sábado, 11 de maio de 2013

Ser mãe em tempo de crise: a estratégia de Joquebede

 

Ser mãe

em tempo de crise:

a estratégia

de Joquebede

 

Leitura bíblica: Êxodo 2:1-10.

 

 

Introdução:

 

- Hoje é Dia das Mães. Parabéns às mães.

- Vamos falar da mãe de Moisés, Joquebede: era judia, da tribo de Levi, e viveu no período do cativeiro de Israel no Egito, para onde o seu povo viera, a convite de Faraó, na época de José.
Ficara na terra de Gósen, boa para o gado, com muitas pastagens, no delta do Nilo. Depois da morte de José e também do Faraó que o elevara a governador, os israelitas multiplicaram-se e a nova dinastia que agora governava o país teve medo que se fortalecessem e viessem a tomar o poder.

O Faraó então lançou uma política para enfraquecer Israel: baseava-se em matar os bebés do sexo masculino, ao nascerem. As parteiras foram chamadas à presença de Faraó e receberam ordens para executar os meninos recém-nascidos. Mas estas mulheres temeram a Deus e não obedeceram às ordens do rei. Elas desculparam-se dizendo que as mulheres hebreias eram fortes e, que, quando iam assistir aos partos as crianças já tinham nascido. Deus abençoou as parteiras (Sifrá e Puá) pelo que fizeram ao seu povo, e elas puderam ter filhos também.

Então o Faraó pôs em prática outra medida para limitar o crescimento dos hebreus: ordenou aos pais que lançassem os filhos no Nilo, caso fossem do sexo masculino. O terror pairava sobre as famílias dos hebreus.

Joquebede já tinha 2 filhos: Miriam e Arão, mas voltou a ficar grávida, e escondeu como pôde a sua gravidez.

Durante os 3 primeiros meses de vida do menino, ela conseguiu escondê-lo. Moisés devia estar bem alimentado e dormir muito, pois o seu choro não o denunciava. Até que ela teve de tomar uma decisão, com base numa estratégia para preservar o seu filho vivo.

Esta mulher é um modelo de mãe em tempo de crise. Qual foi a sua estratégia?:

1.  Recusou entregá-lo à morte, por isso fez um cestinho de junco, pôs a criança lá dentro e lançou-o nas águas: as circunstâncias adversas não lhe mataram a esperança de ver o seu filho escapar à morte. Mães, não baixem os braços!

2. Calafetou muito bem o cestinho, por dentro e por fora: evitou que as influências do mundo o levassem ao fundo. Mães, protejam os vossos filhos das influências de morte deste mundo!

3. Cobriu o cesto com uma tampa: evitou expô-lo desnecessariamente ao mundo (choro). Mães, não exponham os vossos filhos.

4. Orientou a filha para que o acompanhasse de perto: Miriam compreendeu que aquele bebé era precioso, e que Deus tinha um propósito para ele. Mães, acreditem que Deus tem um propósito para os vossos filhos!

5. Confiou em Deus: quando fazemos tudo quanto podemos resta-nos confiar em Deus. Mães, façam a vossa parte e depois confiem em Deus!

6. No fim recebeu o prémio merecido: a princesa chamou-a para ser ama-de-leite do seu próprio filho, e foi paga para isso…

Conclusão:

Se Joquebede não tivesse uma estratégia, Moisés teria morrido.

 

 

Fonte: http://www.missaoaupe.com.br/

 

 

==================================

==================================

==================================

==================================

Nenhum comentário:

Postar um comentário