quinta-feira, 27 de setembro de 2012

O Poder da 
Oração Intercessória

 “E, quanto a mim, longe de mim que eu peque contra o SENHOR, deixando de orar por vós; antes, vos ensinarei o caminho bom e direito” (I Sm 12.23) 

 I – O QUE É A INTERCESSÃO? 

-  Não existe uma melhor forma de se demonstrar o amor de Deus que está derramado em nossos corações do que através da intercessão. 

- Quando intercedemos, oramos a Deus pelas pessoas que nos cercam, ou por aquelas que necessitam de ajuda, sem que necessariamente elas estejam dentro do nosso círculo de amizades ou convívio. 

 Definição: 

- Intercessão significa “Súplica em favor de outrem” (Rm.8.26-27). 

- Pressupõe sofrer com os que sofrem; chorar com os que choram; e tomar, como se fossem nossas, as dores alheias. 

- É dizer a Deus que nos importamos com o sofrimento do próximo. 

“Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram” (Rm 12.15). 

 1.1 – A importância da intercessão 

 1º. Tem o poder de aplacar a ira divina 

– Ex 32.32 “Agora, pois, perdoa o seu pecado, senão, risca-me, peço-te, do teu livro, que tens escrito”; 

2º. Tem o poder de mudar decisões divina 

– Ex 33.15 “Então lhe disse: Se tu mesmo não fores conosco, não nos faça subir daqui”; 

 3º. Tem o poder de evitar juízos divinos 

– Is 38.5 “Vai, e dize a Ezequias: Assim diz o Senhor, o Deus de Davi teu pai: Ouvi a tua oração, e vi as tuas lágrimas; eis que acrescentarei aos teus dias quinze anos”. 

 1.2 – O que não é intercessão. 

 => Oração comum: Toda intercessão é realizada através da oração, porém nem toda oração é uma intercessão.  

=> Dom: Intercessão não é um dom ministerial, ou uma aptidão específica, destinada exclusivamente a um grupo seleto de pessoas. 

 1.3 – Formas de intercessão. 

 1º. Súplica: Oração que, tem como essência, a humildade de espírito, a fim de mover o coração de Deus em favor daqueles que padecem (Dn. 9.18); 

 2º. Rogo: Pleitear, pedir com urgência, persuadir (Lc.22.32); 

 3º. Petição: Ato de pedir, pedido intenso, solicitação, requisição (I Sm.1.17,27). 

 II – JEREMIAS INTERCEDE POR JUDÁ 

 1º. O estado em que se encontrava a nação de Judá era triste. Os males causados pelo terrível rei Manassés ainda estavam vivos (Jr.15.4); 

 2º. Mesmo diante da ousada tentativa do rei Josafá, que partiu em busca da restauração espiritual da nação. Nota-se, porém, que o povo havia tomado gosto pelo pecado (Jr.14.10); 

 3º. Como se não bastasse, tinham se levantado falsos profetas que com suas mensagens fraudulentas enganavam o coração do povo levando-os cada vez mais, para longe de Deus (Jr.14.13-14). 

 4º. Diante desse caos que surge o profeta Jeremias, disposto a gastar todas as energias possíveis e imagináveis em busca do quebrantamento divino em favor de Judá. 

 2.1 - Os motivos de Jeremias. 

-  O profeta acabara de receber uma terrível notícia da parte de Deus. O Todo Poderoso estava resoluto em julgar com braço forte a nação de Judá (Jr.14.10; 15.3). 

 2.2 - Os argumentos de Jeremias. 

 1º. Confissão de pecados (tidos como a causa da calamidade). 

- Há um reconhecimento do erro do povo por parte do profeta que suplica misericórdia ao Senhor (Jr.14.7; 14.20). 

 2º. O pacto firmado com Abraão e Moisés. 

- Jeremias se lembra da aliança entre Deus e os patriarcas (Jr.14.21). Ele estava tentando fazer com que Deus os ajudasse por auto-interesse, isto é, por causa do seu nome. 
“Por que serias como homem surpreendido, como poderoso que não pode livrar? Mas tu estás no meio de nós, ó Senhor, e nós somos chamados pelo teu nome; não nos desampares” (Jr.14.9). 

- Sabemos que essa idéia é frágil, tendo em vista que não era Deus que estava pronto a romper sua aliança com a nação de Judá. Essa aliança tinha sido despedaçada pela própria nação, quanto a prática de sua idolatria, adultério e apostasia. 

 2.3 – A necessidade da intercessão 

 1º. Temos o dever de orar pedindo paz 

– Sl 122.6 “Orai pela paz de Jerusalém; prosperarão aqueles que te amam”; 

 2º. Temos o dever de orar uns pelos outros 

– Tg 5.16 “Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos”; 

 3º. Temos o dever de orar em todo tempo 

– Ef 6.18 “Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos”. 

 III – POR QUE DEVEMOS INTERCEDER 

-  O caso do profeta Jeremias é específico, e de forma alguma Deus deseja que deixemos de orar uns pelos outros. 

- Deus ainda procura pessoas como Jeremias, dispostas a falar sua palavra e orar por aqueles que necessitam. Contudo entendemos que devemos sempre interceder pelos mais diversos motivos. 

Vejamos alguns

 1º. É a melhor forma de praticarmos o amor altruísta. 

“Todavia peço-te antes por amor, sendo eu tal como sou – Paulo o velho, e também agora prisioneiro de Jesus Cristo. Peço-te por meu filho Onésimo, que gerei nas minhas prisões; O qual noutro tempo te foi inútil, mas agora a ti e a mim muito útil; eu to tornei a enviar. E tu torna a recebê-lo como às minhas entranhas” (Fl.9-12); 

 2º. É nossa responsabilidade. 

- No tocante a sua obra, Deus é o maior interessado no seu desenvolvimento, mas mesmo assim, o Senhor participa com sua igreja essa responsabilidade. 

“Então, disse aos seus discípulos: A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros. Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara” (Mt.9.37-38); 

 3º. Tem o poder de vencer o inimigo 

– Ex 17.11 “E acontecia que, quando Moisés levantava a sua mão, Israel prevalecia; mas quando ele abaixava a sua mão, Amaleque prevalecia”; 

 4º. Tem o poder de trazer livramentos 

– At 12.5 “Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus”; 

 5º. Tem o poder de enfrentar desafios 

– I Rs 18.36 “Sucedeu que, no momento de ser oferecido o sacrifício da tarde, o profeta Elias se aproximou, e disse: Ó Senhor deus de Abraão, de Isaque e de Israel, manifeste-se hoje que tu és Deus em Israel, e que eu sou teu servo, e que conforme à tua palavra fiz todas estas coisas”. 

 Algumas recomendações bíblicas sobre a oração intercessória dos cristãos (CHAMPLIN, 2001, p. 249, v. 3): 

- A oração intercessória nos é ordenada (I Tm 2.1; Tg 5.14, 16) 

Devemos interceder em favor de todos os homens (I Tm 2.1):

+  Por todos quantos ocupam posição de autoridade (I Tm 2.2) 
+ Pelos ministros (pastores) (II Co 1.11; Fl 1.29) 
+ Por todos os santos (Éf 6.18) 
+ Pelos patrões (Gn 24.12-14) 
+ Pelos servos (Lc 7.2,3) 
+ Pelas crianças (Mt 15.22) 
+ Pelos compatriotas (Rm 10.1) 
+ Pelos enfermos (Tg 5.14) 
+ Pelos que nos perseguem (Mt 5.44) 
+ Pelos nossos inimigos (Jr 29.7) 
+ Pelos que nos invejam (Nm 12.13) 
+ Por aqueles que nos abandonam (II Tm 4.16) 
+ Os ministros (pastores) devem orar pelos membros (Ef 1.16; Fl 1.4) 

- É um pecado neglicenciarmos a oração intercessória (I Sm 12.23) 

- A oração intercessória beneficia o próprio intercessor (Jó 42.10) 

Lembre-se: “E, quanto a mim, longe de mim que eu peque contra o SENHOR, deixando de orar por vós; antes, vos ensinarei o caminho bom e direito” (I Sm 12.23) 


 Fonte: http://agsalmeida.wordpress.com/2012/06/27/o-poder-da-oracao-intercessoria/


+++
+++
+++
++++++++
++++++++
++++++++
+++
+++
+++
+++
+++
+++
+++
Atitudes de uma 
Pessoa Vencedora 



-  Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Romanos 8.37 

-  Tudo o que Deus faz coopera para o bem daqueles que andam conforme seus propósitos, essa é uma promessa bíblica que somente se realiza quando verdadeiramente entregamos a nossa vida e vontades integralmente ao Senhor. 

- Muitas pessoas procuram a Cristo em busca de soluções, mas não se entregam totalmente a Ele. Querem a benção, mas não aceitam o domínio Senhor da benção. 

-  Paulo está afirmando a seus irmãos em Roma que Deus os tornou vencedores, em toda e qualquer situação. 

- Isso significa que: mesmo quando a situação aparente é desfavorável, como aconteceu com os cristãos que foram consumidos no período de perseguição, mesmo assim somos vencedores. 

- As pessoas e situações podem roubar seus bens, sua saúde e vida física, mas não podem roubar o seu espírito e fé que tens no Senhor. Essas coisas são tiradas de nós quando nos rendemos aos obstáculos e os aceitamos como ponto final em nossa vida. 

- Vamos estudar algumas atitudes na vida de quem é vencedor. Se você não desenvolveu tais atitudes, ore ao Senhor Deus para que te dê forças a fim de alcançar um espírito vencedor. Pois, em Cristo você é mais que vencedor! 

 1ª atitude: Acredite – quem confia em Deus compreende que nenhum problema é grande demais para ser resolvido.

- Qual a sua filosofia diante de um problema? 
- Solução, crescimento, oportunidade, experiência, desespero, angústia, ansiedade, etc… Como você encara os fatos? 

- Tenha atitude – Suas atitudes serão mais importantes do que os fatos. Portanto, rodeie o fato por cima, por baixo e pelos lados, encontre um ponto vulnerável e enfrente-o. 

- Tenha uma atitude mental positiva, lembre-se: você tem a mente de Cristo. 

 1º. Pense e reaja com disciplina, às vezes é melhor esperar um pouco antes de tomar uma decisão; 

2º. Elimine de sua mente os pensamentos de ‘e se…’ e passe a desenvolver pensamentos de ‘como…’. 

- Muitas pessoas ficam paradas diante de determinadas situações imaginando ‘e se…’; quem tem a mente de Cristo irá pensar diferente e ‘como’ resolver a situação e tirar proveito daquele momento;  

3º. Impregne sua mente com a fé em Deus e alcançará coisas impossíveis. 

- Leia passagens na Bíblia que apagam a idéia de fracasso: “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á” (Mt 7.7); 

“Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação” (2 Tm 1.7); 

 4º. Renove sua mente com a esperança baseada na Palavra de Deus e diga agora mesmo – Eu creio que todas as coisas cooperam para o meu bem, pois eu estou no centro da vontade de Deus, aleluias; 

 5º. Não valorize o problema. Reduza-o ao tamanho certo.

- Desfragmente seu problema em partes menores e depois lide com cada situação em separado até eliminar o todo. 

- Busque ajuda em Deus. Quando as coisas apertarem ligue para Deus em Jeremias 33.3. 

 2ª atitude: Tenha coragem – não existe nada a temer. 

-  Não temos nada nessa vida. Enganam-se aqueles que acham que poderão levar para a eternidade os bens materiais conquistados, relacionamentos, títulos ou qualquer outra coisa. 

- Portanto, se você não pode manter sua própria vida quando a morte bate à sua porta, porque se preocupar com coisas menos importantes. 

- Apenas entregue sua vida a Cristo, Ele pode te dar uma vida plena nesse mundo e a salvação eterna. 

- Nada dura para sempre, tudo pode ser removido: a ira, a depressão, o ódio, o preconceito, o medo, etc. 

- Quando você decide opor-se decididamente aos obstáculos, eles irão encolher-se e finalmente desaparecer com o tempo. 

-Não valorize aquilo que traz o medo, mas enfrente-o, pois é melhor do que viver fugindo dele. 

 Veja alguns passos para eliminar seus temores: 

1º. Seja uma pessoa de fé. Diga para si mesmo: 
“Não quero mais ser controlado pela ansiedade e medo”, pois eu tenho o Espírito Santo de Deus em minha vida;  

2º. Aumente a sua fé. 

- Os discípulos de Jesus certa ocasião pediram-lhe: “aumenta a nossa fé”. Então ore e peça ao Senhor por mais fé. 

- Tome doses contínuas de porções bíblicas que aumentem a sua fé. 

 3º. Não tema o fracasso. 

- Quem nunca fracassou? 

- Todos nós passamos por situações difíceis, mas o segredo para vencer está na sua atitude diante do fracasso, como você reage. 

- O fracasso pode se tornar um excelente professor que nos ensinará evitar novos erros. 

 3ª atitude: Seja uma pessoa entusiástica – faça a sua vida valer a pena! 

-  O entusiasmo é como uma grande paixão que torna sua vida interessante. Ninguém conseguirá sucesso sem uma boa dose de entusiasmo. 

Veja como desenvolvê-lo: 

 1º. Antes de sair da cama, dedique 5 minutos a meditação sobre coisas boas e oportunidades que poderá ter no novo dia. 

- Não se esqueça do que o apostolo Paulo declarou – tudo que acontecer será para o teu bem, desde que você esteja na vontade de Deus; 

 2º. Leia a Bíblia diariamente, ela é uma grande fonte geradora de entusiasmo. 

- Nela encontramos que “Tudo é possível ao que crê” (Mc 9.23) e “tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis” (Mt 21.22). Ela nos ensina renovar constantemente a mente (Ef 4.23), preenche-la com a Palavra de Deus, orar ao Senhor e para alcançar a direção correta para a vida; 

 3º. Dois estimulantes da fé para você: Todas as manhãs e noites tome uma boa dose de Filipenses 4.13 – “Posso todas as coisas naquele que me fortalece”; Pelo menos três vezes ao dia se revista do Salmo 118.24 – ““Este é o dia que fez o Senhor; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele”; 

 4º. Ame a vida e as pessoas. 

- Ame as pessoas, ame o céu, a beleza e a Deus. Quem ama sempre se torna um entusiasta. Comece hoje a cultivar o amor pela vida. 

 “A pior falência é a do homem que perdeu o entusiasmo. Se o homem perder tudo na vida, menos o entusiasmo, ele voltará a ter sucesso.” – H.W. Arnold. 

- Descubra necessidades e supra-as. Leve o entusiasmo para a sua vida! 

 5º. Para continuar cheio de energia, conforme o propósito de Deus para você mantenha a entrada de energia maior do que a saída. 

- Portanto, descubra a grande técnica de “entregar tudo a Deus”. 

- Peça a Deus sabedoria e orientação e depois dê o melhor à vida. Tendo feito o seu melhor, deixe os resultados para o Senhor, confiando na sua providência. 

- Você vai encontrar renovação, novas energias, novo entusiasmo. 

 4ª atitude: Seja uma pessoa mansa – não se preocupe, vença a ansiedade! 

-  Alimente a sua mente com a Palavra de Deus. 
- Deixe que ela se dissolva no centro de controle da sua consciência, onde é formado o seu padrão de vida.  

- Eu quero te dar uma receita para sete dias, baseada na Palavra de Deus. 

Espero que ela te ajude a vencer a ansiedade: 

Primeiro dia. 

Comece seu tratamento com Filipenses 4.13 – “Posso todas as coisas naquele (Cristo) que me fortalece”. 

- Repita o versículo muitas vezes ao longo do dia, especialmente quando a preocupação o ameaçar; 

Segundo dia. 

- Aplique em seu coração e mente Isaías 26.3: 
“Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti”. Repita em voz alta muitas vezes até que as palavras se infiltrem na consciência. Isso produzirá uma paz na qual a preocupação não conseguirá sobreviver. 

 Terceiro dia. 

- Memorize o Salmo 23.4 – “Não temerei mal algum, porque tu estás comigo”. 

- Enfatize, mediante a repetição, o pensamento poderoso da presença de Deus e faça isso várias vezes no dia. 

- A preocupação não pode coexistir com a presença de Deus. Encha a sua mente de Deus; 

 Quarto dia. 

- A cada hora aplique em sua mente Lucas 11.9 - “E eu vos digo a vós: Pedi, e dar-se-vos-á: buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á”. Repita o texto inúmeras vezes, inserindo a sua mensagem curativa em sua mente; 

 Quinto dia. 

- A cada duas horas, leia e procure memorizar João 15.7 – “Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito”. 

- Quando Deus vive continuamente em sua mente, a preocupação não pode existir nela, porque Deus e a preocupação são incompatíveis. Um deles precisa ir embora e certamente não será Deus; 

 Sexto dia. 

- Tome em sua mente a passagem de Marcos 11.24 – “Por isso vos digo que tudo o que pedirdes, orando, crede que o recebereis, e tê-lo-eis”; 

 Sétimo dia. 

- Na última dosagem para a sua cura espiritual, sugiro I Pedro 5.7 – “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”. Este versículo significa que Deus ama você e irá cuidar de tudo o que o preocupa. 

- Repita as palavras deste texto até que se fixem no seu pensamento para sempre, a fim de recondicionar toda a sua atitude mental. 

-  No final de uma semana some as suas bênçãos e subtraia as suas preocupações, veja o resultado. 

- Quando você conta as suas bênçãos e continua contando, suas preocupações irão receber a mensagem de que o jogo acabou e começarão a desaparecer. 

 5ª atitude: Tenha esperança – Você pode mudar para melhor! 

 1º. Compreenda que o poder para mudar a sua vida vem mediante a fé em Jesus Cristo; 

 2º. Entregue a si mesmo e todos os seus problemas a Deus; 

 3º. Pratique o princípio da fé descontraída – “Entregue o controle a Deus”; 

 4º. Peça a Deus poder para mudar sua vida. Creia que ele vai supri-lo; 

 5º. Leia o Novo Testamento inteiro, fazendo uma lista das palavras de Jesus, e grave-as na memória; 

6º. Pergunte a si mesmo o que Jesus faria. Tente então fazer isso; 

 7º. Forme hábitos de oração diária. Separe períodos específicos de tempo para a oração e dê a ela prioridade máxima; 

 8º. Leia o Novo Testamento do princípio ao fim, parando para estudar passagens que impressionem particularmente você; 

 9º. Sature a sua consciência com pensamentos centrados em Cristo; 

 10º. Mostre amor e faça o bem para as pessoas. Você tem um futuro! Apesar de como se sente quanto às suas perspectivas e quanto a tudo o que lhe contaram os mensageiros de más notícias, você tem realmente um futuro. 

-  Não importa quão difícil sejam as coisas, ou quão problemático o caminho, ou quão desencorajado esteja, você tem um futuro. 

-  Não importa que seja velho, cansado, ou doente, mesmo assim você tem um futuro. Por mais injustamente que pense que foi tratado pela vida e pelas circunstâncias, lembre-se sempre, você tem um futuro! 

- É a Palavra de Deus que te assegura, veja: Tu, ó Senhor Deus, és tudo o que tenho. O meu futuro está nas tuas mãos; tu diriges a minha vida. Salmos 16.5 

- Assim, o seu futuro será brilhante, e você não perderá a esperança. Provérbios 23.18 

Só eu conheço os planos que tenho para vocês: prosperidade e não desgraça e um futuro cheio de esperança. Sou eu, o Senhor, quem está falando. Jeremias 29.11 

- Há esperança para você no futuro; os seus filhos voltarão para casa. Sou eu, o Senhor, quem está falando. Jeremias 31.17 


Mensagem ministrada primeira vez na ADI em 18 de outubro de 2009 Pr. Agnaldo Almeida



############
#############
##############
###############
################