segunda-feira, 21 de março de 2011


Perseverar Até o Fim

Hebreus 12:1-8


- O capitulo 11 de Hebreus fala sobre os heróis da fé. No capítulo 12 ele diz que os que viveram pela fé são como uma nuvem de testemunhas, uma multidão de pessoas que atesta que vale a pena a vida com Deus.

- Figuradamente é como se elas estivessem em um estágio torcendo por nós, gritando encorajando-nos a continuar, pois a vitória é certa.

Alguns aspectos importantes desta corrida:

1. Livrar-nos de Tudo que nos Atrapalha. (V. 1)

a) Na corrida da fé há coisas que nos atrapalham... (II Tm 2:4)

b) Precisamos descartar tudo o que possa impedir nossa vida cristã...

c) Nem sempre é o pecado que atrapalha: pessoas, bens, trabalho, coisas importantes.

2. Livrar-nos do Pecado que nos Rodeia. (V.1)

a) Estamos rodeados pelo pecado. Ex: Caim (Gn 4:7)

b) O pecado está sempre nos ameaçando com insistência..

c) O pecado não da trégua. Se você dormir no ponto, você cairá.

3. Correr com Perseverança. (V. 1)

a) Precisamos correr, não apenas andar, isso significa empenho consciente, esforço, disciplina de vida, determinação...

b) Não desistir. Muitos começam bem mas poucos acabam bem. (Mt 22:14; 24:11,12). Ex: Reprovados: Saul, Jonas, Judas... Ex Aprovados: Davi, Pedro, Paulo...

c) “Quase fim, ainda não é fim”...

4. A Carreira que nos Está Proposta. (V.1)

a) Há uma corrida que já foi proposta.

b) A vida cristã requer verdadeiro envolvimento e compromisso com Deus.
c) Jesus diz que a proposta da vida cristã é uma corrida que deve ser vencida. (Ap 7:11,17,26; 3:5,12, 21)

5. É Preciso Olhar Firmemente para Jesus Cristo o Autor e Consumador da Fé. (V.2)

a) Só podemos vencer se olharmos para Jesus... (v.2)

b) Se olharmos para os lados ou para as “ondas” sucumbiremos. Ex: Pedro – (Mt 14:30)

c) Muitos desistem da carreira cristã porque olham para o mundo, “o vento” as ondas...

6. Suportar Tudo pelo que Está Proposto para Nós. (V. 2)

a) Jesus suportou tudo o que enfrentou, porque havia algo maravilhoso prometido a Ele; alegria imensa depois da cruz.

b) Há uma coroa para ser alcançada, mas somente por meio da cruz se chega lá. “Através da cruz até a coroa”. (II Tm 4:7,8; Ap 2:10).

c) A glória eterna á alcançada pela cruz.

7. É Preciso Desprezar a Vergonha”. (V.2)

a) Há pessoas que temem serem conhecidas como cristãs. (Mt 10:32,33)

b) Cristo foi exposto à vergonha pública, porém, ficou firme, porque sabia que lhe esperava um trono à direita do Pai.

c) Não tenha vergonha de Jesus. (Lc 9:26)

8. Para Não Cansar, é Preciso Pensar em Cristo Sempre. (V.3)

a) O Espírito Santo nos convida a pensarmos sempre em Cristo...

b) Olhar para Cristo significa ter uma vida diária com Deus...

c) Muitos se dizem cristãos, mas não andam com Deus

9. Resistir Até ao Sangue. (V. 4)

a) Quando somos assediados, devemos oferecer resistência.

b) Muitos caem em pecado porque não tem vida com Deus...

c) Para vencer o pecado é preciso ter a mente ocupada com coisas de Deus. (Fl 4:8)

10. É Preciso Aceitar a Disciplina. (Vs. 5,6)

a) Deus disciplina àqueles que ama. (v.6)

b) Deus só disciplina os seus filhos legítimos. (v. 6-8)...

c) Se quisermos andar no amor de Deus, devemos aceitar Sua disciplina...

“Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e inabaláveis, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que no Senhor, o vosso trabalho não é vão.” (I Cor 15:58)

“Aquele que perseverar até o fim será salvo”. (Mt 24:13)


Fonte:
http://www.pibmarilia.org.br/sermoes.php?ida6_sermoes=89





++++++++++++++++

++++++++++++++++++

++++++++++++++++++

++++++++++++++++++

++++++++++++++++



Príncipes de Deus,
e Não Gafanhotos

Números 13:1-3; 25; 14:1-10; 21-34


- No mundo inteiro, a águia é símbolo de nobreza...

- A águia é forte, viva, corajosa, vencedora, símbolo daqueles que esperam no Senhor. (Sl. 103:5; Is. 40:28-31).

- O povo de Deus é um povo forte, guerreiro, vencedor, que triunfa sobre as tempestades; é um povo que não retrocede diante dos problemas, não teme o perigo, nem se intimida com ameaças do adversário.

- É um povo que marcha altaneiramente, segundo as leis do céu, rompendo barreiras, grilhões, conquistando em nome do Senhor Deus.

É preocupante ver que existem cristãos, hoje, vivendo abaixo do projeto divino; fracos; tímidos; impotentes, dominados pelo medo, vencidos, cabisbaixo, derrotados e tristes, vivendo dominados pelo complexo de inferioridade, esmagados pela auto-estima baixa, com a auto-imagem achatada...

• Há pessoas que são como os dez espias de Israel, eles eram príncipes, nobres, porém com uma visão errada sobre Deus e seu poder...

• Na hora do relatório eles contaminaram todo o arraial de Israel com seu pessimismo, e todos se rebelaram contra Moisés e contra Deus.

• Toda aquela multidão perambulou 40 anos no deserto, porque deu ouvidos à voz dos “arautos do Caos” e não às promessas de Deus, que é fiel.

Tem gente na igreja, vivendo assim hoje, vencidos não pelo gigante das circunstâncias, mas pelo gigante de seus sentimentos; achando que nada vai dar certo, parecendo a galinha d’angola: “Tô fraco, To fraco, To fraco”. Em números 13 e 14 vemos o que produz esta síndrome de gafanhoto.

1. Os Sintomas da Síndrome de Gafanhoto.

a) Senso de fraqueza: “Não podemos subir...”. (Nm 13:31)

b) Complexo de inferioridade: “... porque é mais forte do que nós”. (Nm 13:31)

c) Arautos do Caos: “E diante dos filhos de Israel infamaram a terra”. (Nm 13:32)

d) Fraca auto-estima: “... éramos aos nossos próprios olhos como gafanhotos...” (Nm 13:33)

e) Visão distorcida da realidade. “... éramos gafanhotos aos seus olhos.” (Nm 13:33)

2. Os Efeitos da Síndrome de Gafanhoto.

a) Induz o povo ao desespero - “... e o povo chorou aquela noite” (Nm 14:1)

b) Induz o povo murmuração - “Todas os filhos de Israel murmuraram”. (Nm 14:2)

c) Induz o povo à ingratidão“... antes tivéssemos morrido no Egito”. (Nm 14:2)

d) Induz o povo a insultar Deus“E porque nos traz o Senhor a esta terra, para cairmos à espada”. (Nm 14:13)

e) Induz o povo a apostasia“Não nos seria melhor voltarmos para o Egito?”. (Nm 14:3)

f) Induz a amotinação“Levantemos um para nosso capitão, e voltemos para o Egito”. (Nm 14:4).

g) Induz à rebeldia contra Deus“Tão somente não sejais rebeldes contra o Senhor...” (Nm 14:9)

h) Induz ao medo do inimigo“... e não temais o povo dessa terra...”. (Nm 14:9)

i) Induz a perseguição contra a liderança instituída por Deus“... toda a congregação disse que os apedrejassem”. (Nm 14:10). Não queriam mudar de vida e, por isso, queriam mudar de líderes.

3. O Que Fazer Quando se Constata que o Povo Está Afetado pela Síndrome de Gafanhoto?

a) Quebrantamento diante de Deus“Então Moisés e Arão caíram sobre os seus rostos ...”, e Josué e Calebe rasgaram as suas vestes”... (Nm 14:5,6)

b) Firmar-se nas promessas infalíveis da Palavra de Deus“A terra que passamos a espiar é terra muitíssimo boa”. (Nm 14:7)

c) Conhecer as estratégias de Deus para a vitória - “Se o Senhor se agradar de nós...”. (Nm 14:8)

d) O Senhor está conosco, não temais. (Nm 14:9)

4. Como Deus Trata a Questão da Síndrome de Gafanhoto no Meio do Seu Povo.

a) Deus traz livramento aos fiéis. (Nm 14:10)

b) Deus ficou triste com a incredulidade. (Nm 14:11)

c) Deus perdoa o povo em resposta à oração. (Nm 14:20)

d) Deus não retira as conseqüências do pecado. (Nm 14:21-23)

e) Eles viram a glória e os prodígios de Deus, mesmo assim, puseram Deus à prova dez vezes. (Nm 14:22).

f) Eles não obedeceram a Deus. (Nm 14:22)

g) Tiveram que perambular pelo deserto 40 anos (um ano por um dia). (Nm 14:34)

h) Não receberam o que desprezaram... (Nm 14:31)

i) Vocês terão o que desejaram: morrer no deserto. (Nm 14:31)

j) Deus galardoa os que crêem em sua palavra (Nm 14:24)

Somos Príncipes e não gafanhotos: É hora de tapar os ouvidos às vozes do pessimismo, e caminharmos com santa ousadia para uma vida de vitória.

• Você não é o que pensa que é...

• Você não é o que as pessoas dizem que você é ... Reaja; faça o que a mãe de Thomaz Edison fez quando a professora foi devolve-lo dizendo que ele era incapaz de aprender...

• Você é o que Deus diz que você é. Somos eleitos e amados por Deus desde os tempos eternos.

- Somos chamados com santa vocação.

- Somos regenerados, selados, habitados pelo Espírito Santo.

- Somos remidos e comprados pelo sangue do cordeiro.

- Somos propriedade exclusiva de Deus. Somos filhos do Rei...

- Somos herdeiros de Deus, herança de Deus, embaixadores de Deus, a menina dos olhos de Deus.

- Somos corpo de Cristo, ramos da videira verdadeira, noiva do cordeiro, o povo mais que vencedor.

- Somos príncipes e não gafanhotos.


Fonte:
http://www.pibmarilia.org.br/sermoes.php?ida6_sermoes=86




===============

================

=================

===================