sexta-feira, 9 de setembro de 2011



Construindo Sonhos

Neemias 4. 1-6




INTRODUÇÃO

- Alguns líderes no passado, foram incomodados pelo Senhor para que realizassem um sonho que estava no coração de Deus. Alcançar a cidade de Arinos com a mensagem redentora do Senhor Jesus Cristo.

- Aqui, nesta noite, alguns estão presentes. Foram obedientes a voz do Espírito Santo de Deus. Não mediram esforços para dar início à uma Igreja Batista. O tempo passou, o sonho parecia distante de ser transformado em realidade. Mas, no coração de Deus, estavam registradas as orações, os esforços e as vidas que foram colocadas em sua presença

- O tempo passou, Deus continuou tocando corações e a construção do sonho continuou agora, nos últimos dias, de forma mais ampla. Chegou o tempo de colher os frutos das sementes lançadas num passado não tão remoto. Nessa histórica noite, contemplamos quantas sementes foram plantadas, muitas anonimamente, e que germinaram e, agora, muitos e benditos frutos estão sedo colhidos com a Inauguração do Templo, do Prédio de Educação Religiosa e do Espaço de Convivência.

- Esse sonho para ser alcançado requereu algumas importantes atitudes. Temos no texto lido de Neemias, as atitudes necessárias para alcançarmos os sonhos que Deus coloca em nossos corações.

- Neemias recebeu notícias que inquietaram seu coração, como aqueles que iniciaram o trabalho em Arinos

- Cem anos já haviam se passado desde que o povo de Israel havia voltado do cativeiro, e Jerusalém ainda estava em ruínas.

- O templo estava em pé, mas o povo não. Estava ameaçado e amedrontado. Estava angustiado e até explorado.

- Era necessário que o sonho de ver de novo o templo construído , ou reconstruído, se tornasse realidade.

Quais, pois, são as posições que precisamos ter para contrução de um sonho?

I – Requer Determinação

- O Povo de Deus estava vulnerável

- O povo de Deus havia retornado do cativeiro já havia 100anos

- O povo de Deus precisava de um líder

- O povo de Deus precisava de um homem segundo o coração de Deus. Neemias 2.2-5 (ler)

- Um sonho que abrasava o coração de Neemias: Reconstruir a cidade de Jesuralém.

- Recontruir os muros naqueles dias significava recontruir a própria cidade.

- Neemias pensava no seu povo.

- Muitos pensaram no povo de Arinos.

- É possível que nesta noite, Deus esteja construindo um sonho no seu coração, ou já construiu.

- Qual é o seu sonho?

- Sonho é igual a fé

Agostinho afirmou: A fé (sonho) consiste em acreditarmos no que não vemos; e, como recompensa vermos aquilo que cremos. Sonhamos.

Repito: Qual é o seu sonho?

- O que você quer construir ou reconstruir em sua vida?

- O que está quebrado em sua vida que você precisa reconstruir?

- Sua fé?

- Sua esperança?

- Sua relação com Deus?

- Seu matrimônio?

- Sua vida profissional?

- Seu compromisso com Deus?

- Seu estima pessoal?

- Seus relacionamentos interpessoais?

“Sonho sonhado é começo, é construção de vitória.”

Determinação significa que tudo é pela fé.

“A dúvida nunca construiu coisa alguma, nem a desconfiança ou o medo.”

“A fé: (sonhos, sobe pelas escadas que o amor construiu e olha pelas janelas que a esperança abriu.” Charles H. Spurgeon

Construindo sonhos

II – Requer um coração interessado (Neemias 1. 1-4)

1 – Um coração interessado com o que precisa ser feito

- Às vezes ouvimos: Alguém precisa fazer alguma coisa.

- Reclamações, queixas, porta-vozes do caos são abundantes em todos os tempos.

- O que é realmente necessário para construir sonhos?

- É de crentes destemidos, corajosos que não discutem a situação, mas que tomem alguma atitude.

- Neemias viu o problema através do relato de Hanani e ficou aflito.

· Não olhou as circuntânicas adversas.

· Construiu um sonho em seu coração.

· Edificou os muros de Jerusalém .

Construir um Sonho

Requer um coração interessado

2 – Com a situação de seus irmãos

- De seus filhos

- De seu cônjuge

- De seus semelhantes.

Foi constrangido

3 – Com a vida dos seus irmãos

- Estavam humilhados

- Estavam sem forças para reconstruir

Construindo Sonhos

III – Requer um coração voltado para Deus

Neemias 1. 4-6; (ler) Neemias 4.4 (ler)

1 – Preparado para concretizar o sonho

- Quatro meses de oração e jejum.

- Neemias 1.1 - mês de Quisleu

- Neemias 2.1 – mês de Nisã

2 – Preparado para exaltar o Senhor

- Recontrução da cidade do Senhor

- Jerusalém Cidade da Paz

“Com o coração se pede, com o coração se procura, com o coração se bate; e é ao coração que a porta se abre.”

3 – Preparado para se render ao Senhor

Salmo 51. 17,18

Neemias 1. 6b, 7

Construindo sonhos

IV – Requer plena União

Neemias 4.6; 6.15

- Um recorde.

- No Caminho da união há os destruidores de sonhos.

- Os escarnecedores. Neemias 4.1

- Os incrédulos. Neemias 4.2

- Os opositores. Neemias 4.3

E preciso estar de mãos dadas.

Paulo em Gálatas 6. 14-17

“...Trago no meu corpo as marcas de Jesus...”

A construção de sonhos requerem que as nossas vidas estejam marcadas por Jesus.

CONCLUSÃO:

Construindo sonhos

- Esta construção e o testemunho vivo do poder de Deus.

- Este templo que dedicamos ao Senhor, é o testemunho da graça de Deus na vida dos que sonharam.

- Os que sonharam não olharam para o tamanho da construção.

- Não olharam para a distância que precisava ser percorrida.

- Somos desafiados por situações impensáveis.

- Somos desafiados por acontecimentos que não esperávamos.

- Somos surpreendidos por notícias dolorosas

- Somos atingidos por fatos dolorosos.

- É preciso gritar e chorar

- É preciso lamentar

- É preciso abrir o coração

Somente diante do Senhor é que vamos construir nossos sonhos.

Ao Senhor, nosso Deus, o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo seja dada toda Honra, toda Glória e todo Louvor pela construção desse sonho que é o templo da Primeira Igreja Batista em Arinos. Amém.



AUTOR: Pr. João Roberto Raymundo.






############
##############
#################
#####################
######################
#######################



POR QUE ANDAR
LAMENTANDO?

Salmo 43





- Às vezes nos colocamos diante de Deus, sem entender o porquê dos acontecimentos. Às vezes nos sentimos sem força, o fardo parece insuportável, e clamamos por misericórdia...

- Tomamos emprestado o ouvido de alguém e despejamos os nossos lamentos. Você está triste? O que está acontecendo? A realidade é que por mais que haja lamentos e protestos, eles refletem um momento na vida do crente e nunca algo constante.

- Não há razão para chorar e lamentar porque Deus está conosco e podemos louvá-lo.

Neste salmo a pergunta do v. 2, já havia sido feita no salmo 42.9:

“Por que hei de andar eu lamentando?” (42.9; 43.2)

“Por que ando em pranto?” (MT); “Por que eu tenho de viver sofrendo” (TLH); Por que me visto de luto? (Bíblia Thompson)

- A afirmação do salmista nos leva à convicção de que não há razão para chorar e lamentar porque Deus está conosco e podemos louvá-lo.

A MARCA DA VIDA CRISTÃ NÃO É CHORO; NÃO É O LAMENTO, MAS O LOUVOR E A GRATIDÃO.

- Por mais que a situação seja difícil, temos uma certeza que não morre, uma esperança que não muda, uma fé que não deve ser abalada... Mas o sofrimento existe.



Em função dele há sempre algumas razões para o lamento. E o salmista apresenta algumas...

I. QUE LAMENTOS QUE SÃO FEITOS?

1. O lamento de alguém que clama por justiça

(v. 1) “Faze-me justiça, ó Deus, e pleiteia a minha causa contra a nação contenciosa; livra-me do homem fraudulento e injusto.”

- No Brasil a falta de justiça é visível: Muita terra pra uns poucos ricos, e pouca terra para muitos pobres. As terras não são distribuídas; a renda é mal distribuída. A crise do desemprego cresce...

- Há políticos desonestos: Nem sempre as decisões são tomadas levando-se em consideração o melhor para o Brasil – basta vermos o problema das reformas.

- Quando achamos que nos livramos de um grande escândalo, aparece um maior, e às vezes não para punir os culpados, mas só para desviar nossa atenção aos terríveis desmandos dos poderosos.

- É de lamentar que o dinheiro do povo, que devia ser usado nos projetos sociais, é desviado para bolsos imorais e inescrupulosos.

- Dá para chorar ao ver filhos de papais assaltando, espancando e brincando com a vida dos nossos semelhantes.

- Lamentamos o banditismo, até na política, com assaltantes, justiceiros, seqüestradores, traficantes e assassinos.

Salmos 14.3 há o quadro do momento atual: “os homens têm-se corrompido; fazem-se abomináveis em suas obras; não há quem faça o bem, nem sequer um.”

O momento atual é caótico e deve ser alvo do nosso protesto, do nosso choro, do nosso lamento.
Diante de tão terrível quadro, nossa atitude como cristãos, deve Sr não apenas a do nosso lamento por justiça, mas de clamar ao Senhor para que intervenha na nossa história: (v. 1) “Faze-nos justiça, ó Deus, e pleiteia a nossa causa contra a nação contenciosa; livra-nos dos homens fraudulentos e injustos.”

2. O lamento de alguém que sofre solidão

(v.2) “Por que me rejeitas?” Às vezes nos sentimos sem ninguém... como o homem que Jesus junto ao tanque de Betesda (João 5); “Queres ser curado?” – A resposta: “Não tenho ninguém.”

- A situação do salmista era mais triste porque ele se sentia sem comunhão com Deus: “Por que me rejeitas?”

· - Como está nosso relacionamento com Deus?

· - A pior solidão é sentir-se distante de Deus!

3. O Lamento de alguém que sente a perseguição do inimigo

- Ainda no v. 2 ele fala da “opressão do inimigo” “Por que hei de andar eu lamentando, por causa da opressão do inimigo?”

- Quantas vezes inimigos se Levantam...

II. A FÓRMULA PARA NÃO LAMENTAR

Saber que só Deus pode nos ajudar plenamente

(V.2) “Tu és o Deus da minha fortaleza.”

Salmo 20.7 “uns confiam em carros, outros em cavalos; mas nós faremos menção do nome do Senhor nosso Deus”. Eles se encurvam e caem; nós porem, nos levantamos e nos mantemos em pé.” (Interconfessional): “Nós, porem, confiamos no Senhor nosso Deus.

· A causa de tanta queda na vida cristã é a falta de fé

- Pedir Socorro a esse Deus que pode nos ajudar plenamente

(v. 3) “Envia a tua verdade para que me guiem e me levem ao teu santo monte, e aos teus tabernáculos”

· Quando Elias estava desanimado foi em Horebe, o monte de Deus, na presença de Deus, que recebeu forças para continuar a jornada. Subir ao monte era sinônimo de buscar a presença de Deus.

· Estamos subindo ao monte, estamos indo a presença do Senhor, ou vivendo no vale das lamentações?

- Buscar alegria na presença do Deus que nos ajuda plenamente

(v.4) “Então irei ao altar de Deus, de Deus que é a minha grande alegria; ao som da harpa te louvarei, ó Deus, Deus meu.”

- Viver na convicção de que quando esperamos por Deus não há razão para tristeza e lamento.


(v.5) “Por que estás abatida, ó minha alma? E por que te perturbas dentro em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei; a ele, o meu socorro e o meu Deus.”

Vivamos uma vida de realização, satisfação e louvor: Vivendo a louvar não encontraremos tempo para lamentar. Sempre louvando não precisamos viver chorando; esperando sempre por Deus temos sempre razão para esperar; esperando sempre por Deus sabemos que a noite passa e o dia vem. Amém.



AUTOR: Pr. Jilton Moraes





+++++++++++++++
+++++++++++++++++
++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++