sábado, 27 de abril de 2013

Icabô ou Ebenézer ? Qual o seu estilo de vida?

 

 

 

ICABÔ OU

EBENÉZER?

 

QUAL É O SEU ESTILO DE VIDA?

 

 

INTRODUÇÃO

- Qual desses dois nomes você escolheria para definir o seu estilo de vida?

- Icabô ou Ebenézer?

- Se você escolher “Icabô”, saiba que esta palavra significa “nenhuma glória, derrota”. Mas se escolher “Ebenézer’ então poderá contar com a “Pedra de Socorro” (Jesus Cristo), que é o que este nome significa no original.

I. ATITUDES DE QUEM ESCOLHEU VIVER O ICABÔ: 

1.1 — Pratica a maldade

As pessoas que praticam a maldade são consideradas na Bíblia como filhas de Belial (1 Samuel 2.12a). Os habitantes de Sodoma e Gomorra que cercaram a casa de Ló (Gênesis 19.4) e os homens de Gibeá, que abusaram da concubina de um levita (Juízes 19.22-25), são exemplos de filhos de Beijai.

1.2— Não conhece Deus

Os filhos do sacerdote Eli não conheciam a Deus (1 Samuel 2.12b).

Muitas pessoas estão freqüentando há tantos anos a igreja, os seus nomes constam no rol de membros, participam da Santa Ceia do Senhor todos os meses, porém ainda não conhecem Deus!

1.3 — Rouba de Deus e toma para si

Hofni e Finéias, filhos do sacerdote Eli, costumavam roubar na Casa do Senhor (1 Samuel 2.13-17). Estes atos estão explícitos em 1 Samuel 2.14: “...tudo quanto o garfo tirava o sacerdote tomava para si...”

1.4 - Profana a Casa de Deus

O filhos de Eli se deitavam com as mulheres à porta da tenda

da congregação (1 Samuel 2.22).

1.5 — Dá mau exemplo

Devido às suas atitudes maléficas, os filhos de Eli não tinham boa fama entre o povo de Israel. 1 o que diz 1 Samuel 2.24.

1.6 — Não dão ouvidos à voz do Senhor

Hofni e Finéias não ouviram a voz do seu pai. Eles estavam com o coração endurecido, não obedeciam aos conselhos nem devam ouvidos à voz do Senhor (1 Samuel 2.25).

II. QUATRO CONSEQUÊNCIAS PARA AS PESSOAS QUE VIVEM O ICABÔ:

2.1— Serão desprezadas por Deus

Os que honram o Senhor serão honrados, porém os que o desprezam serão desprezados (1 Samuel 2.30b).

2.2 — Perdem a autoridade espiritual

O sacerdote Eli perdeu a autoridade sobre a sua casa, por isso o Senhor cortou o seu braço e o braço de sua casa (1 Samuel 2.31).

2.3 — Passarão necessidades

Por causa da desobediência, a casa de Eli passaria necessidades (1 Samuel 2.32,36).

2.4 — Sofrerão problemas emocionais

Em 1 Samuel 2.33 encontramos expressões, como “consumir os olhos”, “entristecer a alma”. Isto significa problemas emocionais graves. Profunda depressão, angústia e tristeza.

III. QUEM ESCOLHEU VIVER O EBENÉZER DE DEUS DEVE:

3.1 - Converter-se ao Senhor

Esta primeira condição está declarada em 1 Samuel 7. 3.

3.2-Afastar-se da idolatria

Viver o Ebenézer implica fazer o que manda 1 Samuel 7.3b: “... tirai dentre vós os deuses estranhos...”

3.3 — Preparar o coração ao Senhor

O coração é a sede do pensamento, da vontade, dos sentimentos. Então deixemos de fazer a nossa vontade, e façamos a vontade de Deus. Não deixemos que os maus sentimentos nos dominem, porém submeta mo-nos aos mandamentos de Deus. Sirvamos som ente ao Senhor, conforme diz 1 Samuel 7.3: ‘..servi a ele só...”

3.4 — Confessar os pecados

Só pode haver verdadeira conversão se o homem confessar os seus pecados e retirar os deuses estranhos de seu coração. Se agirmos assim, seremos salvos por Jesus (Romanos 10.9).

3.5 — Clamar ao Senhor

Façamos o que está em 1 Samuel 7.8: “Não cesses de clamar ao Senhor...”

3.6 — Sacrificar ao Senhor

Em 1 Samuel 7.9 está escrito: “Então tomou Samuel um cordeiro que ainda mamava e sacrificou-o inteiro em holocausto ao Senhor...”

O crente que serve a Deus terá de fazer sacrifícios, não brincar de Igreja.

CONCLUSÃO

Que o Ebenézer de Deus esteja sobre todos os crentes que verdadeiramente servem ao Senhor. Icabô é afastamento de Deus, e

Ebenézer, a aproximação de Deus. Façamos a escolha acertada e sejamos vitoriosos. 

 

 

Autor: Pastor Silas Malafaia

Livro: Pregando poderosamente a palavra de Deus

 

 

###################################

###################################

###################################

###################################

TRÊS TIPOS DE FÉ

 

TRÊS TIPOS

DE FÉ.

 

A IMPORTÂNCIA DA FÉ

Texto: João 20: 24-31

Propósito geral: Devocional.

Propósito específico: Ensinar ao crente a importância de crer sem esperar recompensas materiais é imprescindível para os seguidores de Cristo Jesus.

INTRODUÇÃO

A finalidade do livro de João é fazer com que o leitor tenha fé em Jesus. Enfatiza a divindade de Cristo. É o testemunho da pessoa e obra de Jesus. O verbo “crer” aparece 96 vezes no livro. Crer não é aceitar doutrinas, mas crer em Jesus Cristo.

TRANSIÇÃO: O texto nos ensina três tipos de fé.

I - FÉ TIPO TOMÉ - VER PARA CRER - (Jo 20:24-29)

- O “ver para crer” é muito usado por quem não quer crer. o contexto que levou Tomé a pronunciar tais palavras dá uma visão diferente do que ele falou:

- Os acontecimentos das últimas semanas dos discípulos; o clima desolador; a morte do Mestre; o temperamento sombrio e pessimista de Tomé abalado pela tragédia do Calvário.

- Mesmo assim não abandonou sua lealdade e o convívio com os apóstolos. Isolou-se. Estava em crise. Tomé não se recusou a crer, mas não estava disposto a uma fé cega.

- Jesus considerou Tomé sincero e apareceu para tirar a dúvida do seu discípulo. Jesus convidou-o a tocá-lo (v. 26-27).

- A fé foi despertada e Tomé confessou: “Senhor meu e Deus meu”. Da dúvida para a fé, experiência inesquecível. Jesus não o repreendeu. Tomé teve coragem de dizer o que sentia.

- Muitas pessoas condicionam o crer a demonstrações de poder. Só crêem se houver curas, prosperidade, prodígios, experiências que comprovem a sua fé. Pedir sinais a Deus é falta de fé. É ver para crer.

II - FÉ TIPO BEM AVENTURANÇA - NÃO VÊ E ESPERA - (Jo 20:29; Hb 11:1)

- Não é a fé baseada em fatos, mas em esperança nas promessas de Deus.

- Viver como se as promessas de Deus já tivessem se cumprindo. É assim que a fé funciona, não vê e espera.

- Tomé e os outros discípulos creram porque viram o Senhor (v. 19). Alguns não precisaram ver pessoalmente (Jo 20:8). Os que não viram e creram são os que aceitaram Jesus depois de sua partida. Crêem pela pregação da Palavra (Rm 10:17). Crer pela fé e não pelo que vê (II Co 5:7).

- A fé não é válvula de escape quando não sabemos explicar algo (I Pe 3:15). É saber o que se crê. É conhecer bem para saber explicar. Crer é também compreender.

III - FÉ QUE LEVA A VIDA ETERNA - (Jo 20: 30-31)

- Crer nos sinais que Cristo fez e crer Nele mesmo.

- Os sinais são milagres que provam a divindade de Jesus. Foram os meios escolhidos por Deus para despertar a fé.

- O objetivo de João é fazer com que seus leitores confessem Jesus como o único caminho para a Salvação e único Senhor e Deus.

- A fé genuína só pode conduzir a essa confissão (v. 28). É a fé que conduz à vida eterna (v. 31; Jo 3:36).

- O homem precisa um passo em direção a Jesus para ter vida eterna. Esse passo chama-se FÉ que deve ser acompanhado do ARREPENDIMENTO (At 3:19).

CONCLUSÃO

Há três tipos de fé:

      - A fé tipo Tomé: ver para crer.

      - A fé tipo bem aventurança: não vê e espera.

      - A fé que leva a vida eterna.

 

 

Autor: Rubens Giglioni

 

 

===========================================

===========================================

===========================================

===========================================