quinta-feira, 26 de julho de 2012


A BENÇÃO NÃO 
PRECISA ACABAR
Deuteronômio 6.4-25

Propósito Geral: Doutrinário

Tema Específico: As continuidade bençãos de Deus

Afirmação Teológica: Uma das maiores verdades deste texto bíblico é esta:

A BENÇÃO NA VIDA DO CRISTÃO NÃO PRECISA ACABAR!

Mas isso depende de nós e não de Deus.
A Bíblia diz que há três CONDIÇÕES para que a benção não acabe:

01) ENQUANTO HOUVER AMOR - v. 4-9      
1.1 - Amor a Deus, de todo o coração - v. 4,5
      
1.2 - Amor à Sua Palavra - v. 6-9
              
a) Ensiná-la aos filhos
              
b) Falar dela em casa
              
c) Falar dela na rua
              
d) Andar com ela nas mãos
              
e) Decorá-la

02) ENQUANTO HOUVER GRATIDÃO - v. 10-12
       
2.1 - Gratidão por haver Deus te introduzido na terra da promessa - v.10a
       
2.2 - Gratidão pelas riquezas que Deus te deu - v. 10b-11
                
a) Boas cidades, que não edificaste.
                
b) Casas cheias de todo o bem, as quais tu não encheste.
                
c) Poços cavados, que tu não cavaste.
                
d) Vinhas e olivais, que tu não plantaste.
       2.3 - Gratidão por tua salvação - v.12

03) ENQUANTO HOUVER COMPROMISSO - v. 13-25
       
3.1 - Compromisso do Homem com Deus
               
a) Temor, serviço e honra - v. 13
               
b) Fidelidade - v. 14-15
               
c) Respeito - v. 16
               
d) Diligência - v. 17
               
e) Retidão - v.18-19

       
3.2 - Compromisso do Homem com a educação religiosa de seus filhos
               
a) Saber responder aos naturais questionamentos de teus filhos - v. 20-24.
                  
- Éramos escravos, porém, o Senhor, com mão forte, nos libertou.
                  
- Os mandamentos do Senhor são para nosso bem (o "não" do mundo é proibição; o "não" de Deus é proteção).
                  
- Cumprir seus mandamentos será justiça para nós.

Conclusão:

- Deus colocou o cristão em uma posição que lhe permite viver rodeado de bens e alegrias, mas a continuidade dessas bênçãos depende de três condições:
- Enquanto houver amor;
- Enquanto houver gratidão;
- Enquanto houver compromisso.





++++++++++++
+++++++++++
++++++++++
+++++++++
++++++++




UM CORAÇÃO DE OURO!Hebreus 13.7-17

Propósito Geral: Devocional

Tema Específico: O coração do crente.


Afirmação Teológica: Uma das maiores verdades deste texto bíblico é a seguinte:

O CRISTÃO VERDADEIRO TEM UM CORAÇÃO DE OURO.
 
- Seu coração tem qualidades especiais. Seu coração é...
1.   UM CORAÇÃO FIRMADO NA PALAVRA DE DEUS – vs 7-9.

Seu coração não fica oscilando de um lado para outro.
- Ele se lembra do exemplo e imita a fé dos primeiros cristãos – vs 7.

- Ele crê que Jesus Cristo é o mesmo (e, é claro, sua doutrina também não muda).

- Ele não se deixa envolver com doutrinas várias e estranhas.

-Ele sabe que o que vale é o coração estar confirmado com graça (e não com alimentos).

2.   UM CORAÇÃO PREOCUPADO COM O CÉU – vs 14.

Seu coração sabe que aqui não há cidade permanente para os crentes.
- Ele marcha em direção à cidade que há de vir. 
 
3.   UM CORAÇÃO QUE FAZ SACRIFÍCIOS QUE AGRADAM A DEUS – vs 15-16. Seu coração quer agradar a Deus...
- Com sacrifícios de louvor (que é o fruto de lábios que confessam o seu nome).

- Com sacrifícios de boas obras.

- Com sacrifícios de mútua cooperação.
 
4.   UM CORAÇÃO QUE RESPEITA SEUS PASTORES – vs 17. Seu coração é respeitoso.
- Ele obediência seus pastores.

- Ele é submisso aos seus pastores.
 
CONCLUSÃO

Por ter um coração firmado na Palavra de Deus, que está preocupado com o céu, faz sacrifícios que agradam a Deus e respeita seus pastores, podemos dizer que verdadeiramente o cristão tem um coração de ouro.
+++++

+++++++++
++++++++++++++
++++++++++++++++