quarta-feira, 28 de outubro de 2009


O SEGREDO DA FELICIDADE

Recomendamos a leitura da Bíblia em Mateus capítulos 5-7, Lucas capítulo 6, bem como livros que comentem essas passagens.



Jesus estava no início de seu ministério terreno e já atraia multidões. Certo dia, às margens do Mar da Galiléia, ele proferiu o seu sermão mais famoso, denominado Sermão do Monte. Veja a foto do local tradicionalmente identificado como o Monte das Bem-Aventuranças.

As Bem-Aventuranças constituem a introdução do Sermão do Monte e é considerada como a parte geral deste sermão.

- Mt 5. 1-11

1 Vendo as multidões, Jesus subiu ao monte e se assentou. Seus discípulos aproximaram-se dele, 2 e ele começou a ensiná-los, dizendo: 3 Bem-aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos céus. 4 Bem-aventurados os que choram, pois serão consolados. 5 Bem-aventurados os humildes, pois eles receberão a terra por herança. 6 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos. 7 Bem-aventurados os misericordiosos, pois obterão misericórdia. 8 Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus. 9 Bem-aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus. 10 Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, pois deles é o Reino dos céus. 11 Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa, os insultarem, os perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês.

- Antes de analisarmos as Bem-Aventuranças (texto), devemos meditar no Sermão do Monte (contexto).

- Mateus é considerado o Evangelho do Reino porque apresenta Jesus como o Rei Messias que veio ao mundo cumprir a promessa de implementação do Reino de Deus.

- Dentro desta perspectiva é apresentada uma divisão do Sermão do Monte:Mt 5.1-16 – a proposta de vida no Reino e a revelação do caráter cristão.
Mt 5.17-48 – os preceitos da vida no Reino.
Mt 6.1 a 7.12 – a prática da vida no Reino.
Mt 7.13-29 – a demonstração da vida do Reino.

Segundo vários autores como o pastor Carlos McCord e Martyn Lloyd Jones, o Sermão do Monte não aponta o que devemos fazer, mas sim o que já somos em Jesus.O Sermão do Monte
Revela a natureza de Deus.
Expõe o pecado dos corações.
Revela a diferença entre o Reino de Deus e o Mundo.
Apresenta os fundamentos do Evangelho da Graça.
Revela o modelo de vida desejado por Deus para nós.
O Sermão do Monte apresenta um padrão de vida que conduz à felicidade. Mas diante desse tão elevado padrão de conduta, nossa primeira reação é dizer:

Não posso! É impossível! Ninguém consegue viver assim!
Essa é a reação baseada na carne. Quem anda pelo Espírito vai dizer:
Eu não sou perfeito e, portanto, não posso viver segundo o que preceitua o Sermão do Monte. Mas a Perfeição que habita em mim – Jesus Cristo – é capaz de viver esse padrão.
O maior erro dos cristãos é pensar que o Sermão do Monte é um estilo de vida a ser alcançado por esforço ou méritos.
O Sermão do Monte
apresenta a essência do caráter cristão que o Espírito Santo está formando em nós através da fé em Jesus.A única forma de vivermos segundo o Sermão do Monte é fazermos isso através de Jesus.

PARA VIVER A VERDADEIRA FELICIDADE
I – DESCUBRA A VONTADE DE DEUS.
Rm 12.2 - Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

- Mundo Pós-Moderno – mundo de moral relativizada.

- Existe um padrão moral no Universo.



PARA VIVER A VERDADEIRA FELICIDADE

II – RECONHEÇA SUAS LIMITAÇÕES.
Rm 7.24 - Miserável homem que eu sou! Quem me libertará do corpo sujeito a esta morte?

- O primeiro passo para a felicidade é reconhecer o próprio pecado e fraqueza.

- Devemos lembrar que a nossa natureza carnal é corrompida e inclinada para o mal.
Não podemos por nós mesmos viver o padrão de santidade de Deus.

PARA VIVER A VERDADEIRA FELICIDADE
III – BUSQUE SANTIDADE.
Hb 12.14 -
Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o Senhor. Sem santidade...
- Não é o pecado que traz o verdadeiro prazer.
- A verdadeira felicidade somente é possível para quem vive uma vida santa

PARA VIVER A VERDADEIRA FELICIDADE
IV – ASSUMA SUA NOVA IDENTIDADE

2Co 5.17 - Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!

- Quando aceitamos Jesus nascemos de novo e passamos a ter uma nova natureza. - Devemos viver de acordo com os padrões dessa nova natureza.

PARA VIVER A VERDADEIRA FELICIDADE
V – VIVA O PERMANECER.
Jo 15.5 - Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dará muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma.

Permanecer é:

- Viver um relacionamento sem barreiras com Jesus.

- Viver ligados a Deus 24 horas por dia e 7 dias por semana.

- Viver dependente de Jesus.

- É buscar satisfação em Deus

- É descansar em Jesus

CONCLUSÃO

- Estamos no início de uma jornada. Vamos aprender com as Bem–Aventuranças como vivermos um padrão de vida que nos levará à uma vida de felicidade plena e duradoura.

- Mas para que isso aconteça precisamos antes:Discernir a vontade de Deus.
Reconhecer nossos pecados e limitações.
Valorizar a santidade.
Assumir uma nova identidade
Permanecer em Jesus.

Descubra o segredo da verdadeira felicidade. Descubra como permanecer em Jesus.



AUTOR: Pr. Ricardo Aurino


Nenhum comentário:

Postar um comentário