terça-feira, 17 de julho de 2012

O CAMINHO QUE NÃO 
PERTENCE A DEUS! 

 (Gênesis 12:10) - E havia fome naquela terra; e desceu Abrão ao Egito, para peregrinar ali, porquanto a fome era grande na terra. 


 I. O CAMINHO DO EGITO É SEMPRE UM CAMINHO DE DESCIDA: 


(Gênesis 12:10) - E havia fome naquela terra; e desceu Abrão ao Egito, para peregrinar ali, porquanto a fome era grande na terra. 


 Canaã: Lugar de Presença e comunhão com Deus, lugar de vitória e bênção. ir para o Egito (o mundo), ele sempre está descendo. 


 O melhor lugar para se estar é onde o Senhor coloca você, mesmo que seja difícil. 


II. O CAMINHO DO EGITO É SEMPRE UM CAMINHO DESONESTO: 


(Gênesis 12:11-15) 


 A. Abrão concebeu uma mentira - É um dia triste quando um crente se afasta da verdade, e abraça uma mentira. Este pode ser o mais triste episódio na vida de Abraão. Nós todos temos aqueles momentos em que concebemos uma mentira em nossos corações para tentar justificar as coisas que fazemos e permitimos em nossas vidas. É um dia triste quando isso acontece! 


 B. Abrão tornou-se a mentira - Depois que ele contou a mentira, ele começou a viver na mentira! Uma mentira sempre leva a outra! 


 III. O CAMINHO DO EGITO É SEMPRE UM CAMINHO DE MALDIÇÕES: 


(Gênesis 12:15-17) Quando um crente vai para o Egito espiritual, faz com que outros caiam ou permaneçam longe. O pecado de Abrão trouxe a mão do julgamento de Deus sobre a situação! 


A lição aqui é esta: "O que achamos que são as melhores bênçãos do mundo, muitas vezes tornam-se os maiores problemas da nossa vida" 


 IV. O CAMINHO DO EGITO É SEMPRE O CAMINHO DA VERGONA E DA HUMILHAÇÃO 


(Gênesis 12:18-20) O mundo e todas as suas seduções não pode satisfazer a alma que já provou a bondade do Senhor! Abrão perdeu o seu testemunho no Egito. Faraó lhe disse, "Leve-a e vá!" Ele foi literalmente expulso do mundo do mundo! 


-  As pessoas perdidas nunca esquecem um testemunho em ruínas! Eles nunca se lembram de suas boas obras, mas eles nunca vão esquecer seus fracassos! 


Exemplo: De quem lembramos mais, “a pregação de Pedro no dia de Pentecostes, ou sua negação de Cristo?” 


 Conclusão: 


Onde está a sua tenda acampada esta noite? 
Você está acampado em Canaã, firmemente fixado na terra da vitória bênção e testemunho, ou você tem descido ao Egito? 


 Meu conselho é que você volte para casa, reconstrua seus altares e viva para Jesus. 




 No amor de Cristo!

AUTOR: Pr. Maucir Lehn




+++++++++
++++++++
+++++++
++++++
+++++
++++
+++
++
+

FORMANDO VERDADEIROS FILHOS 






A. João 17:1 – “JESUS falou assim e, levantando seus olhos ao céu, disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho, para que também o teu Filho te glorifique a ti;” 


B. No Evangelho de João capítulo 17, Jesus conversava com o Pai sobre seus discípulos, falava sobre a responsabilidade de ser um mestre, formador de discípulos, da importância de se preparar para preparar outros e de deixar um exemplo para gerações vindouras. 


 C. Jesus se preocupava com detalhes, tinha um objetivo, uma missão que passou não somente para aqueles que estavam juntos com ele, mas deixou claro que seria para todos quanto o quisessem seguir. Precisamos formar, não apenas discípulos, mas verdadeiros filhos espirituais. 


I – OS VERDADEIROS FILHOS SÃO GERADOS POR DEUS E ENTREGUES A NÓS PARA DISCIPULARMOS: 


 A. João 17:6-7 – “Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste; eram teus, e tu mos deste, e guardaram a tua palavra. Agora já têm conhecido que tudo quanto me deste provém de ti;” 


B. Formar discípulos é um desafio, mas é preciso entender, de uma forma ou de outra que Deus entregou discípulos em nossas mãos. 


C. Lucas 6:12-13 – “E aconteceu que naqueles dias subiu ao monte a orar, e passou a noite em oração a Deus. E, quando já era dia, chamou a si os seus discípulos, e escolheu doze deles, a quem também deu o nome de apóstolos:” 


D. Jesus deu o nome de discípulos aos seus seguidores mesmo antes deles serem discipulados e provados, e dentre esses discípulos ele escolheu e nomeou apóstolos no início de seu ministério. Tudo isto aconteceu no início do ministério de Jesus. 


E. Os discípulos são de Deus, pertencem ao Pai Celestial, mas Deus os entregou em nossas mãos para ajuda-los na sua caminhada cristã. 


F. Deus nos entrega discípulos, cabe a nós ensiná-los na Palavra de Deus, a obedecerem tudo que Jesus nos ordenou. 


G. Mateus 28:20 – “Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” 


H. O discipulador precisa ser paciente, amoroso, flexível, disposto e atencioso para com os discípulos que Deus nos entregou. 


II – OS VERDADEIROS FILHOS SÃO FORMADOS ATRAVÉS DA NOSSA SANTIFICAÇÃO: 


A. João 17:19 - “E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade.” 


 B. Quando decidimos formar um discípulo, há um preço a ser pago, precisamos entender que passamos a ser o referencial daquela pessoa, abrimos mão daquilo que achamos certo para vivermos o que realmente é certo. 


C. Formar um discípulo demanda tempo, exige de nós a doação, exige de nós a santificação da própria vida. E isso não significa ou garante que todos nos seguirão ou serão como nós, mas que eles passam a ter um referencial para olharem e se direcionarem. 


 D. Você não marca a história pela casa que você construiu, pelos carros que você teve, pelas roupas que você usou, pelo corte de cabelo revolucionário. Você marca a história pelas vidas que você influenciou e que por sua causa foram transformadas. 


E. I Timóteo 4:12 – “Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza.” 


F. Discípulos necessitam de atenção, de cuidado, de palavras de encorajamento, necessitam sentir que são amados e acima de tudo, precisam descobrir o valor real de ser um discípulo, o para onde as lições que estão aprendendo os estão levando. 


G. Jesus sabia disso, chamava a atenção quando necessário, mas acima de tudo, preocupava-se em ensiná-los na verdade. 


 III – FORMAR VERDADEIROS FILHOS É LEVÁ-LOS A CONHECER A DEUS E AMÁ-LO DE TODO O CORAÇÃO: 


A. João 17:3 – “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” 


B. João 17:26 – “E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja.” 


C. Deuteronômio 6:4-7 – “Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR. Amarás, pois, o SENHOR teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças. E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te.” 


D. Formar filhos-discípulos é leva-los a amarem a Deus de todo o coração. 


IV – FORMAR VERDADEIROS FILHOS É TER UM COMPROMISSO DE ORAR ATÉ MESMO POR AQUELES QUE AINDA NÃO CHEGARAM, PARA QUE TODOS SEJAM UM: 


A. João 17:20-21- E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim; para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. 


B. VIDA DE ORAÇÃO DE JESUS: Lucas 5:16 - Ele, porém, retirava-se para os desertos, e ali orava. 


C. 6:12 - E aconteceu que naqueles dias subiu ao monte a orar, e passou a noite em oração a Deus. 


D. Lucas 22:31-32 - Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; mas eu orei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos. 


E. o verdadeiro purê de batatas que precisamos ser. A batata quando é amassada junto com as outras, ela se torna uma com as outras batatas. 


 F. No purê, as batatas não são vistas individualmente, mas amalgamadas. Amalgamar = amar + gamar = Juntar e misturar, estar ligado.


 G. Este é o propósito de Deus para a Sua igreja. Quem não estiver disposto a fazer parte desta ordem do Senhor, não serve para pertencer ao Corpo de Cristo.


 No amor de Cristo 


AUTOR:  Pr. Maucir Lehn




+
++
+++
++++
+++++
++++++
+++++++
++++++++
+++++++++
++++++++++

++++++++++++++
++++++++++++++