terça-feira, 3 de julho de 2012

As Tristes Conseqüências
do Pecado e do
Afastamento de Deus



Texto: Juízes 6.1-10

Introdução

- Gideão se achava incapaz, tinha poucos soldados, mas venceu um numeroso exército.

- Explicar o ciclo do livro de Juízes – ver Jz 2.10-23

Transição

- Para termos grandes vitórias e a benção de Deus, precisamos primeiro tratar com o pecado.

- O texto nos mostra algumas tristes conseqüências que o afastamento de Deus e o pecado causam nas vidas daqueles que lhes dão lugar.

I.) O Pecado Causa o Domínio do Inimigo – v. 1, 2 a

- Quando o povo de Deus se afasta do Senhor, Ele mesmo permite que o inimigo prevaleça:
 “…o Senhor os entregou nas mãos dos midianitas …Prevalecendo o poder dos midianitas contra Israel…” (v. 1, 2).

- Lembrar dos Reis de Judá e Israel. Quando obedeciam prosperavam, quando pecavam caiam nas mãos dos inimigos.

Ex.: Cativeiro de Israel pelos Assírios e de Judá pelos Babilônios.

- Deus pode permitir uma ação de Satanás, mesmo que não haja pecado, objetivando outros propósitos, como no caso da história de Jó. Todavia, os apertos podem ser um sinal de que precisamos nos quebrantar, nos corrigir em alguma área.

- O inimigo tem prevalecido? Será que não existem pecados a serem confessados e abandonados?

II.) O Pecado Causa o Medo e a Derrota – v. 2

- O povo de Deus que devia ser cabeça, passa a se esconder, a viver com medo, a viver derrotado!

- Lembrar da derrota do exército de Israel em Ai, por causa do pecado de Acã, após fragorosa vitória sobre Jericó (ver Js caps 6, 7). Muitas vezes o pecado de um só traz conseqüências sobre muitos. Foi o caso de Acã!

- Está se sentindo amedrontado e derrotado? Será que não existem pecados a serem confessados e abandonados? Será que algum tipo de concerto não está precisando ser feito?

III.) O Pecado Causa o Roubo e a Destruição – v. 3-6

- Elucidar os versos 3 a 6.

- Segundo o que Jesus ensinou, quem é que vem para roubar e destruir? Jo 10.10

- Na história do Filho Pródigo, depois de haver pecado (rebeldia, auto-suficiência, orgulho, devassidão, talvez orgias), ele também foi roubado e destruído.

- O que fazer nestas circunstâncias? O mesmo que o Filho Pródigo fez e que o povo de Israel também fez: clamar ao Senhor, se quebrantar, se arrepender, se humilhar.

- A pergunta é: Porque demorar tanto para se alinhar diante do Senhor? Porque esperar que as coisas fiquem cada vez pior?

- Tem havido roubo e destruição em sua vida? Não é tempo de se quebrantar? Porque esperar mais e trazer mais conseqüências desagradáveis sobre si?

IV.) O Pecado Causa o Entristecimento do Espírito Santo – v. 7-10

- Nas palavras de Deus por intermédio do profeta que Ele levantou, podemos perceber o entristecimento de Deus, do Espírito de Deus para com o seu povo. Apesar de tantas bênçãos que Deus havia dado ao povo (v. 8-10 a), eles não deram ouvidos à voz do Senhor (v. 10 b)!

- Devemos tomar muito cuidado para não entristecermos ao Espírito Santo. Ver Ef 4.30; 1 Ts 5.19; Tg 4.4-7 e observar os contextos destes textos.

Conclusão

- Sl 95.7,8: “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o coração …”

- Rm 3.23: “… todos pecaram …”; Rm 6.23: “… o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, em Cristo Jesus nosso Senhor”.

- Quando há verdadeiro arrependimento, quebrantamento, o Senhor nos ouve (2 Cr 7.14).

- Venha a Cristo e Ele lhe perdoará e lhe dará Vida Eterna!


AUTOR: Pr. Ronaldo Guedes Beserra


=
==
===
====
=====
======
=======
========
=========

Nenhum comentário:

Postar um comentário