terça-feira, 30 de abril de 2013

Chamados para fazer discípulos

 

Chamados

para fazer

discípulos

II Tm 2:2 - A continuidade do discipulado.
At 9:26,27 - O discipulado de Saulo.
At 11:25,26 - O cuidado de Barnabé com Saulo.
Mt 4:18,19 - Jesus e seus discípulos.
Mt 28:19,20 – A nossa incumbência.

 

INTRODUÇÃO:

- O discipulado é a continuidade da integração.

- É o processo em que o novo convertido recebe todas as instruções indispensáveis ao crescimento de sua fé e a conscientização de suas responsabilidades.

- Depois de integrado á igreja, o novo convertido precisa continuar desfrutando de cuidados especiais até que alcance a maturidade espiritual e se torne, ele mesmo um discipulador.

1 - O DISCIPULADO E SUA CONTINUIDADE.

a) O discipulado é uma necessidade

- Assim como o bebê recebe, nos seus primeiro dias de vida, uma alimentação adequada ao seu organismo, da mesma forma o novo convertido nesta fase.

b) A continuidade do discipulado - II Tm 2:2

- O que eu aprendi, devo ensinar a outros, para que esses passem a diante; é fazer discípulos que façam discípulos.

2 - O DISCIPULADO DE SAULO (PAULO).

a) Seu principal discipulador foi Barnabé.

- Barnabé o tomou para si, quando sofreu discriminação da igreja em Jerusalém At 9:26.

- Barnabé manteve Saulo ao seu lado por um ano At 11:25,26.

- Observe que logo ele começa a ajudar Barnabé At 11:26.

- Veja a importância do discipulado, Saulo se torna o grande Paulo, o precioso apostolo dos gentios.

3 - QUALIDADES DE BERNABÉ QUE TODO DISCIPULADOR DEVE TER.

a) Era homem de bem, era cheio do Espírito Santo e cheio de fé - At. 11:24, fiel nas contribuições At 4:37.

b) Seu nome destacava sua conduta (Barnabé, filho da consolação) - At 4:36.
Era amoroso, encorajador, consolador, amigo etc.

c) Outras qualidades do discipulador.

- Deve amar incondicionalmente.
- Deve ser respeitável.
- Ser confiável.
- Ser equilibrado.
- Cuidadoso com as criticas.
- Transparente também nas fraquezas.

4 - JESUS E SEU DISCIPULOS - MT 4:18,19.

a) Eu vos farei pescadores.

- Está claro que discipulado é treinamento.
- Está claro que ninguém é inútil, basta ser treinados.

5 - A INCUBÊNCIA É PARA TODA Á IGREJA - MT 28:19,20.

a) Todos devem fazer discípulos.

b) Aperfeiçoando os santos (preparando a igreja).

c) Para a obra do ministério (que é a edificação do corpo).

d) É a igreja cuidando da igreja (é crente cuidando de crente).

6 - QUANTO TEMPO DEVE DURAR O DISCIPULADO?

a) Enquanto houver necessidade de aprender.

b) E não somente até o batismo, como às vezes pensamos.

7 - PROBLEMAS DA FALTA DE DISCIPULADO - HB 5:12.

a) Quem não tem um discipulador já tem um problema.

- Está propenso a se desviar com facilidade.
- Não cresce adequadamente.
- É presa fácil para heresia.
- É improdutivo.
- É uma brasa só, e logo esfriará.
- Por que ser dois, é um principio divino Ec 4:9-12.

8 - BENÇÃOS DO DISCIPULADO.

a) Se você tem um discipulador você tem um pai, um amigo.

- Alguém que ouça você.
Alguém que ore com você.
Alguém que fale sobre a sua vida (chame a sua atenção).

b) Resultado.

- Seremos melhores servos de Deus, melhores obreiros.
- Teremos raízes bem firmadas.
- Teremos melhor colheita
.

 

 

Por Pr. Carlos de Jesus

 

 

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Chamados para a multiplicação

 

Chamados para a multiplicação (Crescimento)

Gn 1:27,28 - E Deus disse, multiplicai-vos e enchei a terra.
Gn 9:1 - Disse Deus a Noé e seus filhos, frutificai, multiplicai-vos...
Gn 13:16 - E disse Deus a Abrão, farei a tua semente como o pó da terra.
Mt 28:19,20 - Fazei discípulos de todas as nações.

O desejo de Deus, sempre foi á multiplicação de seus filhos, Deus sempre desejou ver a casa cheia de filhos, que o representasse por toda a terra.

1. DEUS FORMOU O HOMEM E DISSE, MULTIPLICA-VOS - GN 1:27,28.

a) Deus sempre quis terra, cheia de filhos que o representem.

b) Adão foi impedido por causa do pecado.

c) De fato a terra se encheu porem, de homens sem Deus.

d) Com a natureza pecaminosa, homens separados de Deus.

2. DEUS ENVIA O SEU FILHO.

a) Deus envia o segundo Adão (Cristo), o filho unigênito, sem pecado II Co 5:21 para tirar o pecado do mundo Jo 1.29.

b) Ele entrega sua vida em resgate de toda a humanidade Jo 3:16.

c) Para encher a terra de filhos que se pareça com Deus, filhos gerados de sua própria vida Ef 2:1, I C0 15:45-49.

3.O PROPÓSITO DE DEUS COM A IGREJA.

a) Ele nos mandou pregar a toda criatura Mc 16:15.

b) Mandou-nos fazer discípulos de todas as nações Mt 28:19,20.

c) A ordem é a mesma do principio, sejam férteis, multiplicai-vos e enchei a terra.

QUATRO FATORES INDISPENSÁVEIS PARA CUMPRIR ESTE CHAMADO

1. VISÃO: a bíblia é muito enfática quanto á visão - Mt 5:22.

a) O senhor disse a Abrão que tudo ele que pudesse ver seria dele Gn 13:14,15.

b) Visão fala de alcance, abrangência, extensão.

c) Vamos ver os moradores do setor como membros da igreja.

d) Veja que os campos estão brancos, é só colher Jo 4:35.

2. FÉ: fundamento do que se espera, prova do que não se vê - Hb 11:1.

a) Sem fé não adianta olhar a terra (lembra dos espias Nm 13).

b) Precisamos dimensionar a nossa fé, pela visão que Deus nos está mostrando.

3. ENTENDER A MISSÃO: para cumprir a visão.

a) A missão da igreja é a conquista dos povos Mt 28.19,20.

b) Não é uma questão de opção, é compromisso, é nossa tarefa, nossa incumbência, nossa responsabilidade I Co 9:16.

4. UNÇÃO: poder para fazer missão e cumprir a visão.

a) Jesus recomendou que primeiro fossem revestidos de poder depois saíssem At 1.4,8.

b) A unção é dada com o propósito de cumprir a missão.

c) Unção sem missão é pura vaidade espiritual.

d) Unção é resultado de oração, jejum, adoração, leitura da bíblia etc.

IMPEDIMENTOS AO CRESCIMENTO E A MULTIPLICAÇÃO.

1. CONFORMISMO:

a) Ficar conformado com o numero de membros que temos.

b) Não se conforme com pouco, a promessa é de muitos filhos.

2. IDÉIA ERRADA SOBRE DEUS.

a) Deus quer qualidade e não quantidade (dizemos).

b) Julgamos-nos melhores do que os outros?

c) Nossa tarefa é encher a casa (Mt 22:9,10), separar é com ele Mt 22:11.
d) É ele quem vai separar o trigo do joio, e não nós.

3. ESTERILIDADE.

a) A esterilidade contraria o propósito de Deus.

b) Deus curou a Sara e a fez mãe de multidões de povos.

c) Com lágrimas e balbucios, Ana conseguiu ser mãe.

d) Chore por filhos e Deus te fará pai de multidões.

4. FALTA DE MATURIDADE EF 4:13,14.

a) Tem gente que nunca deixa de ser criança.
- A criança não sai de casa sozinha.
- A criança não pode trabalhar é crime.
- A criança não faz a família crescer, pois não pode casar-se.

5. ATÉ QUANDO SEREMOS CRIANÇAS?

a) Precisamos crescer; chegar a varão prefeito.

b) É ridículo um adulto usando fraldas, porem, vemos pessoas que nunca crescem na igreja.

c) Cresça em Cristo, case-se com sua obra, e viva a experiência de ser pai, ser mãe de filhos espirituais.

d) Vamos fazer a família crescer.

CONCLUSÃO:

Amados essa é a vontade de Deus, que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade - II Tm 2:3,4.

 

 

Por Pr. Carlos de Jesus

 

================================

================================

================================

================================

A unção de Deus

 

A unção

de Deus

“O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos” Is. 61:1

Vivemos em dias em que o nosso adversário tem feito de tudo para que sejamos crentes nominais, e sem experiência com Deus.

I. EMPECILHOS PARA IMPEDIR A UNÇÃO EM NOSSA VIDA.

1. Vida espiritual ociosa (negligencia)

2. Conformidade com o mundo

3. Egoísmo religioso (neopaganismo)

II. COMO OBTER UNÇÃO

1. Através da tríade espiritual (leitura da bíblia, oração e jejum).

2. Através da graça de Cristo Jesus II Tm. 2:1

3. Atendendo o chamado de Deus Jr. 18: 2

4. Permanecer em Jerusalém At. 1:4

III. PORQUE UMA VIDA DE UNÇÃO

Unção: untar, derramar

1. Para autenticar nosso ministério.

Ex.: profetas I Rs. 16:18 Sacerdotes Lv. 7:3 ss. e Reis Saul e Davi I Sm. 10:1; 16:13

2. Para sermos despenseiros de Deus I Co. 4:1

IV - RESULTADOS DE UMA VIDA NA UNÇÃO DE DEUS

O Espírito Santo se apoderará de ti I Sm. 10:6

- Para profetizar e ser uma nova pessoa I Sm. 10: 6

- Pregar o evangelho Is. 61:1
- Restaurar os contritos (decepcionado e deprimido)

- Proclamar a verdadeira liberdade Sl. 51:13

- Falar da Justiça de Deus

Conclusão:

Somente o crente que obtém a unção de Deus é capaz de alcançar êxito em seu ministério!

 

 

Por Pr. Alailson Sivirino Dias

 

######################################

######################################

######################################

######################################

 

domingo, 28 de abril de 2013

O DESTINO DE QUEM PAGA O BEM COM O MAL É LAMENTÁVEL

 

O DESTINO DE
QUEM PAGA O
BEM COM O MAL
É LAMENTÁVEL

 

INTRODUÇÃO:

Texto Bíblico: I Crônicas 19:1-19

1. É possível alguém receber o bem e devolver com o mal?

2. É possível alguém ser ingrato diante de um bem, feito por alguém?

3. É possível alguém que paga o bem com mal, pagar pelo mal que faz?

I. A DIPLOMACIA NEM SEMPRE ACARRETA BONS RESULTADOS – I Crônicas 19:1-5

1. A simpatia pode ser respondida com antipatia por pessoas infiéis a Deus: Davi expressou grata satisfação pela bondade recebida quando necessitava; então, ele enviou mensageiros a confortar Hanum, pois Naás, seu pai, que ajudara a Davi, havia falecido; entretanto, aquele ato benevolente resultou numa conspiração terrível contra Israel.

2. A cortesia pode ser devolvida com maldade por pessoas cruéis: A mensagem de conforto de Davi foi mal interpretada pelos conselheiros de Hanum, pois não conseguiram assimilar as palavras generosas do rei de Israel, considerando espias os mensageiros de Davi.

3. A amabilidade pode resultar em agressividade por gente de mente perversa: Quando o mal domina o coração, o medo e a suspeita invadem a alma a ponto de tratar com escárnio e insulto até gente bem intencionada. Possuído de medo, Hanum despediu os mensageiros de Davi quase pelados e com a metade da barba a fim de humilhá-los.


II. TRATAR BEM CERTAS PESSOAS PODE SUSCITAR REAÇÕES NEGATIVAS - I Crônicas 19:2, 6-13

1. A misericórdia pode atrair conselheiros temerosos a darem conselhos perigosos: Conselhos errados suscitam sentimentos que podem induzir à guerra. Diante da nobre intenção de Davi os conselheiros de Hanum provocaram uma guerra desnecessária.

2. A bondade pode ser retribuída com vingança por pessoas sem coração: Devido à diplomacia de Davi, a região do Rio Eufrates até a o Mar Mediterrâneo aliaram-se aos amonitas, cercando Israel de todos os lados.

3. A benevolência pode ser paga com intolerância por pessoas sem princípios: Todas as nações da vizinhança partiram contra Israel em resposta a um simples ato de bondade. Mesmo assim, não tome cuidado com a benevolência, tome cuidado com pessoas sem princípios!


III. AO PAGAR O BEM COM O MAL O PREÇO É MAIOR DO SE IMAGINA - I Crônicas 19:14-19

1. O preço mau pago pelo bem ultrapassa qualquer valor estimado pelos maus: Os amonitas viram a o erro que cometeram e, em vez de humildemente reconhecerem seu erro, conseguiram piorar a situação pagando cerca de 35.000 kg de prata para contratar carros de guerras e cavalaria das nações vizinhas; perderam tudo!

2. O mal por si só exige um preço muito alto, ainda mais quando é em resposta ao bem: Depois da primeira derrota, a Síria ajuntou suas forças ameaçando Israel com um formidável exército. “Infligiu, porém Davi com o poder de Deus aos aliados uma derrota tão desastrosas que os Sírios, desde o Líbano até o Eufrates, não somente abandonaram a guerra, mas tornaram-se tributários de Israel” (Ellen G. White).

3. O mal pelo mal não resulta tão mal tanto quanto o mal em resposta ao bem: Enquanto Davi elevou-se a grandezas sem precedentes, os que pagaram o bem com o mal foram destruídos – 7.000 soldados sírios e 40.000 soldados da infantaria – os sobreviventes pagaram tributo a Israel. A lição é clara para todos!

CONCLUSÃO:

1. Cada pessoa deve refletir antes de agir a fim de não agir por impulso, pois os impulsos podem enganar e destruir. É melhor confiar em Deus do que nos impulsos humanos!

2. Os conselheiros devem ser considerados, mas nunca seguir seus conselhos sem antes considerar a possibilidade de risco. Existem conselhos perversos!

3. Toda e qualquer ação tem risco de ter em resposta uma reação, seja ela positiva ou negativa. Lembre-se que o mal cobra um alto preço, nunca vale a pena!

APELO:

1. Sempre faça o bem, não importa a quem, sem esperar o bem!

2. Nunca aceite conselhos sem analisar suas implicações, você pode se dar mal.

3. Sempre coloque Deus e Sua vontade em primeiro lugar, frente a qualquer situação!

 

 

Autor e Fonte: Pr. Heber Toth  / http://portal-biblico.blogspot.com.br/search/label/SERM%C3%83O%20EXPOSITIVO

 

=================================

=================================

=================================

=================================

sábado, 27 de abril de 2013

Icabô ou Ebenézer ? Qual o seu estilo de vida?

 

 

 

ICABÔ OU

EBENÉZER?

 

QUAL É O SEU ESTILO DE VIDA?

 

 

INTRODUÇÃO

- Qual desses dois nomes você escolheria para definir o seu estilo de vida?

- Icabô ou Ebenézer?

- Se você escolher “Icabô”, saiba que esta palavra significa “nenhuma glória, derrota”. Mas se escolher “Ebenézer’ então poderá contar com a “Pedra de Socorro” (Jesus Cristo), que é o que este nome significa no original.

I. ATITUDES DE QUEM ESCOLHEU VIVER O ICABÔ: 

1.1 — Pratica a maldade

As pessoas que praticam a maldade são consideradas na Bíblia como filhas de Belial (1 Samuel 2.12a). Os habitantes de Sodoma e Gomorra que cercaram a casa de Ló (Gênesis 19.4) e os homens de Gibeá, que abusaram da concubina de um levita (Juízes 19.22-25), são exemplos de filhos de Beijai.

1.2— Não conhece Deus

Os filhos do sacerdote Eli não conheciam a Deus (1 Samuel 2.12b).

Muitas pessoas estão freqüentando há tantos anos a igreja, os seus nomes constam no rol de membros, participam da Santa Ceia do Senhor todos os meses, porém ainda não conhecem Deus!

1.3 — Rouba de Deus e toma para si

Hofni e Finéias, filhos do sacerdote Eli, costumavam roubar na Casa do Senhor (1 Samuel 2.13-17). Estes atos estão explícitos em 1 Samuel 2.14: “...tudo quanto o garfo tirava o sacerdote tomava para si...”

1.4 - Profana a Casa de Deus

O filhos de Eli se deitavam com as mulheres à porta da tenda

da congregação (1 Samuel 2.22).

1.5 — Dá mau exemplo

Devido às suas atitudes maléficas, os filhos de Eli não tinham boa fama entre o povo de Israel. 1 o que diz 1 Samuel 2.24.

1.6 — Não dão ouvidos à voz do Senhor

Hofni e Finéias não ouviram a voz do seu pai. Eles estavam com o coração endurecido, não obedeciam aos conselhos nem devam ouvidos à voz do Senhor (1 Samuel 2.25).

II. QUATRO CONSEQUÊNCIAS PARA AS PESSOAS QUE VIVEM O ICABÔ:

2.1— Serão desprezadas por Deus

Os que honram o Senhor serão honrados, porém os que o desprezam serão desprezados (1 Samuel 2.30b).

2.2 — Perdem a autoridade espiritual

O sacerdote Eli perdeu a autoridade sobre a sua casa, por isso o Senhor cortou o seu braço e o braço de sua casa (1 Samuel 2.31).

2.3 — Passarão necessidades

Por causa da desobediência, a casa de Eli passaria necessidades (1 Samuel 2.32,36).

2.4 — Sofrerão problemas emocionais

Em 1 Samuel 2.33 encontramos expressões, como “consumir os olhos”, “entristecer a alma”. Isto significa problemas emocionais graves. Profunda depressão, angústia e tristeza.

III. QUEM ESCOLHEU VIVER O EBENÉZER DE DEUS DEVE:

3.1 - Converter-se ao Senhor

Esta primeira condição está declarada em 1 Samuel 7. 3.

3.2-Afastar-se da idolatria

Viver o Ebenézer implica fazer o que manda 1 Samuel 7.3b: “... tirai dentre vós os deuses estranhos...”

3.3 — Preparar o coração ao Senhor

O coração é a sede do pensamento, da vontade, dos sentimentos. Então deixemos de fazer a nossa vontade, e façamos a vontade de Deus. Não deixemos que os maus sentimentos nos dominem, porém submeta mo-nos aos mandamentos de Deus. Sirvamos som ente ao Senhor, conforme diz 1 Samuel 7.3: ‘..servi a ele só...”

3.4 — Confessar os pecados

Só pode haver verdadeira conversão se o homem confessar os seus pecados e retirar os deuses estranhos de seu coração. Se agirmos assim, seremos salvos por Jesus (Romanos 10.9).

3.5 — Clamar ao Senhor

Façamos o que está em 1 Samuel 7.8: “Não cesses de clamar ao Senhor...”

3.6 — Sacrificar ao Senhor

Em 1 Samuel 7.9 está escrito: “Então tomou Samuel um cordeiro que ainda mamava e sacrificou-o inteiro em holocausto ao Senhor...”

O crente que serve a Deus terá de fazer sacrifícios, não brincar de Igreja.

CONCLUSÃO

Que o Ebenézer de Deus esteja sobre todos os crentes que verdadeiramente servem ao Senhor. Icabô é afastamento de Deus, e

Ebenézer, a aproximação de Deus. Façamos a escolha acertada e sejamos vitoriosos. 

 

 

Autor: Pastor Silas Malafaia

Livro: Pregando poderosamente a palavra de Deus

 

 

###################################

###################################

###################################

###################################

TRÊS TIPOS DE FÉ

 

TRÊS TIPOS

DE FÉ.

 

A IMPORTÂNCIA DA FÉ

Texto: João 20: 24-31

Propósito geral: Devocional.

Propósito específico: Ensinar ao crente a importância de crer sem esperar recompensas materiais é imprescindível para os seguidores de Cristo Jesus.

INTRODUÇÃO

A finalidade do livro de João é fazer com que o leitor tenha fé em Jesus. Enfatiza a divindade de Cristo. É o testemunho da pessoa e obra de Jesus. O verbo “crer” aparece 96 vezes no livro. Crer não é aceitar doutrinas, mas crer em Jesus Cristo.

TRANSIÇÃO: O texto nos ensina três tipos de fé.

I - FÉ TIPO TOMÉ - VER PARA CRER - (Jo 20:24-29)

- O “ver para crer” é muito usado por quem não quer crer. o contexto que levou Tomé a pronunciar tais palavras dá uma visão diferente do que ele falou:

- Os acontecimentos das últimas semanas dos discípulos; o clima desolador; a morte do Mestre; o temperamento sombrio e pessimista de Tomé abalado pela tragédia do Calvário.

- Mesmo assim não abandonou sua lealdade e o convívio com os apóstolos. Isolou-se. Estava em crise. Tomé não se recusou a crer, mas não estava disposto a uma fé cega.

- Jesus considerou Tomé sincero e apareceu para tirar a dúvida do seu discípulo. Jesus convidou-o a tocá-lo (v. 26-27).

- A fé foi despertada e Tomé confessou: “Senhor meu e Deus meu”. Da dúvida para a fé, experiência inesquecível. Jesus não o repreendeu. Tomé teve coragem de dizer o que sentia.

- Muitas pessoas condicionam o crer a demonstrações de poder. Só crêem se houver curas, prosperidade, prodígios, experiências que comprovem a sua fé. Pedir sinais a Deus é falta de fé. É ver para crer.

II - FÉ TIPO BEM AVENTURANÇA - NÃO VÊ E ESPERA - (Jo 20:29; Hb 11:1)

- Não é a fé baseada em fatos, mas em esperança nas promessas de Deus.

- Viver como se as promessas de Deus já tivessem se cumprindo. É assim que a fé funciona, não vê e espera.

- Tomé e os outros discípulos creram porque viram o Senhor (v. 19). Alguns não precisaram ver pessoalmente (Jo 20:8). Os que não viram e creram são os que aceitaram Jesus depois de sua partida. Crêem pela pregação da Palavra (Rm 10:17). Crer pela fé e não pelo que vê (II Co 5:7).

- A fé não é válvula de escape quando não sabemos explicar algo (I Pe 3:15). É saber o que se crê. É conhecer bem para saber explicar. Crer é também compreender.

III - FÉ QUE LEVA A VIDA ETERNA - (Jo 20: 30-31)

- Crer nos sinais que Cristo fez e crer Nele mesmo.

- Os sinais são milagres que provam a divindade de Jesus. Foram os meios escolhidos por Deus para despertar a fé.

- O objetivo de João é fazer com que seus leitores confessem Jesus como o único caminho para a Salvação e único Senhor e Deus.

- A fé genuína só pode conduzir a essa confissão (v. 28). É a fé que conduz à vida eterna (v. 31; Jo 3:36).

- O homem precisa um passo em direção a Jesus para ter vida eterna. Esse passo chama-se FÉ que deve ser acompanhado do ARREPENDIMENTO (At 3:19).

CONCLUSÃO

Há três tipos de fé:

      - A fé tipo Tomé: ver para crer.

      - A fé tipo bem aventurança: não vê e espera.

      - A fé que leva a vida eterna.

 

 

Autor: Rubens Giglioni

 

 

===========================================

===========================================

===========================================

===========================================

sexta-feira, 26 de abril de 2013

A Igreja festeira

 

 A Igreja festeira

 

 Texto Base: 1º Crônicas-15.0-19:19

 

- Celebrar e festejar é algo que está na vida de todos os seres viventes e em todos os reinos da Terra.

- Quando festejamos no Reino de Deus, corremos um risco de sofrermos críticas e injuriações, mas, a Palavra de Deus diz que nós devemos nos alegrar no Senhor, pois é Ele quem abençoa a nossa colheita e todo trabalho de nossas mãos.

- Temos a vida de Cristo em nós, e da mesma forma que há festa no céu quando um pecador se arrepende assim a igreja deve festejar quando cumpre sua missão e conquista algo para Deus, como o fez Davi ao trazer a Arca da Aliança (I Cro. 15.19).

Vejamos 3 características de uma igreja festeira:

1 – DESCOBRIU QUE DEUS GOSTA DE FESTA (Dt 16:14-16):

- Ao passar dos tempos a Igreja se afastou de sua essência e comunhão com o Pai, agregando conceitos errôneos sobre quem é o Senhor.

- Apesar da Igreja acatar estes conceitos podemos conferir na Palavra que Deus é tão algre que Ele mesmo criou festa de celebração para si e para que o Corpo pudesse estar reunido (ex. Festa do Sábado (Shabat), Festa da Páscoa e Festa das Colheitas ou Pentecostes).

- Isso quer dizer que o nosso Deus é um Deus que se alegra, Ele é um Deus que canta, Ele é um Deus que exulta, Ele é um Deus que se regozija. Ele é um Deus que convida o céu para se alegrar.

2 - APRENDEU QUE SÓ EXISTE CELEBRAÇÃO QUANDO SE CUMPRE A MISSÃO (Lc 10:21):

- Existe uma cadeia espiritual que traz para o nosso coração a alegria que está no coração de Deus, como funciona esta cadeia: O céu da uma ordem.

- O Reino é anunciado. Os homens obedecem. As pessoas recebem o Reino. Os céus entram em festa e é tomado por uma grande alegria. A alegria do céu chega a terra e contagia os homens… Podemos ver que é necessário uma missão cumprida para que a alegria se concretize.

- Uma igreja que não tem missão é como um rio sem nascente que não tem origem.

- A missão sem adoração é a mesma coisa de um rio que não desemboca no mar, que não tem destino e não chega a lugar algum.

- A missão de Jesus aqui na terra resultava em adoração á Deus, porque Ele sabia que estava agradando o coração de Deus com seus feitos.

- Assim devemos nos posicionar aos fazermos algo para o Senhor, buscar render-lhe adoração, através de nossos feitos.

3 - OBTEVE REVELAÇÃO DO PRINCÍPIO DAS PRIMÍCIAS (Mt. 6:33):

- Podemos ver em muitas situações o agrado de Deus ao ser lembrado e reconhecido como o primeiro (ex. a oferta de Abel Gn. 3.4-5) a vida de Jesus (Mt. 6.33).

- Primícias não se refere somente a dinheiro, mas de termos um princípio em nosso coração.

- Na nossa vida cristã o primeiro sempre deve ser de Deus. Quando Deus separa algo exclusivamente para Ele, está mostrando a nós que é o Senhor.

- Quando passarmos a entender a importância de Deus estar em primeiro lugar, tudo em nossa vida fluirá melhor.

- Deixar Deus ser o primeiro fala também de deixá-lo tomar conta das nossas finanças, pois sabemos que tudo que temos vem do Senhor.

- Como entregar as primícias para o Senhor:
Primícias:
Divida todos os rendimentos mensais por 30, para saber quanto você ganha por dia.

- O resultado deverá ser entregue como prímicia para Deus.

Dízimo: 10% de tudo que você ganha.
Ofertas: Valor livre!

CONCLUSÃO:

- Viver como igreja festeira nos dias de hoje não é muito fácil, mas temos que tomar posse da alegria dos céus e impactar os lugares onde passarmos com a vida de Cristo que está em nós.

- Assim Deus deseja ver seus filhos vivendo com alegria no coração e desfrutando do melhor dessa terra dando a Ele também o melhor em tudo aquilo que fazemos.

 

Por Silvio Galli

 

++++++++++++++++++++++++++++++++++

++++++++++++++++++++++++++++++++++

++++++++++++++++++++++++++++++++++

++++++++++++++++++++++++++++++++++

 

Comunhão: o DNA da Igreja

 

 

Comunhão:

o DNA da Igreja

 Texto Base: Atos 2.41-47

 

- Através do livro de Atos, bem como outros trechos do NT, tomamos conhecimento das normas ou padrões estabelecidos para uma igreja neo-testamentária, o principal padrão do corpo de Cristo chama-se comunhão, que pode ser alcançada através da perseverança de quatro pontos importantes encontrados no verso 42 de Atos 2.

I – DOUTRINA DOS APÓSTOLOS

QUAL É O CENTRO DA DOUTRINA DOS APÓSTOLOS?

JESUS É O CENTRO DA DOUTRINA DOS APÓSTOLOS. UMA IGREJA PARA VIVER A PLENA COMUNHÃO DO ESPÍRITO SANTO PRECISA SER CRISTOCÊNTRICA.

Jo 14.6 Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

Jo 15.5 Eu sou a videira; vós sois as varas. Quem permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.

1Co 3.11 Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.

Fp 2.9 Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu o nome que é sobre todo nome;

Fp 2.10 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra.

DE MODO NENHUM CONSEGUIREMOS ENTENDER O VERDADEIRO VALOR  COMUNHÃO SE NÃO COMPREENDERMOS ESTA VERDADE FUNDAMENTAL DOUTRINÁRIA: JESUS CRISTO, FUNDAMENTO PRINCIPAL DA IGREJA.

ATRAVÉS DE CRISTO A COMUNHÃO FLUIRÁ NO SEIO DA IGREJA DE FORMA NATURAL.

II – COMUNHÃO

“KOINONIA” – LITERALMENTE SIGNIFICA “TER EM COMUM” E ENVOLVE COMPARTILHAR E PARTICIPAR.

At 2.44 Todos os que criam estavam unidos e tinham tudo em comum.

COMPARTILHAR – FÉ, AMOR, GRAÇA.

1Co 3.21 Portanto ninguém se glorie nos homens; porque tudo é vosso;

1Co 3.22 seja Paulo, ou Apolo, ou Cefas; seja o mundo, ou a vida, ou a morte; sejam as coisas presentes, ou as vindouras, tudo é vosso,

1Co 3.23 e vós de Cristo, e Cristo de Deus.

2Co 4.15 Pois tudo é por amor de vós, para que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar a ação de graças para glória de Deus.

PARTICIPAR – BÊNÇÃOS, NECESSIDADES.

At 2.45 E vendiam suas propriedades e bens e os repartiam por todos, segundo a necessidade de cada um.

Rm 12.10 Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros;

Rm 12.13 acudi aos santos nas suas necessidades, exercei a hospitalidade;

III – PARTIR DO PÃO “PARTIR O PÃO” É UM TERMO MUITO PROFUNDO, PORQUE ENVOLVE RELACIONAMENTO PRÓXIMO, OU SEJA, LITERALMENTE ESTARMOS JUNTOS.

 

O QUE CRISTO NOS ENSINA É VIDA DE TRANSPARÊNCIA E MUITO MAIS ALÉM DO QUE ISSO NOS ENSINA A PERFEIÇÃO DA UNIDADE CRISTÃ. TODOS NÓS SOMOS “UM SÓ CORPO, CUJA CABEÇA É CRISTO”.

At 2.46 E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam com alegria e singeleza de coração.

ESTE VERSÍCULO MOSTRA A UNANIMIDADE NO SEIO DA IGREJA, TODOS ESTAVAM JUNTOS. A UNIDADE ESPIRITUAL NO CORPO, OU SEJA, NA IGREJA, GERA AVIVAMENTO.

VAMOS VISUALIZAR A CENA DA CEIA MINISTRADA PELO SENHOR JESUS:

Mc 14.22 Enquanto comiam, Jesus tomou pão e, abençoando-o, o partiu e deu-lho, dizendo: Tomai; isto é o meu corpo.

APRENDEMOS AQUI QUE O “PARTIR DO PÃO” GERA BÊNÇÃO PARA A VIDA DA IGREJA. ENQUANTO OS DISCIPULOS ESTAVAM JUNTOS O SENHOR JESUS ABENÇOA E PARTI O PÃO (SIMBOLO DE SEU SACRIFICIO). ESTE ATO GERA CRESCIMENTO ESPIRITUAL PARA OS CRENTES EM CRISTO.

TODAS AS VEZES QUE PARTIMOS O PÃO COM NOSSO IRMÃO, GERAMOS EM NOSSA VIDA ALGO QUE PODEMOS CHAMAR DE MUTUALIDADE ESPIRITUAL.

QUEM SABE NÃO SEREMOS CURADOS NESTA NOITE ATRAVÉS DO “PARTIR DO PÃO”?

IV – ORAÇÕES

POR FIM, COMUNHÃO NÃO É VERDADEIRAMENTE EFETIVADA SE A IGREJA NÃO ENTENDER O VALOR DA ORAÇÃO EM SUA VIDA ESPIRITUAL.

VÁRIOS TEXTOS DA BÍBLIA SAGRADA MOSTRAM QUE AS ORAÇÕES FEITAS EM COMUNHÃO TRAZEM UM IMPRESSIONANTE RESULTADO. E EM NOME DE JESUS NESTA NOITE EXPERIMENTAREMOS ESTE RESULTADO, POIS VAMOS COLOCAR EM PRÁTICA ESTA VERDADE.

At 12.5 Pedro, pois, estava guardado na prisão; mas a igreja orava com insistência a Deus por ele.

ATRAVÉS DA ORAÇÃO EM COMUNHÃO DA IGREJA, PEDRO É LIBERTADO DA PRISÃO. NOSSAS ORAÇÕES PODEM LIBERTAR PRISÕES ESTA NOITE!!!

Tg 5.13 Está aflito alguém entre vós? Ore. Está alguém contente? Cante louvores.

Tg 5.14 Está doente algum de vós? Chame os anciãos da igreja, e estes orem sobre ele, ungindo-o com óleo em nome do Senhor;

Tg 5.15 e a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados.

Tg 5.16 Confessai, portanto, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A súplica de um justo pode muito na sua atuação.

“ORAI UNS PELOS OUTROS, PARA SERDES CURARDOS.”

ATRAVÉS DA ORAÇÃO EM COMUNHÃO DA IGREJA, OCORREM CURAS, PERDÃO DE CULPAS E SALVAÇÃO. O ESPÍRITO SANTO QUER ATUAR DE FORMA SOBRENATURAL EM NOSSO MEIO ESTA NOITE!!!

CONCLUSÃO

A UNIDADE DO CORPO DE CRISTO, QUE É A IGREJA, GERA COMUNHÃO, E A COMUNHÃO POR SUA VEZ PRODUZ CRESCIMENTO DA IGREJA.

At 2.47 louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E cada dia acrescentava-lhes o Senhor os que iam sendo salvos.

O MAIOR RESULTADO DA COMUNHÃO É O AVIVAMENTO DO CORPO DE CRISTO, O SEU DNA TRANSMITIDO PARA TODOS QUE PARTICIPAM!

 

Por Rodrigo do Nascimento Hólica /

 

++++++++++++++++++++++++++++++++++++

++++++++++++++++++++++++++++++++++++

++++++++++++++++++++++++++++++++++++

++++++++++++++++++++++++++++++++++++

quinta-feira, 25 de abril de 2013

BONS NEGÓCIOS PARA VOCÊ

 

ATENÇÃO!!!

 

Você pode ser um ÓTIMO cantor…

Você pode ser um ÓTIMO escritor…

Você pode ser um EXCELENTE pregador…

Você pode ter uma EMPRESA IDÔNEA

E PROFISSIONAL…

Mas… se ninguém

te conhece, 

ficará ESCONDIDO

E NÃO FARÁ

BONS NEGÓCIOS.

 

DIVULGUE AQUI OS SEUS PRODUTOS:

CDs, DVDs, Livros, Sites e muito mais.

 

Este Blogspot de Esboços

é VISITADO +/- 1.500 vezes por dia, de segunda a sexta-feira.

E aos sábados e domingos

+/- 2.500 vezes.

 

VEJA AS ESTATÍSTICAS DA GOOGLE NO MÊS DE ABRIL ATÉ O DIA 25 (HOJE):

Entrada - Visualizações de página

Brasil - 33249

Estados Unidos - 1423

Portugal - 289

Rússia - 225

Japão - 153

Alemanha - 95

Angola - 69

Reino Unido - 60

Irlanda - 35

Moçambique – 31

 

SEJA CONHECIDO NO BRASIL

E NO MUNDO – DIVULGUE SEUS PRODUTOS AQUI.

 

FAÇA SUA PROPOSTA:

pastor_robernane@yahoo.com.br

 

No amor de Cristo,

Robernane Ferreira Lima, Pr.

Matozinhos – Minas Gerais – Brasil

 

+++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++

Pastor Robernane, RECOMENDA:

 

========================

========================

 

RECOMENDO O BLOG:

FAMÍLIA,

PROJETO

DE DEUS

 

ESTUDOS BÍBLICOS E ESBOÇOS DE SERMÕES

 

EXCLUSIVAMENTE

SOBRE A FAMÍLIA.

 

http://gravetosparaesbocos.blogspot.com.br/

 

Em Cristo,

Pr. Robernane Ferreira Lima

 

2013-04-10 09.53.57

 

+++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++

QUANDO DEUS CHAMA

 

QUANDO

DEUS

CHAMA

 

1 Samuel 3:1-14

- Você e eu fazemos parte de uma geração informatizada, informada, conectada, antenada.

- Uma geração que perdeu o hábito da solidão, da quietude, do sossego, do isolamento, da reflexão, do auto-conhecimento e do conhecimento de Deus.

- Qual de nós não se sente perdido sem o celular?

- Qual dos nossos jovens e adolescentes ficaria um dia sequer sem os aparelhos eletrônicos modernos?

- Assim os aparelhos de comunicação nos isolam de nós mesmos, da nossa família, e especialmente de ouvir a voz de Deus.
É interessante que em um tempo muito diferente do nosso, a aproximadamente ......anos A.C., mesmo que não houvesse um só aparelho eletrônico, a Palavra de Deus era mui rara e as visões não eram freqüentes(v.1).

- Como o inimigo de nossas almas trabalha, de forma variada e intensa, para que a voz de Deus não seja ouvida pelos seus servos.

- Que dificuldade temos de orar, de ler a Bíblia, de ler livros inspirativos, de participar de reuniões de intercessão. Os exercícios espirituais estão fora da nossa agenda.

- Mas Deus sempre quer falar conosco. Ele nunca desiste de nos buscar, mesmo quando não temos tempo para Ele.

- A história de Samuel e a história de todos nós. Num tempo de muita religiosidade (visto que o templo tinha um lugar central), de muita liturgia, mas de pouca experiência com Deus, este toma a decisão de falar a um menino, assim como nos fala hoje.

- Quando Deus fala com uma pessoa, uma igreja, ou grupo, é algo extraordinário, maginífico, duradouro e transformador.
Samuel, a exemplo de muitos de nós era religioso, dedicado ao seu trabalho, dormia no templo e possivelmente era responsável por fazer a lâmpada do candelabro continuar acesa(v.3). Mas ainda não conhecia a Deus.

- A prova é que Deus o chama várias vezes e ele não consegue distinguir a voz de Deus, da voz dos homens(v.7).

- O que este texto nos ensina a respeito de nossa própria experiência de ouvir a voz de Deus? Quando Deus quer que façamos sua vontade, cumpramos seu propósito, façamos a sua obra, Ele nos chama.

Vejamos 04 características do chamado de Deus:

I - DEUS CHAMA INSISTENTEMENTE.

- Ele chama o menino Samuel quatro vezes (v. 4,6,8,10). O chamou insistentemente por quatro vezes e o chamaria cem vezes se fosse necessário.

- Os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis(Rm 11:29).

- Neste texto Paulo fala do chamamento de Israel, de sua vocação espiritual, mas por extensão fala do seu chamamento a cada um de nós.

- Quando Deus quer salvar uma pessoa Ele não cessa o seu trabalho.

- Quando Ele quer nos chamar à comunhão com Ele, Ele insiste. Ele bate à porta de nosso coração até que a abramos (Ap. 3:20).
Ele chama você através de uma leitura bíblica, um convite para orar, uma música especial, uma pregação, um testemunho, uma exortação, etc.

- Talvez Ele o tenha feito insistentemente e você não tem prestado atenção à sua voz. Mas Ele não desistirá.

- Ele não desistiu de Jonas, quando este, após ouvir seu chamado se dispôs a fugir. Na hora certa ele estava em Nínive cumprindo a vontade de Deus.

- Ele não desiste até ver sua vontade executada.

- O que me chama a atenção é que Deus chama Samuel pelo seu nome, demonstrando a ele e a nós que Ele sabe exatamente quem somos, onde estamos e o que fazemos.

II - DEUS CHAMA INCONFUNDIVELMENTE.

- Samuel ouve a voz e pensa ser do Sacerdote Eli. Corre até ele na primeira vez(v.5). E assim nas outras três vezes que ouve a voz lhe chamar. Ele não fazia um distinção entre a voz do homem e a voz de Deus.

- Às vezes, inicialmente não percebemos que a voz que nos chama é de Deus. Pensamos ser a nossa própria voz, ou a voz de pessoas que nos amam.

- Em João 12: 28 Deus Pai fala com o Deus Filho: Eu já o glorifiquei e ainda o glorificarei. A multidão não consegue interpretar o fenômeno e acha que foi o som de um trovão, outros de um anjo(v.29).

- Somente o Filho entendera bem a voz Pai. Assim nós, que em Cristo fomos feitos filhos( Jo. 1:12), devemos buscar entender quando nosso Pai Celeste nos quer falar.

- Em outro capítulo de João somos chamados de ovelhas, que são chamadas pelo pastor divino pelo nome e o seguem por lhe reconhecerem a voz (Jo 10:3,4).

- A voz de Deus é distinta e todo aquele que nasceu do Espírito a reconhecerá em seu coração.

- Samuel aprendera de agora em diante a reconhecer a voz de Deus, a distingui-la da voz dos homens e isto o tornava um homem muito especial em seu tempo.

- Observemos que em um primeiro momento Samuel precisou do auxílio do homem, visto que não conhecia ainda a voz do Senhor. Eli o ajudou a entender que Deus o chamava(v.8).

- Deus usa os seus instrumentos humanos para lançar luz sobre o caminho que devemos tomar. Ele usa os pais, os amigos, o cônjuge, os professores, os pastores e outros crentes, no entanto, no meio de tantas vozes é preciso distinguir qual a voz de Deus, qual a sua vontade, qual o seu chamamento para nós.

- É tão bom quando os líderes espirituais, os pais, os irmãos, entendem que Deus está chamando os seus.

- Cabe aqui também dizer que a vontade revelada de Deus, a sua Palavra, nos dá orientação segura sobre o que Deus quer para o seu povo. Ninguém terá direção segura sem ler e meditar nas Escrituras. No entanto esta vontade específica, a vocação e os dons, exigem esta comunhão íntima com Deus. Assim, Ele, usando seus instrumentos nos orientará em todas as coisas.

III - DEUS CHAMA RECEPTIVAMENTE.

- Ele insistiu com o pequeno Samuel até que, orientado pelo sacerdote, ele se apresenta para ouvir a voz de Deus. Diz ele: Fala porque o teu servo ouve(v. 10).

- Pronto, agora Deus fala. Ele espera que nos coloquemos nesta posição, a de se apresentar humildemente para ouvir.

- Alguém disse que hoje oramos assim: Senhor, ouve que o teu servo fala. Queremos falar, muito e sempre, e pouco queremos ouvir.

- Ao abrirmos a Bíblia para lê-la devemos dizer: Fala Senhor porque o teu servo ouve.
Ao orarmos devemos dizer: Senhor fala comigo.

- No livro Orando em Família (Edição 2005), se diz que um menino de 06 anos, no primeiro dia de aula recebeu de um professor, que era cristão,uma tarefa para casa, a de falar com Deus naquele dia e no dia seguinte testemunhar em sala como foi esta conversa. Ele ficou impaciente pois nunca havia feito aquilo. Em casa não conseguiu comer, nem brincar, nem sorrir, enquanto não cumprisse a tarefa. Enfim, no final da tarde, já desesperado porque não havia conversado com Deus, pois não sabia fazê-lo, entrou no quarto, ficou debaixo dos cobertores e falou com Deus. Lá no fundo do seu coração ele ouviu Deus falando: Filho, diz pra o seu professor que eu te amo, que eu falei contigo, que te faço bem.

- Imediatamente ele saiu dali, sentiu vontade de correr, e correu. Ficou feliz, teve a sua primeira experiência de ouvir a voz de Deus e a ouve até hoje.

- Deus quer que queiramos ouvi-lo, que nos escondamos dos homens, dos sons da terra, das preocupações da vida, para ouvi-lo.

- Queiramos falar com Deus, mas queiramos muito mais ouvir sua voz.Ele insistirá até que queiramos ouvir.

- A história da igreja tem nos ensinado que Deus quer tanto falar que em momentos especiais promove para que seus servos tenham tempo de ouvi-lo.

- João, por exemplo, ficou preso em uma ilha para ver o que Deus queria lhe mostrar a respeito das últimas coisas. Foi só assim que ele escreveu o livro de Apocalípse.
Alguns ficaram enfermos presos em uma cama e outros ficaram desempregados.

- Neste tempo aprendem a ter comunhão com Deus.

Você quer esperar um tempo destes ou dá para começar a ouvir Deus agora mesmo?

CONCLUSÃO

– O nosso Deus continua falando, através da sua Palavra maravilhosa, através de seus servos e diretamente ao nosso espírito.
Desligue-se um pouco dos sons da terra, dos compromissos exagerados, das ambições terrenas, dos cuidados deste mundo.

- Busque um “cantinho de oração”, um tempo especial com Deus, um lugar onde conversar com Ele, diariamente.

- Procuremos ouvir a voz do Senhor Jesus nos dizendo: Vinde a mim, todos os que estais consados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.(Mt. 11:28-30).

- Lembremo-nos de Marta e Maria. Duas irmãs, ambas amavam ao Senhor, no entanto uma escolheu a boa parte. Segundo o próprio Senhor Jesus a atitude de Maria, em se postar aos seus pés e ouvir os seus ensinamentos era a boa parte e isto ninguém poderia tirar dela(Lc 10:42).

- Por fim meditemos na letra de uma antiga música (A voz de Jesus) que nos inspira a ouvir a sua doce voz a cada momento:

Que doce voz tem meu Senhor!
Voz de amor tão terna e graciosa
Que enche o coração
Dá consolação
Que só o crente goza.
Qual maior prazer que Lhe ouvir dizer:
Vem, meu filho, vem me escutar.
O que Eu fiz por ti, tudo o que sofri
Na cruz pra te resgatar.
Chamou-me não só uma vez;
Tantas te que eu, triste, humilhado,
Pude a voz ouvir,
Pude então sair
Das garras do pecado.
Jesus não me deixa sofrer,
Sua voz me ensina o caminho
De vencer o mal,
Com firmeza tal
Que nunca estou sozinho.

 

 

Autor: Pr. Luiz César Nunes de Araújo

 

+++++++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++++++

 

 


QUEM É JESUS?

 

QUEM É JESUS?

 

“E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.”

João 17:3

 

- Muito se tem falado de Jesus, nesse tempo, principalmente na época de natal. Mas poucos são os que, de fato, tem o verdadeiro conhecimento de Jesus e o que Ele representa para a Humanidade.

- Outros não mensuram a sua influência nas nações no decorrer dos tempos, no caráter e na vida de milhões de vidas.

- Qual o significado de sua vinda? O que ele representa para nós? Nós que vivemos num tempo onde seu nome é mais um personagem histórico, que um ser que transforma a vida das pessoas.

- Uma coisa é certa: só se ama aquilo que se conhece.

- Como posso dizer que amo a Jesus, se de fato não o conheço? Ou quando esse conhecimento está mais no nível intelectual que propriamente experimental?

- Logo se Jesus não faz parte das minhas prioridades, e das minhas devoções diárias, fica difícil afirmar que eu o amo, ou que eu o conheço como meu Salvador pessoal.

CONHECENDO JESUS

Para eu conhecer a Jesus preciso tomar algumas atitudes que me levarão a esse conhecimento.

1. Nunca deixar de esperar. Anelar/Desejar/Almejar.

- Como Ana e Simeão, que já velhos persistiam na fé nas promessas de ver o Salvador de suas almas. Permaneciam no templo de dia e de noite, esperando vê-lo antes de morrerem.

Havia em Jerusalém um homem chamado Simeão; homem este justo e piedoso que esperava a consolação de Israel; e o Espírito Santo estava sobre ele. Revelara-lhe o Espírito Santo que não passaria pela morte antes de ver o Cristo do Senhor. Movido pelo Espírito, foi ao templo; e, quando os pais trouxeram o menino Jesus para fazerem com ele o que a Lei ordenava, Simeão o tomou nos braços e louvou a Deus, dizendo: Agora, Senhor, podes despedir em paz o teu servo, segundo a tua palavra; porque os meus olhos já viram a tua salvação, a qual preparaste diante de todos os povos: luz para revelação aos gentios, e para glória do teu povo de Israel.” Lucas 2:25-32;

Havia uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser,avançada em dias, que vivera com seu marido sete anos desde que se casara e que era viúva de oitenta e quatro anos. Esta não deixava o templo, mas adorava noite e dia em jejuns e orações. E, chegando naquela hora, dava graças a Deus e falava a respeito do menino a todos os que esperavam a redenção de Jerusalém.” Lucas 2:36-38

2. Nunca abandonar. Relacionar/Reconhecer/Declarar.

- Quando Pedro, incitado por Jesus a abandoná-lo, disse uma das frases mais sublimes de declaração de amor:

“A quem iremos Senhor,  tu tens a Palavra de vida eterna”  “Então, perguntou Jesus aos doze: Porventura, quereis também vós outros retirar-vos? Respondeu-lhe Simão Pedro: Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras da vida eterna; e nós temos crido e conhecido que tu és o Santo de Deus.” João 6:67-69

3. Nunca desistir. Permanecer/Perseverar/Persistir.

- Maria Madalena, Maria mãe de Jesus, e João nos ensinam que nem a perseguição dos crucificadores e nem o sofrimento da cruz, nem a morte são capazes de nos afastar dos pés de Jesus.

“E junto à cruz estavam à mãe de Jesus, e a irmã dela, e Maria, mulher de Clopas, e Maria Madalena. Vendo Jesus sua mãe e junto a ela o discípulo amado, disse: Mulher, eis aí teu filho. Depois, disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. Dessa hora em diante, o discípulo a tomou para casa.” João 19:25-27

4. Nunca trair. Fé/Firmeza/Fidelidade. 

“Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande galardão. Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará; todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Nós, porém, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, entretanto, da fé, para a conservação da alma.” Hebreus 10:35-39

5. Nunca deixar de Amar. Vontade/Devoção/Amor.

Quando amamos uma pessoa ou objeto devotamos tempo e pagamos um preço por esse amor. 

“Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos; logo, todos morreram. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.” II Cor 5:14,15

OS PRESENTES DE JESUS

- Como faz bem ganhar presentes. Tem gente que gosta tanto de presentes, que vai às compras e diz que se presenteou com determinadas compras.

- As crianças ficam fascinadas, hipnotizadas quando vêem um presente, de fato, é bom ser lembrado, é bom ganhar presente. Muito mais que o valor é amor e o reconhecimento da lembrança de quem ofereceu aquele presente.

- São sentimentos bons que ficam marcados para toda vida, nos trazendo boas recordações e aumentando nossa estima.

- São muitos os presentes que ganhamos com a vinda de Jesus até nós.

- E que até hoje é oferecido à humanidade.

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16

Podemos citar alguns dos presentes que recebemos com a vinda de Cristo até nós.

1. Salvação.

Havia, naquela mesma região, pastores que viviam nos campos e guardavam o seu rebanho durante as vigílias da noite. E um anjo do Senhor desceu aonde eles estavam, e a glória do Senhor brilhou ao redor deles; e ficaram tomados de grande temor. O anjo, porém, lhes disse: Não temais; eis aqui vos trago boa-nova de grande alegria, que o será para todo o povo: é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor.” Lucas 2:8-11

2. Libertação.

Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor, no qual temos a redenção, a remissão dos pecados.” Colossenses 1:13,14

3. Vida Eterna.

E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.”  João 17:3

4. Comunhão diária e eterna com Ele e com Deus.

…A fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste. Eu lhes tenho transmitido a glória que me tens dado, para que sejam um, como nós o somos; eu neles, e tu em mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade, para que o mundo conheça que tu me enviaste e os amaste, como também amaste a mim. Pai, a minha vontade é que onde eu estou, estejam também comigo os que me deste, para que vejam a minha glória que me conferiste, porque me amaste antes da fundação do mundo.” João 17: 21-24

“Ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século.” Mateus 28:20

- O melhor presente que o homem pode ganhar nessa vida é voltar a ter um relacionamento de amor e comunhão diária com Deus. E isso só pode acontecer através da aceitação do presente oferecido por Deus aos homens que é seu filho, Jesus, que morreu pelos nossos pecados.

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz;” Isaías 9:6

Você recebe esse presente dos céus que está sendo oferecido para abençoar a sua vida?

 

 

Autor: Pr Francisco Nascimento

 

++++++++++++++++++++++++++++++++++

++++++++++++++++++++++++++++++++++

++++++++++++++++++++++++++++++++++

++++++++++++++++++++++++++++++++++

 

quarta-feira, 24 de abril de 2013

A FORNALHA NÃO É O FIM!

 

A FORNALHA

NÃO É O FIM!
DANIEL 3:1-30

 

1 - O INIMIGO PARA CONQUISTAR ADORADOR ELE INTIMIDA (VS.1-6)

* O inimigo tenta nos pressionar com as suas mentiras (vs.2)

* A maior mentira do inimigo é nos intimidar (vs.6)

* O inimigo tem os seus aliados (vs.7-9)

* O decreto está feito, ou adora ou morre (vs.10-11)

* Tudo que o inimigo quer é nos tirar da presença de Deus.

* Adorador de verdade não se prostra diante de deuses falsos(vs.12)

2 - QUANDO UM CRENTE NÃO FAZ A VONTADE DO INIMIGO ELE FICA FURIOSO (VS:13-14)

* O inimigo nunca vai desistir de nos tirar da presença de Deus(vs.15)

* O inimigo questiona o poder do Deus que servimos (vs.15c)

* Quando um servo de Deus tem convicção do Deus que serve, ele não tem medo do inimigo (vs.16-17)

* A maior dificuldade de muitos servos de Deus, é crer de verdade no Deus que serve.

* O crente de verdade não tem medo de passar pela prova(vs.18)

* Não importa como morremos, e sim como vivemos para Cristo.

* Na hora da dificuldade é que aparece o verdadeiro adorador(vs.17)

* Você têm confiado verdadeiramente no Deus que você serve?

* Precisamos aprender a confiar verdadeiramente no Deus que servimos.

3 - O INIMIGO MOSTRA UM CENÁRIO DE DERROTA PARA OS SERVOS DE DEUS (VS:19)

* Quando o inimigo percebe que você não vai se render à ele, ele começa a apelar.

* Precisamos tomar posse das promessas de Deus para nós(Isaías 43:2-3)

* A ordem do inimigo é destruir a vida dos filhos de Deus(vs.20)

* Deus quer transformar esse cenário de derrota em um cenário de vitória, para o nome dEle ser glorificado.

* É no meio do fogo que aparecem os verdadeiros adoradores(vs.21)

* O segredo para vencer é confiar verdadeiramente no Deus todo poderoso.

* Quem não serve o verdadeiro Deus não suporta o fogo(vs.22)

4 - QUANDO VOCÊ CHEGAR NA FORNALHA DEUS JÁ VAI ESTAR LÁ TE ESPERANDO (VS.23-24)

* Quando Deus está no negocio o inimigo não vai ter tempo nem pra comemorar o que ele fez (25-26)

* O inimigo vai ter que reconhecer que você serve um Deus todo poderoso (vs.26)

* A prova que você está vivendo hoje é para o nome de Deus ser glorificado (vs.27-28)

* O inimigo vai ter que abrir a boca e declarar que o seu Deus é fiel (vs.28)

* O que seria dos meninos se eles não tivessem vida com Deus?

* Muitos estão desanimados porque tem olhado para o cenário que o inimigo está mostrando.

* A fornalha não é o fim, e sim uma escola para experimentar da fidelidade de Deus.

* Quando obedecemos a Deus o nome dEle é exaltado em nosso meio (vs.29)

* Deus quer te honrar diante de tudo que você tem passado por amor a eLe (vs.30)

 

 

Fonte: Pr. Givaldo / http://www.ibrest.org.br/ministracoes/ministracoes.html

 

+++++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++++