terça-feira, 21 de agosto de 2012

A Igreja que 
Deus quer 

- Tema: IGREJA 


Atos 20.7-12 

Introdução: 

- Nos tempos atuais existe uma variedade quase infinita de igrejas. Isso é ótimo porque existem vários tipos de pessoas e grupos sociais que precisam ser alcançados pela “multiforme Graça de Deus” (I Pedro 4.10). 

- Contudo, isso pode ser perigoso ou confuso, pois, como vou saber qual igreja está correta? Para isso sabemos que a Bíblia é a regra de fé e prática de uma Igreja verdadeira. 

- No tempo do apóstolo Paulo, ele também enfrentou desafios para caracterizar a Igreja de acordo com a vontade de Deus. 

- Paulo escrevia e viajava pelas comunidades cristãs ensinando a Palavra de Deus para que não “estejais passando tão depressa daquele que vos chamou na graça de Cristo para outro evangelho” (Gálatas 1.6). 

- Ao visitar a Igreja em Trôade, Paulo prestou serviços pastorais àquela comunidade que parecia ser uma Igreja verdadeira que Paulo afirmava ser uma Porta que Deus abriu para ele (II Coríntios 2.12). 

- Trôade também parecia ser um lugar de passagem (Atos 16.11 e 20.5), ou local estratégico para as demais viagens missionárias. Talvez Paulo tivesse ali uma casa ou local de pousada onde deixava roupas e livros (II Timóteo 4.13). 

- Nesta viagem a Trôade aconteceu um fato muito marcante que foi a ressurreição do jovem Êutico. Este milagre mostra que aquela Igreja era uma comunidade verdadeira onde Deus tinha liberdade para agir. 

- Com algumas informações do texto sobre esta igreja podemos aprender o que Deus quer de sua Igreja. 

- Como é a Igreja que Deus quer? 

Vamos refletir na seqüência de fatos ocorridos na Igreja de Trôade e aprender como é a Igreja que Deus quer: 

 1 - Deus quer uma Igreja que O Adore verdadeiramente: 

- v.7a “No primeiro dia da semana, estando nós reunidos com o fim de partir o pão” 

- A Igreja em Trôade se reunia no primeiro dia da semana como de costume aos novos cristãos que iniciaram a compreensão sobre o tempo da Graça e não da lei mosaica. 

- Aqueles irmãos estavam ali com um propósito único que era a adoração. 

- Deus quer uma Igreja que o adore, pois “vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade” (João 4.23,24). 

- Então quando você for à igreja, adore ao Senhor com todo o seu coração. 

- Não podemos ir à igreja somente por costume ou para cumprir um ritual religioso. 

- Também não devemos freqüentar a Igreja como se fosse um clube social. O culto é a hora e lugar de adoração. 

- Muitas comunidades são tão ativistas que quase não sobra tempo para estar em adoração íntima com o Senhor da Igreja. 

- Deus não quer festas, passeios, retiros, encontros e outras atividades que tanto procuramos. O que Deus quer é adoração. 

- Tudo na igreja é válido se feito para adorar a Deus (Colossenses 3.23). 

Você tem adorado a Deus verdadeiramente? Esqueça tudo e reserve um tempo para adorar a Deus! 

2 - Deus quer uma Igreja onde a pregação é prioridade: 

- v.7b “Paulo, que devia seguir viagem no dia imediato, exortava-os e prolongou o discurso até à meia-noite” 

- A Igreja em Trôade gostava de ouvir pregação. Paulo demorou a pregação deste dia para aproveitar mais o tempo junto com os irmãos. Mesmo assim a comunidade estava atenta à mensagem. 

- Hoje vemos igrejas onde a pregação fica para o final do culto. Quase não sobra tempo. Muitos saem do templo na hora da mensagem. Outros conversam o tempo todo e não conseguem prestar atenção. Por outro lado os pregadores precisam se esmerar a cada dia mais na Palavra do Senhor para ministrar com autoridade para a Igreja. 

- Deus quer uma Igreja que ame examinar as escrituras (João 5.39) e não coloque outras atividades como música e qualquer outra coisa em primeiro lugar em seu culto. 

- Quando a Igreja tem a pregação como o centro do culto, tudo o mais, principalmente a adoração musical e a oração se tornam mais profundos e verdadeiros. 

- Quem não gosta de pregação é incrédulo, pois “a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo” (Romanos 10.17). 

Você gosta de ouvir pregações? Aprenda a ouvir a mensagem da Palavra de Deus. 

3 - Deus quer uma Igreja que seja luz no mundo: 

- v.8 “Havia muitas lâmpadas no cenáculo onde estávamos reunidos” 

- O local onde a Igreja de Trôade estava reunida era embelezado pela presença de muitas pessoas e talvez tenham vindo de suas casas trazendo suas lamparinas, por isso havia tantas lâmpadas no local. Provavelmente, cada crente sabia que precisava levar sua lamparina como uma contribuição para iluminar o culto de maneira que ficasse tão bonito, marcando a memória do escritor do texto e de todos que por ali passassem. 

- Jesus disse que a Igreja é “a luz do mundo” (Mateus 5.14) e que cada cristão deve manter sua luz acesa para iluminar “para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros no mundo” (Filipenses 2.15). 

- Essa luz é a vida de cada membro da Igreja, seu testemunho de vida e espiritualidade. 

- De nada adianta construir templos faraônicos se não houver neles a luz espiritual que somente Jesus pode dar. A igreja pode ser grande, rica e muito organizada, mas se cada membro não trouxer sua luz, ou seja, dar testemunho de vida lá fora e dentro da igreja ser uma verdadeira lâmpada para fortalecer o grande luzeiro que é a Igreja do Senhor. 

Você tem levado sua lâmpada à Igreja ou sua luz está apagada? Dê testemunho de vida e seja um cristão fervoroso! 

4 - Deus quer uma Igreja viva e acordada, não em cima do muro: 

- v.9 “Um jovem, chamado Êutico, que estava sentado numa janela, adormecendo profundamente durante o prolongado discurso de Paulo, vencido pelo sono, caiu do terceiro andar abaixo e foi levantado morto” 

- Mesmo uma Igreja verdadeira é formada por pessoas imperfeitas. 

- A Igreja em Trôade estava cheia naquela noite e talvez por isso um jovem chamado Êutico sentou na janela do salão que estava no terceiro andar. Como Paulo estava demorando a pregação, Êutico deu uma ‘pescada’ e por isso caiu da janela do terceiro andar ao chão sendo encontrado morto. O culto parou. Muitos devem ter se apavorado e chorado pensando que a reunião havia acabado de maneira trágica. 

- O erro de Êutico é muito comum em nossas igrejas atualmente. Muitos jovens ficam pelos corredores e bancos dos fundos das igrejas. Mas Deus quer uma igreja que cuide de sua juventude. Uma comunidade onde os jovens estão lá na frente da Igreja e não atrás é marcada por um culto vibrante onde ninguém consegue dormir. 

- Deus não quer uma igreja preguiçosa que dorme quando deve estar trabalhando. O Senhor da Igreja quer um povo vivo e fervoroso, não uma igreja morna (Apocalipse 3.15,16). 

- Em nossas Igrejas existem muitos jovens caindo pelas janelas para o mundo. Por isso precisamos buscar ser uma igreja viva e acordada para o que acontece ao seu redor. 

- Quando você vir um irmão dormindo espiritualmente e em cima do muro, não o deixe quieto. Faça sua parte pelo menos o mantendo acordado e dê-lhe mão para que saia de cima do muro. 

Você está acordado ou ainda está em cima do muro? Acorde! Levante! Saia de cima do muro! 

5 - Deus quer uma Igreja que abraça os ‘mortos’ com amor: 

- v.9 “Descendo, porém, Paulo inclinou-se sobre ele e, abraçando-o, disse: Não vos perturbeis, que a vida nele está” 

- A reação de Paulo para com Êutico não foi de reprovação à sua indolência. Paulo desceu as escadas e ao ver o jovem morto no chão, abaixou até ele, o abraçou com amor e falou palavras de fé para os irmãos. Por causa deste amor e deste abraço caloroso o jovem ressuscitou. 

- Certa vez ouvi alguém dizer que ‘a Igreja é o único exército que abandona seus feridos’. Fico triste com isso. Realmente há muitos novos convertidos morrendo sem um abraço em nossas igrejas. Um abraço pode curar! O amor é a base do poder porque a “fé age pelo amor” (Gálatas 5.6). 

- Foi o amor que Jesus sentia por Lázaro que o fez ressuscitá-lo e este mesmo amor impulsionava os apóstolos para curar vidas. 

- Em momento algum Paulo disse ‘ele morreu’ e sim que “a vida nele está”. 

- Precisamos fazer como Paulo e não anunciar a desgraça do irmão contando seus defeitos e fraquezas, mas declarar que a vida de Jesus esteja em sua vida e se levante para continuar adorando a Deus. 

- A Igreja precisa abraçar seus mortos. Existem vidas saindo das igrejas sem receber uma palavra, uma visita ou telefonema de um irmão para saber como está. 

- Precisamos fazer como Paulo e parar tudo para descer, nos abaixar se for preciso e abraçar aqueles que estão caídos. 

Você tem procurado as pessoas que estão fracas em sua Igreja? Ame aos irmãos da Igreja, principalmente os que estão caindo! 

6 - Deus quer uma Igreja que não perde a comunhão: 

- v.9 “Subindo de novo, partiu o pão, e comeu, e ainda lhes falou largamente até ao romper da alva. E, assim, partiu” 

- O culto que teria acabado tragicamente foi prolongado até o amanhecer. Nada impediu que a Ceia do Senhor fosse ministrada àquela igreja. Paulo também empolgou e continuou sua pregação e depois do culto continuou sua viagem. 

- A Ceia do Senhor é algo muito sério. Uma ordenança de Jesus para sua Igreja (Mateus 26.26-28). 

- Ninguém pode perder a Ceia por motivos banais (I Coríntios 11.27-32). 

- Do mesmo modo não podemos perder a comunhão com os irmãos, para isso precisamos aprender a perdoar a cada dia mais (Mateus 18.15-18). 

- Muitas igrejas estão banalizando a Ceia do Senhor. O culto de Ceia é um momento especial para toda a Igreja. 

- Muitos crentes deixam de ir à santa ceia por quaisquer motivos e outros ainda vão sem se preparar devidamente para este momento. 

Algo tem te impedido de tomar a Ceia do Senhor? Nunca perca sua comunhão com Deus e com os irmãos! 

7 - Deus quer uma Igreja Feliz: 

- v.9 “Então, conduziram vivo o rapaz e sentiram-se grandemente confortados” 

- O ambiente daquela igreja nunca foi tão leve e alegre. O Espírito Santo que ressuscitou o jovem também reavivou todos irmãos. As luzes permaneceram acesas. Todos cearam com reverência e temor. Provavelmente até os vizinhos distantes ouviram o louvor daquela noite. Tudo isso porque “a igreja, na verdade, tinha paz por toda a Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se e caminhando no temor do Senhor, e, no conforto do Espírito Santo, crescia em número” (Atos 9.31). 

- Quando a igreja serve ao Senhor com alegria (Salmos 100.1,2) Deus opera maravilhas no meio de seu povo. Durante o culto, pessoas que estão doentes espiritual e emocionalmente são curadas através do louvor, pregação oração, um abraço ou um sorriso de um irmão ao ser recebido na porta da Igreja. 

- Muitos irmãos cobram um do outro, exigindo uma santidade cética e moralista (Colossenses 2.20-23). Isso faz do ambiente da Igreja um lugar pesado e sisudo. O pecador não se sente bem em um lugar assim. 

- Por isso, a Igreja deve promover um clima de acolhimento e paz para receber pessoas que serão ressuscitadas para Deus. 

- Como Igreja, precisamos parar de olhar o defeito do irmão (Mateus 7.3) e aprender a “fazei tudo sem murmuração nem contendas” (Filipenses 2.14) e “e possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens” (Romanos 12.18). 

Você é um cristão feliz ou vive reclamando? Faça o que puder para ser feliz em sua Igreja! Deus quer que sua igreja local seja uma Igreja Verdadeira! 

CONCLUSÃO: 

- A Igreja é você! Não adianta ver o que falta nos outros e sim o que você pode fazer para que sua comunidade seja uma Igreja Verdadeira. 

- Se você for um crente de verdade sua Igreja também poderá ser uma Igreja da maneira que Deus quer. 

- Se você é um líder, procure aplicar isso ao seu grupo ou ministério para que sejam uma Igreja como Deus quer: 

- Adore a Deus de todo o seu coração, vá para o culto somente para celebrar ao Senhor; 
- Priorize a palavra de Deus em sua vida e em todas as reuniões da igreja; 
- Tenha testemunho de vida não deixando sua lâmpada apagar; 
- Fique vivo, acordado e nunca em cima do muro; -Abrace a todos com amor; 
- Não permita que nada impeça sua comunhão com Deus e com os irmãos; 
- Vá para a Igreja com alegria em seu coração. 

Seja um cristão verdadeiro e ajude sua Igreja ser como Deus quer! 

FONTE: http://www.esbocosermao.com/2012/02/igreja-que-deus-quer.html




Nenhum comentário:

Postar um comentário