quarta-feira, 11 de abril de 2012



COMO VOCÊ
PODE ESCAPAR
DO INFERNO

Lucas 16:19-31





- Certamente você não pensa em passar a eternidade no inferno, pois ninguém por mais pessimista que seja se imagina vivendo ali eternamente.

- Se pudéssemos entrevistar as pessoas que estarão no inferno; se no final de tudo pudéssemos ouvir a voz de quem ali estará, veríamos que nenhuma delas, nem ao menos cogitavam esta possibilidade. O que elas diriam?

Talvez apresentariam os seguintes argumentos:

- Eu jamais poderia imaginar que viria para este lugar. Eu que sempre tive boas intenções. Fiz boas obras, dei esmolas, visitei orfanatos, cuidei de pessoas.

- Eu fui religioso, quantas missas, quantos cultos,quanta religiosidade havia em mim. Até mesmo contribuía financeiramente com a igreja.

- Eu estava me preparando para aceitar Jesus, eu já estava com o coração sensível pra o Evangelho quando cheguei aqui. Como foi que me perdi, e cheguei ao inferno?
Morri em uma hora que não deveria morrer. Eu tinha boas intenções, carinho, amor pra dar, mas eu cheguei aqui ao inferno por causa de um lapso, algo que eu não imaginava que perderia acontecer e aconteceu.

Outros se lamentarão por não terem ouvido a Deus e dirão:

- Busquei este lugar com minhas obras, fui enganado por uma religião, por uma pessoa, por guia espiritual, que me dizia que aquele caminho tal me levaria ao céu. E uma convicção profunda de que estava certo e agora estou aqui no inferno.

- Possivelmente as pessoas que irão para o inferno se mostrarão surpresas com este fato, pois jamais se imaginariam condenadas eternamente.

- Certamente você que lê este texto deve imaginar que o inferno é para os outros e nada dali diz respeito a você. Cuidado, não se engane pois o texto que vamos estudar pode contrariar a sua expectativa.

- Neste texto Deus abre assim um clarão e nos dá um binóculo e nos mostra o inferno.



A Bíblia fala muito do Céu e pouco do inferno.

- A palavra “inferno” aparece na Bíblia aproximadamente umas trinta vezes, enquanto a palavra “céu” aparece mais de setecentas. No entanto nas poucas vezes que aparece a palavra inferno ela é seguida de uma gravidade enorme para nos alertar quanto à sua realidade e o seu horror.

- É impressionante que a pessoa que mais falou do inferno eterno é o próprio Senhor Jesus. Jesus nos mostra tanto o céu quanto o inferno. Ele fala do reino celestial, de anjos, do Pai, do Espírito Santo, do banquete celeste, da glória eterna, das mansões preparadas para os seus. Mas Jesus também fala do inferno umas 15 vezes (Mt. 5:22; 10:28; Lc 10:15,etc). Do juízo eterno Ele fala várias vezes (Mt. 23:14; Mc 12:40; Jo 9:30, etc). Em algumas circunstâncias Ele fala do sofrimento eterno, quando haveria choro e ranger de dentes (Mt 8:12; Lc 13:28, etc) Enfim Jesus faz menção ao inferno, ao juízo, ao castigo eterno em suas várias formas aproximadamente umas 70 vezes.

- Será que Jesus falaria tanto de um tema se ele não fosse real? será que ele estaria brincando conosco falando dezenas de vezes sobre algo que não fosse verdadeiro? Penso que não devemos entender o inferno como apenas uma pensamento ruim, ou uma fantasia de horror.

- O inferno é real e não uma brincadeira da Bíblia. Ele existe de fato e não devemos pagar para ver.

- Coloquemos os nossos olhos neste texto, que é como uma luneta, e vejamos o que Jesus quer nos mostrar sobre este lugar chamado inferno:

“Havia certo homem rico, que se vestia de púrpura e linho finíssimo e que todos os dias se regalava esplendidamente, havia também certo mendigo chamado Lázaro coberto de chagas que jazia nas portas daquele e desejava alimentar-se das migalhas que caiam da mesa do rico e até os cães viam lambe-lhe as ulceras, aconteceu morrer o mendigo e ser levado pelos anjos para o seio de Abraão, morreu também o rico e foi sepultado e no inferno estando em tormento levantou os olhos e viu ao longe Abraão e Lázaro no seu seio, então clamando disse: Pai Abraão tem misericórdia de mim e manda Lázaro que molhe em água a ponta do dedo e me refresque a língua porque estou atormentado nesta chama. Disse, porém Abraão: Filho lembra-te de que recebestes os teus bens em tua vida e Lázaro igualmente os males. Agora, porém aqui ele está consolado e tu em tormentos. E além de tudo estar posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte os que querem passar daqui para vós outros não podem, nem os de lá para nós. Então, replicou o pai, eu te exploro o mandes em minha casa paterna porque tenho cinco irmãos para que eles dê testemunho afim de não virem também para esse lugar de tormentos. Respondeu Abraão: eles têm a Moises e os profetas ouçam-nos. Mas ele insistiu: não pai Abraão, se alguém dentre os mortos for ter com eles arrepender-se-ão. Abraão, porém respondeu: Se não houve a Moises e aos profetas tão pouco se deixaram persuadir ainda que ressuscite alguém dentre os mortos. Amém”.



Façamos algumas observações baseadas em nosso texto:

I - NENHUMA POSIÇÃO OU CONDIÇÃO HUMANA PODE LIVRAR VOCÊ DE IR PARA O INFERNO

“O sopro do Senhor acende o lago infernal, e onde encontraremos mecanismos ou baldes para apagar este fogo? (Thomas Watson).

- Um homem rico foi para o inferno e a sua riqueza não puderam ajudar em nada. Talvez ele estivesse acostumado a comprar o que quisesse, a fazer prevalecer a sua vontade diante dos outros, mas agora se sente impotente diante do juízo eterno. Nada do que ele havia adquirido poderia tirá-lo da condição de condenado eternamente. dizer: Talvez ele esperasse que o seu dinheiro desse um jeitinho, e no final tudo daria certo. Mas não foi assim que aconteceu.

- As pessoas podem achar que o inferno é para os outros e para elas, pensar que quando morrerem não irão ao inferno por alguns motivos especiais.

- Algumas dizem que Deus é Pai, e duvidam que Ele permitiria que elas passassem a eternidade no inferno.

- Outras imaginam que de alguma forma, seja passando por um purgatório ou mesmo por uma experiência de voltar à terra em outra vida, como por uma espécie de reencarnação haverão de purificar-se até que finalmente cheguem ao céu.

- Existem também os que pensam que seus santos, seus guias espirituais ou mesmo os seus queridos que foram antes os ajudarão no momento da morte e do julgamento eterno.

- Assim a maioria crê que haverá uma segunda chance e que o inferno não fará parte de seu futuro. Talvez até baseados em livros e filmes que mostram pessoas voltando da morte, se reencarnando, ou revivendo, mesmo que em forma de uma cachorro, as pessoas não se preocupam tanto com onde passarão a eternidade.

- O famoso filme: Ghost, por exemplo, é um exemplo da vontade humana de driblar o destino eterno.

- Nenhuma posição humana, no entanto, pode livrar uma pessoa do inferno. Nenhuma religião pode fazê-lo, nenhum artifício ou vontade humana poderá interferir no futuro de nossa alma.

- O autor aos Hebreus nos mostra que após a morte resta ao homem o juízo final (Hb 9:27) e deste nenhum homem conseguirá escapar.

- Após a morte não adiantam as velas acesas, a extrema unção, o culto, as missas,o lamento, o choro, as cessões mediúnicas. Nada alterará o resultado final.

- Esse homem citado por Jesus morreu e a sua posição de rico não o livrou do inferno, assim como não pode livrar você.

II – VOCÊ PODERÁ IR PARA O INFERNO REPENTINAMENTE (V. 20-23)

“O inferno é a verdade percebida tarde demais” (H. G. Adams)

- O versículo 22, diz: o rico morreu e foi sepultado. No versículo 23, se diz: No inferno, estando em tormentos. Não há um intervalo entre o sepultamento e o inferno.

- O rico morreu e foi instantaneamente para o inferno. No momento em que morre ela já começa a sofrer os tormentos. É como estar em uma bolha, não há segurança alguma. Fecha-se os olhos aqui e ao abri-los novamente já se está no inferno.Talvez enquanto à família esta aqui fazendo o seu velório, despedindo-se do corpo, a sua alma já esta em sofrimento eterno.

- O texto não fala que foi possível a ele retornar à terra, nem que ele tenha ido para o purgatório, ou para um lugar probatório, para pagar pelos seus pecados e depois, quem sabe, ir ao céu. Ele foi instantaneamente para o inferno.

- De fato, unindo este texto a outros das Escrituras conseguimos ter uma visão melhor do que acontece a uma pessoa que morre.

- Ao fecharmos os olhos aqui a nossa parte imaterial, chamada às vezes de alma(Gn 35:8;1 Rs 17:21), às vezes de espírito(At. 7:59; Ec 12:7), deixa o corpo e se dirige para o céu, como Lázaro(v.22), ou para o inferno, como este rico(v.23).

- Conquanto ambos, esperem a conclusão do presente século para o juízo final, quando cada alma tomará o seu próprio corpo e comparecerá diante do tribunal de Cristo, em seu trono branco(Ap 20:11-15), o lugar para onde vão já é considerado como inferno e céu, ainda que não sejam o inferno e o céu definitivos.

- Jesus nos dá a entender neste texto que após a morte se inicia o sofrimento dos que se perdem, assim como a alegria e o conforto de quem se salva já se inicia. Sendo assim ninguém deve se enganar com o pensamento de que após morrer haverá tempo e oportunidade para se mudar o destino eterno.

III – SE VOCÊ FOR AO INFENO VOCÊ TERÁ SOFRIMENTO PSICOLÓGICO E FÍSICO.

“Mesmo que todo pecador condenado pudesse chorar um oceano inteiro, todos esses oceanos jamais extinguiriam uma centelha do fogo eterno” Thomas Brooks

- Não existe o que é chamado de a morte ou aniquilamento da alma. Seria muito cômodo se uma pessoa que não fosse ao inferno, simplesmente deixasse de ter memória, e fosse esquecida pelo tempo como se nunca tivesse existido. Mas o texto diz que uma pessoa que vai ao inferno tem memória, A pessoa que vai ao inferno tem também um sofrimento psicológico no (v. 28). Ele está em tormentos, mas ainda se lembra das coisas.

- O homem citado aqui se lembra de seus irmãos. Ele sabe exatamente quantos irmãos tem e pede que Deus envie Lázaro até eles. Ele diz: Pai Abraão, eu tenho cinco irmãos que ainda não morreram. Permita que Lázaro vá dizer à eles do sofrimento que eu experimento, para que eles não venham para este lugar. Ele está sofrendo em sua mente porque no inferno a mente de uma pessoa não morre.

- Ele sabe porque está ali, sabe até da existência dos céus, sabe que mesmo estando no inferno existe um lugar maravilhoso chamado céu e que lá Jesus está com os seus. Ali ele vê a Lázaro, símbolo dos que amam a Cristo. Ele sabe que há uma vida nova, abundante, transformada, mas ele jamais se apropriará dela. Este homem está aqui em tormentos mas ele esta vendo Lázaro no braço de Abraão.

- O que dói mais para ele? A dor de não poder gozar das bênçãos dos céus, tendo consciência de que existe um lugar maravilhoso onde ele poderia estar morando eternamente, sendo confortado por Abraão, mas que para ele era tarde demais, ou o temor de que os seus queridos aqui na terra, seus irmãos, também poderiam vir para o inferno e ele nada poderia fazer. Mas as pessoas que irão para o inferno sofrem especialmente por pensarem que poderiam ido ao céu. Talvez este homem tenha dito: Oh, como eu poderia ter tomado uma decisão de ter dado mais atenção às coisas espirituais.

- Espero que nenhuma pessoa que chegou até aqui em sua leitura vá ao inferno, porque se for se lembrará das oportunidades que teve de entregar sua vida inteiramente nas mãos de Jesus e se livrar deste sofrimento eterno.
- Observem que o homem no inferno vê a Lázaro no céu, mas Lázaro parece não demonstrar qualquer conhecimento do inferno. O rico no inferno está vendo a Lázaro, mas Lázaro no céu não esta vendo o rico. Isto demonstra que no céu não há sofrimento psicológico, pelo contrário, há uma alegria que ninguém pode tirar do coração de quem ali penetrar.

- O texto diz que há um abismo entre este homem que está no inferno, e Lázaro, que está no céu. Por isso seria impossível um intercâmbio entre estes dois lugares e estas duas pessoas. Uma pessoa que for para o inferno não pode ir para o céu e uma pessoa que for para os céu não pode ir jamais para o inferno.

- Conquanto o maior sofrimento seja psicológico, o texto fala também de sofrimento físico.(v. 23). Ele está no inferno em tormentos.

- A Bíblia mostra fogo pra ilustrar que é um sofrimento maior que podemos suportar. Nada queima como o fogo, nada arde como o fogo, nada dói mais que uma queimadura. No inferno este homem esta em tormento físico. Ele mesmo diz: Estou atormentado nesta chama (v. 24). Não há refrigério no inferno, é um sofrimento contínuo e eterno.

- É diferente de quando uma pessoa vai se submeter a uma cirurgia, que traz as suas tensões, mas logo passa.

- Não é como alguém que vai passar algum tempo na prisão para cumprir uma pena que cedo ou tarde passará.
- Não é como uma ferida, que um dia cicatrizará e sarará. No inferno, a dor nunca passa, o sofrimento não pode ser interrompido visto que é eterno.

- Se uma pessoa for condenada ao inferno ali sofrerá daqui a um minuto, daqui a uma hora, daqui a um dia, daqui a uma semana, daqui a um ano, daqui a dez anos, daqui a um milhão de anos, daqui a um bilhão de anos, daqui a um trilhão de anos, sofrerá para sempre.

- O livro de Apocalípse nos informa que a fumaça de seu tormento sobe pelos séculos dos séculos e não têm descanso algum, nem de dia nem de noite(14:11_). Nunca chegará um tempo em que a pessoa dirá: agora terei um tempo de refrigério.

- O rico diz: eu estou aqui em tormentos, que Lázaro molhe o seu dedo na água e o coloque na minha língua. Veja a intensidade do sofrimento desse homem que um simples dedo molhado em sua boca significaria um refrigério, mas nem mesmo isso seria possível.

IV – VOCÊ NUNCA SAIRÁ DO INFERNO

“Todas as estradas que levam ao inferno são vias de mão única” (J. Blanchard).

- Após constatada a sua triste condição e o seu destino eterno o rico suplica que Deus envie Lázaro aos seus irmãos. É interessante que ele não pede para que ele mesmo vá. Parece que ele sabe que isso não seria possível. Nem mesmo Lázaro teria autorização para deixar o seu lugar no céu e voltar à vida humana ( v.27-31).

- O autor aos Hebreus nos informa que aos homens está ordenado morrerem uma só vez e que após isso viria o juízo (Hb. 9:27).

- Isto significa que uma pessoa não poderá sair da condição em que se encontra, seja no céu ou no inferno e habitar entre os vivos novamente. Os mortos não tem autorização para se reencarnar, nem para visitar os vivos. Também não podem circular entre nós como “almas penadas”. Após a morte, vem o juízo, onde cada pessoa será julgada segundo as suas obras (Ap. 20:12).

- Talvez você tenha ouvido relatos de pessoas que já morreram, e fizeram uma “visitinha” a alguém, não acredite. O que pode acontecer é Satanás com sua artimanha confundir as pessoas, visto que ele pode se apresentar enganosamente no lugar de uma pessoa falecida, como se fosse ela própria. Satanás transforma-se em anjo de luz (2 Co. 11:14), e é capaz de ludibriar os enlutados, os entristecidos por causa da morte de uma pessoa querida e falar como se fosse a pessoa falecida. Mas aqui o texto sagrado está nos dizendo que uma pessoa jamais poderia deixar o seu estado após a morte, mesmo que seja com uma boa intenção, mesmo que fosse para voltar para o meio dos vivos e anunciar coisas boas e o caminho para o céu.

- Em vista destas palavras proferidas pelo próprio Senhor Jesus convém que não aceitemos qualquer doutrina que ensina que alguém dentre os mortos pode voltar até nós para trazer uma mensagem ou mesmo para terminar algum tipo de missão. Saiba que não há reencarnação. Este ensino é uma mentira que Satanás imputa na mente dos homens para que não se preocupem em ter uma experiência com Jesus agora, enquanto estão vivas. Satanás quer que as pessoas sintam que podem morrer tranqüilas e não se preocupem com seus pecados, pois terão no futuro, a oportunidade de se redimirem através deste ciclo de “vida-morte-vida”. O ensino bíblico é claro e não convém pagar para ver se é mesmo assim. Nesta questão é preciso agir por fé, pois a fé é a convicção de fatos que se não viram (Hb 11:1b).

- Cada um de nós só tem uma vida e uma única oportunidade para garantir o nosso futuro eterno. Por isso devemos prestar muita atenção ao que Deus no ensina em sua Palavra e não na falsidade de palavras de homens. Deus quer que todo homem chegue ao conhecimento da verdade (1 Tm 2:4), enquanto Satanás se empenha em enganar a muitos.
O Apóstolo Pedro nos adverte:

- Assim como, no meio do povo, surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos mestres, os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras, ate ao ponto de renegarem o Soberano Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. E muitos seguirão as suas práticas libertinas ,e, por causa deles, será infamado o caminho da verdade...Esses tais são como fonte sem água, como névoas impelidas por temporal. Para eles está reservada a negritude das trevas. (2 Pe 2:1,2,17).

- Que você, prezado leitor, tendo agora conhecimento destas verdades, leve-as a sério pois se você for ao inferno nunca mais sairá de lá. Não pague para ver.

V - SE VOCÊ OBSERVAR A PALAVRA DE DEUS SE LIVRARÁ DO INFERNO.

“Quero conhecer uma coisa: o caminho para o céu. O próprio Deus designou-se a ensinar o caminho. Ele o escreveu em um livro. Oh, dá-me esse livro! A qualquer preço, dá-me o livro de Deus” ( John Wesley)

- Agora amigo leitor chegamos ao ponto mais importante deste texto. Se nenhuma condição humana pode livrá-lo do inferno; se você pode ir para lá repentinamente; se ali haverá sofrimento eterno, visto que não é possível sair dali, o que fazer?

- O que você pode fazer para se livrar do tormento eterno? O texto nos responde.
Ele nos diz que uma a pessoa que presta atenção à Palavra de Deus se livra do inferno. No versículo 31 diz assim: se eles não ouvem a Moises e os profetas tão pouco se deixaram persuadi ainda que ressuscite alguém entre os mortos.

- O que Jesus está nos ensinando aqui? Que para uma pessoa se livrar de ir ao inferno precisa ouvir a Palavra da Profética de Deus, isto é, toda Bíblia, pois toda a Bíblia esta foi inspirada por Ele:
“Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça” (2 Tm 3:16).

Em outro texto Jesus afirma que assim:

Não penseis que eu vos acusarei perante o Pai; quem vos acusa é Moisés, em quem tendes firmado a vossa confiança. Porque, se, de fato, crêsseis em Moisés, também creríeis em mim; orquanto ele escreveu a meu respeito. Se, porém, não credes nos seus escritos, como crereis nas minhas palavras? (João 5:45-47).

Observe que Jesus está afirmando que Moisés aponta para Ele. Quem começa a ler o que Moisés escreveu acabará encontrando a Jesus.

- Abraão, diz a este rico que o que salvaria os seus irmãos não seria enviar alguém dentre os mortos para falar com eles, mas o fato deles ouvirem Moises e aos demais profetas. Eles precisariam ouvir o que Deus fala a eles em sua Palavra.

- Eles deveriam prestar atenção no anúncio que os profetas faziam da salvação, apontando para Jesus. Eles precisariam conhecer Jesus como Senhor e Salvador. Eles deveriam ouvir falar da salvação dada aos homens através de Jesus, pois em nenhum outro há salvação ( Atos 4:12). Eles teriam que prestar atenção o que o Bíblia fala e não ouvir mensagens de alguém que viria de entre os mortos.

- A mensagem salvadora é a mensagem do Evangelho que anuncia que Deus nos liberta do império das trevas e nos transporta para o reino do filho do seu amor (Cl 1:13). O próprio Senhor adverte que aquele que crê não será julgado (Jo 3:18), já passou da morte para a vida. Aquele que recebe a Jesus como salvador ele não entra em juízo(João 5:24), isto é, jamais irá ao inferno, pelo contrário terá a vida tem a vida eterna(Jo 3:16).

- Satanás, que é inimigo de nossas almas, tem o propósito de matar, roubar e destruir nossas vidas, mas Jesus nos oferece vida feliz e abundante (Jo 10:10).
Você pode escapar do inferno, basta ouvir a Palavra de Deus e prestar muita atenção ao que ela ensina sobre salvação e sobre o salvador Jesus.

- Você pode escapar do inferno, se crer em Jesus como salvador. Esse é o segredo.
Quando alguém em oração diz a Jesus a oração abaixo recebe o perdão de seus pecados e se torna filho de Deus e tem o seu nome escrito no livro da vida(Apocalípse 13:8; 17:8;20:12).

- Eu te recebo em meu coração como meu Senhor e Salvador. Confesso Que sou pecador, que tenho andado longe de ti, que sou indigno da salvação eterna, mas hoje, eu quero recebê-lo em minha vida. Habita em mim, perdoa os meus pecados, escreve o meu nome no livro da vida.

- O segredo para a salvação não é freqüentar uma igreja, conquanto a Bíblia nos manda fazê-lo também, pois na igreja a nossa fé é nutrida e somos cuidados pelos demais irmãos (Hebreus 10:25), mas muitos a freqüentam e não sabem pra onde vão. Não basta apenas ler a Bíblia pois até os demônios a conhecem (Tiago 2:19), no entanto eles não irão para o céu. O caminho para o céu não se constrói através de rezas e orações, passes ou coisas assim; também não é um caminho aberto pelo auxílio de um sacerdote e não se clarifica através de mecanismos religiosos ou esotéricos . O segredo é fazer um convite pessoal a Jesus para entrar em sua vida, como na oração sugerida acima.

- Você pode dize-lhe mais:
Senhor Jesus salva-me, liberta-me, eu te recebo como meu Senhor e Salvador, eu abro a porta do meu coração, Hoje eu quero passar a ser uma nova criatura, quero ter a certeza da minha salvação.

- O escritor aos Hebreus disse: hoje se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações( Hb 4:7).

- Você não sabe se estará vivo amanhã. Qualquer um de nós pode ser vítima de uma fatalidade. Quantos saem de casa para o trabalho, escola ou mesmo para um laser e não voltam.

- Não deixe esta decisão tão importante para amanhã. Agora mesmo convide o Senhor Jesus para entrar em seu coração.

- Se o leitor já tomou a decisão de seguir a Jesus e por algum motivo se afastou dele, deixou de seguir os seus passos e passou a andar por outro caminho, reconcilie-se hoje mesmo. Se arrependa de seus pecados, confesse-os ao Senhor e tome o caminho de volta. A Bíblia diz que há muito jubilo nos céus por um pecador que se arrepende ( Lucas 15:7).

- Não se envergonhe em tomar esta decisão, pois ela é a única forma de você não ir ao inferno eterno. Somos informados em Apocalipse 21:8 que os covardes, os incrédulos, os abomináveis, os assassinos, os impuros, os feiticeiros, os idolatras e a todos os mentirosos a parte que lhe cabe será o lago que arde com fogo e enxofre é saber segundo a morte.

- Jesus adverte que aquele que se envergonhar dele diante dos homens Ele se envergonhará deles quando voltar na presença dos meus anjos(Marcos 8:38). Por isso tomar uma decisão ao lado de Jesus é uma decisão corajosa, e precisa ser feita hoje, pois hoje é o dia da salvação(Hebreus 2:13-15).

Hoje pode ser o dia de sua salvação eterna e do seu livramento do inferno eterno.


AUTOR: Pr. Luiz César Nunes de Araújo





++++++ +++++++ ++++++++
++++++ +++++++ ++++++++
++++++ +++++++ ++++++++
+++++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++++++


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.