sábado, 2 de julho de 2011



PORQUE NECESSITAMOS DE
UM AVIVAMENTO ESPIRITUAL?
Hc 3.2




I. O QUE NÃO É AVIVAMENTO

1. Avivamento não é um programa agendado pela igreja. (tal dia o fulano de tal virá avivar a nossa igreja).

2. Avivamento não é ação da igreja, mas de Deus. A igreja não promove e nem faz avivamento. A igreja não é agente de avivamento. A igreja não agenda e nem programa avivamentos.

3. Avivamento não é um calor carismático.

Uma igreja pode ter todos os dons sem ser uma igreja avivada. Avivamento não é conhecido pelos dons do Espírito, mas pelo fruto do Espírito.

4. Avivamento não é modismo. Muitos crentes, por desconhecimento, se posicionam contra o avivamento porque acham que ele é a mais nova onda da igreja. Acham que avivamento é uma inovação sem nenhum respaldo bíblico e histórico.

II. O SIGNIFICADO BÍBLICO DO TERMO “AVIVAMENTO”

=> O verbo hebraico “Hyh” (avivar), significa “manter vivo” ou “preservar”, mas também tem o sentido de corrigir e purificar.

=> O AVIVAMENTO É MARCADO POR UMA VOLTA PROFUNDA E CONSISTENTE A DEUS

=> É um mover que acontece só com a igreja de Cristo, começa na igreja e deve transcender a comunidade onde ela está.
É um despertar da igreja sonolenta da igreja morna. É revitalizar onde já existe vida.

III. SINAIS QUE INDICAM A NECESSIDADE DE UM AVIVAMENTO

PRECISAMOS DE AVIVAMENTO QUANDO:
1º. PARAMOS DE ORAR

* Nesse sentido, o que se nota é a ausência de cultos e/ou reuniões de oração dentro das igrejas.

* É fato que muitas igrejas estão preocupadas com tantas outras atividades que até esquecem-se da oração.

* É como se pudéssemos resolver os nossos problemas usando forças humanas. É quando damos mais valor ao ativismo religioso e menos à oração.

* Esquecemos da recomendação bíblica que é; “Orai sem cessar” (1Ts 5.17). Daí não temos forças para enfrentar o inimigo. Tornamo-nos vulneráveis aos ataques que ele nos faz.

* Precisamos dar prioridade à oração. “Buscai primeiro o reino dos céus... (Mt 6.33).

PRECISAMOS DE AVIVAMENTO QUANDO:
2º. PERDEMOS O INTERESSE PELA PALAVRA DE DEUS


• Muitos têm contato com a Bíblia, mas não abrem o coração para entender que ela foi inspirada por Deus para que pudéssemos conhecer e obedecer os seus mandamentos e aplicá-los ao tempo em que vivemos.

• Há também um desinteresse pela aplicação da verdade bíblica ao nosso coração e à nossa vida.

É como se a verdade bíblica não tivesse mais o poder de transformar nossas vidas. Até nos esquecemos que ela é para nós uma cobertura especial de Deus, um especial “escudo e broquel” (Sl 91.4).

PRECISAMOS DE AVIVAMENTO QUANDO:
3º. ABANDONAMOS O PRIMEIRO AMOR


* Essa é uma situação antiga. Vem desde os tempos das igrejas espalhadas pela Ásia por ocasião do Apocalipse.

* É a igreja de Éfeso que João se dirige dizendo: “Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor” (Ap 2.4).

* Para que haja um verdadeiro avivamento entre nós, precisamos urgentemente voltar ao primeiro amor.

Amor a Deus, amor ao próximo, amor à obra do Senhor.

Amor à Igreja (Corpo de Cristo).

Amor aos missionários. Amor às almas que estão sem Deus e salvação.

PRECISAMOS DE AVIVAMENTO QUANDO:
4º. NOSSO CORAÇÃO INDICA UM COMPORTAMENTO REBELDE


• Rebeldia! Penso que não há outra palavra que se encaixe melhor para definir nossos dias.

• Igrejas lotadas de rebeldes que nunca se submetem.

• Famílias formadas por rebeldes. Maridos que exigem submissão mais que nunca se submetem a Deus e a ninguém.

• Empregados rebeldes – patrões rebeldes.

• A Bíblia diz: "Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar, como iniqüidade e idolatria." (1 Samuel 15:23).

PRECISAMOS DE AVIVAMENTO QUANDO:
5º. HÁ MAL TESTEMUNHO NO DIA A DIA.

• Precisamos de um avivamento pessoal, quando usamos mal nossa boca.

• Fofocas e murmurações, são algumas indicações de uma boca mal usada.

• Precisamos um avivamento pessoal, ao verificarmos que em nossa vida há mundanismo.

• Envolvimento com jogos, bebedeiras, danças, boate, namoro libidinoso, adultério, fornicação, homossexualismo, etc.

Que o Senhor nos ajude a fim de que experimentemos um verdadeiro avivamento cumprindo assim os propósitos dele para as nossas vidas.

CONCLUSÃO:

Quando precisamos de avivamento

1. Quando nos afastamos da Palavra
2. Quando há divisão no coração entre o sagrado e o profano

3. Quando deixamos a aliança do Senhor

4. Quando o altar do Senhor é derrubado

1. ALGUÉM DISSE:

"Avivamentos são épocas em que os cristãos se despertam para uma vida Cristã mais profunda e espiritual, para uma oração mais fervorosa, para um desejo mais ardente de promover a Causa de Cristo e a Salvação dos pecadores".
Conseqüentemente, são épocas em que os incrédulos também são acordados, para as suas responsabilidades espirituais e os deveres da religião pessoal.

2. SÃO TEMPOS ABENÇOADOS.

Quando o Espírito do Senhor de novo se move sobre a face das águas" (Gn 1:2) e a candura e beleza da nova criação tornam-se visíveis.

FONTE: http://www.webservos.com.br/gospel/estudos/estudos_show.asp?id=4899




##############
#################
######################
########################


AVIVAMENTO PESSOAL

II Cr.7:14





- Sabemos que quando nos convertemos, há um fogo no nosso coração, mas no caminhar, percebemos que alguns vão perdendo o ritmo, vão perdendo o amor, o animo, a alegria, a disposição. Por que precisamos a cada dia renovar nossas forças?

- Avivamento significa ter a vida de Deus transbordando em você. Hoje o que mais a Igreja precisa é continuar uma vida cheia, plena do Espírito de Deus.


- O avivamento é o Espírito de Deus na vida da Igreja, espírito de conquista, espírito de ousadia, de guerra, de cura.


- Quanto mais você buscar a Deus, mais o sobrenatural vai acontecer através de você. Deus quer te encontrar, quer que você seja esse líder que anuncia o avivamento.

- Precisamos ser esses líderes de avivamento, que carregam a vida de Deus para que, em qualquer lugar aonde formos, a unção e a Glória de Deus entrem no ambiente e tragam transformação de vidas.

Para ser um líder de avivamento é preciso:

1. Cultivar espiritualidade

- Quais os passos para o crente viver a benção de um poderoso avivamento? Porque há um processo para que possamos andar plenos, cheios do Espírito Santo. Ninguém pode ser instrumento de Deus na terra de qualquer forma.

- O avivamento começa com UMA PESSOA. Deus não precisa de um batalhão para mudar a história da sua família. Deus precisa de você.

- Homens de avivamento impactaram a sua geração. Líder de avivamento é um líder que sabe se expressar na presença do Senhor.

- A geração de Abraão começou com Isaque, e Deus quer começar o avivamento nessa geração através de você. Quais passos para viver esse avivamento?

1.1. Convicção de pecado

- Se pecar é feio, mais feio é continuar no pecado.

- A história de Charles Finney diz que quando ele saia para pregar em algum lugar, antes dele chegar, a unção já estava lá.

- Os grandes avivamentos tiveram início quando a Igreja começou a refletir sobre santificação, confissão e arrependimento. Sem confissão e arrependimento não há arrependimento. Todo avivamento passa pelo arrependimento. Nossa parte é arrepender-nos. A conquista? O Senhor nos dará.

- Davi foi achado no lugar que ninguém queria estar: detrás das malhadas, o lugar fétido do curral. Mas quando foi achado, foi achado com o coração totalmente rendido ao Senhor e disposto a obedecer ao chamado. E por isso, foi exaltado. Deus não está preocupado com o seu exterior, mas com a motivação do seu coração.

- O pecado nos distancia de Deus. Precisamos de uma vida santa, separada, consagrada. Se você quer ser o líder que onde pisar vai ser lhe dado por herança? Então esteja atento para não pecar. Tem uma coisa que tem prejudicado muita gente: ‘o irmão está pecando, graças a Deus que eu sou santo’. Mas na sua santidade, está falando mal do irmão. Mt.7:1-5 - Enquanto não tirarmos a trave dos nossos olhos o avivamento não virá.

1.2. Confissão de pecados (Renuncia)

- A dor do arrependimento é necessária. Arrependimento sem dor não é arrependimento. O avivamento só virá na nossa vida se nos arrependermos dos nossos erros, abandonarmos os nossos pecados. Ele pode até vir, mas na vida de outra pessoa. É preciso ser honesto consigo mesmo. Não precisa enganar ninguém.

- Um discípulo que tem todos os seus pecados confessados e perdoados, quando ele ora,milagres acontecem. Dt.28:9-12 – todas estas bênçãos te seguirão e te alcançarão.

- Quando você servir ao Senhor de todo o coração, sem preocupar-se com as bênçãos, então Deus vai mover os céus e as bênçãos vão correr atrás de você. Quando menos você esperar, sua bênção vai chegar.

1.3. Entrega total

- Aquilo que você não entrega para Deus, o diabo leva. O que você tem se não servir para servir a Deus, não servirá pra nada. Mas o mínimo que você tiver se for para servir a Deus, terá muito valor.

- Você pode até se considerar uma pessoa sem valor, mas diante de Deus você é muito valioso.

2. Conservar a Chama do Avivamento.

- Muitos foram batizados no Espírito Santo, foram usados tremendamente por Deus, viveram o sobrenatural, mas deixaram isso passar, deixaram se perder; as experiências se tornaram passado.

- Onde estão as experiências do presente? Onde está o avivamento hoje?

- É preciso ter tempo para servir a Deus. Separar tempo para estar com Ele. Organize-se.

- Quem se entrega, derrama sua vida na Presença do Senhor, se torna vaso usado por Deus, transportador da Glória de Deus. Quando este ora, milagres acontecem; aonde ele vai, vidas são transformadas. Busque suas próprias experiências com Deus.

Como conservar a Chama do avivamento?

2.1. Ler a palavra – Js.1:8

- A leitura é fundamental para crescer no avivamento. Tem pessoas passando por lutas terríveis simplesmente por falta de ouvir a voz de Deus.

- Esteja firme no Senhor, firme na Palavra, porque estando firme, você se torna inabalável. A palavra é água viva que passa dentro de nós e nos limpa nos purifica, até se tornar uma fonte a jorrar em nós e através de nós.

2.2. Oração

- Os cristãos primitivos estavam sempre cheios do Espírito Santo; eram discípulos fervorosos. Eles viviam a sua fé. Oravam e agiam.

- A oração divide-se em duas partes: orar e agir. Por isso que o nome é oração – você ora e põe em prática. A oração nos renova a fé e as forças. O crente precisa a cada dia intensificar-se na oração.

- O ministério de Jesus foi baseado na oração. Ele é o nosso modelo. Baseemo-nos também na oração.

2.3. Humildade

- A vida abundante, cheia do Espírito, não é para que você se ache melhor. O único objetivo é que você seja testemunha viva do Céu.

- Ganhar vidas não é privilégio para alguns. É chamada para todos. A humildade abre portas, nos coloca em posições elevadas, mas sempre com temor e tremor.

- Alçamos vôos mais altos, mas com a consciência de que quem nos colocou lá foi o Senhor, e todo honra deve ser dada a Ele. Ef.4:3.

- Se quisermos permanecer no avivamento precisamos alegrar o Espírito Santo, permanecendo firmes na leitura da palavra, na oração e crescendo em humildade. Está escrito que todo aquele que se humilhar diante de Deus será exaltado e se cumprirá a palavra de At.1:8 – receberão poder, serão testemunhas do Céu para levar o avivamento às nações da terra.


FONTE: http://www.renovada12.com.br/site/index.php?option=com_content&view=article&id=925:estudo-para-celula&catid=50:estudo-para-cla&Itemid=230





++++++++++++++
++++++++++++++++
+++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++++