quarta-feira, 16 de março de 2011


EXPECTATIVAS

PELAS COISAS

QUE OCORRERÃO

AO MUNDO



INTRODUÇÃO:


Texto bíblico principal: Lucas 21:25-28


1. Jesus Cristo falou das condições climáticas e geológicas nos dias que antecedem à Sua vinda à terra nas nuvens com poder e grande glória.
2. Jesus Cristo abordou o assunto dos desastres e tragédias naturais como um aviso do tempo do fim da história terrestre.

3. Jesus Cristo desejava chamar a atenção de todo o mundo para o espetáculo de Sua vinda que teria a finalidade de libertar os salvos da tirania do pecado.

Destacamos algumas verdades profetizadas por Jesus Cristo em Lucas 21:25-28 sobre os últimos acontecimentos antes de Sua vinda:

I. OS SINAIS PROVOCAM ANGÚSTIA NAS PESSOAS – Lucas 21:25

1. Os sinais referentes à segunda vinda de Cristo acontecem no espaço sideral e marítimo. Estão por toda parte, nos noticiários, jornais e na “boca do povo”; só não vê quem não quer.

2. Os sinais que antecedem à segunda vinda de Cristo, ao invés de trazer esperança ao mundo, trazem angústia: uma forma de insegurança ou emoção forte que precede a algo. O desconhecimento ou incredulidade quanto as palavras de Cristo leva ao desespero diante dos sinais que já estão por toda parte.

3. Os sinais indicam a todos, pobres e ricos, livres e escravos, negros e brancos, orientais e ocidentais, que um fim está próximo; e, por não terem assimilado as informações bíblicas, ficam angustiados.

II. OS SINAIS DEIXAM AS PESSOAS PERPLEXAS E ATERRORIZADAS – Lucas 21:25-26

1. Os sinais de alerta de Deus são desconhecidos às nações do mundo inteiro. O bramido do mar e das ondas (Tsunami) só está causando terrores à população mundial.

2. Os sinais deveriam apontar para a vinda de Jesus, mas o analfabetismo bíblico desvia as pessoas ao espanto, hesitação e à falta de atitude. Os sinais de esperança causam terror nos desavisados!

3. Os sinais preditos por Cristo cerca de 2000 anos atrás deveriam ser bem conhecidos, seu significado deveria ser bem divulgado, seus objetivos deveriam ser pregados a todas as nações. As pessoas precisam saber que Jesus vai voltar; sem essa informação, a humanidade cairá num desespero em massa.

III. OS SINAIS DEVEM ALERTAR AOS CRISTÃOS – Lucas 21:27-28

1. Os sinais que produzem angústias, perplexidades e terrores no mundo inteiro apontam à maior expectativa das pessoas que aguardam a redenção (libertação deste mundo de pecado).

2. Os sinais que assustam a maioria devem levantar a cabeça da minoria para ver o Filho do Homem, que virá numa nuvem, com poder e grande glória.

3. Os sinais que destroem trazem esperança, pois os que conhecem e crêem nas palavras de Cristo sabem que o fim trará um novo começo: Jesus tirará os salvos deste mundo e os colocará num lugar seguro, no Céu (Filipenses 3:20-21).

CONCLUSÃO:

1. Jesus disse: “Quando estas coisas (sinais que farão as pessoas desmaiarem de terror) começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima” (Lucas 21:28). Diante de todos os desastres naturais, terremotos, enchentes, tsunami (maremotos), aquecimento global, derretimento das geleiras só podemos aguardar para qualquer momento o “Filho do homem (Jesus) vindo numa nuvem, com poder e grande glória” (Lucas 21:27).

2. Jesus deseja que todos se preparem para a Sua vinda, mas a maioria se preocupará em se ver livres dos sinais, por não acreditarem na Bíblia. Hoje há muita angústia e terror entre as nações mais do que em qualquer outra época, as pessoas estão como que desmaiando de terror ao considerarem o que está acontecendo atualmente no mundo e o que ainda poderá acontecer.

3. Jesus deixou duas ordens a toda a humanidade referente aos sinais dos últimos dias, aplique-as e viva com alegria a maior expectativa Universal – a segunda vinda de Jesus. As duas ordens de Jesus a você são:

§ “Olhai para cima”: Observe, Jesus pode vir a qualquer instante. Se prepare enquanto é tempo.

§ “Levantai a cabeça”: Fique atento a tudo e ande confiante e exultante na promessa de Jesus.


AUTOR: Pr. Heber Toth Armí
FONTE:
http://portal-biblico.blogspot.com/




==================

==================

==================

==================



Os perigos do deserto.

O QUE O DESERTO
PODE NOS TRAZER?

Êxodo 17.1-7


- Vivemos os últimos dias como igreja aqui na terra, e esses últimos dias Jesus disse que seriam dias difíceis, de dor para a igreja, dias de escândalos, onde o Senhor disse que pela multiplicação do pecado o amor de muitos esfriaria.

- É no deserto onde as pessoas se revelam se mostram realmente quem elas são, passamos a conhecê-las melhores, é lá que seu caráter é forjado ou manifestado.

1. Verso 1e 2. 1º PERIGO: Insubmissão às autoridades constituídas por Deus.

· Falta de respeito, de disciplina, consideração.

· Não conseguem controlar sua língua, suas emoções (em meio ao deserto).

· Quem é o líder? O líder é uma pessoa próxima a você, é alguém que ama você e quer o melhor para você. As esposas têm que serem submissas ao seu marido e vice-versa, quando as coisas estão difíceis, não esperneie, não se desespere, procure seu líder, seu pastor, não saia contando tudo pra tudo e pra todos.

2. Verso 2. 2º PERIGO: PERDA DE IDENTIDADE.

- Ela pode perder sua identidade. Mediante as situações contrárias, mediante a escassez da vida ela embarca muito fácil na dos outros, (se torna um João vai com os outros).

· Se é decepcionada dentro de casa: seus amigos, as más companhias vão dizer que seus pais não o amam mais.

· Se sua esposa compra uma roupa nova, gosta de andar arrumada, alguém pode chegar e falar pra você que ela estar se arrumando pra outra pessoa. (daí começam as desconfianças) e diabo vai sorrir de você.

3. Verso 3. O perigo da murmuração.

· Esse foi o principal motivo da tardia entrada na terra prometida.

· A murmuração tarda a bênção.

· A murmuração mostra que nossa fé e nosso caráter não estão de acordo com a vontade de Deus; mostra que somos oscilantes.

4º. Verso 4. Acusamos pessoas que nos amam.

- Note que Moises foi motivado pelo amor a libertar seu povo, por sentir na pele o seu sofrimento. E sabia que a tarefa era árdua e só iria agora se Deus o enviasse. (o Eu sou te enviou).

· Moises ficou aflito com a pressão do povo. Sentiu-se pressionado.

Verso 5. A decisão certa no deserto. (angustia).

- Moises dar-nos o exemplo, de que na hora da dificuldade, do medo, devemos buscar a direção de Deus.

- Orar colocando tudo em sua presença, em suas mãos, para melhor direção tomarmos (salmos 37.5) Moises estava com medo do povo, (o povo quer me matar); ali só haviam pedras, nem águas amargas havia pra ser transformada em águas doce, era um deserto de pedra.

· Verso 5.

- Não tenha medo do povo, lidere-o. (não tenha medo dos problemas)

- Saia do esconderijo, saia do buraco, saia do casulo onde você se encontra, tome a dianteira, vá a frente, mostre que você é capaz, e que Deus é a sua capacidade, Ele é a sua força.

· Passe adiante do povo... isso era a ultima coisa que Moises queria fazer.: Moises passe adiante (Valcy, Marcos, Ferro...) encare a multidão.

· Verso 5 diz: ”leva contigo em mão a vara com que feriste o rio e vai”.

- Leve o símbolo da autoridade na mão, e não escondido, as pessoas tem que vê que você é o escolhido de Deus.

- Se abrace com a palavra de Deus e encare os problemas de frente, fazendo assim, as pessoas o respeitarão por que verão que Deus é com você. Com isso Deus estava querendo lembrar Moises, refrescar sua mente do que ele já fez e pode fazer.

- Levante a cabeça, o diabo quer usar pessoas para nos colocar medo.

Verso 5 ...convoque alguns do anciões... quem tem sede siga-me. Sei o caminho da fonte.

- Ta com problemas? Lhe digo que a resposta é Cristo. Seja qual for a tua sede Cristo a saciará. Seja sede por um emprego, por uma esposa, por um concerto no casamento, seja saúde, restituição de qualquer coisa Cristo é a fonte.


Que Deus nos abençoe no grande amor.

Por M.R.R.Rocha/cel.Bará./25/09/09
Fonte:
http://consolidador.webnode.com.br/news/os-perigos-do-deserto-o-que-o-deserto-pode-nos-trazer-/



+++++++++++

++++++++++++++

++++++++++++++

+++++++++++

+++++++++++