segunda-feira, 11 de abril de 2011


ENFRENTANDO

OS OPOSITORES



- Durante cinco semanas Deus nos conduzirá em uma série de mensagens intitulada PREPARANDO A MUDANÇA.

- À luz do livro bíblico de Neemias, aprenderemos os princípios que nos fortalecerão nos preparativos da mudança para a nossa nova Sede própria

– “o lugar dos nossos sonhos”. Para auxiliar esse estudo, recomendamos a leitura do livro A TRANSIÇÃO – Dan Southerland – Ed. VIDA.

PENSANDO EM MUDANÇAS

VOCÊR JÁ FEZ MUDANÇAS? MUDAR NÃO É FÁCIL MUDAR EXIGE RENÚNCIA MUDAR GERA DESCONFORTO INICIAL MUDAR EXIGE CORAGEM MUDAR EXIGE FÉ

No entanto,

PARA CRESCER É PRECISO MUDAR PARA AMADURECER É PRECISO MUDAR PARA MELHORAR É PRECISO MUDAR MUDAR É PRECISO.

Fazendo um exercício - “Dividam-se em pares. Olhem para o seu par por alguns segundos. Fiquem de costas um para o outro e mudem duas coisas em sua aparência”. Como dá para imaginar, a princípio ninguém se mexe. Depois, as pessoas começam a tirar os óculos, anéis, tirar a caneta do bolso etc. “Voltem a ficar de frente e vejam se identificam as mudanças”.

2ª fase do exercício: “Virem-se de costas de novo e mudem mais três coisas em sua aparência”. Agora as pessoas precisam pensar mais. Tiram a camisa de dentro da calça, dobram as mangas, abaixam as meias no tornozelo. E tornam a olhar de frente e a identificar as mudanças. Na terceira fase, digo: “Façam isso mais uma vez!”. As pessoas começam a murmurar e a reclamar, então eu digo: “Estou brincando. Por favor, sentem-se”.

- Além de ser um bom quebra-gelo, o exercício mostra como as pessoas reagem às mudanças:

- Elas não agüentam muitas mudanças. Poderiam fazer outras mudanças na aparência, mas estavam cansadas de mudar.

- Elas se sentem constrangidas quando solicitadas a fazer algo novo. A maioria fica um pouco embaraçada quando alguém lhe pede para mudar. Toda mudança é um novo território.

- Elas pensam primeiro naquilo de que precisam abrir mão. Geralmente as pessoas começam tirando as coisas. A mudança nos faz pensar naquilo que perdemos.

- Elas se sentem sozinhas quando têm de mudar. Embora não tenham sido instruídas a fazer o exercício sozinhas, nunca vi ninguém pedir ajuda. A mudança costuma nos isolar e nos faz pensar que somos os únicos a sofrê-la.

- Cada pessoa sente a mudança de um jeito. Algumas pessoas adoram esse exercício, enquanto outras o odeiam.

- Costumam retornar ao antigo comportamento assim que o motivo para mudar deixar de existir. Assim que o exercício acaba, todas as pessoas do grupo recolocam suas jóias, voltam a enfiar a camisa para dentro da calça, a desdobrar as mangas, a pentear os cabelos.

- Se há tanta resistência por causa de um simples exercício, imagine o que acontece na vida real e nas transições dentro da igreja.

- Quero retomar a história de Neemias, no Antigo Testamento. Se há alguém que não deveria encontrar nenhuma resistência, esse alguém era Neemias. Ele estava tentando reconstruir um muro que tornaria Jerusalém um lugar mais seguro para os seus habitantes. Essa reconstrução permitiria que as pessoas voltassem a adorar no Templo, sem medo dos seus inimigos. Reconquistaria um pouco da glória perdida da cidade. Todo mundo ali devia estar feliz com a visão de Neemias, não é? Mas, não foi assim.

- Todo mundo que tenta fazer algo para Deus enfrenta algum tipo de oposição.

- Há sempre oposição quando se quer conduzir a igreja para uma mudança ou simplesmente uma transição.

- Opõem-se aqueles que não entendem a mudança, aqueles que a entendem, mas não gostam da idéia, aqueles em cujo reino vamos mexer e aqueles que simplesmente gostam de contrariar.

- O capítulo 4 de Neemias apresenta as táticas dos oponentes, os efeitos dessa oposição e a reação correta do servo de Deus.

AS TÁTICAS DOS OPONENTES

- Quando Sambalate soube que estávamos reconstruindo o muro, ficou furioso. Ridicularizou os judeus 2 e, na presença de seus compatriotas e dos poderosos de Samaria, disse: "O que aqueles frágeis judeus estão fazendo? Será que vão restaurar o seu muro? Irão oferecer sacrifícios? Irão terminar a obra num só dia? Será que vão conseguir ressuscitar pedras de construção daqueles montes de entulho e de pedras queimadas?" 3 Tobias, o amonita, que estava ao seu lado, completou: "Pois que construam! Basta que uma raposa suba lá, para que esse muro de pedras desabe!" 4.1-3

- Ridicularização - Sambalate, furioso, zombou, debochou os judeus. O mundo, usado por Satanás, zomba de nós, nos chama de fracos, ignorantes e fanáticos.

- Alguns em Jacareí talvez digam: “aquela igreja comprou um terreno tão grande, e vão colocar uma tenda ali?”. Eles são como todos os outros: heréticos, manipuladores, falsos profetas.

- Quando alguém nos ridiculariza é porque tem medo do nosso triunfo. Sambalate disse: “aqueles frágeis judeus”. “Irão terminar a obra num só dia?”. Insinuações, exageros – é a tática do escárnio.

- Crítica - O escárnio é contagioso. Toda vez que alguém começa a ridicularizar, sempre há alguém que o segue.

- Tobias disse: “Mesmo que consigam construir o muro, ele não vai durar”. Algumas pessoas farão críticas.

- Ex: uma família voltava para casa, após o culto, criticando o sermão do pastor. O pai disse: “o sermão foi muito longo”. A mãe disse: “a música foi chata”. O filho adolescente disse: “tudo foi longo e chato”. Por fim, a criança de cinco anos falou: “Pelo preço de um dólar, o espetáculo estava mais do que bom”.

- Conspiração

- Sambalate agitou os descontentes(v.8) para atacar Jerusalém e fazer confusão.

- Sambalate e os samaritanos ao norte, os árabes ao sul, Tobias e os amonitas ao leste e os homens de Asdode ao oeste, cercando os judeus. Percebe como pessoas negativistas tendem a se juntar? E o verso 11 diz que eles tentaram se infiltrar.

- Às vezes o pior inimigo está do lado de dentro. Satanás se transforma em anjo de luz.

- Sempre seremos criticados. Você será criticado de qualquer maneira, pois que seja por fazer a coisa certa, fazer a vontade de Deus.

Três verdades que tenho aprendido a respeito disso:

- Não se pode agradar a todos. Se Jesus não conseguiu, não somos nós que conseguiremos.

- Não se pode agradar alguém o tempo todo. Qualquer um que já ficou casado por mais de cinco minutos sabe disso.

- Você pode agradar a Deus. Ele é muito mais fácil de agradar que as pessoas.

- Nós aqui na PIB decidimos a quem queremos agradar!

OS EFEITOS DAS HOSTILIDADES

- Enquanto isso, o povo de Judá começou a dizer: "Os trabalhadores já não têm mais forças e ainda há muito entulho.

- Por nós mesmos não conseguiremos reconstruir o muro". E os nossos inimigos diziam: "Antes que descubram qualquer coisa ou nos vejam, estaremos bem ali no meio deles; vamos matá-los e acabar com o trabalho deles". 4.10-11

- Quando alguém está trabalhando duro e descobre que está sendo bombardeado com escárnio, rumores e resistência, o natural é que comece a se sentir desanimado.

O desânimo tem quatro causas principais:

Fadiga - “os trabalhadores já não têm mais forças”.

- Um corpo cansado pode causar um espírito esgotado e desalentado. Descanse sempre que puder, para evitar esse imobilizador de projetos.

Frustração - “e ainda há muito entulho”. Na realidade os montes de escombros vão diminuindo, mas se continuarmos olhando escombros, isto é arrasador. Se seguirmos em frente, poderemos vencer.

Fracasso - “Por nós mesmos não conseguiremos reconstruir o muro”.

- Quando você está esgotado, tudo parece impossível. Vice Lombardi disse: “A fadiga nos converte em covardes”.

Medo - “E os nosso inimigos diziam: “Antes que descubram qualquer coisa ou nos vejam, estaremos bem ali no meio deles; vamos matá-los”.

- Uma das táticas principais do inimigo consiste em induzir ao medo.

- Na madrugada do dia 03 de julho de 2009, Deus me deu esta palavra: “Não tenha medo, tão somente creia” (Mc 5.36). Neste mesmo dia Deus mostrou a linda área na Av. Getúlio Vargas, e cinco dias depois a PIB ganhava a licitação da Petrobrás.

A RESPOSTA CORRETA AOS OPOSITORES

CONFIE EM DEUS

- Ouve-nos, ó Deus, pois estamos sendo desprezados. Faze cair sobre eles a zombaria. E sejam eles levados prisioneiros como despojo para outra terra. 5 Não perdoes os seus pecados nem apagues as suas maldades, pois provocaram a tua ira diante dos construtores. 4. 4-5

- Neemias orou. Essa foi a sua primeira reação. A crítica e a oposição sempre nos levam para algum lugar. Se for para mais perto de Deus, melhoramos. Se for para longe de Deus, ficaremos mais amargurados. A escolha é sua!

- Se alguém está ridicularizando você, não a enfrente, não se rebaixe, discutindo com ela. Apóie-se em Deus e ore. Quanto maior a hostilidade, mais você precisa confiar em Deus. A oração é a sua grande aliada quando atacam você.

- Ore e continue fazendo o que deve ser feito. O escárnio nunca poderá deter o que você está fazendo, a menos que você permita.

- Quando Sambalate e seus comparsas descobriram que o povo não estava prestando atenção em suas zombarias, conspiraram para combater Jerusalém.

- Quando acontecer algo assim com você, leve o fato a Deus. Deixe que seja ele quem dê a força necessária para você terminar o que começou. Neemias, Paulo, Jesus, e tantos outros, priorizaram a oração, e venceram.

CONTINUE TRABALHANDO

- Nesse meio tempo fomos reconstruindo o muro, até que em toda a sua extensão chegamos à metade da sua altura, pois o povo estava totalmente dedicado ao trabalho. 4.6

- Um dos perigos reais da oposição é que ela pode imobilizá-lo. Quando a pessoa desanima tende a reduzir os esforços; é um fato da vida. Se ficarmos desanimados e deprimidos por muito tempo, podemos acabar abandonando tudo completamente.

- Por isso, não pare de trabalhar quando deparar com a oposição. Mesmo quando as críticas estavam no auge, Neemias continuou trabalhando. Ele não permitiu que isso o distraísse.

- Se o inimigo perceber que você pára sempre que uma nuvem ameaçadora se aproxima, ele deixará o seu céu sempre bastante carregado para imobilizá-lo.

- Resista. Continue trabalhando. Mas nós oramos ao nosso Deus e colocamos guardas de dia e de noite para proteger-nos deles. 4.9

- Graças ao exemplo de Neemias, todo o povo de Deus havia começado a orar. Então, puseram guarda. Vigilância 24 horas e um sistema de segurança.

- Além de orar, mantenha-se vigilante. Jesus disse: “vigiai e orai”. E “sejam astutos como as serpentes e sem malícia como as pombas”(Mt 10.16).

- Se você acha que já venceu e que a oposição se dispersou e fugiu, pense duas vezes.

- Os lobos raramente abandonam a área. Eles continuam ali, rondando à espreita na escuridão, esperando você dormir no posto. É por isso que Neemias baixou um decreto:

- Cada um de vocês e o seu ajudante devem ficar à noite em Jerusalém, para que possam servir de guarda à noite e trabalhar durante o dia. 4.22b

- Neemias e os habitantes de Jerusalém trabalhavam dia e noite sem parar. Eles não tinham um exército. Então Neemias transformou a cidade toda num acampamento armado e todos faziam duas coisas: trabalhar e carregar arma.

- Cada vez que começamos a estabelecer algo para Deus, estamos buscando uma batalha.

- Se é o caso de reerguer seu casamento, sua vida espiritual ou mesmo uma igreja, você está procurando briga.

- Satanás vai de encontro a tudo o que Deus abençoa. Ele usa pessoas para nos fazer oposição. Por isso, precisamos edificar e lutar ao mesmo tempo.

- Mas não lute e trabalhe sozinho. Veja o verso 13, do cap. 4:

- Por isso posicionei alguns do povo atrás dos pontos mais baixos do muro, nos lugares abertos, divididos por famílias, armados de espadas, lanças e arcos. 4.13

- Por que você acha que Neemias foi estabelecendo o povo em pequenos grupos familiares?

- Quando estão nos atacando, precisamos de apoio, mais do que em qualquer outro momento. Esse é um dos benefícios dos pequenos grupos. Somos menos vulneráveis aos ataques de Satanás. Deus nunca quis que andássemos sozinhos. Nos PGs há apoio e conforto.

- Nunca lute sozinho. Cada vez que enfrentar a oposição, busque apoio. Esta é uma das razões pelas quais existe a igreja. Este mundo é duro, e para nós cristãos, é bem difícil mesmo.

- O mundo dos negócios é duro. É difícil ser cristão na escola. É difícil ter atitudes cristãs numa sociedade que diz: “Não! Não viva para Cristo, viva para você mesmo!”

(Ex: professor que zombou do artigo da Folha de SP do dia 14/06/10, escrito por profa de psiquitria da UNIFESP, sobre “guerreiros, álcool e adolescentes”).

REAFIRME AS PROMESSAS DE DEUS

- Fiz uma rápida inspeção e imediatamente disse aos nobres, aos oficiais e ao restante do povo: Não tenham medo deles.

- Lembrem-se de que o Senhor é grande e temível, e lutem por seus irmãos, por seus filhos e por suas filhas, por suas mulheres e por suas casas. 4.14

- Neemias tinha plena convicção do Deus das promessas e das promessas de Deus. E ele reafirmou isso no momento da maior dificuldade.

- Quando Elias enfrentou um verdadeiro exército de oposição, ele respondeu: “Não tenha medo. Aqueles que estão conosco são mais numerosos do que eles” (2 Rs 6.16).

- Neemias reuniu os seus. Aliviou seus temores, reforçou sua confiança e lhes levantou o moral. Essa é a tarefa do líder.

- Quando seu negócio, sua família ou sua igreja estão sob ataque, sua tarefa como líder consiste em dar novas forças a seu povo. Levante-os! Encoraje-os e mantenha-se na luta. Diga que Deus está do seu lado. Não tenha medo!

- Ele não disse: “Lembrem-se da nossa derrota ou do nosso exílio na Babilônia”.

- O que ele disse foi: “Lembrem-se do Senhor!”. Sua mensagem foi: “Olhem para o futuro. Deus é nossa esperança!

- Tiremos nossos olhos dos nossos inimigos para colocá-los no Senhor, nosso vencedor”.

- Você pode escolher: focar a oposição, ou a Deus. Você pode focar sua situação financeira, ou o Senhor. Pode focar os juros altos, ou o Pai. Pode focar a economia flutuante, ou o Rei do Universo. O que você vai escolher?

- Lembre-se de como Deus é. Ele é grande, maravilhoso. Se você teme a Deus e reconhece o seu poder, então você não teme mais nada.

- Que meta ou sonho o inimigo quer que você abandone? Em qual área ele está sussurrando em seu ouvido: “Abandona! Nunca você vai conseguir nada?”

- Será o esforço de ler a Bíblia toda em um ano?

- A realização no ministério?

- O sonho do casamento?

- Reafirme as promessas de Deus. Não se dê por vencido!

CONCLUSÃO

- Há uma lei da física que diz que todo objeto que se move encontra resistência.

- O único objeto que não encontra nenhuma resistência é o que se encontra estacionário.

- Se você está fazendo algo que tenha importância nesse mundo, alguém irá lhe fazer oposição.

- Não desista diante da oposição.

- Lembre-se do que Tiago disse sobre a perseverança: Queridos irmãos, a vida de vocês está cheia de dificuldades e de tentações? Então, sintam-se felizes, porque quando o caminho é áspero, a perseverança de vocês tem uma oportunidade de crescer. Portanto, deixem-na crescer, e não procurem desviar-se dos seus problemas. Porque quando a perseverança de vocês estiver afinal plenamente crescida, vocês estarão preparados para qualquer coisa, e serão fortes de caráter, íntegros e perfeitos. Tg 1.2-4 BV

ORAÇÃO

“Pai Celestial, tu dizes em tua Palavra que não devemos ignorar as maquinações de Satanás. Admitimos que a fonte desta hostilidade é o Diabo, a antiga serpente. Sabemos que ele quer nos ridicularizar e nos desanimar. Ele usa rumores e outras ferramentas do seu arsenal para nos abater. Senhor, quando estivermos desalentados, seja por fadiga, frustração, por algum fracasso ou medo, ajuda-nos a reconhecer a causa. Ajuda-nos a confiar em Ti e a nos apoiar somente em Ti. Ajuda-nos a ver as oposições como um privilégio, pois nos permitem compartilhar teus sofrimentos. Ajuda-nos a renovar e encorajar as pessoas que nos rodeiam. E, sobretudo, ajuda-nos a nunca nos rendermos...porque o fazemos por Jesus, em nome de quem oramos. Amém!



AUTOR: Pr. Luiz Sanches / Pastor Sênior






+++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++