sábado, 18 de junho de 2011



CUIDADO, NÃO DURMA!


Texto base:

"Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e, sim, como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus. Por esta razão, não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual a vontade do Senhor" - Efésios 5:14-17




Introdução:

- Há momentos na vida em que a distração ou a displicência podem ser fatais. Quando queremos alertar alguém para uma realidade que a pessoa não está percebendo, costumamos dizer: "acorda fulano"!

- Espiritualmente falando, em diversos textos bíblicos a Palavra de Deus nos conclama a vigiarmos sem cessar, a estarmos sempre alerta, de prontidão, para não sermos surpreendidos, por alguma situação adversa, ou pelas hostes espirituais do mau.

- O sono espiritual de muitos pode ser a causa dos seus dissabores, sofrimentos e fracassos...

I - "... DESPERTA, TU QUE DORMES, E LEVANTA-TE DENTRE OS MORTOS..."
(v.14)

- Embora as palavras deste texto refiram-se particularmente a pessoas não-regeneradas, que vivem em trevas, no sono e na morte espiritual, o Apóstolo Paulo aqui as está aplicando aos crentes, como advertência para que não voltem a viver a forma pagã de vida, da qual já foram libertos por Jesus Cristo.

- O sono espiritual, ou o retorno aos antigos caminhos, impedem o fluir das bênçãos de Deus e abrem portas para as investidas de satanás, atraindo tristeza, depressão, fracasso e derrota.

- O "sono" é sempre precedido de "cochilos"! No mundo espiritual não podemos sequer cochilar! O caminho da decadência sempre se inicia com pequenos cochilos, com o que se pensa ser algo de somenos importância. As "ninharias espirituais" vão se multiplicando na vida do indivíduo, e não demora ele começa a tolerar os pecados antigos, sendo destruído por eles, perdendo a luz de Cristo em sua vida.

- O caminho para se evitar o "sono" espiritual é achegar-se cada vez mais para perto da luz, que é Cristo Jesus, através o cultivo de uma vida de comunhão diária e estreito relacionamento com Ele.

- A comunhão com Deus será estimulada mediante a leitura da Palavra de Deus (Bíblia Sagrada), através de orações constantes, da participação ativa em uma Igreja, do envolvimento com a obra de Deus, da leitura de bons livros evangélicos, e de músicas sacras.

- Assim procedendo, estaremos evitando o "sono" espiritual e saindo do meio dos mortos...

II - "PORTANTO, VEDE PRUDENTEMENTE COMO ANDAIS, NÃO COMO NÉSCIOS, MAS COMO SÁBIOS..." (v.15)

"Vede prudentemente" significa: "dai grande atenção a".

- Esta palavra é uma recomendação para a forma como devemos andar, a fim de que estejamos sempre alertas, em constante estado de vigilância e preparação espirituais, através da intimidade com Cristo, e da instrução em Cristo.

- Temos que empregar todos os meios espirituais postos à nossa disposição a fim de conservarmos o nível espiritual alcançado, e manter o inimigo à distância.

- O cristão tem a sua vida iluminada por Cristo, e não deve andar de forma insensata, como os "néscios" que não possuem a luz de Cristo.

- Deve vigiar para não trilhar novamente os caminhos vergonhosos do pecado, deve abandonar hábitos e vícios antigos, subjugar todo pensamento maligno e pecaminoso, e crucificar a cada dia os desejos mórbidos da carne.

- É preciso estar em permanente sintonia e comunhão com o Espírito Santo, para agir com sabedoria e tomar decisões acertadas a qualquer tempo. Aquele que espiritualmente está desperto, não cochilando ou dormindo, nunca será apanhado de surpresa pelo inimigo, e estará sempre capacitado a discernir e tomar decisões acertadas, mesmo nas situações mais difíceis.

III - "REMINDO O TEMPO, PORQUE OS DIAS SÃO MAUS." (v.16)

- Remir o tempo significa: usar bem cada oportunidade.

"... porque os dias são maus" indicam condições desfavoráveis para o testemunho cristão. Contudo, o aviltamento da sociedade contemporânea não serve de desculpa para relaxamento de nossa parte, ou para aquiescermos em rebaixar nossos padrões morais; antes, é motivo para uma maior intensidade na manutenção imaculada do ideal cristão.

- Cada momento é precioso, e precisa ser apropriadamente aproveitado.

- Nós fomos chamados para vivermos uma vida de santidade, de piedade, mesmo em meio a um mundo dominado pela malignidade. Este é o preço que temos que pagar para vivermos a vida abundante que Cristo nos oferece! Precisamos nos esforçar, mas vale a pena!

- Nos dias de hoje, no mundo aí fora, mais que no passado, os dias são maus, e vão de mau a pior! Porém, dentro do Reino de Deus, que é onde espiritualmente nós estamos, todos os dias são dias bons! Aleluia! Para quem vive de acordo com os padrões e ditames do reino de Deus, a vida é bela e vale a pena ser vivida! A cada dia vamos sendo conduzidos pelo Senhor de bênção em bênção, de triunfo em triunfo, de vitória em vitória!

IV - "...PROCURAI COMPREENDER QUAL A VONTADE DO SENHOR." (v.17)

- Os dias atuais são caracterizados como dias realmente muito maus, difíceis de serem vividos... Os padrões morais baixaram a níveis intoleráveis.

- Hoje, em nome da liberdade e da tolerância "vale-tudo", ou quase tudo! Mas nós que somos iluminados por Deus não podemos viver de forma insensata. Precisamos viver de acordo com a Palavra de Deus para fazermos a diferença em meio a este mundo vil. O cristão não pode viver com sentidos secundários como "tolo", "imbecilizado", "desequilibrado" ou até mesmo "bestializado". Precisamos ter inteligência moral, aguçar o nosso sensor moral, exercitar sempre e ao máximo o nosso discernimento espiritual a fim de procurarmos compreender qual a vontade do Senhor em cada situação, e nos dispormos a fazer a vontade do Senhor, ainda que implique em virmos a ser incompreendidos ou até mesmo perseguidos.

A consagração do crente, o seu diferenciado comportamento moral, e a sua sabedoria na tomada de decisões servirão:

a) de bênçãos para a vida do próprio;

b) para demonstrar às pessoas do mundo que a vontade de Deus é "boa, agradável e perfeita" (Rm 12:1-2)

c) para exaltar e glorificar o nome de Deus, e motivar outras pessoas a desejarem o reino...

De acordo com Romanos 12:1-2, para compreendermos qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus, temos que renovar a nossa mente. E a renovação da mente se dá quando abandonamos as velhas fórmulas, padrões e conceitos do mundo, e adotamos os ditames da Palavra de Deus.

A vontade de Deus é um princípio que a tudo inclui. Aplica-se a todos os aspectos da vida e à vida inteira. Tudo quanto fazemos, se está de conformidade com a vontade de Deus, faz parte integrante da vontade d´Êle. Portanto, não podemos dividir a nossa vida em categorias como "religioso" e "secular". Pelo contrário, para o crente tudo é espiritual, já que o homem é um ser espiritual, a despeito de estar temporariamente aprisionado em um corpo físico.

CONCLUSÃO

O Senhor Jesus fez ao seu povo a promessa: "Eu vim para dar-vos vida, e vida abundante"! Todo aquele que não vive espiritualmente se distraindo, cochilando ou dormindo, antes vigia e hora, e busca fazer realmente a vontade do Senhor com certeza está vivendo e viverá sempre, de bênção em bênção, de triunfo em triunfo, de vitória em vitória!

Os dias são maus, e o mundo vai indo de mau a pior! Procure remir o tempo, e viver sabiamente cada dia, buscando sempre a direção de Deus e a vontade de Deus para a sua vida, em toda decisão que tiver que tomar. Este é o caminho da bênção e da vitória!

AUTOR: Edemar Vitorino
FONTE: http://www.instituteffl.com/moodle/mod/resource/view.php?id=896





++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++++++++