domingo, 9 de setembro de 2012

ENCHE TEU VASO 
DE AZEITE E VEM 

1Samuel 16.1 “Então, disse o Senhor a Samuel: Até quando terás dó de Saul, havendo-o eu rejeitado, para que não reine sobre Israel? Enche o teu vaso de azeite e vem: enviar-te-ei a Jessé, o belemita; porque dentre os seus filhos me tenho provido de um rei”. 

 Introdução 

 - Este é um dos capítulos mais interessantes da Bíblia: a história do rei Davi começa nele. Também é interessante porque Samuel tinha retornado para sua terra (Ramá, ver: 15.34), com a resolução de fundar uma escola de profetas (ver 19.20) e por lá ficar sem envolver-se com nada mais que fosse público. 

 - Mas Deus tinha uma incumbência para Samuel: envia-lo à Belém para ungir a Davi como rei de Israel. - Até então Saul era o rei, que o próprio povo havia estabelecido – mas agora Deus dizia (ver final do v.1): “...tenho me provido de um rei”. 

 - Mais tarde o evangelista Lucas registraria o que Deus dissera de Davi: um “homem segundo o meu coração; ele fará tudo o que for da minha vontade” (At 13.22). 

 - Portanto, Samuel partiu para Belém, com a incumbência de ungir a Davi (consagrá-lo rei). Antes, Samuel deveria encher o seu vaso de azeite - o óleo seria derramado sobre Davi. 

 - Quando foi derramado, diz v.13: “Então, Samuel tomou o vaso do azeite e ungiu-o no meio dos seus irmãos; e, desde aquele dia em diante, o Espírito do Senhor se apoderou de Davi...”. 

 - Entenda isso: o azeite foi derramado sobre Davi e o Espírito do Senhor se apoderou dele – isto era uma figura daquilo que Jesus haveria de fazer mais tarde. 

 - No livro de Atos, que conta a História da Igreja, Atos 2:17, Lucas registrou uma promessa que Jesus fizera: “E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei [Jesus usou esta palavra] do meu Espírito sobre toda a carne... até sobre os meus servos e sobre as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e profetizarão”. 

 - Quando Jesus subiu à glória e mandou o Espírito Santo definitivamente em Pentecostes, Pedro explicou para a multidão: “Jesus foi levado para sentar-se ao lado direito de Deus, o seu Pai, o qual lhe deu o Espírito Santo, como havia prometido. E Jesus derramou (Lucas usou a mesma palavra) sobre nós esse Espírito, conforme vocês estão vendo e ouvindo agora...” (At 2.33).

 - Em outra passagem do livro de Atos, Lucas tornou a escrever: “...também sobre os gentios foi derramado o dom do Espírito Santo”. 

 - O propósito de Deus é que todos os crentes sejam cheios do seu Espírito! - Então, este é um capítulo interessante porque nos fala do derramar do Espírito Santo sobre toda a carne (de modo profético); 

 - Interessante também, porque nele vemos Samuel, marcando um período de transição na história de Israel: foi à Belém, com seu vaso cheio de azeite, ungir a Davi como rei. 

 - Deus também está nos chamando para deixar uma marca em nossa geração! 

 Para isto ocorrer, vamos seguir a orientação de Deus para Samuel: 

Primeiro, ENCHE O TEU VASO DE AZEITE 

- Está aí na metade do v.1: “Enche o teu vaso” – outra versão diz “encha um chifre com azeite”. O que importa, na verdade, é este “encher” do vaso: O sentido desta palavra é de “um enchimento completo”.  

- Quando Saul foi ungido rei, ele foi ungido com um frasco de óleo, escasso e frágil (NVI 1Sm 10.1: “jarro”). Mas o que Deus tem preparado é abundante: é para encher um vaso totalmente! 

 - Deus não perguntou o tamanho do vaso... porque também não importa! 

 - Você pode ser um pequeno membro da igreja (um pequeno membro do corpo de Cristo), alguém que dizima, oferta e fica no anonimato... ou pode ser um líder de pequeno grupo, um músico, um ministro... seja qual for seu tamanho e formato: VOCÊ É UM VASO a ser cheio! 

 - O que Deus não quer é que vivamos uma vida espiritual medíocre – por isso: enche o teu vaso de azeite! 

 Segundo, enche o TEU VASO 

- Isto fala de uma experiência individual. A bênção do enchimento do Espírito Santo é para todos, mas cuide de encher o seu vaso. 

 - Na primeira igreja da História, um dos membros foi Felipe, um judeu apelidado de "evangelista"; Filipe ajudava na distribuição de dinheiro às viúvas de Jerusalém (At 6.5). Porém, era cheio do Espírito. 

 - Amós já era daquele tipo de pessoa humilde, de pouca cultura. Ganhava a vida como boiadeiro, mas Deus fez dele um profeta! 

 - Deus está tratando com você. Você pode ser muito mais em Deus! 

 Terceiro, enche o teu vaso DE AZEITE 

- Azeite no VT é símbolo do Espírito, que veio em definitivo no NT. 

 - Os sacerdotes e reis do passado eram ungidos com azeite para consagrá-los ao serviço de Deus. 

 - Semelhantemente, no NT, é o que se passa quando os crentes são ungidos pelo Espírito Santo: são consagrados, capacitados com poder para o serviço de Deus. 

- O nome “Yoshua Hamashia”, que fala de Jesus como o Messias, significa “ungido”. O nome “Cristo” significa “ungido”. 

 - Tudo quanto Jesus fez era pela unção do Espírito Santo. Jesus mesmo declarou: “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos e proclamar o ano da graça do Senhor” (Lc 4.18,19). 

 - Ele é um exemplo perfeito para nós: Cada crente deve encher seu vaso de azeite, isto é, deve ser completamente cheio do Espírito Santo. 

 - Ser cheio do Espírito é um mandamento de Deus. Ef 5.18: “Enchei-vos do Espírito”; uma outra versão: “sempre estejam sendo cheios do Espírito”. 

 - Não é opção; mas um mandamento de Deus.

 - Para completar a orientação, Deus disse à Samuel: VEM E ENVIAR-TE-EI Encher o vaso de azeite tem um propósito – a unção tem um propósito. 

 - Deus quer usar você, como servo(a) – Deus usou Samuel para marcar a geração da sua época! É impossível uma pessoa ser cheia do Espírito e ficar escondida. 

 - Em Atos 2, quando mais de 120 pessoas que se reuniam em oração, foram cheias do Espírito Santo, e ganharam as ruas de Jerusalém, a Bíblia diz que “ajuntou-se uma multidão que ficou perplexa”. O texto de At 2.12 diz: “Atônitos e perplexos, todos perguntavam uns aos outros: Que significa isto?”. 

 - Mais adiante (v.16,17) Pedro respondeu: “...isto é o que foi dito pelo profeta Joel: “E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne...”. 

 - Você não passará desapercebido se for cheio do Espírito Santo: o próprio Deus tem interesse em enviá-lo. 

 - Atente bem ao que Deus disse a Samuel: “Enche o teu vaso de azeite e vem; enviar-te-ei...”. VEM e ENVIAR-TE-EI. 

 - Samuel só foi enviado depois de ter enchido o seu vaso de azeite. 

 - Sabe: Os discípulos também só foram enviados depois de serem cheios do Espírito: Primeiro Jesus lhes disse: “Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês [e aí] serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra” (At 1.8). 

 - A igreja não foi chamada para ficar na retaguarda mas para ir. 

 Conclusão 

 Enche teu vaso de azeite e vem – Deus quer enviá-lo para ser bênção! 



 AUTOR: Pr. Walter Pacheco da Silveira - 15/01/2003





Cura Interior 

VOCÊ NÃO É O QUE PENSA QUE É (AUTO-IMAGEM) 

Texto: Juízes 6.1-24 

 “SE INTERIORMENTE VOCÊ PUDER SE TORNAR UM LÍDER, ENTÃO SERÁ CAPAZ DE TORNAR-SE EXTERIORMENTE O LÍDER QUE DESEJA SER”. 

INTRODUÇÃO 

 Pv 23.7 “Porque, como ele pensa consigo mesmo, assim é...” 

Como imaginou em sua alma, assim é...” 

-  Os líderes que vencem são os que têm consciência de que podem vencer. 

“A Visão nos forma”. 

-  Quem sou eu?
- Qual é o meu valor? As respostas a estas perguntas irão depender do meu conceito sobre mim mesmo. 

- Auto Imagem é o que eu penso de mim mesmo, que começa a ser formada desde o ventre materno. 

 - É a minha própria avaliação de minha aparência e capacidades físicas. 

 - É o que eu penso e o que eu sinto a meu respeito. Minha atitude para comigo mesmo. 

 Auto Imagem: é a nota que eu dou a mim mesmo. 

- 95% das pessoas se sentem inferiores. Por quê? “Por que tu és o que tu vês e tu tens o que tu dizes” 

 1. O QUE É AUTO-IMAGEM 

-  “São pensamentos, sentimentos e atitudes que temos para conosco mesmos”.

-  “É a auto-avaliação sobre nossos valores pessoais” (físicos, intelectuais, habilidades, etc). 

-  “É uma ótica pela qual enxergamos a vida. Algumas pessoas têm óculos negativos que dão perspectiva pessimista à vida toda, enquanto outros têm óculos positivos que dão brilho à vida toda”. 

 2. AS FONTES DA NOSSA AUTO-IMAGEM 

-  Há muitos fatores que influenciam nossa imagem negativamente ou positivamente. 

 Por Exemplo: 

 - Relacionamento entre Pais e Filhos (defeituosos ou maduros). 

- Pensamentos que alimentamos em nossa mente e emoções. 

- Influências da sociedade (amigos da escola, trabalho e igreja, etc). 

- Expectativas reais ou irreais que desenvolvemos. 

- Interpretações certas ou erradas que temos do Ensino Bíblico. 

 3. POR QUE MUITAS PESSOAS TÊM UMA AUTO-IMAGEM NEGATIVA. 

- A Principal razão de uma auto-imagem negativa é a falta de amor fundamental. Sem este amor como alicerce, a pessoa não se sente amada e aceita. A pessoa que experimentou tal amor tem uma confiança de que é aceita, não importa o que ela faça ou deixe de fazer. Seus sentimentos e pensamentos a respeito de si mesmo não dependem de suas habilidades ou desempenho. 

-  A pessoa que se aceita tem a seguinte ótica: “Eu sou bom porque Deus me fez, e Ele não faz besteiras”. Se eu me aceito, normalmente enxergo a vida de forma positiva, Se eu não me aceito, normalmente enxergo a vida de forma negativa. É uma atitude que me norteia, dando óculos emocionais através dos quais enxergo a vida toda. 

 4. UM CASO BÍBLICO: 

- Vejamos um caso bíblico: 

GIDEÃO (Juízes 6.11-23) 

-  Gideão vivia em uma época aonde a sua nação vinha sendo dominada pelo midianitas. Eles viviam da agricultura. O problema é que Israel já vinha amargando um ciclo contínuo de fracassos, porque todos anos, por ocasião da colheita, os midianitas vinham e saqueavam completamente todo o labor de um ano de trabalho. Através das respostas de Gideão podemos fazer uma leitura da auto-imagem da nação e o processo de autodepreciação que viviam. Gideão tinha um senso de derrota em sua mente e pensamentos. Gideão tinha uma auto-imagem de si e de seu povo muito baixa. 

 RESULTADO: 

- Um ciclo de Derrotas. A história bíblica relata, que Gideão se recuperou de maneira incrível desse ciclo de derrotas a ponto de levar seu povo a uma vitória inesquecível contra o exército midianitas. 

 - Sua reação e vitória começaram no seu conceito sobre si mesmo. 

Vejamos sua história: 

 a) Gideão se coloca como Vítima das circunstâncias 

– V.11 Então o anjo do Senhor veio, e sentou-se debaixo do carvalho que estava em Ofra e que pertencia a Joás, abiezrita, cujo filho Gideão estava malhando o trigo no lagar para o esconder dos midianitas. 

 - Cresceu com medo dos midianitas. 

 - Desde pequeno ouvia falar que era menor... o medo paralisa, tornou-se complexado. 

- Tinha uma ótica distorcida de si mesmo e das circunstâncias. 

- Gideão se sentia fraco, pobre e miserável. 

 b) Gideão ouve aquilo que Deus tem a dizer a respeito do seu potencial – V.12. 

-  Apareceu-lhe então o anjo do Senhor e lhe disse: “O Senhor é contigo, ó homem valoroso”. 

-  O Senhor investe em sua auto-estima. Declara que ele tem um grande valor. 

-  O Senhor te diz: Você é um escolhido para a vitória, porque o Senhor não faz provisão para derrota. Deus olha para este homem frágil, medroso e abatido, escondendo-se no lagar e lhe diz: “homem valente” “você é uma pessoa de sucesso” “você é líder de multidões”. 

-  Você não é o que pensa que é. Você é o que Deus diz que você é. 

-  JESUS olhou para o instável Pedro e lhe disse: Tu és rocha! Deus olha para um mau caráter como Jacó, e lhe diz: Tu és príncipe! O segredo é ouvir a Deus e quando O ouvimos Ele nos dá a sua benção. 

- Ele muda nossa visão de nós mesmos e nossa direção. Tudo começou aqui, e pode começar com você. 

- Ouça o que Deus tem a dizer a respeito do seu potencial! 

 - VOCÊ É UM SUCESSO! VOCÊ É VALOROSO! 

 c) Gideão ainda responde Negativamente – V. 13 

- Gideão lhe respondeu: Ai, senhor meu, se o Senhor é conosco, por que tudo nos sobreveio? e onde estão todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o Senhor subir do Egito? Agora, porém, o Senhor nos desamparou, e nos entregou na mão de Midiã. Sua resposta começa com um “ai”. Como ele estava enganado sobre si mesmo. Ele se sentia inadequado, vazio, desiludido “eu estou acabado, eu não tenho mais nada em mim que preste, não sou inteligente o suficiente”...Gideão entrou em uma crise de autopiedade. 

-  Somos o produto da visão que alimentamos. Ao nos comparar com os outros os complexos de inferioridade nos escravizam, esquecemos de nossa identidade em Cristo. 

 Resultado: Insatisfação, fracasso... 

 - PARE de dizer o que o diabo quer que você seja! Seja um Líder de sucesso! VOCÊ PODE! 

 d) Deus motiva Gideão a começar com aquilo que tem - V.14. 

 “Virou-se o Senhor para ele e lhe disse: Vai nesta tua força, e livra a Israel da mão de Midiã; porventura não te envio eu?”. 

 - Em outras palavras: Você pode! Você tem força! Eu estou contigo! 

- Deus sempre vai investir em sua auto-imagem e auto-estima. Mesmo que os outros não o façam. Deus não disse assim: “Levante-se rapaz, você é uma pessoa maravilhosa, você tem um talento incrível... etc...” Não! 

DEUS SIMPLESMENTE LHE DIZ O QUE ELE É ! 
“Vai, na tua força!”. 

-  Em outras palavras: “Você precisa começar de onde você está, você precisa dar o primeiro passo”. 

 DIGA: “Ainda que eu não tenha tudo o que preciso ter, Deus irá suprir aquilo que eu ainda não tenho”. 

 e) Gideão ainda luta contra a verdade e dá outra resposta negativa – V.15

 “Replicou-lhe Gideão: Ai, senhor meu, com que livrarei a Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manasses, e eu o menor na casa de meu pai”. 

-  A auto-imagem negativa às vezes está tão arraigada em nós que lutamos contra a verdade de Deus. Complexo de inferioridade. Crise de habilidade. Crise de credibilidade consigo mesmo. Pecados conseqüentes da baixo-estima e auto-imagem negativa: Incredulidade, revolta, omissão, murmuração, desespero, desânimo. 

 f) Deus investe novamente com uma Promessa 

– V.16 “Tornou-lhe o Senhor: Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás aos midianitas como a um só homem”. 

 g) Gideão começa a mudar a fonte da sua auto-imagem e uma nova perspectiva - V.17. 

 “Prosseguiu Gideão: Se agora tenho achado graça aos teus olhos, dá-me um sinal de que és tu que falas comigo”. 

-  Deus te trouxe aqui neste reencontro, para que você exponha toda sua insegurança, e para que você saia daqui com a certeza de que TUDO DE DEUS TEM PARA FAZER E TUDO QUE DEUS QUER DE VOCÊ. 

 - Os complexados e medrosos sempre querem uma prova a mais de que vão conseguir. 

- Deus já tem lhe dado provas de que está contigo. 

- Deus quer que você olhe para Ele. Seu caráter é a fonte de nossa identidade! 

 QUAL É A FONTE DE SUA AUTO-IMAGEM? 
 Qual é a fonte que alimenta a sua visão de si mesmo?  

 Se for o eu, você se tornará orgulhoso, prepotente, vaidoso e soberbo. 

 Se forem os conceitos que outros revelam a seu respeito você se tornará um joguete manipulado pelas opiniões alheias. 

 Se forem às memórias de experiências negativas você será um escravo do passado e nunca desenvolverá seu potencial. 

 Se for o que você é e pode em Cristo, AÍ SIM, você entrará num processo de desenvolvimento de tudo quanto Deus projetou para que você fosse em Cristo. 

 - Busque uma nova perspectiva. Deus te trouxe aqui para que tenha uma nova perspectiva de você mesmo. V. 12-15 
“Os midianitas, os amalequitas, e todos os filhos do oriente jaziam no vale, como gafanhotos em multidão; e os seus camelos eram inumeráveis, como a areia na praia do mar. No momento em que Gideão chegou, um homem estava contando ao seu companheiro um sonho, e dizia: Eu tive um sonho; eis que um pão de cevada vinha rolando sobre o arraial dos midianitas e, chegando a uma tenda, bateu nela de sorte a fazê-la cair, e a virou de cima para baixo, e ela ficou estendida por terra. Ao que respondeu o ao seu companheiro, dizendo: Isso não é outra coisa senão a espada de Gideão, filho de Joás, varão israelita. Na sua mão Deus entregou Midiã e todo este arraial. Quando Gideão ouviu a narração do sonho e a sua interpretação, adorou a Deus; e voltando ao arraial de Israel, disse: Levantai-vos, porque o Senhor entregou nas vossas mãos o arraial de Mídia”. 

-  Antes Gideão estava morrendo de medo dos midianitas, mas agora sua reação foi de adorar a Deus. Ele ganhou uma nova perspectiva. Ele já podia dizer aos seus 300 - “não se preocupem, porque a vitória é nossa”. “Eles é que são gafanhotos”. 

 - Deus quer trabalhar na sua perspectiva de si mesmo. VOCÊ É O QUE DEUS DIZ QUE VOCÊ É. 

 h) Gideão Experimentou A Presença que Cura – V.22-24.
 “Vendo Gideão que era o anjo do Senhor, disse: Ai de mim, Senhor Deus! pois eu vi o anjo do Senhor face a face”. Porém o Senhor lhe disse: Paz seja contigo, não temas; não morrerás”. Então Gideão edificou ali um altar ao Senhor, e lhe chamou Jeová-Shalom; e ainda até o dia de hoje está o altar em Ofra dos abiezritas. Naquela mesma noite, disse o Senhor a Gideão: Toma um dos bois de teu pai, a saber, o segundo boi de sete anos, e derriba o altar de Baal, que é de teu pai, e corta a Asera que está ao pé dele. Edifica ao Senhor teu Deus um altar no cume deste lugar forte, na forma devida; toma o segundo boi, e o oferece em holocausto, com a lenha da Asera que cortares. Então Gideão tomou dez homens dentre os seus servos, e fez como o Senhor lhe dissera...”“. 

 - A base da nossa auto - imagem e auto-estima está em Cristo. 

- Deus te convida a romper com o passado que te separa do projeto dele para ti. 

- Neste reencontro Deus te chama a entrar na aventura do caminho de fé “farei de ti uma grande nação”. 

 - Neste reencontro Deus te chama a entrar no caminho da multiplicação. 

- Deus te chama para entrar no caminho da prosperidade – “ abençoar-te-ei”. 

- O líder que Deus quer precisa aprender a se ver como Deus o vê. 

- Você não é o que você pensa que é! Você não é o que as pessoas dizem que você é! 

- Você é o que Deus diz que você é através de sua Palavra. 

- Deus te chama para esta empreitada. As pedras não podem clamar em seu lugar! 

 - Fique a Sós com Deus e o ouça através da sua palavra. Derrame-se diante dele, e ouça o que Ele lhe diz sobre você: “És meu filho amado em quem tenho prazer”. 

 MINISTRAÇÃO UMA MÚSICA: DÁ-ME UMA NOVA CANÇÃO - CD Adoração 12 - faixa 4 - Ele ti diz a respeito de Ti: “Eu farei de ti uma grande nação, abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome, e tu, sê uma benção!”. 

 - Este é o tempo de plantar e colher! 

 - Cristo está em Ti, esta é a esperança da glória! 

 “TU ÉS HOMEM (MULHER) VALOROSO (A)”. “VAI NESTA TUA FORÇA” “EU SEREI CONTIGO” 

MINISTRAÇÃO 2 - COMO DESENVOLVER UMA NOVA AUTO - IMAGEM? 

 Três dicas práticas 

 1 - Entenda e aproprie da sua verdadeira identidade. 

2 - Expresse a sua verdadeira identidade – Verbalize e aja segundo ela. 

 3 - Entenda os propósitos de Deus – Jr 20 

“eu é que sei que pensamentos tenho...”. 

-  Quando entendo que estou no centro da vontade de Deus e que Ele está realizando seus propósitos aqui na terra por meio de mim, aceito com alegria as minhas circunstâncias e a minha vida, ainda que não sejam aquilo que eu escolheria. 

- Quando nos entregamos a Deus, nossa perspectiva muda radicalmente. 

 Música: Quando Deus escolhe alguém – CD Águas purificadoras – faixa 05 


 AUTOR: Pr. Ricardo Ribeiro



###################
###################
###################
###################
###################
###################
###################