segunda-feira, 13 de junho de 2011



GAFANHOTOS ATORMENTADORES

Ap. 9. 1-11

1- E O QUINTO anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que do céu caiu na terra; e foi-lhe dada a chave do poço do abismo.

2- E abriu o poço do abismo, e subiu fumaça do poço, como a fumaça de uma grande fornalha, e com a fumaça do poço escureceu-se o sol e o ar.

3- E da fumaça vieram gafanhotos sobre a terra; e foi-lhes dado poder, como o poder que têm os escorpiões da terra.

4- E foi-lhes dito que não fizessem dano à erva da terra, nem a verdura alguma, nem a árvore alguma, mas somente aos homens que não têm nas suas testas o sinal de Deus.

5- E foi-lhes permitido, não que os matassem, mas que por cinco meses os atormentassem; e o seu tormento era semelhante ao tormento do escorpião, quando fere o homem.

6- E naqueles dias os homens buscarão a morte, e não a acharão; e desejarão morrer, e a morte fugirá deles.

7- E o parecer dos gafanhotos era semelhante ao de cavalos aparelhados para a guerra; e sobre as suas cabeças havia umas como coroas semelhantes ao ouro; e os seus rostos eram como rostos de homens.

8- E tinham cabelos como cabelos de mulheres, e os seus dentes eram como de leões.

9- E tinham couraças como couraças de ferro; e o ruído das suas asas era como o ruído de carros, quando muitos cavalos correm ao combate.

10- E tinham caudas semelhantes às dos escorpiões, e aguilhões nas suas caudas; e o seu poder era para danificar os homens por cinco meses.

11- E tinham sobre si rei, o anjo do abismo; em hebreu era o seu nome Abadom, e em grego Apoliom.





INTRODUÇÃO:

Apocalipse = Revelação do tempo do fim. As últimas coisas. O que ocorrerá antes da volta de Cristo a terra.

. Em Mateus 24, Jesus fala aos discípulos a respeito desse tempo. Ao lê-lo, o irmão terá uma visão ampliada do que ocorrerá no tempo do fim.

Podemos fazer um paralelo com as coisas estranhas que estão acontecendo no mundo: catástrofes, tragédias, guerras, terremotos, tsunamis, fome, epidemia, desespero e angustia entre os povos.

Por que o nosso planeta geme dessa maneira? Por que tantas tragédias? Por que tantas atrocidades? Por que tanto ódio? Por que tantos lares divididos, separados e destroçados? Por que tantos valores invertidos? Por que tanta corrupção, imoralidade e maldade? Por que tantas pessoas vendem a consciência por dinheiro e afundam diante do suborno?

. O texto de Apocalipse 9. 1-11 traz luz sobre esses fatos, e nos conduzem há um entendimento sobre tudo o que ocorre em nossos dias.

João vê uma estrela caída do céu:

Ap. 9. 1 “E O QUINTO anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que do céu caiu na terra; e foi-lhe dada a chave do poço do abismo.”

Isaías também fala dessa estrela: 14.12 “como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitas as nações!

Jesus registra sua visão: “Eu via a satanás como um raio, que caía do céu” (Lc. 10.18).

Agora, satanás recebe a chave do abismo (inferno antes do juízo) e abre-o, liberando de lá os milhões de gafanhotos. Gafanhotos atormentadores (v. 3,5).

Essas forças são comandadas por Abadom (nome hebraico) em grego Apoliom, o destruidor, que é satanás.

É uma verdadeira avalanche de destruição solta sobre a face da terra.

É uma força avassaladora do mal que se infiltram nos lares, nas escolas, nas instituições, nos relacionamentos, no campo e na vida dos homens.

I – Características dos gafanhotos que saem da terra

São sete as características, conforme o texto, desses gafanhotos.

1. Espírito de destruição (v.11)

Em Êxodo 10. 4-15; temos o relato de uma praga de gafanhotos.

“4-Porque se ainda recusares deixar ir o meu povo, eis que trarei amanhã gafanhotos aos teus termos.

5-E cobrirão a face da terra, de modo que não se poderá ver a terra; e eles comerão o restante que escapou, o que vos ficou da saraiva; também comerão toda a árvore que vos cresce no campo;

6-E encherão as tuas casas, e as casas de todos os teus servos e as casas de todos os egípcios, quais nunca viram teus pais, nem os pais de teus pais, desde o dia em que se acharam na terra até o dia de hoje. E virou-se, e saiu da presença de Faraó.

7-E os servos de Faraó disseram-lhe: Até quando este homem nos há de ser por laço? Deixa ir os homens, para que sirvam ao Senhor seu Deus; ainda não sabes que o Egito está destruído?

8-Então Moisés e Arão foram levados outra vez a Faraó, e ele disse-lhes: Ide, servi ao Senhor vosso Deus. Quais são os que hão de ir?

9-E Moisés disse: Havemos de ir com os nossos jovens, e com os nossos velhos; com os nossos filhos, e com as nossas filhas, com as nossas ovelhas, e com os nossos bois havemos de ir; porque temos de celebrar uma festa ao Senhor.

10-Então ele lhes disse: Seja o Senhor assim convosco, como eu vos deixarei ir a vós e a vossos filhos; olhai que há mal diante da vossa face.

11-Não será assim; agora ide vós, homens, e servi ao Senhor; pois isso é o que pedistes. E os expulsaram da presença de Faraó.

12-Então disse o Senhor a Moisés: Estende a tua mão sobre a terra do Egito para que os gafanhotos venham sobre a terra do Egito, e comam toda a erva da terra, tudo o que deixou a saraiva.

13-Então estendeu Moisés sua vara sobre a terra do Egito, e o Senhor trouxe sobre a terra um vento oriental todo aquele dia e toda aquela noite; e aconteceu que pela manhã o vento oriental trouxe os gafanhotos.

14-E vieram os gafanhotos sobre toda a terra do Egito, e assentaram-se sobre todos os termos do Egito; tão numerosos foram que, antes destes nunca houve tantos, nem depois deles havera³.

15-Porque cobriram a face de toda a terra, de modo que a terra se escureceu; e comeram toda a erva da terra, e todo o fruto das árvores, que deixara a saraiva; e não ficou verde algum nas árvores, nem na erva do campo, em toda a terra do Egito.”

Esses gafanhotos que saem do abismo são demônios, mais devastadores que os que devastaram as plantações.

Esses gafanhotos vêm para matar, roubar e destruir.

Destruir vida, arruinar lares, pisar as nações, os homens, as mulheres, as crianças.

Provocar tragédias, desavenças e intrigas.

Eles são destruidores da paz, da alegria e do amor.

Eles empurram multidões para uma vida de escravidão e infelicidade.

2. Espírito de Poder e Domínio (v. 7)

Esses demônios exercem domínio e comando sobre os homens que estão na potestade de satanás (At. 26.18) e no reino das trevas (Cl. 1.13).

Atos 26.18 = “Para lhes abrires os olhos, e das trevas os converteres à luz, e do poder de Satanás a Deus; a fim de que recebam a remissão de pecados, e herança entre os que são santificados pela fé em mim.”

Cl. 1.13 = “O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor;”

Os filhos da desobediência, em quem eles atuam, vivem encoleirados e dominados por eles. Esses espíritos malignos controlam a vida das pessoas que vivem na prática da mentira, pois o diabo é o pai da mentira.

São verdadeiros carrascos na vida daqueles que vivem com o coração azedo de mágoa e ressentimento (Mt. 18.34; II Cor. 2.10,11).

Mateus 18.34 “E, indignado, o seu senhor o entregou aos atormentadores, até que pagasse tudo o que devia.

II Coríntios 2.10,11 “E a quem perdoardes alguma coisa, também eu; porque, o que eu também perdoei, se é que tenho perdoado, por amor de vós o fiz na presença de Cristo; para que não sejamos vencidos por Satanás;”

Muitos fazem pacto com esses espíritos atormentadores e vivem presos a eles nos centros espíritas, nos terreiros de umbanda, no candomblé existem muitas pessoas que vivem acuadas pelo medo desses gafanhotos do inferno.

São ameaçados de morte quando tentam fugir de suas garras.

3. Espírito de inteligência (v. 7) “e os seus rostos eram como rostos de homens.”

. Esses espíritos possuem uma inteligência sobrenatural.

Eles armam ciladas, criam sutilezas, inventam filosofias e religiões para torcer a verdade. Levantam a bandeira da cultura, do conhecimento, das artes e encantam as pessoas com a sua inteligência, mas seus ensinos carregam o veneno letal da morte espiritual.

4. Espírito da sensualidade (v. 8) “tinham também cabelos, como cabelos de mulheres.”

Devemos compreender que esses gafanhotos não saem do abismo com um aspecto horripilante soltando fogo pelas narinas.

Eles saem com rara beleza. Eles vêm com roupagem de anjos de luz. Tem um aspecto bonito. A voz é suave e meiga. Mas os “dentes são de leão” v. 8b

. Falam promessas fantásticas. Eva foi enredada assim:

. Sexo no namoro passou ser regra

. Abortos são praticados sem qualquer dor na consciência. 4 milhões por ano.

5. Espírito da violência (v. 8) “Seus dentes como dentes de leão”

O chefe dos demônios e Abadom ou Apoliom, ou seja, o destruidor. Ele é assassino.

Provocam guerras, geram confusões e milhões de mortes.

Os seqüestros, seguidos de morte, estão se tornando rotina.

A violência tem dominado o coração e a mente de milhares de pessoas.

Nessas cidades estão expostas a essa onda avassaladora.

É uma cavalaria do inferno, na sua fúria, pisando e esmagando os homens.

6. Espírito de inatingibilidade (v. 9) “tinham couraças como couraças de ferro.”

Esses seres não atingidos por forças humanas são inatingíveis por almas naturais. Não são detidos em prisões humanas.

“São forças saídas do esgoto do inferno...”

A sociedade precisa buscar outro poder para combater essas hostes malignas.

7. Espírito de obscuridade (V. 2,3)

O diabo é do reino das trevas. Ele não suporta a Luz.

Atuam, junto com seus agentes, onde há fumaça, onde o sol da verdade não brilha, onde as trevas são rotina.

É por isso que precisamos andar na luz. Deus é luz. Quem anda na luz não tropeça.

É preciso deixar a cegueira espiritual, e caminhar o caminho da luz de Jesus Cristo.

II – A missão principal dos gafanhotos que saem do abismo.

1.Atormentar os homens (v. 4,5)

Ao ser aberto o abismo, sobem imediatamente do poço colunas de fumaça.

Agem com atrocidade, atormentando a tudo e a todos.

. Destroem a felicidade, a paz e a harmonia.

. Ferroam os homens como escorpiões (v. 10)

. Inoculam seu veneno mortífero e causam danos aos homens, sofrimentos sem conta.

1.Provocam um tormento pior do que a morte (v. 6)

. Muitos procuram a morte como alívio, como descanso, mas nem mesmo a morte produz o livramento esperado. Provoca o tormento eterno. Esse tormento é pior do que a morte. Soren Kierkegaad retratou isso bem: “O tormento do desespero é exatamente esse, não ser capaz de morrer...”

Isaías 57.21 “Para os ímpios, diz o meu Deus, não há paz.”

III – A Situação do homem com Cristo

1.Estão livres do tormento
(v. 45)

. O diabo não tem poder sobre aqueles que estão selados com o selo de Deus.

. Esses tormentos eternos não atingem o homem que descansa nos braços de Cristo.

. Na sua fronte há a marca da cruz de Cristo. São marcados pelo sangue de Jesus. O apóstolo João declara: “Filhinhos, vós sois de Deus... maior é aquele que está em vós do aquele que está no mundo” (I Jo 4.4). “Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo.”

Ainda que o inferno despeje contra os filhos de Deus toda sua fúria, todas as suas armas, e os persiga com toda a sua maldade, não encontrarão êxito, pois diz a Palavra que “...toda arma forjada contra ti, não prosperará”

. Quem inventará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu, ou antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. “Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? Em todas essas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.” (Rom. 8. 33,37)

. O homem que entrega sua vida a Cristo, tem sua vida selada pelo Espírito Santo (Fil. 1.13). “De maneira que as minhas prisões em Cristo foram manifestas por toda a guarda pretoriana, e por todos os demais lugares;”

. Como receber esse selo?

O homem precisa atender o apelo do evangelho que registra ser Jesus o caminho (João 14.6) “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”

O homem precisa crer em Jesus e colocar sua confiança em Jesus. Ele triunfou sobre os gafanhotos atormentadores na cruz. Nele há libertação da angústia, do pecado e do tormento dos demônios.

Creia em Jesus, Ele ressuscitou com Poder e destruiu os poderes do inferno.

Creia em Jesus, e você terá a paz que excede o entendimento humano.

Creia em Jesus e você será selado pelo Espírito santo.

No Amor e na Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo

AUTOR: Pr. João Roberto Raymundo
FONTE: http://www.pibcruzeironovo.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=39:sermao-gafanhotos-atormentadores&catid=12:sermoes&Itemid=38






++++++++++++++++++++
+++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.