segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

TRIUNFANDO PELA FIRMEZA NA GRAÇA

 

 

images

TRIUNFANDO PELA FIRMEZA

NA GRAÇA

- I PD 5:10-11

 

- Nosso texto começa com um “ora”, numa referência clara ao v.8-9, onde Pedro nos lembra de alguém que não pode ser ignorado – o diabo – ele é um inimigo que está perto de nós, forte e determinado! Como enfrentá-lo?

- Precisamos “resistir firmes na fé”, tendo como motivação a lembrança de que fazemos parte de uma grande rede mundial de irmãos que igualmente vem numa grande luta espiritual.

Como vencer esta luta? PELA FIRMEZA NA GRAÇA....

I – GRAÇA VERTICAL

(v. 10 “Ora, o Deus......”)

- A graça vem de cima para baixo e não de baixo para cima. Nós não alcançamos a graça, é a graça que nos alcança.

- Graça diz respeito ao dedo de Deus e não ao dedo do homem.

- Graça é sempre a negação do mérito humano e a reafirmação do mérito divino....

II – GRAÇA ABRANGENTE

 (v. 10 “... de toda a graça...”)

- Para Pedro a graça era tão abrangente que, numa linguagem matemática, não pensava numa expansão da graça que fosse apenas somada, mas permanentemente multiplicada (1:2).

- Deus é o Deus de toda a graça: não há nenhuma situação de nossas vidas que não possa ser eficientemente coberta pela Sua graça (II Pd 1:3-4).

III – GRAÇA CRISTOCÊNTRICA

 (“... que em Cristo...”)

- Viver na graça não é viver na religião, é viver em Cristo: ela é, essencialmente, comunicada a nós na medida que nos relacionamos prioritariamente com Jesus (1:13)

IV – GRAÇA SALVADORA

 (v. 10 “... vos chamou à sua eterna glória...”)

- Pedro começou sua carta afirmando que pela ressurreição de Jesus Cristo nós fomos regenerados “para uma herança incorruptível, sem mácula, imarcescível, reservada nos céus...” (1:3-5). Por isso, ele via a igreja como uma comunidade “peregrina e forasteira” (2:11) que estabelece seus alicerces na definitiva glória eterna e não na passageira glória terrena.

- Igreja é, essencialmente, a comunidade dos salvos em Cristo que, brevemente, estará desfrutando da glória eterna....

- O que adianta experimentar bênçãos na terra e passar toda a eternidade no inferno?

- O primeiro, o maior e o definitivo chamado da graça é o chamado para a glória eterna!

V – GRAÇA SOFREDORA

(v. 10 “... depois de terdes sofrido por um pouco...”)

- A mensagem da graça, ao contrário do que muitos pregadores evangélicos apregoam, não é um caminho de triunfo sem sofrimento, mas um caminho de triunfo “pelo sofrimento”.

- Pedro estava tão certo do lugar do sofrimento na graça que tratou deste tema várias vezes na sua carta (1:6; 2:20-25; 3:14; 4:12-16; 5:5).

VI – GRAÇA COMPLETA

(v. 10 “... ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar...”)

- A graça não é um caminho humano em busca do favor divino, é o caminho divino em favor do homem crente em Cristo, por meio do qual Deus faz uma obra completa (Fp 1:6), perfeita, firme, forte e fundamentada. (v. 10).

- A despeito de nós mesmos, de nossas quedas, desvios, derrotas, crises... temos a garantia que o resultado final será a vitória completa da graça, porque a Palavra garante que Ele fará tudo!

CONCLUSÃO

(v. 11 “... A ele seja o domínio, pelos séculos dos séculos, amém!)

- Se a graça é tudo isso: vertical, abrangente, cristocêntrica, salvadora, sofredora, completa só nos resta reconhecermos completamente o domínio de Deus por meio de uma submissão humilde e exaltadora do Seu nome!

- O caminho da graça não é um caminho descompromissado de aproveitamento das benesses do Reino de DEUS, pelo contrário, é um caminho de submissão completa aos Seus princípios. Viver na graça é viver como servo!

- No verso seguinte (12) Pedro encerra sua carta que teve Silvano como portador lembrando que “que esta é a genuína graça de Deus, nela estais firmes”.

- Numa sociedade que promove tantas deturpações da graça, somos chamados por Deus a vivenciar a graça genuína e a nos firmarmos exclusivamente nela!

AUTOR: Pr. Jair Francisco Macedo / Sermão pregado em 02.12.2012

 

 

++++++++++++++++

++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++

++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++

Nenhum comentário:

Postar um comentário