sábado, 11 de agosto de 2012




FORMANDO 
VERDADEIROS 
FILHOS

A. João 17:1 – “JESUS falou assim e, levantando seus olhos ao céu, disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho, para que também o teu Filho te glorifique a ti;”


B. No Evangelho de João capítulo 17, Jesus conversava com o Pai sobre seus discípulos, falava sobre a responsabilidade de ser um mestre, formador de discípulos, da importância de se preparar para preparar outros e de deixar um exemplo para gerações vindouras. 


C. Jesus se preocupava com detalhes, tinha um objetivo, uma missão que passou não somente para aqueles que estavam juntos com ele, mas deixou claro que seria para todos quanto o quisessem seguir.
Precisamos formar, não apenas discípulos, mas verdadeiros filhos espirituais.


I – OS VERDADEIROS FILHOS SÃO GERADOS POR DEUS E ENTREGUES A NÓS PARA DISCIPULARMOS: 


A. João 17:6-7 – “Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me desteeram teus, e tu mos deste, e guardaram a tua palavra. Agora já têm conhecido que tudo quanto me deste provém de ti;”


B. Formar discípulos é um desafio, mas é preciso entender, de uma forma ou de outra que Deus entregou discípulos em nossas mãos.


C. Lucas 6:12-13 – “E aconteceu que naqueles dias subiu ao monte a orar, e passou a noite em oração a Deus. E, quando já era dia, chamou a si os seus discípulos, e escolheu doze deles, a quem também deu o nome de apóstolos:”


D. Jesus deu o nome de discípulos aos seus seguidores mesmo antes deles serem discipulados e provados, e dentre esses discípulos ele escolheu e nomeou apóstolos no início de seu ministério. Tudo isto aconteceu no início do ministério de Jesus.


E. Os discípulos são de Deus, pertencem ao Pai Celestial, mas Deus os entregou em nossas mãos para ajuda-los na sua caminhada cristã.


F. Deus nos entrega discípulos, cabe a nós ensiná-los na Palavra de Deus, a obedecerem tudo que Jesus nos ordenou.


G. Mateus 28:20 – “Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.”


H. O discipulador precisa ser paciente, amoroso, flexível, disposto e atencioso para com os discípulos que Deus nos entregou.

II – OS VERDADEIROS FILHOS SÃO FORMADOS ATRAVÉS DA NOSSA SANTIFICAÇÃO:


A. João 17:19 - “E por eles me santifico a mim mesmopara que também eles sejam santificados na verdade.” 


B. Quando decidimos formar um discípulo, há um preço a ser pago, precisamos entender que passamos a ser o referencial daquela pessoa, abrimos mão daquilo que achamos certo para vivermos o que realmente é certo.


C. Formar um discípulo demanda tempo, exige de nós a doação, exige de nós a santificação da própria vida. E isso não significa ou garante que todos nos seguirão ou serão como nós, mas que eles passam a ter um referencial para olharem e se direcionarem. 


D. Você não marca a história pela casa que você construiu, pelos carros que você teve, pelas roupas que você usou, pelo corte de cabelo revolucionário. Você marca a história pelas vidas que você influenciou e que por sua causa foram transformadas.


E. I Timóteo 4:12 – “Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza.”


F. Discípulos necessitam de atenção, de cuidado, de palavras de encorajamento, necessitam sentir que são amados e acima de tudo, precisam descobrir o valor real de ser um discípulo, o para onde as lições que estão aprendendo os estão levando.


G. Jesus sabia disso, chamava a atenção quando necessário, mas acima de tudo, preocupava-se em ensiná-los na verdade. 

III – FORMAR VERDADEIROS FILHOS É LEVÁ-LOS A CONHECER A DEUS E AMÁ-LO DE TODO O CORAÇÃO:


A. João 17:3 – “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.”


B. João 17:26 – “E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja.”


C. Deuteronômio 6:4-7 – “Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR. Amarás, pois, o SENHOR teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças. E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te.”


D. Formar filhos-discípulos é leva-los a amarem a Deus de todo o coração.

IV – FORMAR VERDADEIROS FILHOS É TER UM COMPROMISSO DE ORAR ATÉ MESMO POR AQUELES QUE AINDA NÃO CHEGARAM, PARA QUE TODOS SEJAM UM:


A. João 17:20-21- E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mimpara que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.


B. VIDA DE ORAÇÃO DE JESUS: Lucas 5:16 - Ele, porém, retirava-se para os desertos, e ali orava.


C.  6:12 - E aconteceu que naqueles dias subiu ao monte aorar, e passou a noite em oração a Deus.


D. Lucas 22:31-32 - Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; mas eu orei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos.


E.  o verdadeiro purê de batatas que precisamos ser. A batata quando é amassada junto com as outras, ela se torna uma com as outras batatas. 


F. No purê, as batatas não são vistas individualmente, mas amalgamadas. 


Amalgamar = amar + gamar = Juntar e misturar, estar ligado. 


G. Este é o propósito de Deus para a Sua igreja. Quem não estiver disposto a fazer parte desta ordem do Senhor, não serve para pertencer ao Corpo de Cristo.
No amor de Cristo



AUTOR: Pr. Maucir Lehn





A origem do
Dia dos Pais

Ao que tudo indica, o Dia dos Pais tem uma origem bem semelhante ao Dia das Mães, e em ambas as datas a idéia inicial foi praticamente a mesma: criar datas para fortalecer os laços familiares e o respeito por aqueles que nos deram a vida.
Conta a história que em 1909, em Washington, Estados Unidos, Sonora Louise Smart Dodd, filha do veterano da guerra civil, John Bruce Dodd, ao ouvir um sermão dedicado às mães, teve a idéia de celebrar o Dia dos Pais. Ela queria homenagear seu próprio pai, que viu sua esposa falecer em 1898 ao dar a luz ao sexto filho, e que teve de criar o recém-nascido e seus outros cinco filhos sozinho. Algumas fontes de pesquisa dizem que o nome do pai de Sonora era William Jackson Smart, ao invés de John Bruce Dodd.
Já adulta, Sonora sentia-se orgulhosa de seu pai ao vê-lo superar todas as dificuldades sem a ajuda de ninguém. Então, em 1910, Sonora enviou uma petição à Associação Ministerial de Spokane, cidade localizada em Washigton, Estados Unidos. E também pediu auxílio para uma Entidade de Jovens Cristãos da cidade. O primeiro Dia dos Pais norte-americano foi comemorado em 19 de junho daquele ano, aniversário do pai de Sonora. A rosa foi escolhida como símbolo do evento, sendo que as vermelhas eram dedicadas aos pais vivos e as brancas, aos falecidos.
A partir daí a comemoração difundiu-se da cidade de Spokane para todo o estado de Washington. Por fim, em 1924 o presidente Calvin Coolidge, apoiou a idéia de um Dia dos Pais nacional e, finalmente, em 1966, o presidente Lyndon Johnson assinou uma proclamação presidencial declarando o terceiro domingo de junho como o Dia dos Pais (alguns dizem que foi oficializada pelo presidente Richard Nixon em 1972).
No Brasil, a idéia de comemorar esta data partiu do publicitário Sylvio Bhering e foi festejada pela primeira vez no dia 14 de Agosto de 1953, dia de São Joaquim, patriarca da família.
Sua data foi alterada para o 2º domingo de agosto por motivos comerciais, ficando diferente da americana e européia. 

Fonte: http://www.portaldafamilia.org/artigos/texto034.shtml



Pai: 
Há um homem 
em sua casa? 

Texto: I Samuel 16:7 (Dia dos pais) 

Introdução: 

Deus não vê os homens como o mundo vê. 

A. A ideia do mundo de um homem de verdade. 

1. Atraente 
2. Forte 
3. Rico 
4. Poderoso, etc... 

B. O homem Deus pode ser qualquer ou todas estas coisas, mas ele é muito mais! 

C. A visão do mundo de um verdadeiro homem é covarde, covarde, covarde! Vamos tentar responder à pergunta, há um homem em sua casa, tentando definir o que um verdadeiro homem é aos olhos de Deus... 

I. Ele é antes de tudo um homem cristão. 

A. "Ao Senhor teu Deus..." (Mateus 4:10) 

B. "Dai a César... e a Deus..." (Mateus 22:21) 

C. Jesus é o ÚNICO caminho para Deus! (João 14:6) 

D. O homem que rejeita. (João 3:36) 

II. Ele não é apenas um cristão, mas ele está em contato com Deus. Isaias 66:1-2 

A. Palavra, oração, comunhão! 

B. Cristão através de e através! [Nem todos os cristãos estão em contato com Deus!]. 

III. Ele é um discípulo de Cristo. 

A. A ordem para fazer discípulos. (Mateus 28) [seguidor, aprendiz]. 

B. Significa que ele aceita negar a si mesmo para seguir. (Mateus 16:24) 

C. Significa produzir frutos. (João 15:8) 

D. Jesus disse que Seus seguidores andam na luz. (João 8:12) 

IV. Ele é um homem amoroso. [versos apenas sexo] (Mateus 22:37-40) 

A. Atitude! 
B. Deus, Família, Humanidade! 
C. Aqueles que odeiam estão andando na escuridão! (I João 2:11) 

V. Ele é um homem que aceita a responsabilidade. 

A. Líder em sua casa. (Gênesis 3:16, Efésios 5:23, I Timóteo 3:4)

 B. Ele entende e aceita a responsabilidade de sua família. 

C. Ele aceita o seu dever de viver uma vida piedosa para os outros seguirem! 

VI. Há um homem na sua casa? 

A. Onde estas características são encontradas um homem de verdade é encontrado! 

B. Se essas características não são encontradas o homem de verdade não é encontrado! 

 Veja: O pai do filho pródigo - Três características de um bom pai - Qualidades do pai piedoso 


AUTOR E FONTE: Pr. Aldenir Araújo Read more: http://www.opregadorfiel.com.br/2012/08/pai-ha-um-homem-em-sua-casa.html#ixzz23FYJfZ5a

+++
++++++
+++++++++
++++++++++++
+++++++++++++++
++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++



O fracasso de um pai 

Texto: II Samuel 18:33b 

 "Meu filho Absalão, meu filho, meu filho Absalão! Quem me dera que eu morrera por ti, Absalão, meu filho, meu filho!" 

 Pergunta: Por que Davi perdeu seu filho Absalão? 

 I. Em primeiro lugar, observe a esfera do fracasso de Davi. 

1. Não como um guerreiro - 1 Samuel 17:32 e 45 (Golias) 

 2. Não como um filho adotivo - 1 Samuel 24:9-11 (Saul na caverna) 

 3. Não como um rei - II Samuel 8:15 e 19,9-11 

 4. Davi falhou como um pai 

 II. Observe a razão para o fracasso de Davi. 

1. Ele mudou a sua responsabilidade paterna: 

 a. Ele era um rei muito ocupado para ver o problema de Amom. II Samuel 13:1-2 (O amor é soletrado: Tempo) 

 b. Ele não conseguiu punir Amnom. II Samuel 13:21 

c. Ele não conseguiu ver o ódio de Absalão e fazer a paz entre seus filhos. - Mais uma vez ele estava ocupado para ir a qualquer lugar com seus filhos. I Samuel 13:24-25 

 d. Davi não conseguiu perdoar seu filho completamente. II Samuel 14:24 e 28 - Não é assim que Deus havia ensinado Davi. 

 2. Ele não conseguiu passar sua própria fé para seu filho: 

 a. Este é o mais triste de todos! Não é assim Davi tinha aprendido com seu pai Jessé. 

 3. Ele enganou seu filho por suas ações: 

 a. Absalão tinha cerca de 16 anos, quando Davi teve o seu caso com Bate-Seba! Na verdade Absalão realizou o julgamento de Deus 47 anos mais tarde. (Absalão 63 - Davi 83) – II Samuel 12:11 e 16:22 

 III. Observe o resultado do fracasso de Davi. 

1. Ele teve de deixar o seu trono para poupar a cidade. II Samuel 15:6 e 14 

 a. Quantos servos de Deus foram deixados de lado por causa do pecado sexual? 

 2. Ele suportou vergonha e repreensão de seus inimigos. veja II Samuel 16:5-11 

 3. Acima de tudo Davi perdeu seu filho. 

 a. As falhas dos nossos filhos são nossos fracassos. Os sucessos dos nossos filhos são nossos sucessos. 

 4. A desesperança do eco do choro de Davi é o fato de que não haveria segunda chance. 

 a. Conselheiros dizem que alguns pais também perderam suas filhas por estarem ausente. 

As filhas, então: 

 i. Tem uma necessidade de afeto 

 ii. Elas se sentem rejeitadas - também se interessaram por homens mais velhos 

 iii. Elas têm um problema com a aparência

 iv. Elas têm dificuldade de se relacionar com Deus, o Pai. 

 b. Observe que Deus não: 

 i. Retira o seu amor 
 ii. Nunca disciplinas com ira (I Coríntios 13:5) 
 iii. Nunca força a nossa vontade 

 c. Observe o que Deus faz: 

 i. Estabelece limites 
 ii. Adverte-nos (Gálatas 6:7) 
 iii. Procura-nos para o nosso benefício 
 iv. Está disposto a nos perdoar quando voltamos 

Conclusão: 

- Há algo na vida que vale a pena perder os seus filhos de Jesus e Sua obra? 

- Davi perdeu Absalão entre a idade de 16 e 23 anos. 

- Você vai prometer a Deus hoje cuidar dos seus filhos, não importa o quê aconteça? 

- Você primeiro deve se entregar ao Senhor Jesus Cristo, para que através dele você possa ser o pai que Deus quer que você seja?

 Veja: O pai do filho pródigo - Três características de um bom pai - Qualidades do pai piedoso - Pai: Há um homem em sua casa? 

AUTOR E FONTE:  Pr. Aldenir Araújo Read more: http://www.opregadorfiel.com.br/2011/08/o-fracasso-de-um-pai.html#ixzz23FW735vW


+++++++++++++
+++++++++++
+++++++++
+++++++
+++++
+++
+