terça-feira, 24 de julho de 2012

Há quantos anos 
vens sofrendo? 



Texto Base: Marcos 5.25-34 


 Introdução: 


 - Muitas vezes as pessoas sofrem e não sabem por que sofre, todo sofrimento tem sua origem. 


 - Sofrimento é angustia, é pesar, é dor, é desencanto, é solidão, é falta de paz, é falta de ser amado e amar, é frustração, por uma vida conjugal que não satisfaze uma vida espiritual sem garra, sem compromisso, sempre a desejar: 


 I. Sofrimento angustia: 


· Pode ser consequência do pecado, 


· Pode ser por descuido de cuidar de sua saúde, 


· Pode ser porque não tomou as precauções quando sentiu os sintomas de sua doença. 


· Pode ser um castigo por causa de não tomar posição no Reino. Damos a palavra e nos esquecemos de que temos um compromisso com Deus. Em atender as responsabilidades, atender ao seu compromisso com o Senhor. 


· Pode ter origem financeira, porque o seu pecado consiste em gastar as coisas sagrada em suas coisas e não entregar no tesouro. 


· Pode ter origem de as coisas de Deus para você está no segundo plano, não para você o primeiro do reino. 


· Pode ser para que as tuas atitudes tenham ofuscado gloria do Eterno. Dificultado Deus, agir com sua ação curadora, se manifeste em sua vida. 


· Pode ser que o teu pesar, sofrimento, angustia, decepção esteja ligada de que você só é crente, só é santo quando esta no templo, mas em sua casa, em seu trabalho você não é referencial do reino. 


· Difícil esgotar a causa de tantos anos de sofrimento. 


- Importante que neste estudo bíblico, você pode fazer a tua avaliação para saber como é o teu sofrimento. 


 - Assim como esta mulher sem nome, sua fé se fez notória para receber a sua cura, você também receba do Senhor a graça para sua vida. 


 - Importante neste dia tomar consciência e mudar mude a tua maneira de pensar, e tua maneira de agir vai mudar. 


- A pessoa leva as coisas espirituais com a barriga, e quando os problemas no lar, no trabalho, na comunidade se acentuam, não sabemos por que, e pensamos que somos vítima, procuramos culpado e não assumimos a nossa culpa, o nosso descuido, a nossa tontice. 


- Importante ler a citação Bíblica em sua Bíblia. 


Mc 5. 25. “E certa mulher que, havia doze anos, tinha um fluxo de sangue”. 


 Propósito deste estudo: 
 Dar uma oportunidade de analisar, avaliar, pesar, detectar a origem dos sofrimentos, as dores do corpo e da alma, receber do Senhor Jesus a libertação e a cura completa. 


 II. Há quantos anos a mulher vinha sofrendo? 


- Há 12 anos. 


 - Isto nos leva a pensar de que podemos estar padecendo há muitos anos como esta mulher, e não saber como se libertar de essa dor. 


III. Há quanto tempo você também vem sofrendo? 


- A hemorragia desta mulher fazia 12 anos, de maneira que ela estava alquebrada, esquelética, já sem força para continuar a viver. 


 - A hemorragia é uma perda de sangue, e sangue vida, portanto ela estava perdendo a sua vida. 


- Os sofrimentos a que somos submetidos, leva a oportunidade de ser feliz, de nos integrarmos nos propósitos da vida. 


 - Os sofrimentos causam alteração de comportamento e conduta, leva as pessoas a sequências de decepção. 


IV. Como esta mulher padecia? 


Marcos 5:26


 - E que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior. 


- Nas mãos de muitos médicos: Médicos são pessoas, isto quer dizer que podemos sofrer nas mãos das pessoas. 


V. Que tipo de pessoas? 


- Esposo, esposa, filhos, pais, parentes, amigos, companheiros de trabalho, patrão e outras pessoas com que convivemos. 


 - A maneira, que somos tratados, caluniados, invejados, não valorizados, maltratado, não honrado, roubado, debaixo de continuo chicote de maltrato. 


 - Podemos sim sofrer nas mãos de pessoas. Tem algo parecido em tua vida? Quem é que faz você sofrer e por quê? 


- Tendo despendido tudo quanto possuía: Pode ser bens, como também paciência, bondade, perdão, ajuda constante, dar, fornecer, suportar. Mas acabou! - Não suporto mais! 


 - Estou à beira do desespero. Vou jogar a toalha! 


 - Às vezes na esperança de que amanha vai mudar as coisas, a pessoa vai se moldar vai entender e vamos dando oportunidade, tempo, mas o sofrimento se prolonga. 


- Sem, contudo nada aproveitar: Quanto mais tempo se dá, paciência, mais recursos, oportunidade, perdão, ajuda de um jeito e de outro. As coisas vão piorando. - Antes, pelo contrario, indo a pior: Isso acontece nas vidas de muitas pessoas, o tempo vai ficando perdido e a doença, o sofrimento se agravando, a força vai acabando a esperança já se esvaiu. 


 - Isto aconteceu na vida de esta mulher sem nome, mas tinha nome a sua doença HEMORRAGIA! Neste estado desesperador... Aconteceu algo diferente! 


- Na Igreja, o papel é invertido: Os membros fazem a Igreja gemer, é duro suportar pessoas que não mudam, nunca cumprem com o seu compromisso, nunca chegam na hora, sempre tudo atrasado, não cresce, não melhora, é um potencial, porém não se pode depositar confiança porque falha. V.27 – Ouviu falar de Jesus: Ver v. 27 Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na sua veste. 


- O que ela deve ter ouvido sobre Jesus o profeta Nazareno? 


Que ele era um profeta de milagres: A fé conduz a uma ação! 


· Abria os olhos aos cegos – Marcos 10.46-52 · Curava os leprosos – Marcos 1.40-45 


· Fazia os paralíticos andar – Marcos 2.3-12 


· Curava todas as enfermidades – Marcos 3.10 


· Libertava os endemoninhados – Marcos 5.1-20 


· Ressuscitava os mortos – Marcos 5.36-43 


· Alimentava a multidão – Marcos 6.30-44 


· Não havia doença que não curasse– Marcos 6.53-56 


- O que você até o presente momento sabe de Jesus? - Analise virando o adverso, 


Ex. Abria os olhos aos cegos... 


- Mas continua cego... 
- Abria a boca dos mudos... 
Mas continuas sem orar, sem cantar, sem testemunhas


 - Fazia os paralíticos andar... Mas continua atado aos teus preconceitos, passado, com raiva de alguém , sem andar em direção dele. 


- Fazias os surdos ouvirem... Mas continua sem entender qual seja a sua vontade e seu propósito em tua vida... 


- Ressuscitava os mortos... Mais ainda não tem vida em abundancia que ele dá, estas vegetando... 


- Um Jesus tão maravilhoso, de tanto milagres, não seria nada impossível curar uma Hemorragia? 


 - Havia problemas sério que ela teria que enfrentar! Nesse estado de sangramento ela era imunda, não podia circular no meio da multidão, outro era o seu estado de fraqueza em que se encontrava vencer essa multidão, não ser percebida, notada, era coisa impossível. Mas pela cura teria que enfrentar. 


- Muitas vezes nossa situação é também como de esta mulher, vencer dificuldades para alcançar a benção. Estamos cheio de preconceitos! De heranças que não tem abençoado a nossa vida! 


- Ela estabeleceu um ponto de contato: V.28 – Ela dizia: “Se eu apenas lhe tocar as vestes, ficarei curada”. 


 - Há uma tão grande necessidade ter fé, sem fé é impossível receber o milagre da cura, o perdão dos pecados, terem a comunhão com Ele, se tornar filho de Deus! 


 - Ela reconhecia sua indignidade, nem sequer dirigir-lhe a palavra ela queria. Tão somente tocar nas suas vestes seria o suficiente para receber a cura. 


 - O exercício da fé que cura, liberta, salva v. 27 “Veio por de trás da multidão, tocou-lhe nas vestes...” 


- A fé é um elemento que deve ser exercido, a fé não é mera utopia, e algo real. 


- A fé nos une as grandes possibilidades de vitória em nossa vida. 


- A fé oportuniza Deus agir, ela um veiculo de realização do impossível aos olhos humanos. 


- A fé move a Deus operar milagres em o nome de Jesus: Produz Cura, Salvação, perdão de pecados, reconciliação, faz usufruir as bênçãos, as promessas, os pactos, os compromissos do Eterno com o seu povo. Gera qualidade de vida. 


- A fé é um processo tem começa, meio e fim; Fé num desejo, expressa na oração, num pedido que se faça a Deus. 


- A fé também é a doutrina também: Em que nos cremos! 


- A fé é Colocar em prática os mandamentos, ordenanças, estatutos, tradições de nossos antepassados. 


- A fé leva você a amar a sua congregação, lutar por ela, contribuir para que ela tenha fundos, meios para fazer a obra. 


 - O incrédulo não dá os dízimos nem oferta, porque não crê que pode ser parceiro da divindade. 


 - Sabe o que é oferta: É aquilo que vai te fazer falta. Você dá por fé, você semeia na obra fértil que vai geral salvação, cura, evangelismo, missões. 


- A fé leva a pessoa a vencer as dificuldades: Mulher corajosa, sabendo que descoberta podia ser morta, expulsa, apedrejada, pela sua saúde teve que enfrentar a multidão, a fraqueza, o olhar perspicaz de Jesus. 


 - Se você não vencer tuas dúvidas, tua soberba, teu orgulho, as mil e umas dificuldades, se antepõem as bênçãos. V. 29 


– Ao tocar a veste, correu para seu corpo uma energia salutar de vida: E logo se lhe estancou a hemorragia, e sentiu no corpo estar curada do seu flagelo. 


 - Milagre divino vem diretamente de Jesus, energia, poder, graça, concerta o errado, dá o equilíbrio, ele o dom Divino do milagre para nossas vidas. 


 - Vejam quais são as tuas dificuldades que deves vencer empecilhos a transpor, óbices a enfrentar... O toque de fé parou a multidão, pois a fé não se pode esconder! 


- A fé sobrepuja dificuldades, transpõe barreiras, não tem medo, é corajosa, é guerreira, não tem vergonha do passado do presente, nem do que há de vir. 


- Vv.30-33 – Quando acudimos devido ao nosso sofrimento a Jesus, e lhe tocamos através de nosso pedido, oração, suplica, ou pedimos que alguém orasse por nos. Ele atende! 


 - Amor é fé não se pode esconder. Assim o contrario disso também não se pode esconder. Atraso, irresponsabilidade, mexericos, brigas, falta de vontade, insensibilidade. 


- O pontual, o responsável, o que serve o que faz acontecer, o recepcionista, o diácono, o professor, o obreiro voluntário – não se pode esconder. 


- Ele pergunta: Quem me tocou nas vestes? Quem sabe: Quem quer me tocar hoje ou pedir-me alguma coisa? 


- O toque de fé produz energia da fonte, que dá, quem tem, sente quando ela é usada.


 - As pessoas são tocadas, transformadas, curadas e libertas dos seus sofrimentos. Visto que a fé não se pode esconder. 


 - A multidão parou no meio da rua. Jesus olhava ao seu redor para ver quem fizeram isto. 


 - Ela imediatamente se identifica, pois o milagre também não se podia esconder. 


 - Ela já viera uma vez para tocar Nele, agora ela vem para dar testemunho do milagre ocorrido em seu corpo. 


 - Ela se prostra se ajoelha e declara a sua cura. 


 - Quanto é necessário confessar a operação divina em nossas vidas! A fé Tornou evidente o milagre: 


- Poucas pessoas querem assumir o milagre em sua vida, muitos querem a benção e não o abençoador. 


 - Quer a graça não quer quem dá a graça. 


 - Acontece que a relação com Deus é um processo. Vamos recebendo as coisas sob medida e de acordo a nossa fé. O que a mulher ouviu de Jesus? V. 34 - Filha: isto quer dizer filiação, relação de pai e filha. Seu feito de fé a constituía membro da família de Deus. 


 - Esta relação esta a nossa espera, Ele quer nos constituir membro de sua família, pois com isto herdamos todas as promessas, João 14.13-14; João 15.7; João 1.12. 


 - Hoje Ele quer te fazer herdeiro de todas as graças ao seu dispor. 


- A tua fé: Jesus citou a grandeza de sua fé, demonstrado por um toque nas pontas do dedo trêmulo desta mulher esquelética e definhada. 


 - É necessário entregar-nos ao poder da fé, sem a qual não há relacionamento com Ele, sem a qual a sua Palavra não tem efeito, sem o qual nossas atitudes não fazem sentido para Deus. 


 - Fé é crer, obedecer, humilhar-se, entregar-se, admitir que ele vá agir aceitar já o milagre mesmo antes de acontecer. 


 - A única coisa que move a Deus é a fé. 


- Salvou-Te: Salvar quer dizer o que? Tirar da ruína, livrar do perigo, conservar em vida, manter em bem estar. 


 - A salvação não diz só respeito à cura física, mas a sanidade da alma, da relação com Deus. 


 - O pecado como consequência tem a condenação e morte eterna, a ação de Deus através de Jesus Cristo o seu filho é salvar, curar, habilitar, dar condições. Filha, tua fé te salvou...! Que maravilha! 


- Vai-te em paz: Umas das coisas que Deus almeja é que tenhamos paz (Shalom) 


 - À fé nos justificam perante Deus para termos paz com Ele. Romanos 5.1; 


 - A fé demonstrada por esta mulher sem nome, porém com uma fé evidenciada, registrada pela história, a levou a ter paz-saúde, paz-espiritual, pois diz que isto era um flagelo-castigo, acoite, tortura, suplicio desgraça, (V.29... Curada do seu flagelo.) - Quando temos paz com Deus é tudo quanto precisamos, apesar das lutas que continuamos a enfrentar enquanto vivermos. 


- Fica livre do teu mal: Existem demônios de enfermidades, de persecução, de sofrimento, de inveja, mal olhado, milhares de coisas. 


 - Precisamos de esse poder que liberta que tira da prisão, que quebra os grilhões, que desfaz as correntes que fazem sofrer... 


 - Assim podemos servir a este Jesus que opera milagres e nos recebe como filhos do Reino, dando-nos cidadania, comunhão com eles. 


 Conclusão: 


 - A Finalidade desde estudo é fazer você se avaliar perante os embates e lutas da vida, você tem uma oportunidade única de atar sua relação com o Senhor Jesus. 


- Tua fé tem movido pessoas? Tem te tornado mais sensível? 


 - Ter feito de você uma pessoa voluntária para fazer a obra? - Renove os teus votos nesta hora. 


 - Volte a tocar-lhe com compromisso, responsabilidade. 


 - Pactua com Ele, faça uma promessa, combina com Ele um acerto, aliança é submissão e obediência. 


- Faça um contato de fé, seja através da oração, de tua entrega, da entrega dos teus fardos de decepções e ansiedade, a mesma coisa que aconteceu na vida de estar mulher pode acontecer contigo agora mesmo. 


- O Senhor nosso Jesus o filho de Deus, quer te receber em sua família como membro, para desfrutar todas as promessas e alianças feitas a Abraham nosso pai na fé. 


- Faça como esta mulher sem nome, como uma fé, porém que ficou notória e lhe proporcionou a cura, a libertação, a paz e salvação plena. 


 Observação: 


 - Se este estudo produziu alguma coisa em você, conte-nos para que possamos publicar em nossa revista o teu testemunho de salvação e cura. 


 AUTOR E FONTE: Autor: Kemuel Stefano http://esbocoesermoes.blogspot.com.br/2012/07/ha-quantos-anos-vens-sofrendo.html






+++
++++++
+++++++++
++++++++++++
+++++++++++++++
++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++


Filhos resgatados 
mediante a fé mãe 





Filhos procurados para pagamento de divida são resgatados mediante a fé, humildade e obediência da mãe 


Texto: II Reis 4:1-7 


 INTRODUÇÃO: 


 - Para recebermos alguma coisa de Deus precisamos crer. Impossível movê-lo com incredulidade. 


 - Há necessidade de fazer crescer a Fe que se baseia na obediência na Palavra para que o milagre possa acontecer. Contar a Deus a nossa desesperante situação, com tantas falências nas áreas da vida, só nEle há esperança, o resto é desengano e frustração. Mas o Eterno o nosso criador que conhece muito melhor nossa vida e os problemas que nos circundam, esta pronta a nos estender sua misericórdia. 


 - Os homens dizem uma coisa, por exemplo, sobre as enfermidades e outros problemas, mas Deus faz com que o seu propósito se cumpra a revés do que eles dizem. Ele dá-nos vida com abundancia. 


- Vamos, portanto ler a vitória desta mulher, como fez para superar o seu problema ao procurar recurso no lugar certo, na hora certa, e com a pessoa certa e com humildade obedecer e ser alcançada pela bênção e solucionar o seu grande problema, pois os seus filhos estavam sendo procurados para pagamento da divida deixada pelo finado. Isto se constitui, numa das maiores ações de milagres das Escrituras entre tantas outras existentes. 


- Se o teu problema é parecido, não é mera coincidência. Leia é medite. O propósito de Deus é abençoar a tua vida. 


 - Poderíamos adequar a nossa vida milagres nas áreas necessárias de nossa vida? 


 PROPÓSITO: 


 - Ativar a fé de milagres e levar em conta que a obediência aliada à humildade faz acontecer comprovadas soluções de problemas graves aos nossos olhos. 


 1. O QUE A MULHER DISSE A ELIZEU O PROFETA? 


- Que ela era a viúva de um dos filhos dos profetas, que seu marido era temente a Deus. Este apesar de ter uma vida dedicada a Ele, não era uma pessoa organizada com relação às finanças, deixando uma grande dívida para a viúva pagar. Isto tem muito a ver com as nossas vidas. 


 - Às vezes temos uma capa de religiosidade, mas vivemos devendo a Deus e ao próximo, mesmo que as Escrituras nos dêem mandamento “A ninguém devais coisa alguma...” Rom 13.8. 


 - O finado era um discípulo, filhos dos profetas, mas, financeiramente, desorganizado. Morreu deixando dividas para sua esposa e filhos. 


 - A falta de controle financeiro acarreta sérios problemas para a pessoa que deve, e a pessoa a quem se deve. 


 - O que aconteceu a viúva? Os credores vieram a tomar-lhe seu dois filhinhos para serem escravos. 


 - Não é tão diferente hoje em dia quando os agiotas ou credores batem a porta resolutos em levar tudo. 


 - Esta viúva estava a mercê de perder seus dois filhos para pagar a divida que o finado deixou. 


- Aqui, no entanto há um exemplo a ser seguido, quando surgem os problemas, quando a pessoa se sente desanimada, insatisfeita com os empecilhos da vida, não se deve entregar a perca da esperança de vencer, nem se entregar a depressão, sim, buscar auxílio, ajuda aconselhamento com pessoas certas. 


 - A mulher procurou o profeta Elizeu, o homem de Deus. Temos homens e mulheres a serviço do Eterno, contextualizados com a missão de dar respaldo de aconselhamento, direcionamento em qualquer área de necessidades. Mas precisam ser procurados. 


 - Muitos têm problemas sérios com o seu cônjuge, com seus filhos, em suas finanças, em sua vida espiritual, ate com pensamentos suicidas. 


 - Há necessidade de buscar auxilio, buscar ajuda e confessar a necessidade. Aparenta tudo bem, mas por dentro esta sendo consumida por angustias, pressão, opressão, depressão. 


 - Qual deve ser também a nossa, dirigir-nos ao Eterno, sabendo que Ele pode através dos seus servos e servas que coloca a nossa disposição nos assistir. 


 - A fé sempre nasce de uma grande necessidade seja espiritual, física, material ou outra fonte. O que fez esta mulher acreditou. 


 - Precisamos dar oportunidade para Deus agir. Ele precisa ver a nossa confiança. 


 - Os passos acertados desta mulher, dados em direção ao Divino, encontrou provimento e providencia e forma de suprir sua necessidade e resolver seu grande dilema de perder seus filhos para sempre, aceitando a orientação dada pelo profeta. 


 - Para estes detalhes devemos estar atentos. O que o Eterno vai pedir-nos para fazer, para que a obediência nos conduza a satisfazer nossas necessidades. 


 2. LEIAMOS A RESPOSTA E AS PERGUNTAS DE ELIZEU “Que te hei de fazer? V.2. 


 - Como dizemos na introdução, no aspecto humano só há desengano, em muitas ocasiões não há solução, não há confidencia para os problemas alheios. 


 - Por isso talvez muitos optassem pelo silencio, pela bebedeira e outros vícios, quando não o abandono do caminho reto, por falta de fé, obediência, humildade, vezes por não encontrar pessoas confiáveis a quem possam confessar suas falências. 


- Que te hei de fazer? Impossível aos olhos incrédulos das pessoas acreditarem em milagre, porque nunca viram, ou não se deram conta de que se vive em milagres e de milagres. 


 - O milagre da vida, da sobrevivência, a vida em família, o livramento de tantas calamidades, temporais, acidentes, desgraças, cadeias, morte, vícios, o perdão dos pecados, o nome escrito no livro da vida, são graças incontáveis e milagres. Outros tantos pelos quais nem agradecemos! 


 - Elizeu continuou com perguntas! Dize-me o que tens em casa? 


 - O que é que nos temos? 


 - Que podemos oferecer a Deus? 


 - Se tudo o que temos lhe pertence? 


 - Nosso amor é interesseiro, nossa adoração é defeituosa, vivemos em constante desobediência, nossos louvores às vezes lhe falta o envolvimento, a comunhão a conexão com Ele. 


 - Nossas orações é um verdadeiro carrinho de supermercado, dá isto, da aquilo, abençoa fulano, ajuda sicrano, vamos ao adoratório, estamos ali, mas o nosso coração está em outro lugar, ouvimos a mensagem, mas insistimos em brincar com a criança, ou no celular, o perturbar com nossas conversas quem quer ouvir a mensagem. 


 - Nossos olhos buscam coisas para criticar. 


 - Nem nosso lar às vezes é um santuário do Senhor. Que é que nos temos afinal? Nada! 


- Apesar de nossos defeitos há um bocadinho de fé, é menor que um grão de mostarda, mas como o Eterno é tão misericordioso, compassivo, tão cheio de bondade, leva-nos em conta, considera e esta pronto a nos atender. 


 - A viúva respondeu: Tua serva não tem nada em casa...!Mas o finado deixou uma botijazinha de azeite que ele usava para ungir as pessoas, e tão pouco, tão parco diante da necessidade premente. 


- Amados: o milagre precisa de um ponto de partida. O mover de Deus se baseia naquilo que cremos e aceitamos e naquilo que podemos oferecer. 


 - A mulher foi muito sincera demonstrando sua humildade. Não tenho nada em casa! Mas há umas gotinhas de fé. Sim, fé que a trouxe ao profeta de Deus em busca de um milagre. 


 - Para muitas pessoas que tem posse, dinheiro, influencia capacidade, riqueza, posição social, boa família, boa formação intelectual. 


 - Mas chega o momento que tudo isto não tem nenhum valor diante do perigo eminente de perder a vida, a saúde, o cônjuge, os filhos, a comunhão com Deus, a Igreja, perder tudo o que foi construído com suor e sacrifício. Mas Deus considera ate a intenção, muito mais O procurá-lo. 


 3. O PROFETA ORDENA O QUE ELA TINHA QUE FAZER: milagre seria surpresa! 


- Primeira coisa: Vai... Saia de onde estás comece ir em direção a Deus pelo caminho da obediência. Ele requer coisas para serem colocadas em prática. ( Ef. 2.10) 


 - Há renuncias, há desprendimentos, há abandono de atitudes desconexas com a sua palavra. Vai! Muda teu comportamento tua conduta, desprenda-te da incredulidade, das magoas, dos ressentimentos contra esse ou aquele, deixe o ódio, a malquerença, a avareza, o egoísmo, a presunção, a inveja. 


 - Vai! Seja humilde, manso, comece a crer, a colocar por obra. Muda teu rumo! Modifica tuas atitudes... 


 - Vai! Vai pede emprestadas vasilhas a todos teus vizinhos...! 


 - Que o vizinho tem a ver com os meus problemas diria esta mulher, diríamos-nos também. 


 - Irmão, irmã, cunhado, parentes em geral, filhos pais. Mas como esta mulher pediria alguma vasilha emprestada aos seus vizinhos se não estivesse bem com eles? 


 - Este é um grande problema. Geralmente as pessoas esta de mal com todos, ninguém escapa. 


 - O nosso relacionamento horizontal precisa estar bem, porque a estes nos vemos, temos seus telefones, seus E-mail, celular podemos pedir perdão a estes para depois nos conectar com Aquele que não vemos. - Vasilhas vazias! Nos também somos a exemplo como vasilhas nas mãos do Eterno, precisamos estar limpos para sermos cheios com azeite ungido. 


 - Às vezes as vasilhas são bonitas por fora, mas por dentro não presta para serem usado nas mãos do Senhor. Como esta a tua vasilha? 


- Vasilhas vazias não poucas foi o que o profeta ordenara. A capacidade de ter sensibilidade ao que Deus pode fazer. 


 - Obediência cega ao mandado do Senhor. Ele mandou guardar seus estatutos e mandamentos, a exemplo os dez, ou querer só guardar nove, não temos porque objetar, nos mandou nos abster de coisas imundas em nossa alimentação, não temos porque objetar, nos manda amar, fazer, ir, pregar, curar, não temos porque objetar. 


 - A mulher nada perguntou: Que é isso profeta? Mas para que tantas vasilhas, no basta só um balde? Ela é um exemplo de humildade e obediência. 


 4. OUTRA ORDEM IMPORTANTE QUE ELA TINHA QUE OBEDECER 


4.1 – Comunhão com os filhos: 


 - O cônjuge esta envolvido nos milagres, não pode o esposo ficar fora, nem a esposa, precisam estar em comunhão um com o outro. 


 - Aqui o profeta lhe diz: Fecha a porta, sobre ti e sobre os teus filhos. Não pode ficar um filho fora do redil, fora da comunhão no lar onde Cristo é a cabeça.  


- Quantas lições encerram esta parte do texto. Que dificuldade hoje há nos cônjuges e nas famílias, cada um querendo tomar rumos diferentes. Mas glorificamos a Deus pelas famílias que vemos estarem no adoratório juntos louvando e servindo a Deus. 


 4.2 – A cooperação dos filhos: 


 - Estes lhe chegavam às vasilhas e ela as enchia... Comunhão e cooperação vão juntas em obediência ao que foi ordenado com base na fé, rumo ao grande milagre. 


 - Creio que esta mensagem de comunhão e cooperação tem muitas lições a colher da maneira que esta posicionada nesta historia. 


 5. A OBEDIENCIA ACOMPANHADA DA FÉ RESULTA EM MILAGRE 


Primeiro: A fé na busca do auxilio no homem de Deus: A mulher procurou Elizeu o profeta, ela creu que ele a orientaria e que o seu problema seria solucionado. 


Segundo: A sua confissão sincera de sua angustia diante do perigo de perder seus dois filhos, ela não se omitiu, nada escondeu do profeta lhe disse tudo. 


Terceiro: A sua obediência foi restrita a orientação dada pelo profeta: Não podemos nos omitir de obedecer a Deus em todos os seus preceitos, ordenanças, mandamentos prescritos para nosso aperfeiçoamento e santificação. 


Quarto: O milagre aconteceu v. 6 – todas as vasilhas colocadas no seu barraco foram cheias. O aceite só parou quando não houve mais vasilhames. Os milagres deixam de acontecer, não porque ela não existe, sim por falta de fé, confiança e crença no poder que tudo pode. 


 6. O TESTEMUNHO DA MULHER AGRADECIDA (V.7) 


6.1 - “Então fez saber ao homem de Deus”...Isto nem sempre acontece de que alguém venha testemunhar o milagre do Alto. 


 - Muitos milagres acontecem na vida das pessoas, mas poucos dão testemunho das sobejas bênçãos dadas pelo Altíssimo em todas as áreas da nossa existência. 


- Muitos vêm para a Igreja com seus casamentos a deriva, com enfermidades, seu interior com ninhos de demônios, outros viciados em drogas e outros vícios vis. 


 - A igreja os acolhe, cura suas feridas, visitas, intercessões, ajuda espiritual de todo lado, estudos bíblicos, consolidação, retiros discipulado, engordam, saram, salvam seu casamento e viram as costas para a comunidade, vão para outras Igrejas que os acolhe sem ter se sacrificado por ela, para o pastor amado que ate altas horas da madrugada deu seu tempo em sacrifício do seu descanso, não lhe dão nem muito obrigado. São mal agradecidos. 


 - Esta mulher da um exemplo fez saber ao homem de Deus que havia acontecido. 


 - Que possamos imitar esta viúva em ser agradecidos a Deus e as pessoas que nos ajudaram. Sobre tudo dar o nosso testemunho. 


 6.2 - “Vai, vende o azeite, e paga a tua dívida. E tu e teus filhos viveis do resto” - Milagre com abastança, você pode fazer a conta de quantos litros de azeite esta mulher conseguiu?


 - Não sei precisar quanto custava uma pessoa... Mas ela conseguiu azeite para pagar pelos seus dois filhos e da sobra viver não sabemos por quanto tempo. 


 - O milagre do Eterno nos surpreende, as bênçãos são ilimitadas, seus milagres agem em todas as áreas de nossas vidas, além de tudo isso ainda nos garante a vida eterna. Quem crê nEle já passou de monte para a vida. 


 CONCLUSÃO: 


 - Não sei em que esta historia se encaixa na tua vida agora, mas releia outra vez, faça tuas anotações, procure extrair dela o que fala ao teu coração. 


 - Talvez precise de fé, ou de um ombro amigo confiável para te ajudar, quem sabe precisas de obediência para que o milagre em tua vida possa ser uma experiência vivida. 


- Procure-nos, estamos pronto para lhe ajudar, lhe orientar dentro da Palavra e das doutrinas Bíblicas, queremos ser seu parceiro de bênçãos. 


- Se este artigo abençoou tua vida entre em contato conosco que queremos orar por você... 


 - Se você não entendeu alguma coisas estamos prontos para responder suas perguntas. 


 Autor e Fonte: Kemuel Stefano / http://www.mirv.org.br/




++++++++
+++++++++
++++++++++
+++++++++++
++++++++++++
+++++++++++++
++++++++++++++