sexta-feira, 30 de abril de 2010


A MORTE DO PÚLPITO


- A igreja evangélica brasileira vive uma tragédia: a morte do púlpito. Nunca na história do protestantismo houve tanto desprezo pela pregação cristocêntrica, preparada com esmero e preocupada com a correta interpretação das Escrituras.

- O púlpito tem sido substituído pelo altar dos “levitas” ou para os ”sacrifícios” em dinheiro dos mercenários mercantilistas.

- A “pregação” da Palavra é, hoje, conceituada como qualquer um que sobe na plataforma e começa a falar ou gritar.

- Talvez você, lendo esse texto, pense:

- “Na minha igreja a pregação é sempre um espaço grande e recebemos visitas de diversos pregadores”.

- Esse artigo quer alertar que não basta um tempo grande para a pregação e nem que a plataforma esteja cheia de homens engravatados; antes é necessária a avaliação da qualidade dessa pregação.

- A pregação precisa ser avaliada, assim como fazia os cristãos bereanos, que por sua nobreza, comparam as homilias de Paulo com as Sagradas Escrituras.

Quais são as causas da “morte do púlpito” no evangelicalismo moderno?

A) Espiritualidade em baixa é igual à pregação sem qualidade.

- A pobreza das pregações é evidente nesses últimos dias, pois isso é conseqüência direta da pobreza na vida cristã, pois como dizia Arthur Skevington Wood: “Leva-se uma vida inteira para preparar um sermão, porque é necessária uma vida inteira para preparar um homem de Deus”.

- Enquanto a espiritualidade da Igreja estiver em baixa, a pregação, por mais espiritual que ela pareça ser, não passará de palavras jogada ao vento.

- Não basta uma pregação erudita, mas a erudição deve ser acompanhada de contrição, humildade e oração, pois bem escreveu E. M. Bounds: “Dedique-se ao estudo da santidade de vida universal. Sua utilidade depende disso. Seus sermões duram não mais do que uma ou duas horas; sua vida prega a semana inteira.”

- Hoje existem muitas igrejas que oram “bastante”, são campanhas atrás de campanhas, mas essas orações não passam de busca “dos próprios deleites” ou de “determinações” de bênçãos.

- Ora, a oração sem a busca da face de Deus é uma característica do evangelicalismo contemporâneo. Uma igreja que ora errado, logo terá pregadores pobres.

B) A falta de preparo para pregar.

- Erudição, esmero e homilética não são inimigos da espiritualidade. Um mito vigente na igreja brasileira é que quem se prepara muito para pregar, terá uma pregação “não ungida”. Isso é mera desculpa de pregador preguiçoso.

- Você, leitor, já deve ter visto alguém dizer:

- “Quando cheguei aqui não sabia o que ia pregar, mas assim que subi nesse altar o Espírito Santo me revelou outra Palavra” ou “Eu não preparo pregação, o Espírito de Deus me revela”...

- São frases irresponsáveis e brincam com o Espírito Santo, atribuindo a Ele sua preguiça de passar várias horas em estudo e oração para pregar a Palavra.

- Hoje, pregar com esboço em papel é quase um pecado em muitas igrejas; alguns olham com “cara feia” para os que levam algo escrito em sua homilia.

- Será que não sabem que um dos sermões mais impactantes da história, foi literalmente lido pelo pregador.

- Esse sermão era “Pecadores na mão de um Deus irado”, que Jonathan Edwards pregou em 08 de Julho de 1741 na capela de Enfield.

- O biógrafo de Edwards, J. Wilbur Chapman , relatou: Edwards segurava o manuscrito tão perto dos olhos, que os ouvintes não podiam ver-lhe o rosto. Porém, com a continuação da leitura, o grande audi­tório ficou abalado. Um homem correu para a frente, cla­mando: Sr. Edwards, tenha compaixão! Outros se agarra­ram aos bancos, pensando que iam cair no Inferno. Vi as colunas que eles abraçaram para se firmarem, pensando que o Juízo Final havia chegado.[1]

C) Ter uma visão pragmática sobre a pregação.

- Para muitos, uma pregação só é válida se houver resultados.

- As pessoas não querem saber se o conteúdo da pregação é biblico ou herético, mas preferem esperar pelos resultados propagados pelo pregador.

- A primeira motivação dos pragmáticos é buscar a praticidade, portanto o pragmatismo é casado com o imediatismo, onde tudo tem quer ser aqui e agora.

- O conceito de pregação “ungida” é bem pragmática, pois para boa parte da comunidade evangélica, a boa pregação tem que envolver o emocional, nesse contexto nasce frases do tipo “crente que não faz barulho está com defeito de fabricação”.

- Se não houver choro, gritos, pulos ou outras manifestações “espirituais”, a pregação perde o seu valor para aos cristãos atuais.

- Pregadores pragmáticos gostam de ver seus ouvintes interagindo exageradamente no culto.

- É constante dos pregadores mandarem as pessoas glorificarem e até falar em línguas. Nesses cultos a justificativa para essas ordens é que “quando a glória da Igreja sobe, a glória do céu desce”.

- Não há respaldo bíblico para esse tipo de pensamento que é passado como algo bíblico.

- A emoção e as experiências fazem parte da vida cristã, mas não devem normatizar a liturgia ou direcionar os crentes, pois os verdadeiros cristãos tem a Palavra de Deus, e somente Ela, como regra de fé e prática.

D) Pastor-professor X pregador-ator

- Eis o dilema existente no evangelicalismo moderno. O pastor-mestre foi substituído pelo pregador-carismático-ator.

- O mestre que orientava a sua congregação nas Sagradas Letras, sendo um homem de estudos e contemplativo, era característico de piedosos servos de Deus, como Charles Spurgeon, Jonathan Edwards, D. L. Moody etc.

- O púlpito tem sido morto pelo estrelismo de pastores-atores, que confundem a plataforma da igreja com um palco para entretenimento, são pessoas que pregam o que a congregação quer ouvir e fazem de seus carismas uma imposição de sua pessoa.

- Quem estuda a história da igreja, verá que os piedosos servos de Deus, da Reforma as Grande Despertamento do século 18, eram homens de grande interesse pela pregação expositiva, onde o texto fala por si só. A partir do século 19, os sermões são cada vez mais temáticos e os pregadores mais articulados no estrelismo.

- O Movimento Pentecostal peca, e gravemente, em não valorizar os sermões bem preparados e articulados, ungidos pelo Espírito Santo, para edificação da congregação.

- Em uma piedade aparente, muito exaltam a ignorância como virtude, justificando os sermões artificiais, sem profundidade e recheados de chicles, modismos e até heresias.
Referência Bibliográfica: 1. BOYER, Orlando. Heróis da Fé. 15 ed. Rio de Janeiro: CPAD, 1999, p. 03.


FONTE: http://teologiapentecostal.blogspot.com/2008/05/morte-do-plpito.html


++++++++++++++++
++++++++++++++++

+++++++++++++++
+++++++++++++++

ANIMADORES DE
PALCOS NOS PÚLPITOS.
COMO IDENTIFICAR?


- O artigo em apreço não tem por objetivo traçar perfil de algum pregador famoso, mas sim alertar contra os mercenários vestidos de ovelhas que andam em nosso derredor.

- Que possamos tomar o cuidado de que os nossos nomes não estejam no rol de membros do conselho de animadores de auditório!

- É tempo de tomarmos posição, pois daqui a pouco não acharemos quem pregue a Palavra, mas sobrarão aqueles que buscam entretenimento para o povo.

Como identificar um animador de auditório?

Abaixo estão algumas características nada virtuosas desses pregoeiros do triunfalismo utópico.

01. Os animadores de auditório amam a popularidade.

- Ter nomes em camisetas, em placas de denominações, ser cogitado por várias igrejas e ter agenda impossível de ser cumprida, eis o sonho de todo animador de auditório.

- Querem popularidade, fama, glória!

- Para isso foi chamado o pregador do evangelho?

- Esse deve ser o objetivo daqueles que dizem seguir o humilde Nazareno?

- Fama e muitos seguidores é sinal de aprovação divina? É claro que não!

- Alguém logo argumenta:

- Ora, Jesus foi um homem popular em sua época! Mas é bom lembrar que Jesus não buscava popularidade, ele buscava almas! Jesus, mediante muitos de seus milagres dizia ao beneficiado que não contasse nada a ninguém. Quem foi o único homem digno de glória senão Jesus, mas ele “aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens” (Fp 2.7). Quis o manso Filho do Homem nos dar o exemplo!

- Apesar da grande popularidade de Cristo, nos seus momentos de explosão de milagres, ele amargou o desprezo dos amigos e discípulos durante o caminho do Gólgota.

- Como bem havia profetizado o profeta messiânico: “Era desprezado e o mais indigno entre os homens, homem de dores, experimentado nos trabalhos e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum” (Is 53.3).

02. Os animadores de auditório são usuários do marketing pessoal.

- Certo dia vi um cartaz na igreja em que estava: “Pregador Fulano de Tal, Conferencista, em suas reuniões acontece batismos no Espírito Santo, curas divina, libertações, bênçãos, mas tudo pelo poder de Deus”!

- Seria cômico se não fosse trágico, pois usa de uma falsa modéstia para falar que todas essas bênçãos, promotoras do seu marketing pessoal, que acontecem simplesmente pelo poder de Deus. É claro que um cartaz bem elaborado como esse, serve para fazer promoção de alguém que quer evidência.

- Podemos fazer propaganda de milagres?

- Tornar o poder de Deus algo sujeito a nossa manipulação?

- Determinar o dia em que um milagre vai acontecer?

- Isso é o dom da fé ou o mercantilismo da fé?

- O animador de auditório fala muito de si mesmo, diz ele: “Eu fiz isso, eu fiz aquilo; no meu ministério acontece isso, acontece aquilo; aqui eu faço e acontece”.

- Sempre há muita arrogância e busca de auto-promoção. Esse animador é sempre o grande ungido que não pode ser contestado.

03. Os animadores de auditório desprezam a pregação expositiva.

- Pregar sobre uma passagem bíblica de maneira profunda, bem estudada e pesquisada, além de levar os ouvintes a reflexão. Eis algo que os animadores de auditório abominam!

- Dizem logo que não precisam de esboços, pois o Espírito Santo revela. Ora, o Espírito Santo é limitado em expressar a sua vontade por meio de um esboço?

- O que esses animadores não querem admitir é que a pregação expositiva impede o seus teatrinhos, pois a centralidade é em torno da Palavra. Além disso, um sermão expositivo exige tempo e bom preparo, algo descabido na era dos descartáveis e das comidas-rápidas. Bem cantou o salmista: “A exposição das tuas palavras dá luz e dá entendimento aos símplices” (Sl 119.130).

04. Os animadores de auditório desprezam o ensino e o estudo da Palavra.

- Como pode alguém dizer que foi chamado para o ministério pastoral se não tem apreço para o ensino.
- Pastor não foi chamado para cantar, construir templos, fazer campanhas sociais, tudo isso é bom, mas a principal missão do pastor é ensinar o seu rebanho.

- Já dizia o apóstolo Paulo ao jovem pastor Timóteo: “seja apto para ensinar”(I Tm 3.2).

- O ensino exige aprendizado. Aquele que ensina deve-se dedicar ao ensino (Rm 12.7).

- Escreveu o professor James I. Packer: Despreze o estudo de Deus e você estará sentenciando a si mesmo a passar a vida aos tropeções, como um cego, como se não tivesse nenhum senso de direção e não entendesse aquilo que o rodeia. Deste modo poderá desperdiçar sua vida e perder a alma.[1]

- Os animadores de auditório não suportam sermões de conteúdo, pois eles querem é entretenimento. São como crianças que deveria ficar na escola, mas pulam o muro para jogar bola.

- O pregador não pode fugir da responsabilidade de trazer conteúdo bíblico aos seus ouvintes, como disse Paulo: “Pregues a Palavra, instes a tempo e fora de tempo. Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade” (II Tm 4.2, 15).

05. Os animadores de auditório desprezam temas relevantes em suas pregações.

- Você já foi em um grande congresso, onde esses animadores de auditório comparecem, cujo tema era “O fruto do Espírito” ou “A Santíssima Trindade”? Mas certamente você já foi em eventos que os verbos mais conjugados foram: receber, vencer, poder, ganhar, conquistar, sonhar, triunfar etc?!

- Infelizmente os temas essenciais da Bíblia são desprezados nos púlpitos. Onde estão aquelas pregações sobre o “caráter cristão”, “a graça de Deus”, “o céu e inferno”, “a justificação pela fé”, “a mortificação da carne”, “o preparo para um encontro com Deus” etc?

- Logos os animadores dizem: “Isso é tema para Escola Dominical”, mas eles nunca vão a Escola Bíblica Dominical! E quem disse que pregação não deve conter o temas essenciais da fé cristã?

- Para pregar os temas relevantes da fé cristã é preciso manejar bem a Palavra da Verdade e ser como Apolo, “varão eloquente e poderoso nas Escrituras” (Atos 18.24).

- Mas não basta somente boa oratória, eloquência e experiência em homilias, é necessário acima de tudo dominar as Escrituras, ser “instruído no caminho do Senhor” e ser “fervoroso de espírito”, sendo assim, o pregador vai falar e ensinar com diligência “as coisas do Senhor”(Atos 18.25), assim como Apolo.

- John Stott escreveu: O arauto cristão sabe que está tratando de assunto de vida ou morte. Anuncia a situação do pecador sob os olhos de Deus, e a ação salvadora de Deus, através da morte e ressurreição de Cristo, e o convida ao arrependimento e à fé. Como poderia tratar tais temas com fria indiferença?[2]

- A partir do momento em que os pregadores esquecem o tema principal do evangelho, eles desprezam o próprio Senhor da Palavra. Quando desprezam o verdadeiro Deus passam a adorar o falso deus da teologia da prosperidade: Mamon! Isso acontece quando as doutrinas centrais do cristianismo são desprezadas.

06. Os animadores de auditório despertam o emocionalismo.

- O emocionalismo é ser guiado e orientado pelas emoções. A emoção é parte importante do culto cristão, pois nós, os seres humanos, somos emocionais e também racionais; o grande problema é que os animadores valorizam excessivamente a emoção em detrimento da razão.

- Os animadores chegam a afirmar que as pessoas não precisam compreender aquilo que acontece em suas reuniões ou dizem para que os cultuantes não usem a mente.

- Outros, mais ousados, ameaçam sua platéia dizendo que Deus condena os incrédulos, com se ter senso crítico fosse incredulidade.

- A Bíblia adverte contra a credulidade cega, que não analisa e vê, baseado nas Escrituras, aquilo que está engolindo (I Jo 4.1).

- Os animadores de auditório não gostam de uma platéia que pense!

07. Os animadores de auditório pregam um deus mercantilista.

- Para os animadores Deus é obrigado a agradar os seus bons meninos dizimistas e ofertantes.

- A base do relacionamento com Deus é na troca: “Eu vou dar o dízimo para Deus me dar uma casa ou vou fazer uma grande oferta para arranjar uma linda noiva”. Ora, vejam com Deus é visto nos pensamento dos animadores, como um grande comerciante, melhor inclusive que aplicação na bolsa de valores.

- Quão miserável é essa espiritualidade mercantilista, onde o dinheiro é visto com mediador entre o homem e Deus; onde a “divindade” faz trocas com homens materialistas.

- Ó quão miserável e podre doutrina dos animadores de auditório! Mas quão maravilhosa é a visão bíblica do Altíssimo, um Deus de amor que nos transmite graça sendo nos ainda pecadores, e que nos livra do pecado e da morte e nos dá uma nova vida em Cristo!

08. Os animadores de auditório amam títulos.

- Apesar do horror pelo estudo bíblico, os animadores gostam do título de Doutor em Divindades, que pode ser comprado por dois mil dólares em falsas faculdades nos Estados Unidos e no Brasil, mas só que na América de cima é mais chique! Ora, como alguém se torna doutor em apenas seis meses, eis um rolo gospel do diploma?

- Isso mostra que os animadores não estão preocupados com um estudo aprofundado das Escrituras ou até mesmo na trilha de uma carreira acadêmica, o que eles amam na verdade é os títulos.

- Hoje proliferam os auto proclamados bispos, profetas, apóstolos, arcanjos e daqui a pouco: semi-deus ou vice-deus. Mas é melhor não dar idéia.

FONTE: http://bereianos.blogspot.com/2008/11/animadores-de-palco-nos-plpitos-como.html
Importado do Blog do Pr. Ilton: Estudos e mensagens
______________________



++++++++++++++
++++++++++++++

quinta-feira, 29 de abril de 2010


GRATIDÃO,

ATITUDE QUE

AGRADA A DEUS


TEXTO: Sl.92.1-2


INTRODUÇÃO:

- Hoje em dia as pessoas vivem com um sentimento de independência, onde a palavra gratidão parece que muitas vezes é esquecida, mas o que é gratidão?

- Gratidão é o reconhecimento de uma pessoa por alguém que lhe prestou algum benefício, um auxílio, um favor etc.

- A gratidão é uma emoção, que envolve um sentimento de dívida emotiva em direção à outra pessoa; freqüentemente acompanhado por um desejo de agradecê-la, ou ser recíproco a um favor realizado a si.

1 - PORQUE A GRATIDÃO É IMPORTANTE EM NOSSA VIDA?

- A gratidão é a única força com poder de manter o nosso olhar sem contaminação das amarguras deste mundo, ela é quem nos leva a compreender o que diz em Ro 8:28, todas as coisas trabalhão juntas para o bem daqueles que amam a Deus.

- Quando temos um coração grato, não dependemos das circunstâncias para agradecer, desenvolvendo assim confiança em Deus, que é a base para viver esta palavra (“todas as coisas”).

- A gratidão nos faz ver as circunstâncias desta vida com um enfoque divino, fazendo tudo fazer sentido, até mesmo o que é mais absurdo.

2 - PORQUE É IMPORTANTE EXPRESSARMOS NOSSA GRATIDÃO A DEUS?

Temos muitos motivos:

- Motivos Materiais:

Deus nos dá alimento e supre as necessidades de nossa vida, nossa família, nosso cônjuge, nossos filhos, ministério, a presença e bem-estar de pessoas queridas em nossa vida, a proteção divina, são alguns motivos para agradecermos.

- Motivos Espirituais:

- Deus enviou a luz para os homens na pessoa de Jesus Cristo, nos dando a salvação através da graça, nos dando vitória sobre a morte através Dele, e muitos outros motivos que devemos ser gratos ao nosso Deus.

- Porque Ele espera isso de seus filhos: Lc 17:12-19.

- Podemos ver a expressão de Jesus ao curar 10 leprosos e apenas 1 voltar para agradecer-lhe.

- Porque esta é a vontade Dele: neste mesmo texto percebemos que a vontade de Jesus, seria que todos os outros leprosos tivessem voltado.

3 - COMO DESENVOLVER A VIRTUDE DA GRATIDÃO?

- Comece cada dia com uma atitude de gratidão: A vontade de Deus é que possamos dar graças em tudo ITs 5.18 e que não nos esqueçamos de nenhum de seus feitos Sl.103.2.

Como podemos obedecer a este mandamento?

- Cultive o hábito de olhar para aquilo que você tem ao invés de olhar para o que não tem: Algumas pessoas fixam tanto seus olhares naquilo que perderam ou que ainda não têm que deixam de ver muitas coisas boas que já possuem.

- Se quisermos ser agradecidos, devemos olhar aquilo que temos à luz dos fatos e buscar compreender como Paulo compreendia, que tudo o que temos nos foi entregue como um “dom”, como uma “dádiva”.

- Glorifique ao Senhor com suas palavras: Sl.19.14 .

CONCLUSÃO:

- Se desejamos ser gratos, devemos ver algo especial em tudo o que é colocado em nossas mãos, seja emprego, a pessoa com a qual nos casamos, a célula que o Senhor confiou a nós, enfim, cada coisa que o Senhor nos deu.

- Devemos nos lembrar que Deus é a fonte de todas as coisas boas que recebemos e que existe um princípio espiritual - quando há gratidão, há multiplicação e há prosperidade em todas as coisas.

- Você é uma pessoa grata a Deus independente das circunstâncias?

- Cite alguns motivos pelos quais deve agradecer ao Senhor.

- Em quais pontos você poderia melhorar para se tornar mais grato?

- Vamos ter um momento de gratidão a Deus por tudo que temos recebido.

- Cada um da célula deve falar um motivo de gratidão agora. (Não vale, dizer “agradeço por tudo...”. Encontre pelo menos um motivo e mencione na oração.





++++++++++++++++

++++++++++++++++



ENXERGAR PELA FÉ
A COLHEITA QUE VIRÁ



TEXTO - João 4:31

Nesse ínterim, os discípulos lhe rogavam, dizendo: Mestre, come!32 Mas ele lhes disse: Uma comida tenho para comer, que vós não conheceis.33 Diziam, então, os discípulos uns aos outros: Ter-lhe-ia, porventura, alguém trazido o que comer?34 Disse-lhes Jesus: A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra.35 Não dizeis vós que ainda há quatro meses até à ceifa? Eu, porém, vos digo: erguei os olhos e vede os campos, pois já branquejam para a ceifa.36 O ceifeiro recebe desde já a recompensa e entesoura o seu fruto para a vida eterna; e, dessarte, se alegram tanto o semeador como o ceifeiro.37 Pois, no caso, é verdadeiro o ditado: Um é o semeador, e outro é o ceifeiro.38 Eu vos enviei para ceifar o que não semeastes; outros trabalharam, e vós entrastes no seu trabalho.
- Enxergar que os campos estão brancos para a ceifa é uma cura para os olhos de um profissional. O diabo quer te fazer ver apenas o que lhe é interessante.
Um princípio espiritual de conquista
Ninguém pode conquistar o que não enxerga. Por isso muitos não vem a oportunidade à sua porta, não enxergam saída, desanimam-se, não conseguem enxergar pela fé.
- Como os discípulos a caminho de Emaús, não enxergavam que Jesus estava com eles. Muitas vezes o problema não é apenas ter um livramento, e sim enxergar que ele já chegou.
II Rs 6:15 - Tendo-se levantado muito cedo o moço do homem de Deus e saído, eis que tropas, cavalos e carros haviam cercado a cidade; então, o seu moço lhe disse: Ai! Meu senhor! Que faremos?16 Ele respondeu: Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles.17 Orou Eliseu e disse: SENHOR, peço-te que lhe abras os olhos para que veja. O SENHOR abriu os olhos do moço, e ele viu que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu.18 E, como desceram contra ele, orou Eliseu ao SENHOR e disse: Fere, peço-te, esta gente de cegueira. Feriu-a de cegueira, conforme a palavra de Eliseu.19 Então, Eliseu lhes disse: Não é este o caminho, nem esta a cidade; segui-me, e guiar-vos-ei ao homem que buscais. E os guiou a Samaria.
Eliseu podia enxergar o que era invisível aos olhos humanos.

- Espiritualmente Eliseu enxergava aquilo que humanamente estava oculto. O seu estado de espírito era o de um homem tranqüilo, pois já via o livramento.
Enxergar pela fé a colheita que virá significa:
Enxergar por convicção.
Heb 11:1 - Ora, a fé, é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem.
- Eliseu tinha uma convicção. Não poderia explicar o porque daquele cerco, mas tinha uma convicção, Deus não o deixaria na mão. Tudo estava no controle de Deus.
- A Tua vida está no controle de Deus, a tua colheita enxergue hoje por uma convicção – Eu sei que é ano de Isaque, de grande colheita, das grandezas de Deus.
- As evidências do mundo não podem mudar as minhas convicções. Um homem de visão é um homem de convicções, por isso não se abala, mas enxerga segundo o que crê, enxerga pela fé – Vai colher em nome de Jesus.
Enxergar por revelação
Números 23:19 Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa. Porventura, tendo ele prometido, não o fará? Ou, tendo falado, não o cumprirá?
- Deus havia se revelado a Eliseu. A revelação de uma palavra é o destino do Espírito para minha vida. Eu sou o que Deus me revelou.
- Você é um líder que vai ter uma poderosa colheita. Enxergue-se como Deus te revelou.
- Sabemos enxergar os índices, as variações das taxas, dos preços, mas como homens de Deus, devemos saber enxergar a revelação.
Deus nos revelou uma palavra – É ano de colheita, você é um homem que vai colher como Isaque, enxergue a revelação e não o que os teus olhos vêem.
Ser curado para enxergar
Apocalipse 3:18 - Aconselho-te que de mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres, vestiduras brancas para te vestires, a fim de que não seja manifesta a vergonha da tua nudez, e colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas.
A Igreja de Laodicéia era uma Igreja morna, nem fria nem quente.
- Pessoas assim são pessoas vulneráveis.
- Nada pode ser tão terrível na minha vida.
- Nada pode me tirar o sono, nada pode tirar o meu equilíbrio.
- Nada pode me cegar.Há um colírio divino que cura os teus olhos.
- Deus vai te curar das decepções passadas, Deus vai curar os teus olhos de toda calamidade que você já viu.
- Muitos usam lentes. A lente da incredulidade, a lente da religiosidade, a lente das impossibilidades. Deus não vai te dar uma lente, Deus vai te curar.
- Enxergue o que Ele prometeu, enxergue pela fé a colheita poderosa que te aguarda.
DEUS TE ABENÇOARÁ NA TUA COLHEITA:
Gen 26:26 - De Gerar foram ter com ele Abimeleque e seu amigo Ausate e Ficol, comandante do seu exército.27 Disse-lhes Isaque: Por que viestes a mim, pois me odiais e me expulsastes do vosso meio?28 Eles responderam: Vimos claramente que o SENHOR é contigo; então, dissemos: Haja agora juramento entre nós e ti, e façamos aliança contigo.29 Jura que nos não farás mal, como também não te havemos tocado, e como te fizemos somente o bem, e te deixamos ir em paz. Tu és agora o abençoado do SENHOR.30 Então, Isaque lhes deu um banquete, e comeram e beberam.31 Levantando-se de madrugada, juraram de parte a parte; Isaque os despediu, e eles se foram em paz.
- Isaque plantou 1 e colheu 100. Teve resultados que nunca ninguém teve naquela terra. Ninguém optaria em ir para Gerar, mas Isaque enxergou o que Deus lhe mostrou, enxergou pelos olhos de Deus e não pelos seus.E você como Isaque será abençoado.
- Como Isaque Deus te fará enxergar negócios e oportunidades que nunca foram enxergados.
- Como aconteceu com Isaque, Deus te abrirá portas e oportunidades que ninguém viu nem percebeu que existia.
- Você verá a tua terra produzindo abundantemente e seus planos e metas serão seguros
- Por enxergar a tua colheita antecipadamente, Deus te dará discernimento dos investimentos futuros, não haverá roubo nem engano na tua colheita.
- Deus te dará destaque, como Isaque você verá o que os Experts não podem ver, e o teu nome será grande na terra por isso.
CONCLUSÃO
1 Coríntios 2:9 - mas, como está escrito: Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.
Multiplicação:
A MISERICÓRDIA DE JESUS PELOS:
Cegos - Mt 20:34
Leprosos - Mc 1:41
Famintos - Mt 15:32
Enfermos - Mt 14:14
Abandonados - Mc 6:34
Inimigos - Lc 23:34
Homens - Rm 11:32






+++++++++++++++

++++++++++++++++

++++++++++++++++

++++++++++++++++

++++++++++++++++



UMA PALAVRA

AOS PRESBÍTEROS


- O apóstolo Paulo estava se despedindo dos presbíteros de Éfeso. Já estava embarcando para Cesaréia no porto de Mileto. Ali se reúne com esses líderes da igreja de Éfeso, capital da Ásia Menor, onde passara três anos.

- Num discurso regado de profunda emoção, o apóstolo dá seu testemunho e reafirma os compromissos que assumira em seu ministério: compromisso com Deus (At 20.19), com ele mesmo (At 20.18,28a), com a Palavra (At 20.20-27), com a igreja (At 20.28-31), com a integridade financeira (At 20.32-35) e com a afetividade (At 20.36-38).

- Nos versículos 28 a 31 o apóstolo tem uma exortação dirigida especialmente aos presbíteros.

Essa palavra é atual e oportuna:

1. O presbítero precisa cuidar da sua própria vida (At 20.28a).
“Atendei por vós mesmos…”.

- A vida do presbítero é a vida do seu presbiterato. Exemplo fala mais do que palavras.

- O que o presbítero é, torna-se mais importante do que aquilo que ele faz. Vida com Deus precede trabalho para Deus.

- O presbítero precisa cuidar de si mesmo para não reprovar nos outros aquilo que pratica.

- Sua vida precisa ser consistente com o ministério que desenvolve.

- Sua conduta precisa ser irrepreensível dentro e fora da igreja.

- O presbítero precisa ser exemplo em seu lar, em seu trabalho e em seus relacionamentos.

2. O presbítero precisa pastorear o rebanho de Deus (At 20.28b).

- O apóstolo Paulo exorta: “Atendei [...] por todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para pastoreardes a igreja de Deus, a qual ele comprou com o seu próprio sangue”.

- O presbítero precisa cuidar não apenas de algumas ovelhas do rebanho, mas de todo o rebanho.

- Precisa compreender a natureza de sua vocação, sabendo que seu presbiterato não é um posto de privilégio, mas uma plataforma de serviço; e mais, esse ministério não vem de homens, mas do próprio Espírito Santo.

- A autoridade que o presbítero exerce não emana dele mesmo, vem do próprio Deus.

- O presbítero é também um pastor do rebanho e seu trabalho é de pastoreio, ou seja, ele é chamado para ensinar, exortar, consolar e proteger o rebanho.

- O presbítero precisa entender que a igreja não é dele, é de Deus. As ovelhas não são dele, pertencem a Cristo, porque foram compradas com o próprio sangue do Cordeiro.

3. O presbítero precisa proteger as ovelhas de Cristo (At 20.29-31).

- Paulo escreve: “Eu sei que depois da minha partida, entre vós penetrarão lobos vorazes, que não pouparão o rebanho. E que, dentre vós mesmos, se levantarão homens falando coisas pervertidas para arrastar os discípulos atrás deles. Portanto, vigiai…”.
- O apóstolo dos gentios faz dois alertas aos presbíteros: o primeiro deles é que há lobos vorazes do lado de fora querendo entrar na igreja para destruir o rebanho.

- Esses lobos são falsos mestres, com falsas doutrinas, pregando um falso evangelho.

- Cabe aos presbíteros serem zelosos com a integridade doutrinária da igreja.

- Cabe a eles a proteção do rebanho contra as novas e velhas heresias que tentam sutilmente entrar na igreja para dispersar e destruir o rebanho de Deus.

- O segundo alerta que Paulo faz é que há pessoas dentro da própria igreja com tendências perigosas, e que, em dado momento se levantarão falando coisas pervertidas para arrastar após si as ovelhas.

- Essas pessoas que estiveram enrustidas e camufladas dentro da igreja nunca buscaram os interesses de Cristo nem do rebanho. Sempre estiveram buscando seus próprios interesses.

- Essas pessoas não amam as ovelhas, amam a si mesmas. Elas não servem ao rebanho, se servem dele. Cabe aos presbíteros proteger as ovelhas de Cristo desses crentes falsos que se levantam para se tornar falsos mestres.

- O presbiterato precisa ser exercido com um profundo senso de cuidado. Paulo diz: “Portanto, vigiai”!


AUTOR: Rev. Hernandes Dias Lopes


=================

+++++++++++++++++


quarta-feira, 28 de abril de 2010


UM MILAGRE
POR UM TOQUE


Texto: Marcos 5:25-34

– Nesse texto vemos uma mulher que soube aproveitar uma oportunidade de tocar em Jesus. É sábio quem aproveita as oportunidades que tem.

- Essa mulher sofria muito e por muito tempo, mas de repente percebe que tem uma oportunidade de acabar seu sofrimento, porque Jesus estava naquele lugar.

- Onde Jesus está os milagres acontecem.

- Leia Mateus 18:20. Jesus está nesta reunião agora. Podemos dizer amem?

- A mulher foi curada, porque tocou em Jesus.

- Você está disposto a tocar em Jesus hoje?

Vejamos Seis princípios na vida desta mulher que a fizeram receber o milagre da cura.

1) – EM SUA BUSCA ELA VENCEU OBSTÁCULOS

Ela era hemorrágica – v.25- sangrava diariamente, por 12 anos. Devia estar fraca e nem poderia sair de casa.

- Mas decidiu sair e tocar em Jesus. Enfrentou a multidão – v.27 - Nesse dia tinha muita gente ao redor de Jesus e isso causou-lhe muitas dificuldades. Mas ela estava determinada a tocar em Jesus.

- Quem quer tocar em Jesus não pode se importar com as dificuldades, os preços a pagar – pague-os que valem a pena – jejum, oração, leitura da bíblia, etc.

- Ela não ficou com pena de si mesma, esperando que Jesus fosse em sua casa. Ela foi atrás dEle.

- Aquele que não mede esforços é o que recebe de Deus – Leia Jeremias 29:13.

- Buscar de todo coração é buscar pra valer, buscar até receber. Não se conforme com a situação e busque solução para seus problemas: de casamento, por filhos, pelas finanças, pela multiplicação da célula, etc.

- Em toda busca existem obstáculos para serem vencidos – quais são os seus?

- Vale a pena lutar para derrubar cada um deles?

- Para aquela mulher valia a pena até morrer.

2) ELA ENFRENTOU A MORTE PARA TER A VIDA

naquela época a lei era clara – mulher com hemorragia era isolada - Lev. 15:25-30

Fazia 12 anos que sua hemorragia não parava, então era considerada impura e tinha que ficar isolada em 3 niveis:

- 1- Familiar-conjugal - se fosse solteira não casava - se fosse casada não teria relações com o marido – não teria filhos – seria discriminada por isso.

- 2- Social –porque era considerada impura não podia tocar em nada e ninguém. Não recebia um toque, um abraço por 12 anos.

- Não tocava e nem era tocada por ninguém. Mesmo assim aquela mulher decidiu correr o risco de ser morta porque entrou no meio da multidão e tocou em Jesus.

- 3 – Religioso – não podia ir ao templo adorar - Lev. 12:2-4

- Todos que querem ser abençoados precisam pagar o preço de tocar em Jesus.

- Se você quer ver seu milagre acontecer, tem que tocar em Jesus para seu casamento prosperar, suas finanças melhorarem, sua célula se multiplicar, seus filhos andarem no caminho do Senhor.

3) - ELA NÃO SE CONFORMOU EM SER INFELIZ

- O ser humano é adaptável a tudo – Pessoas se acostumam com tudo para sobreviverem.

- Se adaptar é bom, para sobrevivência, mas tem o lado mal – faz acostumar com o sofrimento.

- Pessoas se acostumam com pobreza, doenças, casamento ruim, frieza nos cultos, etc.

COM O QUE DEVEMOS CONFORMAR – NOS ADAPTAR?

– só com o que Deus fez ou deu.

Ex: com nossa cor, mãe, pai, filho, casamento – se foi dado por Deus devemos conformar. Não se conforme com o que o diabo fez ou deu

- Leia João 10:10. O diabo é que dá doenças, vícios, miséria, casamento ruim – não se conforme com isso.

- Faça como aquela mulher – pague o preço de tocar em Jesus e receba sua bênção. Só Deus é quem pode dizer que chegou o fim

não aceite que o diabo diga que é o fim. Ele disse que era o fim para algumas pessoas na Bíblia.

Vejamos:

- Para Abraão - sua mulher era estéril, nunca seria pai - Ele perseverou Deus lhe deu Isaque.

- Moisés - quando chegou no mar o diabo disse “é o fim” – Ele creu e o mar se abriu.

- Daniel na cova dos leões - o diabo disse é o seu fim – Ele confiou em Deus, os leões não o tocaram.

- Os 3 homens na fornalha - disseram que era o fim deles mas Deus não deixou que se queimassem.

- Jesus na Cruz – o diabo disse era o fim, matou o filho de Deus - Jesus ressuscitou e o começo de uma nova raça de filhos de Deus começou. Aleluia.

4) – ELA ACEITOU RECEBER ATRAVÉS DE ALGO SIMPLES.

- Ela recebeu o milagre porque teve uma simples idéia – “se eu apenas tocar na capa dele eu serei curada”.

- Tem algo simples que podemos fazer para ser abençoado

Ex:

- ir ao culto com fé que irá receber sua bênção;

- Jejuar por um período, etc. Alguns não conseguem crer em algo pequeno para receber de Deus.

- Não despreze coisas simples que o Espírito coloca em seu coração para que faça e assim receba sua bênção.

5) ELA TOCOU NA CAPA DE JESUS

– Todo judeu usava capa com barra azul – Nm 15:37-40

Significado:

o cordão azul é para lembrar do céu;

- Pingentes – para lembrar dos mandamentos a fim de praticá-los e não seguir o desejo do próprio coração.

- A Bênção vem quando lembramos do céu, dos mandamentos do Senhor e não cumprimos o desejo do nosso coração de se afastar de Deus.

6) ELA TOCOU COM FÉ

- não vale emoção ou misticismo – só quem crê é que recebe.

- Fé genuína não se deixa parar por obstáculos.

- Você tem fé para receber de Deus hoje? A fé pode ser pequena mas é preciso tocar em Jesus para que as coisas aconteçam.

- Tenha a disposição daquela mulher e faça algo que toque o coração de Deus hoje. Amem.





++++++++++++++

++++++++++++++


+++++++++++++++

+++++++++++++++

+++++++++++++++

+++++++++++++++



BEBENDO DA
ÁGUA DA VIDA


TEXTO: João 4:1-30

– Jesus estava viajando da Judéia, região sul, para a Galiléia, região norte, e no caminho parou perto de um poço, numa cidade chamada Sicar, na região de Samaria, que ficava entre as duas regiões. Isso era por volta de meio dia, e uma mulher samaritana veio tirar água.

- Jesus iniciou um diálogo com essa mulher. Quem era essa mulher? Ela é a combinação de muitas coisas negativas, que talvez estejam também na sua vida. E o Senhor tem a solução para essas coisas.

Alguns dos problemas daquela mulher:

1. ELA ERA MULHER

- A mulher era muito discriminada naquela época. Um homem jamais conversava em público com alguma mulher.

- A mulher ocupava o 3º. lugar para um Judeu

- Se houvesse algum perigo, um homem salvava primeiro a sua própria vida, depois a de seu cavalo ou montaria, e só em terceiro lugar ele se importava com a mulher.

- Jesus quis mostrar que Ele não faz discriminação com ninguém.

- Jesus vai atrás de pessoas discriminadas.

- Se você se sente discriminado é com você que Jesus quer falar hoje.

2. ELA ERA SAMARITANA – v. 9

- Ela mesma se espantou por Jesus se dirigir a ela que era Samaritana

- Porque? Judeus e Samaritanos não se davam. Samaritano era um judeu misturado com outras raças – por isso os judeus puros os desprezavam.

- Jesus venceu a barreira da Discriminação racial – não importa sua raça, Jesus tem algo pra você hoje.

3. ERA UMA MULHER PROMÍSCUA

- Jesus manda ela chamar seu marido – v.16-18

– Ela mesma admite que não tem marido. Hoje ainda existe muito preconceito moral

– Mulher solteira com vários filhos, cada um de um pai, ainda causa espanto.

- Talvez aquela mulher tivesse filhos com os 6 maridos e por isso era considerada promiscua.

- Jesus venceu a barreira da discriminação moral e conversou com ela

– Ele quer fazer isso hoje também. Algo diferente pode acontecer com você.

4. ERA UMA MULHER DISCRIMINADA PELAS PRÓPRIAS MULHERES

- Ela buscava água ao meio dia, hora imprópria pois o sol era muito forte. Porque?

- Para não ouvir comentários negativos a seu respeito, e não sofrer com olhares que a acusavam de sua situação moral.

- Tem gente que se sente no subsolo do buraco - é rejeitado até pelos rejeitados.

5. ELA PRECISAVA CONHECER DUAS COISAS

- O dom de Deus, e pedir v.10.

- O que é o dom de Deus? - é presente – Assim como Deus nos dá gratuitamente o ar, a chuva, o sol, Ele quer também nos dar a satisfação espiritual.

- Você não precisa esperar muito para ter isso, Jesus já conseguiu na cruz. Escrever um livro dá trabalho, para ler é bem simples.

- Fazer uma roupa demora, precisa material, dinheiro, conhecimento – vestir é simples.

- Fazer uma comida gostosa – precisa ingredientes e habilidade - comer é simples. Para ter um salvador foi preciso muitos séculos, sacrifícios, preço de sangue, cruz, etc.

- Para receber o salvador é simples – basta crer e confessar com a própria boca. Rm. 10:9-10.

- Hoje é dia de encontrar satisfação em Jesus – tudo está pronto, só falta querer receber.

- O Rio de Deus está entre nós, só falta querer beber.”

– QUE TIPO DE GENTE PEDE ALGO? V. 10

– “você pediria e ele lhe daria a água da vida”. Só aquele que se humilha – pedir é humilhante – quem se humilha e pede, recebe.

- Deus quer que a gente peça para que nos humilhemos. Temos que assumir que não temos e pedir o que precisamos. Não tenha vergonha de pedir algo para Deus – quem pede recebe.

- João 14:14. HOJE JESUS ESTÁ TE PEDINDO ALGO

- Provérbios 23:26 “Dá-me, filho meu, o teu coração, ...”. Que água é essa que não satisfaz? v.13 –:

“ Quem beber dessa água vai ter sede de novo” –

- A água natural que o mundo dá – prazeres e coisas deste mundo. Água do mundo é como água do mar – não mata a sede, só aumenta mais. Sede fala de expectativa não realizada, insatisfação.

- Quem bebe água do mar sua sede piora. Quanto mais você tem do mundo mais quer – fica insaciável.

- Por isso muitos irmãos são insatisfeitos, e trocam de igreja, eles querem beber da água do mundo dentro da igreja- V.14

– Quem bebe de Jesus não terá mais sede – Quando não ficar satisfeito com coisas deste mundo, procure beber de Jesus e ficará satisfeito.

- COMO BEBER DESSA ÁGUA DA VIDA.

Pedindo- v.15 – peça algo grande para honrar a Deus.”

- Admita sua condição e se arrependa V.16 - “vá chamar o seu marido e volte aqui” - Ela confessou sua condição errada – “não tenho marido”. V.17-18.

- Jesus lhe diz que precisa acontecer uma conexão espiritual – V.19 - 24

você tem que ir até Deus – adorá-lo, ir atrás dele, fazer algo para continuar bebendo todo dia. Sacie sua sede diariamente.

CONCLUSÃO:

Hoje é dia de reconciliação com Deus.

O mundo não pode te dar essa satisfação, mas só aumentar sua sede.

Se você tem bebido da água salgada, a água doce de Jesus tira o sal da sua boca





+++++++++++++

++++++++++++++


terça-feira, 27 de abril de 2010


Aproxime-se de Jesus!


Quebra-gelo: Você já teve a impressão que Deus estava longe de você?

Textos: Lucas 8:43-48 e João 6:60 e 66-68.

Introdução:

- A verdade é que Deus não se afasta de nós, nós é que nos afastamos de Deus ou o afastamos de nós.

- A Bíblia fala de várias coisas ou atitudes que podem nos afastar de Deus ou afastar a Ele de nós, todas são responsabilidade nossa; ou seja, ninguém pode nos afastar dos caminhos de Deus, só nós mesmos.

- O desejo de Deus é que nós estejamos próximos a Ele. Deus fez tudo o que podia para que isso acontecesse, mas mesmo assim muitos ainda escolhem viver longe de Deus.

Você deseja o que? Deseja viver próximo a Deus? Se sim então:

1) Aproxime-se de Jesus.

- Todas as pessoas que precisaram, por mais medo, vergonha ou resistência que tivessem se aproximaram de Jesus.

- Muitos, como a mulher hemorrágica, corriam o risco de serem rejeitados e repreendidos pelos seus conhecidos, podiam até sofrer retaliação por parte de outras pessoas, mesmo assim se aproximaram de Jesus.

- Você precisa de Jesus? Não deixe nada nem ninguém te afastarem Dele, aproxime-se.

2) Aproxime-se de Jesus com fé.

- Aquela mulher já havia sofrido muitas decepções, esperou ser curada muitas vezes e nada aconteceu, mas quando ela se aproxima de Jesus ela crê que só precisa tocar na veste de Jesus que será curada, e isso acontece.

- Sua vida será o que Deus sonhou. Os planos que Ele tem pra você, se você os buscar de todo o coração e deixar Ele trabalhar com liberdade em sua vida, acontecerão.

- Creia em Jesus, creia no cuidado e direção de Jesus com a sua vida. Aproxime-se Dele com fé.

3) Não se afaste mais de Jesus.

- Muitos se aproximam de Jesus e por vários motivos acabam se afastando, não faça isso.

- Não deixe nada te afastar de Jesus. Permaneça próximo a Ele.

Conclusão:

- Você deseja se aproximar de Jesus?

- Deseja viver próximo a Ele?

- Não quer se afastar de Jesus por nada?

- Quer obedecê-lo em tudo e andar pelos caminhos que Ele sugere por mais duro que seja para a sua carne?

- Quer que Ele te ajude a isso? Levante a mão, vamos orar.




++++++++++++++

++++++++++++++

++++++++++++++

++++++++++++++



Solidão Nunca Mais




Quebra-gelo: Você já teve a sensação que ninguém te compreende? Já se sentiu só em alguma situação?

Textos: João 5:5-9 e Mateus 28:20

Introdução:

- Muitas pessoas diariamente têm a sensação de que estão sozinhas, e a verdade é que muitas estão mesmo. Não gostariam de viver sozinhas, mas não tem ninguém que seja por elas.

- Um profeta bíblico de nome Elias teve essa sensação (I Reis 19:10) e o paralítico do texto de João 5 também.

- A verdade é que não precisamos lutar nossas lutas sozinhos. Muitos lutam suas lutas sozinhos por escolha deles mesmos. Sem perceber escolhem lutar sós.

- Jesus fala aqueles que entregam a vida a Ele e que decidem obedecê-lo que Ele sempre estará com eles, eles nunca terão que batalhar pelas suas vidas sozinhos.

Se quisermos Jesus ao nosso lado nas lutas da vida:

1º) Precisamos querer ajuda.

- Jesus pergunta ao paralítico se ele quer ser curado, parece uma pergunta óbvia, mas não é; muitos, mesmo precisando da cura de Jesus preferem manter o orgulho e esconder a necessidade.

- Muitos por medo ou vergonha preferem esconder seu problema a revelar que precisam de ajuda.

- Se quisermos que Jesus nos ajude precisamos dizer a Ele: Eu preciso. Deus só ajuda a quem quer.

2º) Precisamos fazer o que Jesus diz.

- Aquele paralítico achava que só ficaria curado se entrasse no tanque. Jesus dá uma solução diferente, manda ele se levantar e andar.

- O que Jesus disse podia parecer absurdo para o paralítico, mas resolveu. Quando Ele fez o que Jesus disse ele andou.

- O que Jesus te diz pode parecer absurdo, pode parecer que não tem nada a ver com o seu problema, que é impossível de ser feito.

- Confie em Jesus e faça o que Ele te diz. Quer a ajuda de Jesus? Então faça o que Ele diz.

3º) Precisamos lutar para crer.

- Muitas vezes a nossa experiência (o que aprendemos, o que vivemos, o que pensamos) pode nos levar a descrer de Jesus e de Sua Palavra, precisamos lutar contra isso, lutar contra a nossa dificuldade em crer e confiar no que Jesus diz.

- O jovem tinha tudo para duvidar de Jesus, era paralítico a trinta e oito anos, quando Jesus disse: Levanta e anda; podia falar: Eu não consigo.

- Não fale que não consegue para o que Jesus te pede, creia e vá, agindo assim com certeza terá a vitória.

Conclusão:

- Quer a ajuda de Jesus?

- Quer obedecê-lo?

- Quer entregar a vida a Ele e deixar Ele dirigir? Levante a mão, vamos orar.









+++++++++++++
++++++++++++++
+++++++++++++++
++++++++++++++
+++++++++++++


segunda-feira, 26 de abril de 2010


Prova de Fogo


Quebra-gelo: Você já enfrentou alguma situação muito difícil, mas que te trouxe grande aprendizado?

Texto: João 16:33 ; Isaías 43:1-2.

Introdução:

- Todos gostariam de uma vida tranqüila, sem grandes problemas, mas percebem que é impossível ter uma vida sem aflições e preocupações.

- Mesmo a vida cristã, a vida com Jesus, não é uma vida sem problemas.

- Mesmo depois de termos recebido Jesus como nosso Senhor e Salvador continuamos a passar por problemas, com a diferença de agora ter com quem contar nessas horas difíceis.

- Os problemas podem nos ensinar ou nos derrubar, depende de nossas escolhas, de como lidamos com eles.

- Isaías 43 nos ensina algumas coisas que devemos saber quando passarmos por uma “prova de fogo”, por um período de grandes lutas.

Quando enfrentar lutas lembre-se:

1) As lutas passarão. Elas vêm, mas vão. (João 16:33; Isaías 43:2)

- A questão não é se vamos passar por dificuldades, a questão é se permaneceremos firmes (em pé) depois que as lutas passarem.

- A Bíblia ensina que podemos ser mais que vencedor em todas estas coisas é só fazer o que Deus manda durante a luta.

- Nós sempre teremos dificuldades, problemas, aflições; como lidamos com elas é que faz a diferença.

Aja como Deus ensina, como a Bíblia fala, e será um vencedor.

2) Deus sempre estará conosco, mesmo na hora da “prova de fogo” (Isaías 43:2).

- Ele promete que estará conosco em toda e qualquer situação. Nossa segurança não é a ausência dos problemas e sim a presença de Jesus conosco em meio aos problemas.

- Nunca estaremos sozinhos, mesmo nos nossos maiores problemas, Deus sempre estará conosco.

Você pode não saber o que fazer, mas Deus sabe e sempre estará conosco. Busque a Ele e Ele te ensinará o que fazer.

3) Deus sempre cuidará de você. Ele te protegerá (Isaías 43:2).

- Ele nos promete que, ainda que passemos pela prova mais difícil, nada nos fará dano.

- Ainda que passemos pelas piores situações possíveis, Deus nos promete cuidado e proteção.

Se fizermos o que Ele manda, não teremos nenhum dano. Ele cuida de nós.

Conclusão:

- Neste mundo você enfrentará problemas, alguns maiores outros nem tanto.

- Você prefere passar por essas “provas de fogo” sozinho ou com Deus ao teu lado?

- Quer sair dessas lutas como um vencedor?

Então entregue sua vida a Deus e faça o que Ele ensina.

Obedeça a Ele em todos os momentos de sua vida, mesmo na hora da luta.

Quer fazer isso?

Quer entregar sua vida a Deus e decidir obedecê-lo?

Fazer o que Ele manda? Levante a mão, vamos orar.




++++++++++++++++

++++++++++++++++

+++++++++++++++

+++++++++++++++