terça-feira, 10 de abril de 2012



A Conversão
da Pecadora





Introdução

Ao ser interrogado sobre sua mais notável descoberta, o cientista Lord Kelvin respondeu: "Eu sou um grande pecador, mas Jesus é um grande Salvador".

1 - Todos somos pecadores, mas existe uma fonte para a purificação dos nossos pecados (Zac. 13:1).

a) Esta fonte está aberta para todos, de todas as raças e camadas sociais.
b) Cristo é a fonte inexaurível da água viva.
c) Cristo é o caminho... a escada... a porta... entremos por Ele.
d) Ele é a atração de todos (S. João 12:32).
e) Ele nos convida a voltar (Zac. 1:3).
f) Voltar significa conversão (Zac. 1:4).

I - Que é Conversão?

1 - Conversão é transformação, valorização da alma humana. O homem convertido vale mais...

2 - Deus toma uma vida inútil pecadora, lava-a no sangue de Cristo, transforma-a pelo Seu Espírito, tornando-a uma bênção neste mundo e candidata ao Céu. Isto é salvação.

3 - Conversão é fazer do pecador, mau, viciado, impuro, desprestigiado, caído, condenado - um homem bom, virtuoso, puro, valorizado, digno, santo e salvo para a eternidade.

Hoje iremos narrar a história da pecadora redimida, convertida por Cristo.

II - A História da Pecadora Perdoada - S. João 8:3-11

1 - No Céu desejo encontrar-me com ela para que me fale com detalhes sobre sua conversão.

2 - Era a mais indigna e mais desprezada pecadora. Nada valia aos olhares humanos. Era digna de morte.

Porém, aos olhos dos Céus tinha grande valor. Era uma pessoa pela qual Cristo teria vindo à Terra e dado a Sua vida. Cristo nos ama individualmente.

3 - O Céu alegrou-se com a conversão de Maria Madalena (S.Luc. 15:7 e 10).

4 - Os escribas e fariseus, querendo apanhar a Jesus em alguma contradição e provar Sua justiça e misericórdia, trouxeram-Lhe aquela mulher.

a) Eles se consideravam perfeitos e sabiam esticar seu dedo de acusação.

b) Jesus nada responde e começa a escrever na areia os pecados secretos dos acusadores.

Os mais velhos tinham mais pecados e por isso foram saindo primeiro... Assim todos.

5 - Quem era o único que poderia jogar pedra? O único que não tinha pecado? Jesus. Mas Ele não pegou em pedra. Sua missão não era acusar, mas salvar.

a) Seu amor e misericórdia penetraram como um punhal no coração da pecadora, levando-a ao arrependimento.

b) Disse então Jesus: "Vai e não peques mais." Eis a solução para todo pecador...

6 - Por que a mulher foi perdoada? Porque não fugiu de Jesus. Sentiu seu pecado, sua indignidade.

7 - Grandes pecadores serão salvos por sentirem o peso de seus pecados e desejarem uma libertação. Por desejarem a Graça de Cristo.

a) Pequenos pecadores se perderão por não sentirem os seus pecados, por pensarem que são suficientemente bons e que não irão perder-se.

b) Maria Madalena permaneceu ao lado de Cristo e recebeu poder para viver vida santa.

c) Alguns pecadores fogem de Cristo. Deixam de ir à igreja pensando: Não quero que mexam com os meus pecados.

III - Expressão de Gratidão


1 - Queria demonstrar publicamente sua gratidão Àquele que lhe transformou e valorizou a vida (S. Luc. 7:36-50).

2 - Não temeu a censura e a crítica.

3 - Reação de Judas - "Porque não se deu isto aos pobres." Quem era o maior pobre? - Ele, Judas - era pobre de espírito, pois era ladrão.

4 - Simão - talvez um dos primeiros a transviar aquela mulher, agora, o primeiro a acusá-la.

a) Simão havia sido leproso, era rico e queria honrar a Jesus. - Jesus o curara fisicamente, mas sua alma ainda estava doente.

5 - Jesus contou a parábola dos dois credores (S. Luc. 7:40-44). Quem mais ama? O mais perdoado.

6 - Ela mais O amava por sentir-se mais pecadora. Maior era a sua gratidão.

7 - Muito fez Jesus por ela, por isso muito O amava.

8 - O que fez ela por Jesus?

a) Trouxe-lhe um vaso de alabastro, precioso ungüento. Era o mais precioso e o mais caro. Quanta economia forçada. - Deu o máximo. Ungiu em vida os pés de Jesus - antes de sua morte.
Nossa gratidão a Deus deve ser em vida.

b) Extravasou sua alma em lágrimas.
Lavou Seus pés cansados, pés benditos que logo seriam traspassados, pés incansáveis na busca do perdido, que nas poeirentas estradas da Palestina levavam salvação.

c) Eram lágrimas de gratidão...

Certa professora rural era muito estimada por seus alunos, por ser bondosa e paciente. Quando chegou o dia de seu aniversário as crianças combinaram fazer-lhe uma festa surpresa. Sem que ela soubesse, ensaiaram o programa. No dia todas vieram de branco, limpinhas, e cada uma trouxe uma certa quantia em dinheiro para o presente. Antes da entrega do presente a professora notou que uma menina chorava. Soluçava alto e contagiou a outros que também choravam. Entrecortada com soluços diz: "Porque eu não tenho dinheiro para ajudar a comprar um presente para a professora". Nisso uma lágrima rola sobre a mão da professora que, intensamente comovida, diz: "Esta lágrima é o maior presente que você poderia me dar, porque veio do seu coração. "

Assim Madalena deu de si o mais precioso de seus sentimentos, extravasados em lágrimas de gratidão.

9 - Maria, agora convertida, tornou-se ávida pelos ensinos e palavras de Jesus. O desejo de ouvir Seus ensinos era superior às outras coisas (S. Luc. 10:38-42).

Sentava-se aos pés de Jesus e emocionada ouvia Suas palavras.

10 - Se Cristo viesse hoje à nossa casa, dar-Lhe-íamos o melhor quarto, mas a melhor maneira de hospedá-Lo é ouvir Sua palavra como Maria o fazia.

Conclusão

1 - És pecador? Sentes tua indignidade?
Não te desanimes. Cristo te ama tal qual estás.

2 - Ele te perdoa e te diz: "Perdoados são os teus pecados, agora vai e não peques mais."

3 - Então ofertemos-Lhe nossa gratidão.
Nossas lágrimas de arrependimento.
Assentemo-nos diariamente a Seus pés para ouvir Seu evangelho.
Maria escolheu a boa parte.

4 - Prezado ouvinte: Você deseja se unir a Madalena em arrependimento?
Entregue-se a Cristo para salvação.
Quantos desejam obter o perdão de Jesus?
Ele convida à todos (Apoc. 22:17).

"O espírito e a igreja dizem: Vem, e 'quem ouve diga: Vem. E quem tem sede de salvação venha; e quem quiser tome de graça da água da vida."


FONTE: http://www.horatranquila.com.br/o_bom_pastor/sermoes_hoje/a_conversao_da_pecadora.htm





+++++++++
+++++++++
+++++++++
++++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++
+++++++++
+++++++++
+++++++++


Alimentando
a Multidão




Introdução

A multidão O procura: "Onde está Ele?" (S. Mal. 14:13-21)

1 - Acham-se congregadas quase 5 mil pessoas.

2. - Jesus, compadecendo-Se deles, diz: "são como ovelhas que não têm pastor."

- Desgarrados e errantes.

- Quantos hoje estão famintos do Pão da Vida e desgarrados como ovelhas sem pastor!
Em Portugal, reuniram-se 50 mil pessoas para ver Fátima. Procurando algo para saciar a fome da alma.

3 - O povo deleitava-se em ouvir Suas palavras.

a) Não sentiam fome.
b) Não sentiam fadiga.
c) Não sentiam o correr do tempo, pois o dia já declinava.

4 - Jesus e o povo estavam exaustos.

a) Muitos tinham vindo de longe.
b) Havia muitas mães com criancinhas.

I - A Ordem de Cristo: Dai-lhes Vós de Comer

1 - Como? Onde compraremos? Indaga Filipe.
Não temos recursos nem possibilidades.

2 - Cristo pergunta-lhes: "Quanto alimento tendes?"

a) Aqui há um rapaz que tem cinco pães e dois peixinhos.
Que é isto para tantos?

b) Jesus manda o povo assentar-se.

c) Tomando o alimento, abençoou-o, partiu-o e deu aos discípulos e estes à multidão.

3 - Todos comeram até fartar-se.
Ainda sobraram 12 cestos.

II - Provê Tanto as Necessidades Físicas Como Espirituais

1 - Aquele que nos chama para segui-Lo, nos diz: "Não andeis solícitos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo pelo que haveis de vestir" (S. Mat. 6:25).

2 - O coração de Cristo é solícito para com cada necessidade nossa.

3 - Jesus, porém, não realizava milagres, a não ser que houvesse uma necessidade real.
Não o fazia por mera ostentação ou exibicionismo.

4 - Os peixes e os pães de cevada eram o alimento diário dos pescadores ao redor do mar da Galiléia.

a) Jesus nunca deliciou alguém com luxuosos banquetes.

b) A condescendência com gostos naturais resulta em doença e morte.


5 - Deste relato extraímos três preciosas lições:

- Primeira:
Na produção da colheita da terra, Deus opera um milagre diário. O homem semeia, Deus dá o crescimento e o fruto.

a) O homem coopera com Deus no trabalho.
b) É necessário semear.

- Segunda:
Economia. Recolher os sobejos.

a) O Criador e dono do Universo, não quer que nada útil se perca ou seja esbanjado.



b) Os sobejos foram distribuídos para que o povo levasse para os seus familiares. Assim deve ser com o pão espiritual; devemos levar aos nossos parentes e amigos.

- Terceira:
O milagre dos pães ensina-nos uma lição de confiança em Deus.

a) Não tinham alimento nem recursos para adquiri-lo.
b) Quando em situação difícil, devemos esperar em Deus.
c) Se seguirmos a direção Divina, Ele tudo proverá.


III - Saciando a Fome Espiritual

1 - Ao vermos o mundo faminto do Pão da Vida ao nosso redor, dizemos como André: "Que é isto para tantos?"

2 - Os pães e os peixinhos são os talentos, são os folhetos, são a literatura contendo a mensagem.

3 - Jesus nos manda: "dai-lhes vós de comer!"

4 - Sua ordem é uma promessa.

5 - Ligados a Cristo, receberemos dEle provisão para alimentar a outros;
Só podemos receber, à medida que distribuímos aos outros. À medida que damos, recebemos.

"Em lugar de transferir vossa responsabilidade para alguém que julgais mais bem dotado do que vós, trabalhai segundo vossas aptidões." - O Desejado de Todas as Nações, pág. 354
"Dai e ser-vos-á dado."

Conclusão

O Mar da Galiléia e o Mar Morto.
O Mar da Galiléia recebe as águas do Rio Jordão e as transmite.
Recebe e dá.
É um mar maravilhoso, com águas límpidas e muitos peixes. As águas do Rio Jordão continuam descendo até desaguar no Mar Morto, a 400 metros abaixo do nível de outros mares.
O Mar Morto recebe e não dá. Nele não há vida, ali não há peixes. Suas águas são densas, com elevada saturação de sais. Como só recebe e não dá, ali não há vida animal; por isso tem nome de Mar Morto.
O cristão deve ser como o Mar da Galiléia, cheio de vida, recebendo e dando.


FONTE: http://www.horatranquila.com.br/o_bom_pastor/sermoes_hoje/alimentando_a_multidao.htm





####################
##############
##############
##############
####################