domingo, 18 de dezembro de 2011



O INESPERADO
EXTRAORDINÁRIO

"A multiformidade dos milagres operados por Cristo"




- Jesus nunca utilizou um método especifico para curar pessoas. Cristo não dependia de impor às mãos sobre os enfermos, ou declarar a cura através de uma palavra ou entre tantas coisas que o Mestre operou. Sempre que operava um milagre era de uma maneira diferente da anterior e assim ocorreu durante todo o seu ministério.

- Em um dia dava vista aos cegos somente com a sua palavra: Vai a tua fé de salvou (Mc 10.51,52), outro dia cuspia no chão fazia um lodo e colocava nos olhos do cego e o mandava lavar no tanque de Siloé e este ficava curado (Jo 9.6,7), em certo dia disse para dez leprosos simplesmente se apresentarem ao sacerdote e antes mesmo que lá chegassem já estavam curados (Lc 17.12), em outro, se encontra com um leproso que lhe pergunta: Mestre se queres, pode me limpar, e Jesus com simplicidade movido de compaixão disse: QUERO, se limpo! (Mc 1.40,41).

- Para cada dia, pra cada pessoa, Jesus tinha um jeito diferente de operar, um modus operandi diferente, uma palavra diferente, uma ação diferente que bem define a multiformidade de Cristo ao efetuar seus milagres.

- O Meigo Nazareno nunca se limitou em operar um milagre igual ao outro, embora pudesse, reconhecendo e sabendo de sua soberania e que Ele pode todas as coisas, mesmo assim sempre o fez de maneiras diferentes.

- E em muitos milagres que Cristo operou, existe um que me chama a atenção. Pois somente o evangelista Marcos o registrou, que é a cura de um surdo e gago (Mc 7.32). Este é sem duvida um daqueles milagres épicos de Jesus, um daqueles surpreendentes que nos emociona, constrange, compunge, cativa, pela forma como Cristo o opera.

- Faz-se necessário uma observação minuciosa das entre linhas de cada versículo escrito por Marcos para assim extrairmos as verdades intrínsecas ali contidas para nossa meditação. E isto faremos nesta rápida reflexão.

Introdução

- A bíblia diz que Jesus vai ao mar da Galiléia através do território de Decápolis (Mc 7.31) e quando lá chegou se deparou com uma grande multidão, algo que já havia se tornado rotina no ministério de Jesus, e trouxeram um surdo e gago que com certeza tinha uma vida muito sofrida devida a esta enfermidade.

- Com certeza este rapaz surdo e ainda gago era o motivo da piada na escola, no trabalho, em casa ou em qualquer lugar. Todo aquele que tem algum tipo de deficiência física e principalmente um gago sofre algum tipo de preconceito e este rapaz era um destes. A vida era sofrida devido às chacotas que sofria e as piadas que faziam dele por ser surdo e gago.

- Cristo quando opera este milagre inseri o rapaz novamente nesta sociedade que se diz “normal”, porém muito preconceituosa aos deficientes. Mas, como eu disse que estaríamos analisando as verdades ou princípios ensinados por este milagre, então, a pergunta é:

Qual as verdades ou princípios ensinados neste milagre?

1 - O milagre da “intercessão”

“E trouxeram-lhe um surdo, e gago; e rogaram-lhe que impusesse as mãos sobre ele”. (Mc 7.32)

- Em um mundo onde as pessoas se preocupam somente com o seu bem estar e os outros que se “lixem”. Vemos neste versículo que alguns se preocuparam não consigo mesmos mais com a vida do gago e o levaram até Jesus. Antes mesmo de que Jesus curasse o rapaz, já se desenrolava o que eu chamo do “milagre da intercessão”.

- Este gago foi alvo da compaixão de alguns amigos (gr. Splagcnizomai: que significa se colocar na mesma posição do sofrimento alheio), que intercederam por ele à Jesus, o levando-o até o Mestre.

- Os amigos do gago não só levaram até Jesus, mas pediram que Cristo o curasse, intercedendo por ele.

2 - A Vontade Soberana de Cristo

“Jesus, tirando-o da multidão, à parte, pôs-lhe os dedos nos ouvidos”. (Mc 7.33a)

- Percebam que quando os amigos do gago intercedem por ele junto a Cristo, eles pedem para que Jesus somente impusesse as mãos sobre o rapaz que no pensamento deles ficaria curado. Confesso que eu acredito que só isso já o curaria, pois eles estavam na presença daquele que tudo pode (Lc 1.37).

- Porém este milagre refuta todo e qualquer intenção dos "Sofistas" e lideres desprovidos de conhecimento bíblico, que Deus é obrigado a fazer ou dar aquilo que peço em oração. A atitude da intercessão foi nobre dos amigos do gago, porém eles quiseram encurtar o milagre e apontaram um meio pra ser seguido, a saber, a imposição de mãos, mas como disse no começo da postagem que Cristo não usa nenhum método especifico, Ele atua pela sua Graça segundo sua VONTADE SOBERANA.

“E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, SEGUNDO A SUA VONTADE, ele nos ouve”. (1Jo 5.14)

- Ao contrário do que eles pediram, Jesus faz o inesperado, por isso o titulo da postagem, tirando o rapaz à parte da multidão. Levando-o há um lugar onde estivessem a sos. Pois, quando Jesus quer operar o milagre na nossa vida Ele nos leva há um lugar separado, para ficarmos desprovidos de qualquer arma, ou amigo, recurso, para assim confiarmos somente Nele.

“Os que confiam no SENHOR são como o monte Sião, que não se abala, firme para sempre.” (Sl 125.1)

- Até aquele exato momento o gago dependeu totalmente dos amigos para estar ali, porém Cristo queria dar uma experiência diferente a ele, e também fazer com que o mesmo confiasse no Senhor Jesus inteiramente.

3 - Aceitar a Vontade de Jesus não é pra Qualquer um

“pôs-lhe os dedos nos ouvidos e lhe tocou a língua com saliva”; (Mc 7.33b)

- O inesperado já havia acontecido, pois Cristo fez tudo diferente que os amigos pediram. E agora o extraordinário esta prestes a acontecer. E creio que seja por isso que Jesus queria um particular com o gago para que ele pudesse receber o extraordinário.

- Depois de levá-lo para um lugar à parte, coloca os dedos nos ouvidos do gago e cospe na língua dele, algo extraordinário isso.

- E muitos dos que batem no peito hoje dizendo ser crentes, com certeza não aceitariam esta atitude Jesus, ficariam com nojo, repugnariam, outros diriam que é loucura.

- Porém, o certo é que aceitar a vontade de Deus nas nossas vidas não é pra qualquer um.

- Muitas vezes Cristo não vai fazer aquilo que queremos, pois Ele não se limita aos nossos pedidos e nossos métodos, mas se quisermos ser vitoriosos sobre todos os principados e potestades temos que aceitar a vontade de Deus, até algo que aos olhos humanos seja inaceitável, e vamos experimentar o melhor de Deus na nossa vida.

“Deleito-me em fazer a tua vontade, ó Deus meu; sim, a tua lei está dentro do meu coração”. (Sl 40.8)

- A bíblia não diz que o rapaz questionou em nada a cusparada na boca, e ele era gago e surdo, e não cego, estava vendo tudo o que Cristo estava fazendo diante dele. Porém, não questionou, pelo contrário, aceitou, e por aceitar experimentou o milagre de Deus na sua vida.

Conclusão

- A bíblia diz que Cristo levanta os olhos aos céus e diz: EFATÁ, que significa abra-te. E os ouvidos do rapaz se abriram e o impedimento da língua se desfez. Este é sem duvida, pelo desenrolar, um milagre extraordinário e muito instrutivo para nossa vida espiritual.

- Lembremo-nos que Jesus atua de maneiras diferentes e não se limita a nossas petições e pode operar da maneira que ELE bem entender pois a sua VONTADE É SOBERANA.



AUTOR E FONTE: Alexandre Pitante / http://www.alexandrepitante.com/2010/06/o-inesperado-extraordinario.html





+++++++++++++++
++++++++++++++
+++++++++++++
++++++++++++
+++++++++++


AOS PÉS DE JESUS




Introdução

- Como é bom estar aos pés de Jesus, poder fazer a sua vontade e ouvir suas palavras tão doces como um favo de mel aos nossos ouvidos.

- É neste contexto de Lucas 10.38,42 que encontramos um contraste muito diferente entre duas irmãs Marta e Maria.

- A bíblia diz que quando Jesus chega a Betânia, mais precisamente na casa das irmãs, Marta o recebe em casa de bom gosto, mas Jesus decide ir pra fora da casa e ministrar sua palavra a todos os seus discípulos. É dentro deste cenário que Maria quis ficar “aos pés de Jesus” para ouvir sua palavra.
- Estar aos pés de Jesus e uma questão de comportamento, de postura espiritual, Marta se comportou como quem não esta se importando com as palavras de Jesus ou como quem está mais interessada nas coisas desta terra se preocupando com os afazeres do nosso cotidiano, pessoas que vivem assim são pessoas que não colocar Deus como primazia em sua vida. Maria por outro lado decide. E toma uma posição, em ficar aos pés de Jesus e ouvir seus ensinamentos.

O que de fato significa para nós estar aos pés de Jesus?

I – Para compreendermos, temos que saber que só existem duas maneiras de estar “aos pés de Jesus”.

· Assentado (Lc 10.39)

- Estar assentado aos pés de Jesus fala de paciência, mansidão, calmaria.

- Lembre-se do episódio da multiplicação dos pães (Jo 6.1,11), Cristo ficou preocupado com a multidão que o rodeava em que iam comer, e lhe apresentaram um rapaz que tinha cinco pães e dois peixinhos, então Ele pede que o povo se assente para que ele possa operar o milagre, repare no que Cristo disse: que o povo se assentasse (Jo 6.10) todo o povo estava inquieto, muito disperso e alvoroçado e a senha era "assentar-se" para receber o milagre.

· Prostrado ou de Joelhos (Mc 1.40 - Mc 5.33 - Mt 17.14)

- Estar prostrado ou de joelhos significa me humilhar, reconhecer a Soberania Daquele que tem todo o poder e pode me dar vitória em qual seja a circunstância que vivo.

- Não posso me apresentar aos pés de Jesus com soberba, pois diz a bíblia “aquele que se humilhar sob a potente mão de Deus Ele ao seu tempo o exaltará, mas aquele a quem se exaltar será abatido” (1Pe 5.6).

- Estar de joelhos é também reconhecer a minha dependência total do Criador, porque sem Ele nada podemos fazer (Jo 15.5).

- Somos seres limitados, falhos, cheios de defeitos e que precisamos de Jesus em nossa vida, e com isso me prostro aos seus pés reconhecendo que sou dependente D´le o Senhor.

II – O que eu faço aos pés de Jesus?

· Humilho-me (Mc 5.22 Jairo se humilhou)
Aos seus pés nós nos humilhamos e ato de reverencia e total obediência a sua vontade.

· O Adoro (Mc 7.25 – Mc 5.6 até o gadareno teve que O adorar).
O Senhor não recebe adoração de qualquer maneira, somente quando estiver com a vida no altar vivendo uma vida aos pés de Jesus e que Ele receberá a nossa adoração sincera.

· Ouço a sua Palavra (Lc 10.39 – Jo 6.68)
Jesus chega dizer que Maria estava com a melhor parte e isso não lhe seria tirada, se Ele disse que tem uma parte melhor, a pior é ficar longe dos ensinamentos do Mestre Amado e da meditação da sua Palavra.

III – O que eu ganho estando aos pés de Jesus?

· Intimidade e Comunhão (Mc 5.40 – Sl 25.14 – Pv 3.32)
Muitos querem ter intimidade com o Senhor, mas não se submetem a sua vontade, a bíblia diz que Jairo se prostrou perante o Senhor e isso fez com que Jesus fosse a sua casa e lá entrasse. A Intimidade do Senhor é para os que o temem (Sl 25.14).

· Benção e Vitória (Mc 7.29 – Mc 10.30)

- Jesus nunca disse que teríamos uma vida só de vitória de benção ou coisa semelhante, porém, disse: que todos os que se aproximaram de Jesus com sinceridade e prostraram-se aos seus pés receberam vitória naquilo que precisavam.

- Pedro chega a perguntar a Jesus o que eles os discípulos ganhariam por deixarem tudo e estarem O seguindo (Mc 10.30), Jesus afirma que ninguém que deixa pai, mãe, irmão, irmã, filho, filha, campos, por amor da sua obra e amor do evangelho, não recebe nada, pelo contrario recebera ainda nesta vida 100 vezes mais e no porvir a VIDA ETERNA, "com um detalhe com perseguições", pois o versículo termina assim.

· Vida Eterna ou Salvação (Mc 10.30 – Gl 6.8)
Viver uma vida de comportamentos santos, ações e decisões que expressam de fato estar aos pés de Jesus é semear em terra fértil e colher intimidade, Vitórias e mais do que tudo o que é transitório, é colher o que é incorruptível a “Vida Eterna”.

Conclusão

- Jesus quer que fiquemos aos seus pés, junto Dele para podermos aprender com Ele e ter suas características, pois a ciência diz que o ser humano é um produto do meio, ou seja, do meio em que vive, pois a convivência traz características.

- Estar aos seus pés é uma questão comportamental, nós decidimos se queremos estar aos seus pés e submetermos a sua vontade ou não. Porém a nossa decisão pode mudar o rumo da nossa vida para sempre.
- Decida estar aos pés de Jesus e adorá-lo, reverenciá-lo pois isso lhe dará a VIDA ETERNA.



AUTOR E FONTE: Alexandre Pitante / http://www.alexandrepitante.com/2010/06/aos-pes-de-jesus.html





++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++++