sexta-feira, 21 de junho de 2013

EXCELÊNCIA NO QUE ESTAMOS REALIZANDO

 

EXCELÊNCIA

NO QUE

ESTAMOS

REALIZANDO

 

I. TRABALHAR NA EXCELÊNCIA É DAR PRIORIDADE NAS COISAS QUE É DO SENHOR:

(II Crônicas 29:1-5) - Tinha Ezequias vinte e cinco anos de idade, quando começou a reinar, e reinou vinte e nove anos em Jerusalém; e era o nome de sua mãe Abia, filha de Zacarias.  E fez o que era reto aos olhos do SENHOR, conforme a tudo quanto fizera Davi, seu pai. Ele, no primeiro ano do seu reinado, no primeiro mês, abriu as portas da casa do SENHOR, e as reparou. E trouxe os sacerdotes, e os levitas, e ajuntou-os na praça oriental,e lhes disse: Ouvi-me, ó levitas, santificai-vos agora, e santificai a casa do SENHOR Deus de vossos pais, e tirai do santuário a imundícia.

  1. Ezequias deu prioridade à Presença Santa de Deus na Nação. Ele não reuniu os governadores, prefeitos, senadores, etc..., mas, abriu as portas da Casa do Senhor e trouxe os sacerdotes e levitas para a consagração.
  2. Ezequias, com esta atitude, estava demonstrando que a Presença do Senhor no seu reinado era a coisa mais importante para sua vida.
  3. Trabalhar na excelência é dar valor àquilo que Deus dá valor, e fazer com amor.

II – TRABALHAR NA EXCELÊNCIA É DAR VALOR AO CHAMADO DE DEUS PARA A SUA VIDA.

(II Crônicas 29:10-11) - Agora me tem vindo ao coração, que façamos uma aliança com o SENHOR Deus de Israel, para que se desvie de nós o ardor da sua ira. Agora, filhos meus, não sejais negligentes; pois o SENHOR vos tem escolhido para estardes diante dele para o servirdes, e para serdes seus ministros e queimadores de incenso.

  1. O contexto era de restauração da adoração a Deus, porque durante o reinado anterior, de Acaz, pai de Ezequias, a apostasia tomou conta de Judá. A primeira coisa que o rei ressalta é que tanto sacerdotes quanto levitas tinham sido escolhidos por Deus para ministrar.
  2. O Novo Testamento ensina que todo cristão autêntico é um escolhido. Por exemplo, Rm 8:33 afirma: Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Pedro afirma em I Pe 2:9, que somospovo eleito e nação santa. Em Col 3:12 somos chamados de eleitos, santos e amados. É um privilégio ser contato como um escolhido do Senhor!
  3. Não sejamos negligentes! Este é o apelo do rei Ezequias aos ministros. Negligência é o mesmo que incompetência, imprudência, relaxo, descaso, desdém e omissão. O profeta Jeremias mostra que a maldição é reservada aos ministros negligentes: Maldito aquele que fizer a obra do Senhor negligentemente (Jr 48:10).
  4. O que se espera de um escolhido do Senhor é aexcelência. O profeta Daniel é descrito como um homem que tinha esta característica: porquanto se achou nesta Daniel um espírito excelente (Dn 5:12).

III – TRABALHAR NA EXCELÊNCIA É TRABALHAR DE TODO CORAÇÃO PARA O SENHOR.

a. (Colossenses 3:23-24) - E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens, sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis.

b. Somos do Senhor! Não sejamos negligentes! Façamos tudo com excelência, como para o Senhor.

c. Excelência é trabalhar para Deus com alegria. (Salmos 100:2) - Servi ao SENHOR com alegria; e entrai diante dele com canto.

 

 

Autor: Pr. Maucir Lehn

 

+++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++

Nenhum comentário:

Postar um comentário