sábado, 31 de março de 2012



A FÉ QUE
EXPERIMENTA
MILAGRE NA
COZINHA




INTRODUÇÃO: Texto bíblico: I Reis 17:8-16

1. Quando há muita comida não é fácil sentir necessidade de Deus e nem de exercitar a fé.

2. Quando há comida suficiente não tanto problema se faltam outras coisas, como carro, casa, móveis, etc. A falta de comida na cozinha é o limite da esperança e da vida humana.

3. Quando falta comida o desespero bate à porta, onde encontrar solução? É o que muitos se perguntam, pois a população humana caminha para nove bilhões, previsto para 2043, segundo a ONU. Mantendo os padrões atuais de consumo e as previsões para os próximos anos, os fazendeiros terão de elevar em 60% a produção de grãos para não aumentar o número de pessoas que passam fome no planeta. Isso revela um futuro de fome.

O que fazer?

I. A CRISE NA COZINHA É UM BOM MOMENTO PARA DESENVOLVER A FÉ – I Reis 17:8-14

1. Realidades que conduzem à crise:

a) Perder o marido e com ele o único meio de sustento: A mulher de Sarepta era viúva com um filho para sustentar.

b) Perder todos os meios de obter recursos para adquirir alimento: A terra estava tão seca que nada produzia.

c) Perder a esperança e alguém pedir tudo o que restou para preservar a vida por alguns dias: Elias apareceu e pediu água e pão à viúva pobre, era tudo o que lhe restava.

2. Palavras que dão esperança em meio à crise: Elias fala àquela mulher desesperada palavras que revigoram suas esperanças. A palavra de Deus é forte o suficiente para levantar os abatidos e aflitos.

3. Atitudes que derrotam as crises: Apesar de ter sido pagã desde sua infância, vivendo sob a influencia da religião de Baal e Astarté exerceu fé nas palavras de Elias e fez bolo como ele pediu.

II. A CRISE NA COZINHA É UMA OPORTUNIDADE DE CONHECER A DEUS – I Reis 17:14-15

1. Deus é provedor dos alimentos: Todos os dias que pegava nas panelas para cozinhar, a viúva lembrava das palavras do profeta: “A farinha da panela não se acabará, e o azeite da botija não faltará”. Deus proveu comida, pois ela creu. Desde as trevas do paganismo surgiu a viúva com uma fé suficiente para libertá-la da crise e da miséria extrema para viver milagres sem precedentes; assim também pode acontecer com você, que exercer um pouco de fé no Deus todo poderoso.

2. Deus preserva a vida dos que se rendem a Ele: Todas as vezes em que cozinhava, a viúva entendia que devia exercitar sua fé em Deus que supre todas as necessidades vitais. Devemos aprender que fé é crer quando o sentido comum nos diz para não acreditarmos.

3. Deus age em meio às crises da cozinha: Deus agiu quando a viúva agiu com fé em Suas palavras. A maior demonstração de fé não está em acreditar em ideias absurdas e crenças irracionais, mas conhecer a Deus a ponto de confiar plenamente nEle. Assim, esta fé experimentará milagre até na cozinha.

III. A CRISE NA COZINHA É OPORTUNA PARA DEUS REVELAR SEU PODER – I Reis 17:15-16

1. Deus não revela Seu poder só na igreja: A igreja é um lugar onde as pessoas que recebem bênçãos de Deus em sua vida vão para prestar culto e adoração por tudo o que Ele é e faz na vida de quem tem fé.

2. Deus não revela Seu poder apenas em questões espirituais: Deus é Criador do mundo e o Criador de nosso corpo com necessidades físicas, portanto, como provedor está tão disposto a suprir nossas necessidades físicas tanto quanto as espirituais.

3. Deus revela Seu poder até mesmo na cozinha: Deus não está limitado ao tempo, nem ao espaço. Por isso, Elias, a viúva e seu filho comeram do pão do milagre todos os dias. Embora sem condições de cumprir a vontade de Deus de sustentar o profeta Elias, ela se dispôs a exercer fé. Assim, no limite da vida é que a fé entra em ação para ver que é Deus quem provê sustento.

CONCLUSÃO:

1. Deus permite, muitas vezes, que as pessoas cheguem ao limite da incerteza a fim de que aprendam a confiar inteiramente nEle: Quando não falta nada o ser humano fica tão satisfeito que chega a pensar que não precisa de mais nada, nem mesmo de Deus; para que se exerça fé Deus permite que situações desafiadoras nos levem a depender dEle.

2. Deus não precisa de pessoas importantes e ricas para uma missão, mas de pessoas humildes e cheias de fé: Para sustentar Seu servo Deus providenciou não alguém provido de muitas riquezas, mas uma mulher viúva, que procurava gravetos para a última fogueira, que prepararia a última refeição para si e seu filho; e, depois esperaria morrer de fome. A fé é mais valiosa que as muitas riquezas!

3. Deus abençoa aqueles que colocam as necessidades dos outros acima das suas próprias necessidades: Imagine como foi difícil para aquela viúva que, durante muitos dias economizou comida, compartilhar o último bocado com um estrangeiro desconhecido. Todavia, sua atitude demonstra a todos que é possível fazer mais para Deus tendo fé sem recursos, do que recursos sem fé.

APELO:

1. Pela fé aproxime-se de Deus a fim de que reconheças que há bênçãos e milagres apenas para quem confia em Suas promessas.

2. Pela fé faça tudo o que Deus te pede mesmo que não entendas todos os detalhes.

3. Pela fé confie em Deus a ponto de obedecer-Lhe mesmo quando as circunstâncias provam que desobedecer parece mais lógico.


Autor e fonte: Pr. Heber Toth Armí / http://portal-biblico.blogspot.com.br/search/label/SERM%C3%83O%20EXPOSITIVO








========================
=======================
======================
================

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.