sexta-feira, 9 de setembro de 2011



POR QUE ANDAR
LAMENTANDO?

Salmo 43





- Às vezes nos colocamos diante de Deus, sem entender o porquê dos acontecimentos. Às vezes nos sentimos sem força, o fardo parece insuportável, e clamamos por misericórdia...

- Tomamos emprestado o ouvido de alguém e despejamos os nossos lamentos. Você está triste? O que está acontecendo? A realidade é que por mais que haja lamentos e protestos, eles refletem um momento na vida do crente e nunca algo constante.

- Não há razão para chorar e lamentar porque Deus está conosco e podemos louvá-lo.

Neste salmo a pergunta do v. 2, já havia sido feita no salmo 42.9:

“Por que hei de andar eu lamentando?” (42.9; 43.2)

“Por que ando em pranto?” (MT); “Por que eu tenho de viver sofrendo” (TLH); Por que me visto de luto? (Bíblia Thompson)

- A afirmação do salmista nos leva à convicção de que não há razão para chorar e lamentar porque Deus está conosco e podemos louvá-lo.

A MARCA DA VIDA CRISTÃ NÃO É CHORO; NÃO É O LAMENTO, MAS O LOUVOR E A GRATIDÃO.

- Por mais que a situação seja difícil, temos uma certeza que não morre, uma esperança que não muda, uma fé que não deve ser abalada... Mas o sofrimento existe.



Em função dele há sempre algumas razões para o lamento. E o salmista apresenta algumas...

I. QUE LAMENTOS QUE SÃO FEITOS?

1. O lamento de alguém que clama por justiça

(v. 1) “Faze-me justiça, ó Deus, e pleiteia a minha causa contra a nação contenciosa; livra-me do homem fraudulento e injusto.”

- No Brasil a falta de justiça é visível: Muita terra pra uns poucos ricos, e pouca terra para muitos pobres. As terras não são distribuídas; a renda é mal distribuída. A crise do desemprego cresce...

- Há políticos desonestos: Nem sempre as decisões são tomadas levando-se em consideração o melhor para o Brasil – basta vermos o problema das reformas.

- Quando achamos que nos livramos de um grande escândalo, aparece um maior, e às vezes não para punir os culpados, mas só para desviar nossa atenção aos terríveis desmandos dos poderosos.

- É de lamentar que o dinheiro do povo, que devia ser usado nos projetos sociais, é desviado para bolsos imorais e inescrupulosos.

- Dá para chorar ao ver filhos de papais assaltando, espancando e brincando com a vida dos nossos semelhantes.

- Lamentamos o banditismo, até na política, com assaltantes, justiceiros, seqüestradores, traficantes e assassinos.

Salmos 14.3 há o quadro do momento atual: “os homens têm-se corrompido; fazem-se abomináveis em suas obras; não há quem faça o bem, nem sequer um.”

O momento atual é caótico e deve ser alvo do nosso protesto, do nosso choro, do nosso lamento.
Diante de tão terrível quadro, nossa atitude como cristãos, deve Sr não apenas a do nosso lamento por justiça, mas de clamar ao Senhor para que intervenha na nossa história: (v. 1) “Faze-nos justiça, ó Deus, e pleiteia a nossa causa contra a nação contenciosa; livra-nos dos homens fraudulentos e injustos.”

2. O lamento de alguém que sofre solidão

(v.2) “Por que me rejeitas?” Às vezes nos sentimos sem ninguém... como o homem que Jesus junto ao tanque de Betesda (João 5); “Queres ser curado?” – A resposta: “Não tenho ninguém.”

- A situação do salmista era mais triste porque ele se sentia sem comunhão com Deus: “Por que me rejeitas?”

· - Como está nosso relacionamento com Deus?

· - A pior solidão é sentir-se distante de Deus!

3. O Lamento de alguém que sente a perseguição do inimigo

- Ainda no v. 2 ele fala da “opressão do inimigo” “Por que hei de andar eu lamentando, por causa da opressão do inimigo?”

- Quantas vezes inimigos se Levantam...

II. A FÓRMULA PARA NÃO LAMENTAR

Saber que só Deus pode nos ajudar plenamente

(V.2) “Tu és o Deus da minha fortaleza.”

Salmo 20.7 “uns confiam em carros, outros em cavalos; mas nós faremos menção do nome do Senhor nosso Deus”. Eles se encurvam e caem; nós porem, nos levantamos e nos mantemos em pé.” (Interconfessional): “Nós, porem, confiamos no Senhor nosso Deus.

· A causa de tanta queda na vida cristã é a falta de fé

- Pedir Socorro a esse Deus que pode nos ajudar plenamente

(v. 3) “Envia a tua verdade para que me guiem e me levem ao teu santo monte, e aos teus tabernáculos”

· Quando Elias estava desanimado foi em Horebe, o monte de Deus, na presença de Deus, que recebeu forças para continuar a jornada. Subir ao monte era sinônimo de buscar a presença de Deus.

· Estamos subindo ao monte, estamos indo a presença do Senhor, ou vivendo no vale das lamentações?

- Buscar alegria na presença do Deus que nos ajuda plenamente

(v.4) “Então irei ao altar de Deus, de Deus que é a minha grande alegria; ao som da harpa te louvarei, ó Deus, Deus meu.”

- Viver na convicção de que quando esperamos por Deus não há razão para tristeza e lamento.


(v.5) “Por que estás abatida, ó minha alma? E por que te perturbas dentro em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei; a ele, o meu socorro e o meu Deus.”

Vivamos uma vida de realização, satisfação e louvor: Vivendo a louvar não encontraremos tempo para lamentar. Sempre louvando não precisamos viver chorando; esperando sempre por Deus temos sempre razão para esperar; esperando sempre por Deus sabemos que a noite passa e o dia vem. Amém.



AUTOR: Pr. Jilton Moraes





+++++++++++++++
+++++++++++++++++
++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.