sábado, 7 de maio de 2011



A ORAÇÃO
PERSISTENTE
DE UMA MÃE

Texto: 1 Samuel 1:1-11




Introdução:

- Todos nós sabemos sobre a oração. Nós oramos por nós mesmos, nós oramos por amigos, oramos por estranhos, oramos por todos os tipos de situações.
- Às vezes, vemos nossas orações respondidas rapidamente, às vezes mais tarde, às vezes não.
- Havia uma mulher no Antigo Testamento, que orava e orava e orava e, finalmente, Deus ouviu sua oração e respondeu. Sua persistência na oração é um excelente exemplo para nós hoje.

I. A mulher, Ana não tinha filhos, era estéril.

1. Todas as suas amigas tinham filhos, até mesmo a outra esposa do seu marido tinha filhos, e Ana estava profundamente angustiada.

2. Sua depressão e angustia desgostava seu marido Elcana muito.

3. A outra esposa do seu marido (Penina) que tinha filhos zombava de Ana e estava com ciúmes porque seu marido parecia importar-se mais com Ana do que com ela.

4. Havia a crença de que Deus tinha relações direitas em ter filhos e se a mulher não tinha filhos, era um sinal de pecado em sua vida.

a. Infelizmente, hoje, as pessoas tiram a vida da criança antes de nascer, alguns fetos são encontrados em latas de lixo.

II. Ana orou por um filho.

1. Ela ia anualmente ao templo em Siló, e orava e orava para que Deus lhe desse um filho.

2. Ela estava constantemente em oração em casa por uma criança.

3. Finalmente Ana fez uma aliança com Deus:

a. Para um filho.
b. Ela promete devolver o filho a Deus para que Deus o use.

4. As pessoas continuam tentando fazer acordos / alianças com Deus.

5. Ana orou tão intensamente, tão frequentemente no templo que o sacerdote Eli pensou que ela estava bêbada.

III. Deus ouviu sua oração persistente.

1. Deus cumpriu Sua parte na aliança / contrato e deu a Ana um filho.

2. Ana chamou seu filho "Samuel" que significa "pedido a Deus"

3. Deus tem feito alianças com outras pessoas através dos tempos, Adão, Abraão, Noé, Israel, Davi e conosco - se cremos em Seu Filho, Jesus, Ele vai nos dar a vida eterna.

IV. Ana levou Samuel ao templo.

1. Quando seu filho tinha 3 (três) anos, Ana o levou ao templo.

2. Ana dedicou Samuel ao Senhor.

3. Ana, entre lágrimas, manteve a sua parte na aliança / acordo.

4. Tente imaginar os sentimentos de Ana quando ela levou seu filho pequeno para o templo, sabendo que ela teria que deixá-lo lá. Agora tente imaginar os sentimentos dela quando ela saiu pelas portas do templo deixando seu filho lá onde ele permaneceria o resto de sua vida. Que mãe!
Conclusão:

1. A persistência na oração é sempre recompensada por Deus.

2. Ana foi abençoada por Deus com três filhos e duas filhas.

3. Somos cristãos por causa das orações persistentes de alguém.

4. Desconhecido para muitos, suas vidas têm sido guardadas por causa da oração persistente.

5. É sempre assim com Deus. Seja persistente na oração e sempre haverá recompensa.

6. "... Pedi, e dar-se vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se vos-á..." Mateus 7:7 – “...Nada tendes, porque não pedis…” Tiago 4:2

7. Ana é um exemplo maravilhoso de ser persistente na oração e em ser uma mãe que honra a sua aliança com Deus.


AUTOR: Pr. Aldenir Araújo

Leia mais http://opregadorfiel.blogspot.com/2011/04/oracao-persistente-de-uma-mae.html#ixzz1LfXarXlM





++++++++++++++++
+++++++++++++++++
+++++++++++++++++
+++++++++++++++++
===================
===================
===================
=====================
=====================


VAMOS HONRAR

NOSSAS MÃES
Texto: Provérbios 6:20



Introdução:- Entre a Páscoa e o Dia do pais, como é maravilhoso observar o dia das mães.
- Muitas mães são parabenizadas por ter um filho bom ou uma filha boa, mas os filhos e filhas é que devem ser felicitados por terem uma mãe tão boa. Só depois que crescemos e começamos a olhar para trás, vemos como nossas vidas foram afetadas / moldadas pela nossa mãe.

- Vamos prestar honra a quem merece honra.
- Vamos honrar nossas mães em primeiro lugar. Para elas, a maioria de nós deve mais do que qualquer outra pessoa.
- Elas foram as primeiras pessoas com quem tínhamos de fazer neste mundo e por um longo tempo, as pessoas mais importantes em nossas vidas.


I. Vamos honrar as mães a quem devemos a nossa vida
1. Não foi pequeno o custo para elas nos trazerem a este mundo e há o perigo de esquecermos isso. Todo o desenvolvimento e progresso da raça humana dependem das Mães.

2. Quem é a mais nobre mulher na sociedade de hoje? Mulher de líder político? As mulheres professoras? As mulheres nas Forças Armadas? As mulheres em nossas igrejas? Nenhuma destas é tão importante como as nossas mães.

3. Quem é a mais famosa de todas as mulheres hoje em dia? Fotos do artista são de quem? Propagandas modernas? A maior influência no cristianismo? São as mães.

II. Vamos honrar as mães, pois a elas devemos a nossa educação básica.1. Diz-se que os anos de 1 a 9 são os anos mais formativos e importantes de nossas vidas.
- A obediência é aprendida ou não aprendida, os hábitos são formados, vocabulário aprendido, personalidade começa, disposições começa.
- Quem é o oleiro do barro da vida das crianças? MÃE!

III. Vamos honrar as mães, pois a elas devemos nossos lares.1. Quem é realmente a força estabilizadora do lar? Mãe!

2. Não há som ou qualquer linguagem que atinge as cordas do coração de alguém como "Lar".

3. O lar é um refúgio das preocupações da vida. O lar é onde a vida destruída é reparada. Lar é onde as mágoas da vida são curadas. No lar, os prazeres de companheirismo e solidariedade são apreciados em sua forma mais pura.

4. No lar, cada membro tem um lugar que nenhum outro pode preencher ou tirar, e é a mãe que cria e sustenta o lar.

IV. Vamos honrar as mães por todo o amor que elas nos têm dado.1. As pessoas precisam de muitas coisas, mas o amor é necessário mais do que qualquer outra coisa.

2. Não há nada para nos suster, ajudar, incentivar e fortalecer como saber que somos amados e queridos.

3. Certamente a passagem em I Coríntios 13:4-7 é a imagem do amor de uma mãe (leia a passagem).

4. O amor de uma mãe é como o amor de Deus. Deus nos ama não porque somos tão amáveis, mas porque é Sua natureza de amor. Você já viu uma mãe segurando um doente, deficiente, criança miserável, que ela não a segura com ternura, cuidado, carinho para com ele?

a. Estude o amor de Deus, conforme mostrado nas Escrituras e você terá que admitir que não há amor humano, tão parecido com o amor de Deus como o amor de uma mãe para com seus filhos.

Conclusão:1. Deus criou a primeira mãe e Ele incutiu nas mães uma qualidade não encontrada em homens - a capacidade de amar. No entanto, mais do que o amor de mãe é o amor de Deus por nós.

2. Como é que vamos render homenagem às mães por todos os seus benefícios para nós?

a. Podemos expressar isso de forma clara, determinada e inconfundível, mas elas continuaram nos amando mesmo se não fizermos.

b. Nós podemos resolver serem homens, mulheres, meninos e meninas que a mãe quer que sejamos.

3. Lembre-se, o amor de uma mãe não está centrada em si mesma, mas em seus filhos e família e só uma mãe é assim.



AUTOR: Pr. Aldenir Araújo

Leia mais http://opregadorfiel.blogspot.com/2011/05/vamos-honrar-nossas-maes.html#ixzz1LfVA5kpE








==============



==============



==============



+++++++++++++++



++++++++++++++++



+++++++++++++++++