terça-feira, 22 de maio de 2012

CHAMADO PARA
 SER FIEL

- As Escrituras contém exemplos maravilhosos de santidade e fidelidade a Deus. 

- Como diz o autor aos Hebreus, há uma “nuvem de testemunhas” a nos inspirar na vida cristã. 

- Por outro lado, há alguns exemplos de infidelidade que também cumprem um papel importante no nosso discipulado, nos mostrando que o caminho da infidelidade sempre leva a pessoa ao desastre.

- Judas Iscariotes é, provavelmente, o primeiro nome que vem à cabeça da maioria dos cristãos ao ouvir a palavra infidelidade. 

- Há questões que envolvem este doze de Jesus nos deixam qualquer discípulo intrigado.

- Como pode alguém tão próximo do Senhor optar por uma rota tão divergente, a rota da infidelidade e por conseguinte da tragédia pessoal?

Nasceu para o louvor... 

- Judas era um nome comum entre os hebreus – um dos filhos de Jacó se chamou Judá. 

- O significado do nome Judas tem a ver com louvor. Trata-se de uma derivação da raiz hebraica que significa louvor – e a tradução mais próxima seria louvado. 

- O segundo nome, Iscariotes, ao que tudo indica trata-se de uma derivação do termo hebraico ish qeriyoth, “homem de Queriote”. 

- Queriote poderia ser Queriote-Hezrom (Js 15:25), a 19 km ao sul de Hebrom.

- Há uma pequena possibilidade de Iscariotes ser a transliteração de um termo aramaico que significaria “ladrão”.

- Seu chamado é para ser fiel e, em fidelidade você viverá para o louvor a Deus. 

- Não aceite menos do que isto para sua vida. 
- Seu nome indicava o louvor, mas sua vida é lembrada pela traição.

I. Que se tornou traidor... 

- As várias referências bíblicas a Judas destacam sua condição de “traidor”. 

- Por exemplo, em Lc 6:13, lemos: Ao amanhecer, chamou seus discípulos e escolheu doze deles, a quem também designou apóstolos: Simão, a quem deu o nome de Pedro; seu irmão André; Tiago; João; Filipe; Bartolomeu; Mateus; Tomé; Tiago, filho de Alfeu; Simão, chamado zelote; Judas, filho de Tiago; e Judas Iscariotes, que veio a ser o traidor.

- O caminho da infidelidade foi opção de Judas. Ele teve todas as condições que os demais apóstolos e viveu debaixo das mesmas influências. Acontece que Judas tinha fraquezas – caráter doentio e resistiu ao tratamento. 

- O caminho da fidelidade exige a humildade de reconhecer suas deficiências e de aceitar o tratamento. 

- Diferentemente, Pedro que também apresentava certas deficiências, foi tratado mediante o confronto da parte do Senhor (pois esta é a maneira de se tratar o caráter de uma pessoa) e tornou-se uma referência dentro do Cristianismo.

II. O apóstolo João registra que Judas era ladrão! 

- Conforme Jo 12:6, lemos: Ele não falou isso por se interessar pelos pobres, mas porque era ladrão; sendo responsável pela bolsa de dinheiro, costumava tirar o que nela era colocado.

III. A avareza, que é idolatria... 

- O evangelista Marcos nos ajuda a entender como Judas resolveu negociar a traição a Jesus. Tudo tem a ver com a adoração extravagante que Jesus recebeu em Betânia, por parte de Maria, irmã de Lázaro. 

- Leiamos o texto em Mc 14:1-11: Faltavam apenas dois dias para a Páscoa e para a festa dos pães sem fermento.  Os chefes dos sacerdotes e os mestres da lei estavam procurando um meio de flagrar Jesus em algum erro e mata-lo. 2 Mas diziam: Não durante a festa, para que não haja tumulto entre o povo. 3 Estando Jesus em Betânia, reclinado à mesa na casa de um homem conhecido como Simão, o leproso, aproximou-se dele certa mulher com um frasco de alabastro contendo um perfume muito caro, feito de nardo puro. Ela quebrou o frasco e derramou o perfume sobre a cabeça de Jesus. 4 Alguns dos presentes começaram a dizer uns aos outros, indignados: Por que este desperdício de perfume? 5 Ele poderia ser vendido por trezentos denários, e o dinheiro ser dado aos pobres. E a repreendiam severamente. 6 Deixem-na em paz, disse Jesus. Por que a estão perturbando? Ela praticou uma boa ação para comigo. 7 Pois os pobres vocês sempre terão com vocês, e poderão ajuda-los sempre que o desejarem. Mas a mim vocês nem sempre terão. 8 Ela fez o que pôde. Derramou o perfume em meu corpo antecipadamente, preparando-o para o sepultamento. 9 Eu lhes asseguro que onde quer que o evangelho for anunciado, em todo o mundo, também o que ela fez será contado em sua memória. 10 Então Judas Iscariotes, um dos Doze, dirigiu-se aos chefes dos sacerdotes a fim de lhes entregar Jesus. 11 A proposta muito os alegrou, e lhe prometeram dinheiro.

- Assim ele procurava uma oportunidade para entrega-lo.

- O preço combinado: trinta moedas de prata. 

- Seriam shekels, ou didracmas, que equivaleriam a 120 dias de trabalho!

- Praticamente um terço do que Maria pagou pelo perfume!!!

IV. Satanás entrou em Judas... 

- A infidelidade torna a pessoa vulnerável. Jesus avisou Pedro que o inimigo estava “cirandando” o grupo (Lc 22:31 Simão, Simão, Satanás pediu vocês para peneira-los como trigo. 32 Mas eu orei por você, para que a sua fé não desfaleça...). 

- Judas estava vulnerável. Por isso o mesmo evangelista registra e Lc 22:2: e os chefes dos sacerdotes e os mestres da lei estavam procurando um meio de matar Jesus, mas tinham medo do povo. 3 Então Satanás entrou em Judas, chamado Iscariotes, um dos Doze.

- A fidelidade é garantia de proteção contra as artimanhas de Satanás. 

- Pedro escreveu em sua primeira epistola: Estejam alertas e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar. 9 Resistam-lhe, permaneçam firmes na fé... (I Pe 5:8,9).

- João também registra a ação do diabo na vida de Judas. Em Jo 13:2 Estava sendo servido o jantar, e o diabo já havia induzido Judas Iscariotes, filho de Simão, a trair Jesus. 

- No mesmo capítulo de João, há um outro registro acerca da ação de Satanás na vida de Judas: Jo 13:25-27: Inclinando-se esse discípulo para Jesus, perguntou-lhe: Senhor, quem é? Respondeu Jesus: aquele a quem eu der este pedaço de pão molhado no prato. Então, molhando o pedaço de pão, deu-o a Judas Iscariotes, filho de Simão.

- Tão logo Judas comeu o pão, Satanás entrou nele. “O que você está para fazer, faça depressa”, disse-lhe Jesus... Assim que comeu o pão, Judas saiu. E era noite.

- Um beijo... O costume de saudar com ósculo é bíblico, neotestamentário e especialmente recomendado nos escritos paulinos. 

- Em casa de Simão, que fora leproso, Jesus cobrou dele o beijo que não recebeu – uma saudação honrosa. 

- De acordo com Lucas, a infidelidade de Judas se consumou com um beijo: Lc 22:47,48 Enquanto ele ainda falava, apareceu uma multidão conduzida por Judas, um dos doze. Este se aproximou de Jesus para saúda-lo com um beijo. Mas Jesus lhe perguntou: Judas, com um beijo você está traindo o Filho do homem?

- O evangelista Marcos nos oferece mais detalhes da traição: Mc 14:44-46: O traidor havia combinado um sinal com eles: aquele a quem eu saudar com um beijo, é ele: prendam-no e levam-no em segurança. Dirigindo-se imediatamente a Jesus, Judas disse: Mestre!, e o beijou. Os homens agarraram Jesus e o prenderam. 

- Mateus conta a história e acrescenta que após a saudação e o beijo, Jesus também declarou: Amigo, o que o traz?

- O Salmo 101:6, no qual temos nos inspirado especialmente nestas últimas semanas destaca a predileção de Deus pelos fiéis: Meus olhos aprovam os fiéis da terra, e eles habitarão comigo. Somente quem tem vida íntegra me servirá. 

- A infidelidade ditou o fim trágico da vida de Judas. Mt 27:1-5 De manhã cedo, todos os chefes dos sacerdotes e líderes religiosos do povo tomaram a decisão de condenar Jesus à morte. E, amarrando-o, levaram-no e o entregaram a Pilatos, o governador. 3 Quando Judas que o havia traído, viu que Jesus fora condenado, foi tomado de remorso e devolveu aos chefes dos sacerdotes e aos líderes religiosos as trinta moedas de prata. E disse: “Pequei, pois traí sangue inocente”. E eles retrucaram: “Que nos importa? A responsabilidade é sua”. 5 Então Judas jogou o dinheiro dentro do templo e, saindo, foi e enforcou-se.

- Conserve-se na fidelidade. 
- Cumpra sua vocação de viver para o louvor da glória do Senhor. 

- Há bênçãos especialmente reservadas para aqueles a quem o Senhor acha vivendo em fidelidade.

- Creia, a fidelidade atrai cobertura, proteção de Deus sobre sua vida.

AUTOR: Pr. Paulo Petrizi


+++++++++++++
++++++++++++
+++++++++++
++++++++++

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.