sexta-feira, 4 de novembro de 2011



O Segredo Do Sucesso
Na Vida Espiritual.

TEXTO: Pv 1.7; 8.13; 9.10.




Introdução

- Por que visivelmente há irmãos e irmãs que são bem sucedidos na vida cristã e outros vivem aos trancos e barrancos?
- O que faz a diferença?
- Será que Deus abençoa mais a um do que ao outro?
- Ou será que a atitude de uns é diferente de outros?

Hoje de manha queremos demonstrar que a diferença jaz no grau de temor que uma pessoa demonstra para com Deus e que aí está a diferença.

I – Primeiro: O que significa temer ao Senhor? Fazendo a diferença entre temor e medo.

1.1. Medo, forte receio. A este Deus nos estimula a não deixar-se abater. São 365 vezes que Deus diz: Não temas.

1.2. Reverência, culto, adoração, santo tremor.
“O temor ao Senhor é aquela clara compreensão da onipresença de Deus bem como da sua onipotência o que faz com que haja mesmo na solidão, nos momentos em que estamos sozinhos, uma clara e consciente atitude de apartar-se do mal e apegar-se ao bem”.


- Temer ao Senhor é aborrecer o mal. Pv. 8. 13.

II – Por que temer ao Senhor? Certamente são inúmeras as razões pelas quais devemos temer a Deus.


Pensemos em algumas:

Primeiro, porque Ele é Deus. Ele mesmo declarou: “Ao Senhor teu Deus temerás”. Dt. 10. 20.

Segundo, porque Ele exige.
“Que é o que o Senhor teu Deus pede de ti, senão que temas ao Senhor teu Deus...” Dt. 10.12.
“Temor a Deus é um sentimento de profundo respeito, admiração e louvor que nos leva a uma dependência total da Sua Palavra e de Sua Vontade”.

Terceiro, por que Ele se agrada dos que o Temem. Sl 147.11.
“O SENHOR agrada-se dos que o temem e dos que esperam na sua misericórdia.”

Quarto, por que o Temor do Senhor aumenta os dias. Pv. 10. 27.
“O temor do SENHOR aumenta os dias, mas os anos dos ímpios serão abreviados.”

Quinto, porque o Temor ao Senhor é a fonte da felicidade.

Sl 128. 1, 2. “Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos!Pois comerás do trabalho das tuas mãos, feliz serás, e te irá bem.”

“Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
” Sl 23.4.

No Salmo 128, é dito que o temor do Senhor traz: Felicidade no trabalho; prosperidade no lar; frutos espirituais e vida longa. Eis algumas razões bíblicas para temermos ao Senhor.

III – Que Resultados podemos esperar se tememos ao Senhor?

- Todas as boas práticas da vida cristã conduzem a altos lucros espirituais.
- Temer a Deus não é uma exceção.


- A vida de temor a Deus é um frutífero investimento cristão. Este investimento tem resultados certos.

Primeiro: Quem teme ao Senhor é contemplado com a Misericórdia Divina.
“E a sua misericórdia é de geração em geração sobre os que o temem”. Lucas 1. 50.

Segundo: Quem teme ao Senhor é abençoado com Sabedoria.
“O temor do Senhor é o princípio da sabedoria”.
Pv. 9. 10.

- A Sabedoria é uma dádiva espiritual e feliz é o homem que a encontra. Pv. 3. 13.

Terceiro: Quem teme ao Senhor tem sua salvação garantida.
Ml 4. 2 diz: “Mas para vós, que temeis o meu nome, nascerá o Sol da Justiça e salvação trará debaixo de suas asas”.
“A salvação está perto daqueles que o temem”.
Sl 85. 9.

Quarto: Quem teme ao Senhor tem garantias de sucesso na vida.
“Ainda que o pecador faça mal cem vezes, e os dias se prolonguem, eu sei, com certeza, que bem sucede aos que temem a Deus, aos que temem diante dele”.
Ec. 8.12.

Quinto: Quem teme ao Senhor tem o benefício da proteção.
“No temor do Senhor há firme confiança e Ele será um refúgio para seus filhos”.

Sexto:
Quem teme ao Senhor tem promessa de livramento.
“Eis que os olhos do Senhor estão sobre os que o temem, para livrar as suas almas da morte, e para os conservar vivos na fome”. Sl 33.18.
“Dá sustento aos que o temem”.
Sl 111.5.

Sétimo: Quem teme ao Senhor receberá seu galardão na eternidade.
“E iraram-se as nações, e veio a tua ira, e o tempo dos mortos, para que sejam julgados, e o tempo de dares o galardão aos profetas, teus servos, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a pequenos e a grandes, e o tempo de destruíres os que destroem a terra.”
Ap 11. 18.

Conclusão

- Temer a Deus é uma decisão pessoal.
- Temer a Deus é para os que conhecem a Deus.
- Não temer a Deus é a atitude mais tola que um cristão pode ter.
- Temer a Deus é dever de todo o homem disse Salomão.
- Temer a Deus é o segrede de uma vida cristã bem sucedida, estabilizada e frutífera.

“Bem aventurado o homem que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos, pois comerás do trabalho de suas mãos, feliz serás e te irá bem”.






++++
+++++++
++++++++++++
++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++++++

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.