domingo, 1 de abril de 2012



A SÍNDROME
DE SANSÃO

- JUÍZES 16:20




- Muitas são as doenças que atingem todas as pessoas de diversas classes, em todo o mundo.

- Há doenças que são fáceis de serem diagnosticadas e tratadas, e não trazem grandes preocupações.

- Há outras mais complexas, que requerem um cuidado maior inclusiveno sentido de seguir as recomendações médicas para que esse mal não se torne coisa pior.

- Há outras doenças que embora a medicina tente tratar, ou amenizar, não há cura. O enfermo então dependerá unica e exclusivamente da misericórdia e da graça de Deus, para escapar do futuro óbito.

- Há doenças que são classificadas como verdadeiras síndromes e que estão presentes em todo o mundo. Essas doenças, porém apresentam sintomas que facilitam muitas vezes o tratamento e consequentemente a cura.

- Há uma doença, em especial que acomete todo ser humano, indistintamente, isto é, todos a têm e ninguém escapa dela. É a doença da alma, chamada pecado. A cura só pode vir através do remédio do céu chamado Jesus Cristo, que deve ser tomado diariamente 24 horas por dia.

- Essa doença ataca todos os setores da vida humana e pode fazer um grande estrago na alma levando à óbito carnal, espiritual e principalmente eterno. Essa doença divide-se em vários segmentos, podendo gerar no enfermo vários tipos de síndromes.

- O texto que acabamos de ler, apresenta um Israelita chamado Sansão (pequeno Sol), sendo escolhido por YHWH para julgar a o povo e libertá-lo da opressão dos filisteus.

- Todos nós conhecemos a bela e triste história de Sansão, que tinha tudo para ser bem sucedido como líder nos tempos dos Juízes em Israel. Porém, fracassou. O que podemos afirmar sobre essa história que nos serve de alerta, é que Sansão foi acometido pela síndrome, a doença do pecado. E infelizmente não foi curado a tempo de preservar sua reputação, seu ministério, sua própria vida.

- O principal sintoma dessa síndrome maldita, na vida de sansão, diagnosticada pelo médico das almas, é sem dúvida, o que podemos chamar de "brincadeiras perigosas".

Vejamos outros sintomas dessa síndrome maldita, que trouxe desgraças sobre a vida de Sansão e sobre toda a nação:

1º SINTOMA: QUEBRA DA ALIANÇA. (caps. 13.5-7; 14.8-9)

- Notem meus amados, que Sansão era Narireu, consagrado desde o ventre para algum ministério específico. No caso de Israel, seu ministério era servir a Deus como líder, julgar retamente a nação, fortalecer o reino, e expulsar os filisteus do arraial de Israel.


- Os nazireus nao podiam: cortar o cabelo, tocar ou comer coisa imunda, se misturar com outros povos pagãos. O nazireu era modelo de homem perfeito diante de Deus.

- Sansão quebrou todas essas regras que na verdade evidenciavam explicitamente sua aliança com Deus. Ao desobedecer gradativamente as leis de Deus, ele quebrou sua aliança com Ele. E pagou um alto preço por isso.

- Meus amados, não podemos quebrar nossa aliança com Deus, por motivo algum.

- Precisamos permanecer fiéis ao nosso voto de santidade e não podemos negociar nosso ministério nem abrir mão de nossos princípios. Quando desobedecemos as ordens explícitas de Deus, quebramos nossa aliança com ele.

2º SINTOMA: DESOBEDIÊNCIA AOS PAIS (caps. 14.1-3; 16.1)

- Deus nunca aprovou a união de pessoas crentes com incrédulos. Sansão sabia muito bem das leis de Deus, e mesmo sendo advertido pelos seus pais, ignorou uma ordem.

- Quando somos insubmissos às ordens daqueles que zelam por nós, pagamos um alto preço. Os pais de Sansão zelavam por ele, e eram autoridade sobre ele. Mas Sansão escolheu trilhar seu próprio caminho.

- Irmãos, quando ignoramos as ordens daqueles que estão acima de nós, e não os acatamos, sofremos terriveis tribulações, assim como Sansão sofreu.

- Seja obediente aos seus pais, aos pastores, aos presbíteros, aos diáconos, enfim àqueles que zelam por suas vidas e que prestarão contas a Deus por elas.

- A submissão é a tocha da nossa vitória que iluminará a negritude do nosso ego. Seja submisso à Deus e as autoridades. Obedecer é melhor do que sacrificar.

3º SINTOMA: BRINCAR COM A PALAVRA DE DEUS (caps. 16.6-9; 10-12; 13-14; 15-17)

- Sansão não brincou simplesmente com seu segredo que não estava nos seus cabelos, e sim na sua aliança com Deus, mas brincou com a própria Palavra de Deus. Ele não precisava dizer a ninguém de onde vinha sua força, nem tampouco mentir.

- Não devemos nada ao mundo no tocante à nossa vida com Deus. Mas Sansão achou divertido usar a Palavra de Deus para enganar e destruir. Ele achou engraçado essa situação.

- Quando brincamos com o sagrado, nos tornamos pagãos, hereges, e pessoas sem consciência. Parece que a corda que nos é dada é infinita em seu cumprimento. Sansão não imaginava que breve isso iria acabar.

- Sansão se divertiu mentindo e usando sua aliança com Deus e a Palavra profética para enganar os filisteus.

- Quando não suporta mais e resolve falar a verdade (ele não precisava dizer nada), pela única vez, foi subjulgado, derrotado e envergonhado. Quando brincamos com a Palavra de Deus somos envergonhados e derrotados.

4º SINTOMA: AUTO SUFICIÊNCIA: (cap. 16.20-22)

- Quando Sansão é surpreendido, ele afirma: "Vou fazer como fiz das outras vezes", "eu já resolvi o problema com minha força e com meu braço, já passei por isso antes, deixa comigo".

- Meus amados, a síndrome que o acometeu foi tão aguda que ele nem se deu conta que sua cabeça estava rapada, e que o ápice da sua brincadeira e desobediência gerou a quebra total da sua aliança com o Senhor a ponto de o Espírito do Senhor o desamparar por causa do seu pecado.

- Isso também é sintomático. Quando nos afastamos de Deus e quebramos nossa aliança com ele, achamos que somos auto suficientes e que não precisamos da intervenção de Deus.

- Quando nos tornamos auto-suficientes somos envergonhados (23-27). Não podemos deixar de depender do Senhor. É dele que vem nossa força e nossa capacidade para contornarmos situações adversas. Mas para isso preciso estar em íntima comunhão com ele.
- Só há um remédio para essa síndrome: Humilhação (v.28), a volta à presença do Senhor e o cumprimento de sua soberana vontade. Sansão no último momento da sua vida se humilhou na presença de Deus, e ainda honrou mesmo na sua morte, o nome do Senhor.

- Humilhe-se ainda hoje na presença do Senhor. Invoque-o enquanto ele ainda está perto.

- Não desperdice sua vida, não seja infectado por essa síndrome maldita. Só poderemos ser bem sucedidos na vida (em toda ela) se andarmos em intima e sincera aliança com Deus, se obedecermos os nossos superiores, se não brincarmos com a Palavra de Deus, e se dependermos totalmente dele.

Creia nessa mensagem, meu querido e seja curado do pecado.

Em nome de Jesus, amém.

AUTOR: Reverendo Adeir Goulart da Cruz.





+++++
++++++
+++++++
++++++++
+++++++++
++++++++++
+++++++++++
++++++++++++

+++++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++++


CERTEZAS
DE UM TAL
SONHADOR

(GÊNESIS 37. 19, 20)




“Quem deixou de sonhar deixou de viver. O sonho é a voz do desejo.” (Anônimo).

- Todos nós sonhamos.
- Todos nós fazemos projetos a longo e curto prazo. É impossível viver uma vida feliz nesse plano passageiro se eu não projetar, e sonhar.

- Qual é o seu maior sonho?
- Qual é o seu maior objetivo?
- O que você tem feito para atingir suas metas?
- Você tem lutado com todas as suas forças para alcançar suas metas?


- Com toda certeza, meus queridos, José ainda não sabia ao certo, qual era o significado de seus sonhos, embora sua família (pais e irmãos) já conjeturavam a possibilidade de serem seus servos. Mas na verdade, os sonhos de José não eram seus. Notem que ele nunca imaginaria que mais tarde se tornaria governador do Egito.

- Esse Sonho era de Deus. Era um projeto de Deus. Foi Deus quem preparou tudo e fez com que José passasse por todas aquelas provações para realizar seus objetivos divinos na vida de José.

- Assim, entendemos que muitas vezes, para realizarmos os sonhos de Deus, e mesmo os nossos, precisamos passar por provações, pois são elas que nos tornarão aptos para cumprir a vontade de Deus.

- Você está disposto a vencer todos os obstáculos para deixar Deus realizar seus sonhos em sua vida? Está ciente de que se Deus não te moldar antes, e tratar com sua fé e seu caráter, ele não vai cumprir sua vontade e não realizará seus sonhos?

- José persistiu no propósito de Deus, pois tinha algumas certezas que ninguém lhe arrancava.

- Ele sabia que a chave para sua vitória estava no seu relacionamento com Deus.
- Ele não tinha certeza de muita coisa, quando se desligou de sua família.

- Mas de uma coisa ele tinha total convicção: Deus estava com ele e o abençoaria se ele fosse fiel, tornando-o próspero em todos os aspectos. Precisamos ter essas certezas, que aqui eu chamo, de acordo com o versículo 19 de “Certezas de um tal Sonhador”.

José tinha as seguintes certezas impregnadas em sua alma:

1) EU NÃO DEVO PECAR CONTRA DEUS (39.7-9)

- Meus amados, José sabia que se ele não fosse fiel a Deus, Deus também não o abençoaria. José era um homem com todas as fraquezas que eu e você temos. Ele tinha algumas vantagens no Egito: tinha a confiança de Potifar, e ficava uma boa parte do tempo sozinho no palácio de Potifar.

- Porém ele foi fiel a Deus quando não havia testemunhas por perto.

- Muitos crentes deixam de ser abençoados porque se aproveitam o momento em que ninguém está vendo e pecam deliberadamente contra o Senhor.

- “meu patrão não está vendo, o que tem demais eu levar essa caneta para casa, ou esse clip?”, ou: “posso beber e fumar aqui, pois ninguém está olhando, e ninguém da igreja está perto” e ainda: “puxa vida, que sorte, me voltaram troco errado, confundiram as notas e me deram uma nota de 100 ao invés de 1”, e: “meus impostos dariam 100.000,00, mas se eu lançar os produtos sem nota fiscal e colocar no caixa 2, vou pagar somente 30.000,00, ninguém vai saber.”; “minha esposa não está olhando, vou dar só uma escapada, depois peço perdão a Deus, ninguém vai ver e ficará tudo bem”.

- São coisas meus amados comuns no dia a dia das pessoas. José sabia que se ele aproveitasse as inúmeras oportunidades que ele tinha no Egito para pecar, talvez ele nunca seria tão abençoado por Deus como foi.

- Leia Salmos 33.18; Provérbios 15.3 e 1 Pedro 3.12

2) EU DEPENDO TOTALMENTE DE DEUS (40.8; 41. 15,16, 25, 32, 38, 39)

- Meus queridos, chega um momento em que a tribulação nos pressiona a tomar decisões difíceis.

- José nessa altura do campeonato, já sabia que Deus é quem o fazia próspero e o abençoava. Tudo o que José tocava virava ouro pois ele dependia de Deus em tudo o que fazia. Ele não era como alguns crentes insensatos de hoje, que tudo o que toca vira fezes, esterco. Há pessoas que estão impregnadas de maldição.

- Onde colocam as mãos tudo murcha e morre, porque não consultam a Deus, e não dependem dele.

- Há pessoas que são tão arrogantes por causa dos bens que possuem, por causa do dinheiro acumulado, e das riquezas adquiridas.

- Pensam que tudo é mérito seu, e que não dependem de Deus. Mas quando vem a doença incurável, lembram-se de Deus.

- Quando vem a aflição e a dor, que o dinheiro não compra a solução, aí se curvam diante de Deus. José foi próspero no Egito, porque não era arrogante e presunçoso, mas era quebrantado, humilde e dependente de Deus.

- José colocava Deus em tudo, por isso, ele era uma das prioridades de Deus. A prioridade de Deus, meus queridos é com quem se humilha e depende dele. Leia: Tiago 4.10; Lucas 18.14; Salmos 37.4 e 5)

3) EU NÃO FICAREI NESSA TERRA (50. 22-26)

- Meus queridos, por mais que José acumulasse bens na terra do Egito, trazendo prosperidade, riqueza e fartura, esse não era o seu lugar.

- José aprendeu a língua egípcia, a cultura egípcia, se vestiu como um egípcio, se casou com uma egípcia, teve filhos no Egito, e foi enterrado segundo o costume dos egípcios.

- Mas em todo o momento, seu desejo era de entrar na terra prometida. Parece que esse seu maior sonho era ser transportado para sua terra novamente, mas parece que não se realizou esse seu último sonho. Mas só parece. Ele fez os filhos de Israel jurar que levaria seus ossos para a terra de Canaã.

- Em Êxodo 13.19, quando Moisés leva os libertos do Egito para o deserto, rumo a Canaã eles se lembram da promessa e levam José, retirando-o do sarcófago egípcio.

- José tinha a certeza que mesmo morrendo ele não ficaria naquela terra. Meu amado, ainda que você venha a sofrer, tenha essa certeza, certamente Deus te visitará e tirará seus ossos daqui. Seremos ressuscitados por Cristo e transportados para uma nova terra, a Canaã Celestial. Jesus fará essa exumação sobrenatural e miraculosa. Creia. Tenha essa certeza. Leia (1 Coríntios 6.14; João 14.1-4)

- Meu querido, quer que Deus realize seus sonhos em sua vida. Quer que Deus te presenteie todos os dias realizando seus objetivos pessoais?

- Então tenha essas três certezas. Deus fará o mesmo que fez na vida de José, quando você vencer o pecado (não mais pecando contra Deus), quando você vencer a arrogância (aprendendo a ser dependente de Deus e humilde), e quando você ter a certeza da sua salvação (sabendo que seus ossos não ficarão no Egito, isto é, no mundo.

- Tenha essas certezas, ainda que você seja chamado de “Um tal Sonhador”, mas realize os sonhos de Deus e deixe Deus realizar seus sonhos.

Que Deus nos abençoe em nome de Jesus, amém.

AUTOR: Reverendo Adeir Goulart da Cruz.






+++++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++

++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++++