritual. A sentença de morte já tinha sido dada, mas ele orou e em vez da morte, veio a cura, veio o milagre.

• Orar é ter um audiência com aquele que pode fazer o mudo falar, o cego ver, o aleijado andar, o morto reviver. A oração move a mão daquele que move o mundo.

4. Você tem o privilégio de apresentar a Deus a sua causa com sinceridade

• Ezequias fez a sua defesa. “Lembra-te, Senhor, peço-te, de que andei diante de ti com fidelidade, com inteireza de coração, e fiz o que era reto aos teus olhos...” (v. 3). Você poderia orar assim? Você poderia apresentar a Deus as mesmas razões para Deus ouvir sua oração.

• Mas deixe-me lhe dizer: Ainda que sua vida seja eivada de erros: Deus não rejeita um coração arrependido, quebrantado. O publicano batia no peito e clamava: “Ó Deus, sê propício a mim, pecador”. Deus o ouviu. Apresenta a Deus o seu coração, a sua necessidade, a sua causa. Esse é um tremendo privilégio.

IV. O PRIVILÉGIO DE SER PRÍNCIPE DO POVO DE DEUS – V. 5

1. Você tem o privilégio de ser príncipe do povo de Deus, porque você é Filho do Deus vivo

• Você é membro da família de Deus. Você nasceu de cima, do alto, do Espírito. Você é co-participante da natureza divina. Você é herdeiro de Deus e co-herdeiro com Cristo. Seu nome está arrolado no céu. Está escrito no livro da Vida. Sua pátria é o céu. Seu destino é o céu. Você é filho por adoção e também por nascimento. Você nasceu de novo, nasceu da divina semente. Você é um príncipe do povo de Deus.

• Sua auto-imagem não poder ser doente. Você não pode sofrer de complexo de inferioridade. Sua vida tem um grande significado. Você não é um gafanhoto, como pensaram os espias, você é um príncipe do povo de Deus.

2. Você tem o privilégio de ser príncipe do povo de Deus, porque você é herdeiro do Deus vivo

• Deus é dono de todo o universo (Sl 24:1). O ouro é dele, as pedras preciosas são dele. Dele é o petróleo, as riquezas minerais, vegetais e animais. Tudo é de Deus. E você é filho de Deus e herdeiro de Deus. Tudo lhe pertence. Você vai desfrutar de tudo, no novo céu e na nova terra. Você é muito privilegiado, você é um príncipe do povo de Deus.

• Você é muito rico. Sua riqueza não está aqui. Seu tesouro está no céu. Ela é uma herança incorruptível, imarcessível, gloriosa.

3. Você tem o privilégio de ser príncipe do povo de Deus, porque você é uma bênção no meio do povo de Deus

• Deus o chamou para ser uma bênção, para ser motivo de alegria para seus irmãos. Sua vocação é ser um ministro da reconciliação. Você é um conselheiro, um consolador, um intercessor, um amigo mais chegado que irmão. Você foi chamado por Deus para amar seus irmãos, para servi-los, para encorajá-los, para carregar os seus fardos, para orar por eles. Você é um príncipe do povo de Deus. Viva como tal. Esse é o seu privilégio!

V. O PRIVILÉGIO DE SER OBJETO DO MILAGRE DE DEUS – V. 5-11

1. Sua oração pode ser atendida imediatamente – v. 4-5

• Clame e os céus o ouvirão. “Invoca-me no dia da angústia, eu te livrarei e tu me glorificarás” (Sl 50:15).

• Ezequias foi ouvido imediatamente. Os céus e a terra se moveram para que sua oração fosse atendida. Deus fez o sol parar antes de parar a enfermidade de Ezequias. O Deus que ouve a sua oração controla os astros, as moléculas, as células do seu corpo. Para ele nada é impossível.

• Quando o povo de Deus clama, os céus se movem, o inferno treme e coisas novas acontecem na terra. Ore, chore, creia e os milagres de Deus podem florescer também na sua vida.

2. Deus pode lhe dar mais do que você pede – v. 5-6

• Ezequias pediu cura e Deus lhe deu além de cura, também livramento do inimigo, tanto a ele como à sua cidade. Deus pode fazer infinitamente mais. Ele pode surpreender você com sua graça. Ele pode curar sua enfermidade, salvar o seu casamento, curar suas emoções, restaurar sua família, livrar você dos perigos e transformar sua história.

CONCLUSÃO

• Você já parou para fazer um balanço da sua vida?

Já parou para contabilizar as bênçãos? Deixe de reclamar. Pare de murmurar. Começa a agradecer a Deus tantos privilégios. Você é alguém muito especial.

Você acha pouco o ser amado por Deus?

• Viva a vida com alegria, com prazer. Deleite-se no Senhor e rejozige-se nele por tantos e tão tremendos privilégios!






Rev. Hernandes Dias Lopes





Nenhum comentário:

Postar um comentário