quarta-feira, 11 de outubro de 2017


UMA IGREJA RELEVANTE 
EM SUA CIDADE

“Estêvão, homem cheio da graça e do poder de Deus, realizava grandes maravilhas e sinais entre o povo. Contudo, levantou-se oposição dos membros da chamada sinagoga dos Libertos, dos judeus de Cirene e de Alexandria, bom como das províncias da Cilícia e da Ásia. Esses homens começaram a discutir com Estêvão, mas não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito com que ele falava. Então subornaram alguns homens para dizerem: ouvimos Estêvão falar palavras blasfemas contra Moisés e contra Deus. Com isso agitaram o povo, os líderes religiosos e os mestres da lei. E, prendendo Estêvão, levaram-no ao Sinédrio. Ali apresentaram falsas testemunhas que diziam: este homem não para de falar contra este lugar santo e contra a Lei. Pois ouvimos dizer que esse Jesus, o Nazareno, destruirá este lugar e mudará os costumes que Moisés nos deixou. Olhando para ele, todos os que estavam sentados no Sinédrio viram que o seu rosto parecia o rosto de um anjo.” (Atos 6.8-15)
Estêvão era um representante da igreja. E o que podemos observar é que, mesmo sendo perseguido pelos religiosos e autoridades do seu tempo, sua vida foi relevante para a sociedade daquele tempo. Estêvão foi fiel tanto em sua vida quanto em sua morte. Viveu de forma superlativa e morreu de modo exemplar. Ele não limitou o seu ministério a servir às pessoas, mas ganhou almas para Cristo e operou milagres. Ele levou a sério um ministério de pregação e cura. Mesmo assim, Estêvão enfrentou adversidades: contrataram testemunhas para depor contra ele; instigaram o povo que o acusou de atacar a Lei de Moisés e o templo e, por fim, depois de ouvirem o seu testemunho, o apedrejaram até a morte. Porém, a vida e a morte de Estêvão foram relevantes para as pessoas do seu tempo. Nada aconteceu em vão. Ele marcou de forma profunda a realidade de vida da sociedade dos seus dias.
Como igreja de Senhor, precisamos marcar de forma profunda a realidade da sociedade do nosso tempo. Mesmo diante de perseguição e oposição, não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido, não podemos deixar de clamar, não podemos deixar de sonhar com uma cidade livre do domínio das trevas. Precisamos ser uma igreja relevante para esta cidade!
Então, o que podemos aprender com Estêvão sobre ser relevante para a sociedade em que vivemos? O que caracterizava a vida de Estêvão que precisa caracterizar a nossa vida neste tempo para que possamos marcar de forma profunda a realidade de vida desta cidade?
Uma igreja relevante em sua cidade…
1. Tem uma vida IRREPREENSÍVEL
“Irmãos, escolham entre vocês sete homens de bom testemunho, cheios do Espírito Santo e de sabedoria. […] Então, escolheram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo, além de Filipe, Prócoro, Nicanor, Timom, Pármenas e Nicolau. […] Apresentaram esses homens ao apóstolos, os quais oraram e lhes impuseram as mãos. Assim, a palavra de Deus se espalhava. Crescia rapidamente o número de discípulos em Jerusalém; também um grande número de sacerdotes obedecia à fé.” (Atos 6.3-7)
Estêvão era homem de boa reputação, cheio do Espírito e de sabedoria. Sua vida era o seu ministério. Seu caráter era o alicerce do seu trabalho. Não havia uma abismo entre sua vida e seu trabalho, suas palavras e suas obras, seu caráter e seu desempenho. Se existe uma palavra que caracteriza a vida de Estêvão é CHEIO. Estêvão era um homem cheio do Espírito Santo, cheio de fé, cheio de sabedoria, cheio da graça e cheio do poder.
Quando falo de igreja, falo da minha vida. Se minha vida for irrepreensível, será relevante para as pessoas que me cercam. Uma vida cheia do Espírito Santo, de fé, de sabedoria, da graça e do poder de Deus não tem como não marcar de forma profunda a realidade de vida de uma sociedade em decadência.
Se quisermos ser relevantes para esta cidade, vamos precisar de homens e mulheres irrepreensíveis!
Uma igreja relevante em sua cidade…
2. Tem obras INCONTESTÁVEIS
“Estêvão, homem cheio da graça e do poder de Deus, realizava grandes maravilhas e sinais entre o povo. Contudo, levantou-se oposição dos membros da chamada sinagoga dos Libertos, dos judeus de Cirene e de Alexandria, bom como das províncias da Cilícia e da Ásia. Esses homens começaram a discutir com Estêvão.” (Atos 6.8-9)
É exatamente em um contexto de oposição que Estêvão, cheio de graça e poder, fazia prodígios e grandes sinais entre o povo. Ele não tinha apenas uma vida irrepreensível, mas também obras incontestáveis. Suas obras referendavam sua vida. Ele falava e fazia. Ele pregava aos ouvidos e aos olhos. Ninguém podia contestar sua vida nem negar os milagres que Deus operava por seu intermédio.
A igreja que deseja ser relevante em sua cidade precisa pregar aos ouvidos, mas também precisa pregar aos olhos. A cidade precisa averiguar se o discurso da igreja é referendado pelas suas obras. A mesma graça e o mesmo poder ainda estão disponíveis à igreja desse tempo para realizar sinais e prodígios no meio do povo. Será que nossas obras têm sido contestadas pelas pessoas ao nosso redor? Se a nossa igreja fechar as portas ou sair deste lugar, as pessoas à nossa volta sentirão a nossa falta ou isso não fará diferença para suas vidas? O que pregamos precisa ser colocado em prática.
Uma igreja relevante para sua cidade deve combinar o seu discurso com a prática.
Uma igreja relevante em sua cidade…
3. Tem palavras IRRESISTÍVEIS
“Esses homens começaram a discutir com Estêvão, mas não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito com que ele falava.” (Atos 6.10)
Um homem cheio do Espírito, de fé, de sabedoria, de graça e de poder é amado pelo céu e odiado pelo inferno; faz maravilhas entre os homens e ganha a oposição dos inimigos da cruz. Foi exatamente o que aconteceu com Estêvão. Seus adversários não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito pelo qual ele falava. Suas palavras eram irresistíveis. Havia virtude de Deus em seus lábios. Por isso, tramaram contra ele, subornaram homens covardes que o acusaram de blasfêmia. Por causa de suas palavras irresistíveis, Estêvão pagou um alto preço, mas sua vida foi relevante para aquela sociedade doente.
As palavras irresistíveis que a igreja de Cristo profere vão na contramão de tudo o que essa sociedade prega. Porém, o Evangelho é o poder de Deus para todo aquele que crê e a igreja não pode se calar. Ainda que venham as perseguições, as acusações, este mundo não tem como resistir à mensagem poderosa que a igreja de Jesus Cristo precisa dizer.
Aliás, toda adversidade será apenas para comprovar que a igreja relevante para sua cidade tem as palavras irresistíveis do poder de Deus para salvar, libertar, curar e restaurar toda uma sociedade dominada pelas trevas. Só a igreja de Cristo tem a mensagem que fará diferença na vida das pessoas! A igreja relevante em sua cidade precisa, urgentemente, tomar posse dessa ferramenta altamente eficaz: suas palavras são irresistíveis. A igreja precisa entender que nada pode prevalecer a ela. Jesus disse:
“… E sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” (Mateus 16.18)
Uma igreja relevante em sua cidade entende que as portas do inferno não podem prevalecer contra ela.
Conclusão:
Eu e você somos a igreja de Jesus Cristo. E como igreja do Senhor, não há outra opção senão a opção de sermos relevantes no lugar onde fomos plantados. Precisamos ser relevantes para este bairro e, consequentemente, para esta cidade. Mas, para que isso aconteça, não podemos abrir mão dessas três verdades sem as quais passaremos pela vida sem fazer diferença na vida das pessoas.
Uma igreja relevante em sua cidade…
1. Tem uma vida IRREPREENSÍVEL
2. Tem obras INCONTESTÁVEIS
3. Tem palavras IRRESISTÍVEIS

Mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.