sábado, 30 de junho de 2012


SERÁ QUE DÁ CERTO 
SEGUIR A VOZ 
DO CORAÇÃO? 




INTRODUÇÃO: 


Texto bíblico: Jeremias 17:5-10 


1. O coração é considerado o centro de controle das emoções e dos sentimentos. 


2. O coração é quem controla a mente e, consequentemente, as decisões. 


3. O coração, segundo a Bíblia, não é uma boa fonte de confiança, ele é traiçoeiro. 


 I. QUANDO O CORAÇÃO SE AFASTA DE DEUS ATRAI A MALDIÇÃO – Jeremias 17:5-6 


1. O coração humano tende a afastar o indivíduo para longe de Deus, que é a fonte da vida. 


2. O coração que afasta a pessoa de Deus o joga às intempéries da vida. 


3. O coração sem Deus é o caos do ser humano, inspira o orgulho, a arrogância, o egoísmo que conduz ao deserto da existência e ao desastre da vida! 

II. QUANDO O CORAÇÃO SE APROXIMA DE DEUS ATRAI BÊNÇÃOS – Jeremias 17:7-8 


1. O coração perto de Deus é abençoado. 


2. O coração perto de Deus é revigorado. 


3. O coração perto de Deus é fortalecido. 

III. QUANDO SE CONFIA NO CORAÇÃO NÃO DÁ PARA CONFIAR EM DEUS – Jeremias 17:9-10 


1. Não dá para confiar no coração e em Deus ao mesmo tempo: Deus é puro, o coração é corrupto. 


2. Não é possível seguir a vontade de Deus sem contrariar o coração ou vice e versa: Deus é onisciente, o coração é enganoso. 


3. É possível confiar em apenas um de cada vez, e, se escolher um anula o outro: Deus é santo, o coração perversamente incorrigível; por isso, destrutível! 


CONCLUSÃO: 


1. Ao conhecer melhor a Deus e ao teu coração é preciso tomar uma decisão urgente. 


2. Ao decidir por uma das duas opções (o coração ou Deus), considere as consequências e os resultados de cada uma. 


3. Ao considerar as consequências e resultados, lembre-se que uma opção exclui completamente a outra; então, siga em frente! 

APELO: 


1. Tome a decisão certa. 
2. Decida-se totalmente pela vontade de Deus. 
3. Espere as preciosas bênçãos de Deus. 




AUTOR E FONTE: Pr. Heber Toth Armí / http://portal-biblico.blogspot.com.br/search/label/SERM%C3%83O%20EXPOSITIVO


=============
============
===========
==========
=========
========
=======
======
=====
====
===
==
=

ANJOS SÃO CRIATURAS 
PODEROSAS DE DEUS 


INTRODUÇÃO: 


Texto bíblico principal: Hebreus 1:3-14 


1. Quem são os anjos? 
- Eles são criaturas que, embora reais, são, geralmente, invisíveis aos olhos humanos. Eles eram de grande estima para os judeus. 


2. Quem fez os anjos? A Bíblia declara que os anjos são criaturas de Deus de antes da criação do mundo (Salmo 148:2 e 5; Jó 38:4-7). 


3. O que faz os anjos? Os anjos exercem funções específicas na administração do Universo e sua missão é esplendorosa e de destaque (Hebreus 1:7). 


 I. OS ANJOS SÃO SERES ESPIRITUAIS, PORÉM REAIS, CRIADOS POR DEUS – Hebreus 1:10, 14 


1. Os anjos são criaturas de Deus: Os anjos adoram ao Criador, porque eles existem graças a Deus que os criou; assim os anjos não tem vida própria. 


2. Os anjos são criaturas espirituais: Eles são espíritos, porém inferiores a Deus e superiores aos seres humanos. Embora espirituais e invisíveis, os anjos são reais; eles existem! 


3. Os anjos são criaturas poderosas: Na Sua onipotência Deus concedeu poderes aos Seus espíritos ministradores, que são os anjos (verso 7). Eles possuem poder! 

II. OS ANJOS SÃO SÁBIOS ADMINISTRADORES PODEROSOS DE DEUS – Hebreus 1:4-14 


1. Os anjos são administradores de Deus, a serviço de Cristo: Eles são dotados de poder sobrenatural, mas submissos a Cristo. É Jesus Cristo quem envia e determina o serviço e atividade dos anjos. 


2. Os anjos são espíritos adoradores de Cristo: Embora dotados de poder e autoridade (Hebreus 1:7) os anjos não buscam adoração, eles são adoradores que prestam serviço Àquele que está assentado no trono ao lado do Pai (Hebreus 1:3, 13). Os anjos reconhecem a divindade do Filho de Deus. 


3. Os anjos são espíritos servidores de Cristo: Jesus não só realizou uma obra perfeita na Criação e Redenção (verso 3) e deixou os cristãos à própria sorte; além disso, Ele envia continuamente Seus anjos para este mundo em benefício de Sua igreja. 

III. OS ANJOS SÃO ENVIADOS A TERRA EM FAVOR DOS CRISTÃOS – Hebreus 1:13-14 


1. Os anjos cuidam dos que irão herdar a salvação: A hoste maligna (inimigos de Cristo) está presente na vida do cristão, mas Cristo envia Seus anjos para conduzir a vida daqueles que se salvarão. 


2. Os anjos servem a Cristo ao servir aos cristãos: Os anjos são servos de Cristo e ao mesmo tempo servem a igreja militante de Cristo no mundo. Os cristãos não são os senhores dos anjos, pelo serviço que eles prestam; pelo contrário, eles prestam serviço aos cristãos a pedido do Senhor Jesus Cristo. 


3. Os anjos prestam serviço a Cristo servindo a Sua igreja: Embora os anjos sejam poderosos espíritos ministradores enviados para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação, o cristão jamais deve suplicar salvação e auxílio a um anjo, mas a Cristo que envia Seus anjos. 

CONCLUSÃO: 


1. A Bíblia apresenta uma realidade invisível no mundo: As pessoas estão rodeadas e são sustentadas pelos poderosos anjos de Deus. Eles servem aos que herdarão a salvação, não porque estão a serviço deles, mas porque estão a serviço de Cristo. 


2. A Bíblia apresenta o governo de Cristo no mundo: Cristo governa o mundo com possibilidades inesgotáveis, pois tem a Seu serviço, anjos poderosos que percorrem a Terra toda. Embora os anjos exerçam um serviço sublime, não devem ser adorados. 


3. A Bíblia apresenta a Cristo – não anjos –, como foco do cristão: A Bíblia, em Hebreus 1 deixa evidente que o cristão deve focar sempre em Cristo, o Senhor da igreja; Jesus é quem dá ordens aos Seus anjos para auxiliar – em meio a tribulações, aflições e perseguições – quem herdará a salvação. 

APELO: 


1. Compreenda que os anjos são servidores do Senhor Jesus Cristo. 


2. Entenda que os anjos servem você porque estão a serviço de Cristo. 


3. Aceite que deves buscar forças em Cristo, que envia Seu anjo para te socorrer. 


AUTOR E FONTE: Pr. Heber Toth Armí / http://portal-biblico.blogspot.com.br/search/label/SERM%C3%83O%20EXPOSITIVO


=======
========
=========
==========
===========
============

sexta-feira, 29 de junho de 2012

A Alegria Do Cristão 

Filipenses 4:4 


- Você é uma pessoa feliz? 
- Você é uma pessoa alegre? 
- Você que é casada, seu marido sabe que você é uma mulher feliz? 
- Sua esposa sabe que você é um homem feliz? 
- Seus filhos sabem que você é uma pessoa feliz? 
- Seus pais sabem que você é um filho alegre? 
- As pessoas que estão próximo à você, podem dizer que você é alegre e é feliz? 


 Ex.: Os filhos da mulher virtuosa...(Pv 37:28). Mesmo vivendo no meio de um mundo em crise como o nosso, é possível ser feliz? 


 1. Com Jesus a Felicidade é Possível: 


 a) Independentemente das circunstâncias ou situações: 


 Ex.: o hino “Sou feliz com Jesus” diz:” Se paz a mais doce eu puder desfrutar, se dor a mais forte sofrer, Oh seja o que for, tu me fazes saber, que feliz com Jesus sempre sou. Sou feliz com Jesus, sou feliz com Jesus, meu Senhor!” 


 b) Sim, é possível ser feliz mesmo no meio da dor, das lágrimas, do luto... 


 c) Observe que o autor do hino não diz estou feliz, mas sou feliz! 


 d) A pergunta não é se você está feliz, ou se você está alegre, mas se você é alegre e é feliz? 


 2. A Alegria é um Imperativo: 


 a) Ser alegre é uma ordem, um mandamento.


 b) Não ser alegre é pecado, é desobediência. 


 c) O cristão é alegre porque o evangelho que ele abraçou é a boa nova de grande alegria. (Lc 2:10-11).  


d) O fruto do Espírito é alegria. (Gl 5:22). 


 e) O Reino de Deus é de alegria. (Rm 14:17). 


 f) Na presença de Deus há plenitude de alegria. (Sl 16:11). 


 g) O cristão trocou a angústia por vestes de louvor. (Is 61:3). 


 h) A alegria do Senhor é a nossa força. (Ne 8:10). i) O cristão tem problemas, vales, enfermidades, provações, tentações, porém, o poder do evangelho concede alegria no meio de tudo isso. 


 Ex: o apóstolo Paulo mesmo preso e bem próximo da morte, demonstra grande alegria. ( Fil. 4:4; II Tim. 4:7,8).


 j) Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. (Rm 8:28). 


 k) A alegria é um imperativo, nosso estandarte, nosso distintivo. 


 3. A Alegria é Transcircunstancial: “Alegrai-vos Sempre.” 


 a) A vida é marcada por montes e vales, saúde e doença, prosperidade e adversidade, sorrisos e lágrimas. 


 b) Ser cristão não é ser poupado de problemas, mas ser consolado neles. 


 c) Ser cristão não é viver na bonança, mas ter paz na tempestade. 


 d) Ser cristão não é ser poupado das fornalhas acesas, mas receber a presença protetora de Deus. (Daniel 3;16-30). 


 e) Deus jamais abandona os seus. (Is 43:2; Hb 13:5). 


 f) Deus não nos promete caminhada fácil, mas chegada segura, não nos promete ausência de lutas mas vitória certa.( II Cor. 2:14; Rom. 8: 37). 


 Ex.: José do Egito. (Gn 50:20) 


 4. A Nossa Alegria é Cristocêntrica. Alegrai-vos No Senhor.” 


 a) Só conhece a verdadeira alegria quem tem Jesus. 


b) A alegria de Jesus é pura, verdadeira, sincera, autêntica, perene, eterna. 


 c) O homem sem Jesus tem momentos felizes, mas não é feliz; sua alegria é superficial, vazia. 


 d) Só a alegria que vem do trono de Deus suporta as crises, triunfa sobre as pressões da vida e não naufraga no mar das circunstâncias adversas. 


Deus colocou a eternidade no coração do homem, por isso, nada que é temporal, terreno, humano, pode satisfazer a sua alma. 


Nos alegramos no Senhor porque o nosso nome está escrito no Livro da vida (Lc 10:20). 




 FONTE: http://www.pibmarilia.org.br/sermoes.php?ida6_sermoes=109




====
======
=========
============
===============
==================

O Conteúdo do Pentecoste 


Atos 2:1-13; 16-21 E 37-39 


- O pentecostes veio porque uma congregação de 120 pessoas estavam unidas, unânimes, perseverando na busca do mesmo ideal (Atos 1:14, 2:1). Havia unidade de propósitos. 


- Hoje há ajuntamento, mas pouca comunhão, há orações, mas pouca concordância; muita coreografia, mas pouco quebrantamento; muito movimento, pouca adoração; muita agitação pouco louvor; muitos buscam o derramamento do Espírito, outros puxam para trás com medo por causa da tradição. 


 1. A Experiência Pessoal de Enchimento do Espírito Santo. 


 a) Os discípulos já eram regenerados e salvos. (João 13:10; 15:3; 17:12) 


 b) Já possuíam o Espírito Santo... (Romanos 8:9; João 20:22). Você já está cheio do Espírito? 


 Ex.: John Hyde – missionário na Índia... 


 c) O poder o Espírito Santo está sobre você? 


 d) A experiência do enchimento do Espírito Santo é pessoal. (Atos 2:3,4) 


 e) O Espírito veio em forma de Vento para mostrar a soberania, a liberdade e o poder de Deus... (João 3:8; Atos 2:2). 


 f) O Espírito Santo veio em forma línguas de fogo. O fogo ilumina, purifica, aquece e alastra... (Atos 2:3) 


 g) Cinco vezes, em Levítico capítulo 6, Deus instruiu que não se deixasse o fogo apagar sobre o altar. Manter o fogo aceso é tarefa nossa. (II Timóteo 1:6) 


h) Quando a igreja perde o fogo do Espírito, os pecadores perecem no fogo do inferno. 


 i) Os discípulos cheios do Espírito Santo, começaram a falar das grandezas de Deus. (Atos 2:4,11) 


 j) Precisamos de um pentecostes que tire da igreja toda murmuração, toda palavra e atitude de derrota... 


 2. Experiência Pessoal de Revestimento de Poder. (Lucas 24:49; Atos 1:5,8) 


 a) Não há cristianismo sem poder. O Evangelho é o poder de Deus. (Romanos 1:16) 


 b) O reino de Deus não consiste em palavras, mas em poder. (I Coríntios 4:20; II Timóteo 1:7) 


 c) O próprio Jesus após o batismo foi revestido de poder para o ministério. (Lucas 3:21,22; Mateus 3:16). 


 d) Jesus revelou ao povo que o Espírito de Deus estava sobre Ele. (Lucas 4:17,18) 


 e) Toda vida e ministério de Jesus aconteceram sob a unção do Espírito Santo. (Atos 10:38; Hebreus 9:14; Romanos 8:11) 


 f) Não basta apenas ter a cabeça cheia de luz, é preciso ter o coração cheio de fogo. (Mateus 22:29) 


g) A igreja sem a unção e o poder do Espírito Santo é como o vale de ossos secos. 


 h) O poder do espírito é a base para e êxito da igreja. (Atos 1:5,8; Lucas 24:49) 


 3. Razões pelas quais Jesus Diz que Precisamos de Poder na Igreja. 


 a) Poder para sacudir o julgo do medo. (João 20:19; II Timóteo 1:7) 


 * Há muitos hoje que vivem com medo, como os discípulos antes do pentecostes... 


 b) Poder para tirar os olhos da especulação para a ação. (Atos 1:8) 


 * Quando Jesus falou com os discípulos sobre o batismo com o Espírito Santo, eles começaram a especular sobre tempos e épocas... O poder do Espírito é para colocar as mãos no arado ... 


 c) Poder para morrer. (Atos 1:8) 


 * A Palavra “testemunha” vem do grego “martírio” de onde se origina a Palavra “mártir”. Ser cristão no tempo dos apóstolos, era símbolo de perseguição, prisão e morte. 


 * Revestidos com o poder do Espírito Santo, força nenhuma nos detém. (Atos 4:18-21) 


 Ex: O apóstolo Paulo na prisão; Estevão sendo apedrejado; O museu dos mártires em Seul – Correia do Sul... 


 d) Poder para viver em santidade. (Atos 3:4) 


 * Sede meus imitadores como eu sou de Cristo. (I Cor 11:1). Só quem vive em santidade pode dizer isso. A Igreja precisa pregar não apenas aos ouvidos, mas também aos olhos... (Atos 8:6; Mateus 11:4,5 e Atos 3:4) 


 e) Poder para perdoar. (Atos 1:8) 


 Ex: Judeus e samaritanos... Jesus havia quebrado a barreira do ódio entre esses dois povos... e agora Ele diz que o poder do espírito era para a igreja dar testemunho também em Samaria... Onde chega o pentecostes as barreiras do ódio são desfeitas... 


 f) Poder para amar. (tos 1:8) 


 g) Poder para falar com intrepidez. (Atos 4:31; Atos 2:14). 


Ex. Pedro (Atos 2:14). Estevão (Atos 6:5). Sem poder não há pregação. (I Tes. 1:5; I Cor 4:20) 


 h) Poder para ir até aos confins da terra. (Atos 1:8) 


 i) Poder para experimentar o extraordinário no cotidiano. (Atos 3:6; I Cor. 2:9) Viver sem o poder do Espírito Santo é ser como nuvem sem água; árvore sem frutos; rio com leito seco... 


Moody disse: “Eu não voltaria ao lugar em que estava há quatro anos, por todo o dinheiro do mundo”. 


“A promessa é para vocês, para seus filhos e para todos os que estão longe, para todos quantos o Senhor, o nosso Deus, chamar.” (Atos 2:39) 


 FONTE: http://www.pibmarilia.org.br/sermoes.php?ida6_sermoes=66




+++++++++++++
++++++++++++
+++++++++++
++++++++++
+++++++++



quinta-feira, 28 de junho de 2012

Receita Para
Alcançar o Milagre


Texto Bíblico:
'Então Eliseu lhe mandou um mensageiro, dizendo: Vai, e lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne será curada e ficarás purificado.' 2 Reis 5.10

1. ESTAR NO LUGAR DO MILAGRE

* É onde o Senhor quer operar – Filipenses 2.13 Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.

* É como o Senhor quer operar – Deuteronômio 32.39 Vede agora que eu, eu o sou, e mais nenhum deus há além de mim; eu mato, e eu faço viver; eu firo, e eu saro, e ninguém há que escape da minha mão.

2. A CONDIÇÃO PARA O MILAGRE

* É submeter-se ao que Deus exige – Marcos 6.5 E não podia fazer ali obras maravilhosas; somente curou alguns poucos enfermos, impondo-lhes as mãos.

* É submeter-se aos seus termos - João 9.7 E disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa o Enviado). Foi, pois, e lavou-se, e voltou vendo

3. O PROCESSO PARA O MILAGRE

* Crer que o Senhor tem virtude – Lucas 6.19 E toda a multidão procurava tocar-lhe, porque saía dele virtude, e curava a todos.

* Crer que o Senhor pode curar – Lucas 7.3 E, quando ouviu falar de Jesus, enviou-lhe uns anciãos dos judeus, rogando-lhe que viesse curar o seu servo.

4. O RESULTADO DO MILAGRE

- Ficar livre do mal que aflige a alma – Salmo 31.7
Eu me alegrarei e regozijarei na tua benignidade, pois consideraste a minha aflição; conheceste a minha alma nas angústias.

- Ficar liberto da doença opressora – Jó 36.15
Ao aflito livra da sua aflição, e na opressão se revela aos seus ouvidos.

| Autor: Pastor Adilson Guilhermel Leia mais: http://www.apalavravirtual.com.br/news/receita-para-alcancar-o-milagre/

+
+++
+++++
++++++++
++++++++++++
+++++++++++++++
++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++


CUIDE DO
QUE É SEU

I Timóteo 5.8

FICHA DO SERMÃO

Propósito Geral: Ético ou Moral.

Propósito Específico: Ao final deste sermão o ouvinte deverá passar a cuidar melhor dos seus parentes e irmãos de fé.

Introdução:

Quebra-Gelo: __________________

Gancho: _____________________

Afirmação Teológica:
A grande verdade deste texto bíblico é: O CRISTÃO VERDADEIRO CUIDA DOS SEUS!

Este texto bíblico faz duas terríveis declarações acerca do cristão que não cuida dos seus:

1. O CRISTÃO QUE NÃO CUIDA DOS SEUS TEM NEGADO A FÉ.

- A fé cristã é um conjunto de doutrinas e fatos espirituais, dos quais o principal é o amor.

- Negar a fé é faltar com estas doutrinas e estes fatos, principalmente com o amor.

- Pedro negou Jesus 3 vezes, por isso o Mestre lhe perguntou 3 vezes: Tu me amas? Por fim disse-lhe: Então, cuida das minhas ovelhas.

- O herege negou a fé – no aspecto doutrinário.
- O desviado negou a fé – no aspecto dos fatos espirituais.

- O cristão que não cuida dos seus tem negado a fé em todos os seus aspectos.

CUIDE DO QUE É SEU! (de seus parentes e de seus irmãos de fé).

2. O CRISTÃO QUE NÃO CUIDA DOS SEUS É PIOR QUE O DESCRENTE.

- Aos olhos de Deus a pior condição de um ser humano é quando ele permanece perdido.

- O descrente está nesta condição porque ainda não abriu o coração, não convidou Jesus para ser seu único Senhor e Salvador. Até agora não se rendeu aos pés da cruz de Cristo. No entanto, podemos encontrar com certa facilidade muitos descrentes que têm cuidado dos seus.

- O cristão que diz que conhece a Deus, mas não cuida dos seus, aos olhos de Deus está em situação pior que tal descrente.

CUIDE DO QUE É SEU! (de seus parentes e de seus irmãos de fé).

CONCLUSÃO

- O cristão que não cuida dos seus ou não é cristão, ou tem negado a fé.


FONTE: www.sitedopastor.com.br

============
===========
===========
==========
=========

quarta-feira, 27 de junho de 2012



Triunfando
Sobre Satanás


Texto Bíblico: Tiago 4.7

Introdução:

“Satanás.” Uma palavra hebraica que significa adversário. Também é chamado pelo nome de “diabo” que significa acusador ou caluniador, e também “Belzebu ou Baalzebu”, que significa senhor das moscas.

- O N. T. aplica o termo ao “príncipe” ou chefe dos demônios. (Mt 12.24-29).

- No trecho de Ap 12.3 ele é chamado de dragão, uma referência á sua astúcia, malignidade e veneno.

- Ap 12.9 é passagem que se refere ao “dragão” como a antiga serpente, uma referência à sua astúcia, misturada com a sua natureza destruidora.

- Portanto as Escrituras aludem a Satanás como uma personalidade real, e não meramente como símbolo do princípio do mal.

- Porém Satanás está neste mundo e está tentando nos conquistar para sua causa maligna.

Mas é possível vencê-lo! Como?:

1 - Sujeitando. “… Sujeitai-vos…”

- Esse é um elemento imprescindível para a vitória na vida espiritual.

- É para os “humildes” que a graça de Deus é conferida.

- Quem se sujeita é quem se torna “humilde” de espírito, reconhecendo a sua própria fraqueza na esfera espiritual.

- Realmente, é necessário que o crente se submeta ao seu próprio Comandante, pois está diante de um inimigo feroz. Sozinho. O crente certamente fracassará; com Cristo a vitória lhe está assegurada, mas ninguém estará “com Ele”, a menos que se submeta às suas ordens.

2 - Resistindo. “… resisti…”

- O verbo sugere oposição vigorosa, resistir bravamente, ficar cara a cara contra um adversário, sustentar sua base.

- Significa manter agressivamente na retaguarda ou manter-se à frente e opor-se; “lutar.” (Ef 6.12).

- Significa engajar-se ativamente em um combate um-a-um; “ficar firme.” (Ef 6.13).

- Significa manter a firmeza depois de uma batalha ativa; e “estar firme.” (Ef 6.14).

- Significa tomar posição para a próxima batalha. Tomai atitude firme, resistindo às tentações e ao mundanismo enviada pelo “príncipe deste mundo” (Jo 14.30), e obtereis sucesso.

- Se Satanás for resistido com constância, sabendo que Deus é quem firma ao crente, desistirá imediatamente.

- Com o poder do Espírito Santo, podemos resistir ao diabo, e ele fugirá de nós.

3 - Triunfando. “… e ele fugirá de vós…”

- Essa idéia aparece sob várias formas, na literatura judaica:

“Se fizeres aquilo que é bom, meus filhos… o diabo fugirá de vós.”

“Se um homem foge para o Senhor, o espírito maligno fugirá dele.”

“Se praticardes o bem, até mesmo os espíritos imundos fugirá de vós.”. Portanto, sujeitai-vos a Deus e oferecereis resistência a ele (ao diabo) e ele fugirá de vós.

- Ele (o diabo) pode lutar, mas não pode vencer; portanto, se lhe ofereceres resistência, ele fugirá de ti; derrotado e envergonhado.

Resumo:

- Há vitória; a derrota não é necessária, embora o adversário seja dotado de forças e inteligência prodigiosas.

- Satanás pode ser derrotado por nossa obediência e resistência.

“Sujeitai-vos, pois, a Deus; resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.” (v.7).

- Satanás só é poderoso enquanto contar com a simpatia do homem que ele tenta.

Autor: Eloizio / Leia mais: http://www.apalavravirtual.com.br/news/triunfando-sobre-satanas/


=============
============
===========
==========
=========
========
=======
======

A Geometria da Crucificação de Jesus


Texto: Is.53.5 Transpassado pelas nossas iniqüidades e moído pelas nossas transgressões.

Porque escolhi este livro para esta noite...

*Isaias era um aristocrata de nascimento e por chamado Divino tornou-se um interpretador dos oráculos de Deus. Era casado e pai de dois filhos,
* Hb.11.37 Quando fala dos mártires cita que um foi serrado pelo meio a história aponta para Isaias no reinado de Manasses.
* Isaias predisse a respeito da vinda de um Servo Sofredor que seria bem maior que Ciro. Este servo anônimo traria justiça as nações (Is.42.1-4) Se tornaria uma luz para os gentios (Is.49.1-7)
* Levaria o pecado do seu povo (Is.53.13) Este servo sofreria de livre vontade, por decisão do amor (Is.50.4-11) Ele foi transpassado pelas nossas iniqüidades e moído pelas nossas transgressões.
*Tem pessoas que não conseguem crer que podem ser libertas pelo gesto de Jesus Cruz. Alias a dúvida tem 3 estágios.

1. Ausência da dúvida: Gera pessoas psicopatas, Que nunca duvida de si mesmo, que se acha infalível e perfeito e nunca terá compaixão dos outros.
 
2. A presença excessiva da dúvida: Leva as pessoas a retraírem sua inteligência e suas atitude pela insegurança, tornam-se excessivamente tímidas e auto punitivas.

3. A dúvida inteligente: Esvazia o orgulho, abre a janela da fé, estimula a criatividade e estimula a produção de novas respostas que nasceram pela vontade de conhecer. Se tiver dúvidas procure diante de Deus suas respostas. Seja inteligente.

*Jesus trata das feridas da alma, e cuida do bem estar das pessoas, e não esteve e não está preocupado com sua imagem, por isto se submeteu à morte de cruz e a exposição de sua nudez.
* Porque Jesus não foi um grande empresário, um agricultor ou um pastor de ovelhas, um militar, um cientista famoso. Mas um carpinteiro o jovem Jesus teve a humildade de trabalhar com as armas que o levaria ao sofrimento e a angustia e nunca correu delas. Sempre trabalhou com madeiras e pregos, deve ter sido advertido por José várias vezes cuidado com este martelo e com os pregos, quantas vezes devia tirar de suas mãos as farpas das madeiras...
* A Palavra crucificação vem do latim (Cruci – Figo = Cravado em uma cruz). 3 espécies de cruzes eram conhecidas pelos escritores antigos:

• A cruz Decussata ou de Stº André ( X ).
• A cruz Comissa era um ( T )
• A Cruz Imissa (Latina ou grega) esta foi a de Jesus.

Cada uma tinha um ritual diferenciado, a Imissa.

1. Após ser proferida sentença o condenado tinha que ser chicoteado com o flagelum um chicote com língua de couro com metal nas pontas.
2. A sentença vexatória era pendurada no pescoço ou levada por um arauto.
3. Era autorizado que o condenado tomasse vinho com mirra que era dado pelas mulheres que conheciam a palavra de misericórdia.
4. Era impossível que um ser humano suportasse duas flagelações seguidas.
5. Primeiro a mão direita e depois a esquerda e posteriormente os pés. É forma de morte mais angustiante até agora estudada pela medicina.

* Por causa das nossas transgressões e nossas iniqüidades o réu Jesus Cristo:

1. Estava em menos de 12 horas mutilado pelas pancadas que recebeu.
2. Foi coroado com uma coroa de espinhos gerando dezenas de pontos hemorrágicos em sua cabeça.
3. Suas costas toda aberta pelos açoites.
4. Olhos inchados pela quantidade de bofetadas no rosto, e Ele que curou vários cegos agora não podia quase enxergar.

Os números aparecem na crucificação de Jesus; Geometria Bíblica com significados incontestáveis.
• 4 Provação 6 o Número imperfeito para homem...
• 4. Tempo de luta e provação:

Jesus passou por 4 julgamentos injustos começava sua provação. Vamos contar juntos:
• Na presença de Anãs – 1
• Na presença de Caifás – 2
• Na presença de Pilatos – 3
• Na presença de Herodes Antipas - 4

* Em cada lugar que era julgado era provado com as maiores humilhações longe das pessoas que o amava.
* Enquanto era provado e humilhado publicamente por amor a nossas vidas Ele não abriu sua boca...
* 6 Número do homem, imperfeito besta 666...
* Jesus homem, sendo submisso obediente e humilhado, 6 caminhadas obrigadas por conta de nossos pecados na qualidade de criminoso em nosso lugar.

• Do jardim do Getsêmani à casa de Anãs (1).
• Da casa de Anãs à casa de Caifás. (2)
• Da casa de Caifás à casa de Pilatos (3)
• Da casa de Pilatos à casa de Herodes (4)
• Da casa de Herodes volta à casa de Pilatos (5)
• Da casa de Pilatos ao Calvário (6) encerra...

• Jesus o mestre do amor chega ao Calvário às 9h da manhã. Ao gólgota Lugar da caveira, lugar feio e apavorante tinha cheiro de morte e angustia.
• A multidão estava apavorada com as cenas, Jesus estava exausto e profundamente fadigado.
• O calvário era tão apavorante que ficava fora da cidade.

• Jesus foi crucificado às 9h da manhã e morreu às 3h da tarde. Para entendermos isto precisamos dividir seu tempo em duas partes de 3h.
• O Número 3 na Bíblia é amor Ágape, amor verdadeiro que não falha. Duas vezes amor verdadeiro pela raça humana, por sua vida, isto quer dizer que se Ele sofreu a primeira vez e o faria a segunda se fosse necessário.
• A técnica da crucificação foi aprendida pelos Romanos com os Gregos e os Gregos com os Fenícios.
• Era oferecida uma bebida aos condenados (Vinho misturado com Fel e Mirra) era um tipo de anestésico que colocava a vítima inconsciente tamanha era a dor.
• Jesus não bebeu, não quis perder sua consciência nem ser anestesiado desejou viver cada momento de sua dor e martírio para nos salvar.
• As reações instintivas dominavam o condenado antes de ser pregado na cruz.
• Por causa da dor imposta pela crucificação ninguém recusava a bebida anestésica, e todos lutavam e gritavam antes de nela cravado. O primeiro deve ter feito força ao extremo, mas como uma criança era dominado pelos soldados.

• Aquele momento foi as 6 horas mais importantes da história da humanidade.
• Durante sua vida Jesus nos deixou perplexos, durante sua morte nos deixou atônitos.
• Livre discursou palavras que não cabiam no imaginário humano, crucificado proferiu palavras que não cabem no dicionário dos mais nobre humanistas, e não podem ser entendidas e nem analisadas pelos sábios psicólogos.
• Ele foi crucificado à 3ª hora do dia (3 Amor verdadeiro, porque não 12h, 8h) Porque era um gesto de amor verdadeiro por você...

• Nas primeiras 3h da crucificação (Amor) 4 Frases foram ditas simbolizando (4) tempo de provação, mas prevaleceu o Amor, as 3 primeira frases não pensou em si mesmo mas no seu próximo;

A. 4 Frases proferidas nas 3 primeiras horas dor.

1ª (frase) Pai perdoa-os por que não sabem o que fazem.

* Jesus enxerga os homens alem das cortinas de seus comportamentos.
* Os mais sociáveis dos homens perdem a gentileza no momento do cansaço e do stress, mas com Jesus foi diferente. Por isto não poderia ficar fora de si na Cruz o diabo ficou irado com o meu Jesus.

2ª (Frase) Ainda Hoje estarás comigo no Paraíso.

* Consolando um ladrão e fazendo uma promessa a um ladrão que ao seu lado estava crucificado.
* Nos consola e nos faz uma promessa mediante nosso arrependimento mesmo estando agonizando na cruz.
 

3ª (frase) Mulher eis aí teu filho.

* Consolava aquela que foi usada por Deus para gerar em seu ventre o salvador da humanidade.
* Mulher expressão de carinho e consolo, alto respeito no meio dos Judeus.
* Queria dizer eu te amo, mas sabes quem eu sou, foi para isto que vim.
* Mesmo na cruz consola os que choram.
 

4ª (frase) Consolando a João disse: “Eis aí sua mãe”.

* Te ofereço o amor de mãe, seja por ela amado.
* Eu te considero como meu irmão ao ponto de dizer que és filho amado também.

Depois de demonstrar amor pelos outros antes de pensar em si, Jesus agora se volta para ele mesmo, mas somente depois de manifestar seu amor pelos outros.

As 3 Ultimas horas e mais 4 frases. (provação)
1ª Frase: Deus meu, Deus meu porque me desamparastes.
* Neste momento depois de olhar por todos...
 
2ª Frase: “Tenho sede...
* Demonstrando sua condição humana e natural.
* Temos tantas coisas ao nosso redor tão simples que só valorizamos quando perdemos.
 
3ª Frase: Está consumado
* Fiz o que deveria ter feito. Pronto o diabo está derrotado e os homens estão salvos, resgatados.
* Comprados novamente por um preciso sangue.
 
4ª Frase: Pai a Ti entrego meu Espírito
* Reconhece neste ato e nos ensina que o Pai tem o controle de todas coisas.
* Que tudo que o Pai começa termina.
* E que nós também depois de tudo iremos ao Pai, mas se fizermos como Ele nos orienta.

Jesus venceu e é nosso modelo.

A. Venceu a ansiedade como a nenhum psicólogo.
B. Venceu a depressão como a nenhum psiquiatra.
C. Venceu os desafios da vida como a nenhum empresário.
D. Venceu o orgulho e alto suficiência como a nenhum educador.

E a História se dividiu... Antes dEle e depois dEle.
Nunca desista de caminhar com Jesus Ele venceu...Está vivo... Podes aceitá-lo agora e Ele entra em sua vida.
Autor: Pr.Cleveland Batista Fernandes


Leia mais: http://www.apalavravirtual.com.br/news/a-geometria-da-crucificacao/

terça-feira, 26 de junho de 2012

A Cura para Família

Texto base.

Jeremias 8:22 Será que não há mais remédio em Gileade? Não há médico lá? Então por que o meu povo não foi curado?

Introdução

- O IBGE constatou em 2008 que um a cada quatro casamentos terminou em divórcio, isto equivale a 25% dos casamentos.

- Já nos Estados Unidos chega a 50% por cento o número de divórcios.

- Quando alguém comenta que está com dificuldades no relacionamento conjugal não faltam pessoas para aconselhar na direção da separação.

- A sociedade concorda que deve buscar a cura para muitos outros problemas, mas não entende que se pode buscar a cura para os relacionamentos familiares.

- Será que a única saída para problemas de relacionamentos é o rompimento do relacionamento?

- Será que existe cura para os relacionamentos familiares, ou será que a solução é sempre a separação, o abandono daquele relacionamento?

A boa notícia da palavra do Senhor é que há remédio em Gileade, há médico para os problemas nos relacionamentos, há cura para a família.

1 - A cura para a família começa com o diagnóstico certo.

- A autoavaliação e avaliação real sem tendências emocionais como amargura, ressentimento, raiva, desejo de vingança, sensação de ter sido injustiçado, orgulho ferido, entre outros é o início para buscar a cura na família.

Provérbios 27:23 
- Procura conhecer o estado das tuas ovelhas e cuida dos teus rebanhos.
- Procura conhecer o estado real da tua família que é o teu primeiro rebanho.

- Não se pode deixar levar pelas aparências é preciso saber como está minha casa.

- Uma das melhores maneiras é conversar abertamente sobre como cada um se sente sem medo e sem predisposição de recriminar ou desaprovar.

- Um ambiente onde alguém é reprovado por manifestar seus sentimentos leva a pessoa a se omitir e esconder qual é o verdadeiro estado da família e nunca se saberá verdadeiramente qual é o estado do rebanho familiar.

- Quantos pacientes são mal avaliados sendo tratados e medicados para determinada doença e ao persistirem os sintomas novas avaliações são feitas ao que se constatam problemas diferentes ou mais sérios.

- Conforme Sócrates dizia; “conhece-te a ti mesmo”, conhece tua família para que possa dar os próximos passos e trazer cura para tua casa.

2 - A cura para a família através do perdão.

Tiago 5:16 Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e façam oração uns pelos outros, para que vocês sejam curados.

- A oração de uma pessoa obediente a Deus tem muito poder.

- Perdão genuíno é a chave para a cura nos relacionamentos familiares.

- Não há quitação de uma dívida enquanto se cobra aquela dívida! Não há perdão genuíno enquanto se cobra a dívida.

- Para o perdão acontecer de fato, a pessoa precisa assumir o prejuízo que sofreu pagar o preço e nunca mais cobrá-lo.

- Um dos problemas nos relacionamentos familiares é que os erros são mencionados muitas vezes e por longo período de tempo.

- A prática de trazer à memória e à discussão os mesmos problemas que já foram abordados é a evidência da falta de perdão genuíno.

Miquéias 7:19 Novamente, terás compaixão de nós; acabarás com as nossas maldades e jogarás os nossos pecados no fundo do mar.

- O perdão de Deus é assim, Ele lança nas profundezas do mar, no mar do esquecimento os nossos erros e somos renovados diante dele.

- Nós devemos fazer a mesma coisa, quando nos pedem perdão pelo erro cometido contra nós não devemos mencioná-lo mais, pois foi jogado no mar do esquecimento.

3 - A cura para a família através da honra.

Êxodo 20:12 Honra teu pai e tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR, teu Deus, te dá.

- A desonra aos pais pode ter efeito contrário da bênção proferida para aquele que honra, isto é, o filho pode ter vida curta e, ou, as coisas não irem bem para ele.

- Zé era um homem rude e gostava de lidar com os bichos, seu único filho quando atingiu a juventude passou a ser muito rebelde e desrespeitoso ao pai, certo dia agrediu fisicamente o pai. Algum tempo depois o pai morreu. O filho com idade de 28 anos teve um acidente e morreu. Muitos podem dizer que isto foi apenas uma coincidência, porém não é difícil de perceber como filhos que desonram os pais têm dificuldades na vida.

Romanos 12:10 Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.

Romanos 13:7 Pagai a todos o que lhes é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem respeito, respeito; a quem honra, honra.

- Preferir o outro em honra significa privilegiar todo o ato de valorização daquela pessoa, aproveitar as oportunidades para elogiar e demonstrar gratidão.

4 - A cura para a família através do ato de servir, ajudar e presentear.

Gn 45:1-3 Então, José, não se podendo conter diante de todos os que estavam com ele, bradou: Fazei sair a todos da minha presença! E ninguém ficou com ele, quando José se deu a conhecer a seus irmãos. E levantou a voz em choro, de maneira que os egípcios o ouviam e também a casa de Faraó. E disse a seus irmãos: Eu sou José; vive ainda meu pai? E seus irmãos não lhe puderam responder, porque ficaram atemorizados perante ele.

- A família que tinha traído José vendendo-o como escravo estava agora pedindo favores. Esta era a oportunidade perfeita para que ele se vingasse negando ajuda e deixando-os passar necessidades, porém ele fez o contrário.

- Ele serviu sua família em tudo o que precisavam.

- O que você faria no lugar de José?
- Como você reagiria?
- Como você tem reagido a familiares que erraram com você?

- É hora de buscar a cura para os relacionamentos familiares.
- É hora de perdoar, é hora de honrar seus familiares, é hora de servir sua família com tudo o que ela precisar. Amém!


Autor: Vanderlei Cardoso, pastor


+++++++++
++++++++
+++++++
++++++
+++++