quarta-feira, 2 de maio de 2012

AS BEM AVENTURANÇAS
E O CASAMENTO

Texto: Mt 5.3-9


Introdução

- Por que as pessoas se casam?

- Entre outras respostas, creio que as pessoas se casam para serem felizes! Em uma pesquisa sobre o assunto, penso que esta seria uma das respostas mais dadas!

- Se as pessoas se casam para serem felizes, quais são as atitudes certas para se alcançar a felicidade no casamento ou em nossa vida em geral?

- No sermão da montanha Jesus nos mostra as atitudes certas para se alcançar a felicidade na vida, mas creio que estas atitudes se aplicam perfeitamente ao casamento também!

Transição

- A vontade de Deus é a nossa felicidade no casamento.

 - O texto das bem-aventuranças, aplicado ao casamento, nos mostra algumas atitudes para se alcançar a felicidade no casamento.

I.) Humildade – v. 3

- Humildade para se reconhecer os erros e dizer: “Eu errei, me perdoe”. É importante fazer isso em alto em bom som e com sinceridade de coração.

- Arrogância, altivez, orgulho tem o poder de destruir qualquer relacionamento.

“… Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes” (Tg 4.6).

II.) Sensibilidade – v. 4

- Sensibilidade para se importar com a dor, os medos, as limitações, as fraquezas, as inseguranças, etc do cônjuge. Algo que para você pode ser fácil de superar, para o seu cônjuge pode ser muito difícil. É necessário sensibilidade.

- Sensibilidade para se colocar no lugar da outra pessoa.

- Existem pessoas que são muito insensíveis no casamento, geralmente os homens.

“Maridos, vós, igualmente, vivei a vida comum do lar, com discernimento; e, tendo consideração para com a vossa mulher como parte mais frágil, tratai-a com dignidade, porque sois, juntamente, herdeiros da mesma graça de vida, para que não se interrompam as vossas orações” (1 Pe 3.7).

III.) Mansidão – v. 5

Manso = brando, amansado.

- Mansidão na hora de falar, na hora de expressar uma opinião contrária.

- Não usar gritos, ironia, estupidez, ira ,etc.

“Abandonem toda amargura, todo ódio e toda raiva. Nada de gritarias, insultos e maldades!” (Ef 4.31 – NTLH).

 - É um dos aspectos do fruto do Espírito Santo. Se estivermos cheios do Espírito vamos manifestá-lo.

IV.) Justiça – v. 6

- Temos que procurar ser justos em nosso relacionamento. Não fazer com que a balança venha a pender para o nosso lado com argumentos injustos, com atitudes injustas.

- A Bíblia diz que o verdadeiro amor “… não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade (1 Co 13.6).

- Para sermos justos devemos permitir que a verdade venha à tona em nosso casamento. Qualquer tipo de mentira corrói a confiança no relacionamento.

V.) Misericórdia – v. 7

- Misericordioso para perdoar, para entender as falhas, entender as limitações.

- Devemos manifestar misericórdia ao nosso cônjuge assim como desejamos que ele demonstre para conosco.

- Devemos ser misericordiosos “porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também” (Lc 6.38 b)

VI.) Pureza – v. 8

- Pureza para não dar lugar à malícia.

- No casamento, se dermos lugar à pensamentos impuros, olhares impuros, palavras impuras, desejos impuros, relacionamentos impuros com outras pessoas do sexo oposto, estaremos abrindo a porta para a destruição do nosso casamento.

- A Pureza deve existir antes do casamento e deve continuar existindo inclusive depois do casamento.

“Que o casamento seja respeitado por todos, e que os maridos e as esposas sejam fiéis um ao outro. Deus julgará os imorais e os que cometem adultério” (Hb 13.4 – NTLH).

VII.) Pacificação – v. 9

- Pacificação para buscar a paz de todas as formas.

- Não estar sempre pronto a brigar, a discutir, a encrencar!

- Todas as outras coisas você pode comprar, mas a paz não tem preço. Portanto, mantenha a paz de todas as formas possíveis.

AUTOR: Pr. Ronaldo Guedes Beserra


++++++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++++

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.