sexta-feira, 12 de dezembro de 2008


PORQUE PEDRO CAIU? (Mt 26.69-74; At 2.14,41)

· A vida de Pedro sempre me chamou a atenção.
· Na realidade, vejo que a nossa trajetória espiritual é muito parecida com a deste rude e falante pescador judeu.
· Fica claro que o Pedro que é apresentado pela Bíblia foi uma pessoa que caiu e que levantou.
· E é sobre isso que vamos refletir hoje.

Pedro caiu porque...
I. SUA EXPERIÊNCIA COM DEUS NÃO ERA SUFICIENTEMENTE PROFUNDA

- A base religiosa de Pedro era o judaísmo.
- Sua experiência com Deus resumia-se em: faça isto ou deixe de fazer aquilo.
- Sua relação com Deus não era uma relação de coração, mas baseada em leis e em prescrições.
- Pedro nega a Jesus (cai) porque ainda não tinha desfrutado de uma experiência espiritual que revolucionasse o seu interior.
-
- Não raramente caímos em nossa peregrinação espiritual porque vivemos uma vida cristã pouco profunda.

Pedro caiu porque...
II. CONFIAVA MAIS EM SUA SUFICIÊNCIA DO QUE NA SUFICIÊNCIA DE DEUS

- Pedro demonstrava grande impetuosidade no discipulado com Jesus.
- Mas em determinadas situações, os evangelhos nos revelam um Pedro que confiava mais em seu braço forte do que no poder de Deus.
- Assim Pedro decepa a orelha do servo do centurião (Jo 18.10). Ele achou que poderia reverter o trágico destino do seu mestre.
-
- Ele achou – como nós muitas vezes fazemos – que poderia ser Deus, ou pelo menos, dar uma forcinha para Deus.
-
- Enquanto tentarmos acertar a nossa vida confiando unicamente em nossa força e potencial, é certo que fracassaremos.

Pedro caiu porque...
III. MESMO CONVIVENDO COM JESUS, SUA TRANSFORMAÇÃO FOI PARCIAL E NÃO TOTAL.

- Durante 3 anos Pedro desfrutou da relação íntima com Jesus. Ele comeu, passeou e conversou muito com Jesus. Ele até expulsou demônios! (Mc 6.7).
-
- Mas esse tempo ainda não provocou grandes mudanças em Pedro.
-
- Quantos de nós contamos com uma base cristã, uma educação cristã e ainda assim não notamos grandes mudanças no nosso coração?
-
- Parece que o cristianismo de hoje, altera algumas parcelas do nosso ser, mas não a totalidade.

Por que Pedro caiu? Caiu porque:
- SUA EXPERIÊNCIA COM DEUS NÃO ERA SUFICIENTEMENTE PROFUNDA
- CONFIAVA MAIS EM SUA SUFICIÊNCIA DO QUE NA SUFICIÊNCIA DE DEUS
- MESMO CONVIVENDO COM JESUS, SUA TRANSFORMAÇÃO FOI PARCIAL E NÃO TOTAL.

Apesar de tudo isso, Pedro levantou. Ele levantou porque...

I. TRILHOU O CAMINHO DO ARREPENDIMENTO

- Pedro e Judas fracassaram no discipulado. Ambos traíram a causa de Jesus de Nazaré.
-
- Judas demonstrou remorso pelo que fez. O remorso não foi suficiente, ele se matou...
-
- Pedro arrependeu-se e o arrependimento foi a oportunidade para um recomeço.
-
- O arrependimento segundo Deus nos enche de esperança, vida e de forças para continuar lutando (2 Co 7.10); o remorso produz frustração, derrotismo e morte.
-
- O Pedro que está em pé é um Pedro arrependido.
-
- Sem o arrependimento é impossível desfrutar da vida abundante que o Senhor deseja para nós.

II. RENDEU-SE COMPLETAMENTE A DEUS E AO SEU CHAMADO

- Falo do período onde Jesus, após ressuscitar, aparece a Pedro (Jo 21.15-19)

- Nessa etapa Pedro reconhece que não existem outros caminhos, que não existe outra alternativa para se encontrar o sentido da vida.

- Sua vida fora criada por Deus e agora deveria ser dedicada a ele e ao ministério que lhe foi dado.

- Consigo ver Pedro dizendo: “Chega de fugir das expectativas de Deus para mim!”

- Se quero me levantar de seguidos fracassos, preciso me render total e incondicionalmente ao Senhor e seu chamamento.

III. EXPERIMENTOU DO PODER E DA RENOVAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO

- Para cumprir o seu chamado Pedro precisava de algo mais, precisava de uma força de um poder que ainda não dispunha.

- No dia de Pentecostes, da descida do Espírito Santo, isso aconteceu.

- O Espírito lhe capacitou a fazer coisas que jamais fez antes. Assim Pedro viu desde grandes massas se convertendo a curas e milagres acontecendo em seu ministério.

- Mais do que isso, O Espírito lhe renovava após os grandes desafios e dificuldades. Desse modo a igreja cresceu, cresceu e cresceu...

- O poder e a renovação do Espírito Santo podem ser reais para você e para mim.

- Quando experimentamos seguidos fracassos, seguidas quedas, o poder e a renovação do Espírito constitui o elemento chave para que possamos nos levantar e desfrutar do melhor de Deus para as nossas vidas.

Conclusão:

Os passos para que possamos levantar estão diante de nós:
1. TRILHE O CAMINHO DO ARREPENDIMENTO;
2. RENDA-SE COMPLETAMENTE A DEUS E AO SEU CHAMADO e
3. EXPERIMENTE DO PODER E DA RENOVAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO.

Contando com a graça de Deus e esforço próprio você poderá ter o mesmo êxito de Pedro. Se ele conseguiu levantar e dar a volta por cima, certamente você também conseguirá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário