sábado, 30 de abril de 2011



NÃO DESISTA JAMAIS
Hebreus 10. 35-37









- Quantas vezes você já pensou em desistir?


- Já se sentiu desanimado, desmotivado e sem esperança?


- Há momentos em nossas vidas que pensamos que é hora de parar, de deixar de lado e não lutar mais...


- Os cristãos da igreja primitiva também se sentiram assim. Eles estavam sofrendo perseguições, e como nós, precisavam de uma palavra de ânimo, de algo que reacendesse a esperança, a fé deles.


- O livro de Hebreus foi inspirado pelo Espírito Santo e foi escrito não só para trazer à memória dos discípulos de Jesus tudo o que o Senhor já tinha feito e para abrir a visão para as recompensas que estavam por vir.


- Deste pequeno trecho da Palavra de Deus, podemos tirar pelo menos três motivos pelos quais não devemos desistir jamais:

I - NÃO DESISTA, POIS VOCÊ SERÁ RECOMPENSADO
- (v.35)

- A palavra ‘'galardão'' citada no verso 35 quer dizer recompensa, presente....


- O Senhor honra a todos aqueles que não desistem, que perseveram em servi-Lo, que não perdem a esperança!


- Em Provérbios diz que quem é humilde e teme a Deus ganhará como recompensa riquezas, honra e vida! (Pv. 22.4).


- As recompensas por servir a Deus, lutar e perseverar não se limitam apenas a bençãos para a vida terrena, mas se você perseverar até o fim receberá o maior de todos os galardões que é a vida eterna!(Mt. 24.13).


- Decida servir a Jesus e confie nEle, pois sua recompensa virá!

II - NÃO DESISTA, POIS VOCÊ ALCANÇARÁ A PROMESSA
- (v.36)

- Todo aquele que faz a vontade de Deus alcança suas promessas. Estima-se que só na Bíblia há mais de 37 mil promessas!


- Em Números 23.29 diz que ‘'Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?''


- Se Ele prometeu tenha certeza que vai cumprir! O Senhor não é como os homens que muitas vezes voltam atrás em suas palavras, mas Ele é fiel e justo.


- Não desanime, não desista, ainda que demore, pois Deus não está limitado ao tempo e Ele não trabalha em nossa ansiedade.


- Apenas creia, espere e tome posse da vitória!


- Entregue seus sonhos a Jesus e torne-se filho de Deus e herdeiro de todas as Suas promessas!

III - NÃO DESISTA, POIS FALTA POUCO PARA SUA VITÓRIA - (v.37)

- ‘'...ainda dentro de pouco tempo...' sua vitória virá!


- Só vence quem luta até o fim. Não adianta lutar e depois desanimar no meio da batalha.


- A maioria das guerras são abandonadas quando falta pouco para alcançar a vitória.


- Por quanto tempo você tem lutado?


- Qual é o seu sonho?


- Qual o motivo da sua luta?


- Quais são os obstáculos que você precisa transpor para alcançar sua vitória?


- Saiba que nenhum deles é páreo para o Rei dos reis e Senhor dos Senhores!


- O segredo da sua vitória está em agradar ao Senhor (Sl. 37.4).


- Deposite sua confiança em Jesus, entregue seus sonhos a Ele e tome posse da sua vitória!

CONCLUSÃO:

- Mesmo em meio a lutas, perseguições e privações (II Cor 4.8), a igreja primitiva perseverou.


- Muitos discípulos pagaram um preço alto por servir a Jesus, mas aqueles que não desanimaram e nem desistiram foram recompensados, alcançaram as promessas e foram vitoriosos! Esta também pode ser a sua história!


- Deus tem uma trajetória de sucesso para você seguir, só depende de você. Entregue seus desafios e sonhos àquele que pode torná-los realidade: Jesus Cristo, o Senhor dos Senhores!




Lição de Célula Nº 431 - 08 a 14/ 03 /2010 - Pr. Clemilton & Pra. Suzanne
FONTE: http://www.mibac.com.br/licoes-de-celulas/nao-desista-jamais












###############



###############



####################



#########################



############################








AINDA NÃO É O FIM



Mateus 24:4-8









- Você já parou para pensar na volta de Jesus? Os discípulos do Senhor estavam preocupados em saber quais seriam os sinais da vinda do Messias. Então perguntaram quais seriam os acontecimentos do fim dos tempos.


- Hoje, esses sinais estão visíveis e a cada dia mais constantes. Não é preciso ser um bom observador para notar o quanto, nos últimos meses, tem aumentado a ocorrência de tragédias.


- Só neste ano de 2010 foram registrados terremotos no Haiti, no Chile, no México, tsunamis, furacões... sem contar as epidemias, fome, guerras.


- E agora, mais recentemente, enchentes no Rio de Janeiro dizimam várias famílias. Tudo isso não é por acaso, está previsto na Bíblia e são sinais do fim (Mt 24:7, Lc 21:11).


- A natureza expressa o juízo de Deus. Diante desses acontecimentos, qual é a sua posição?


- O que faria se Jesus voltasse hoje mesmo?


- Você está preparado?


- Jesus nos ensina qual deve ser nossa atitude ao vermos os sinais da Sua vinda.

I - NÃO SE DEIXE ENGANAR - v.4-5

- Nos versos 4 e 5 Jesus nos adverte para que não nos deixemos enganar por aqueles que se dizem ser o ''Cristo''.


- Com certeza você já deve ter ouvido falar em pelo menos uma pessoa querendo se passar pelo Messias.


- Um exemplo é o ‘'Inri Cristo'', um ex-verdureiro que se veste de túnica branca e manto vermelho se dizendo ser a reencarnação de Jesus e enganando a muitos. Este é mais um sinal da vinda do Senhor.


- Muitos falsos cristos já têm se levantado, e, infelizmente, várias pessoas estão caindo neste engano. Porém, Jesus nos alerta em Mt 24:27,30 que a Sua vinda será ‘'...como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente...'' e que ‘'...todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória''. Ou seja, todo olho O verá!


- Ninguém vai precisar te dizer que aquele é o Cristo pois o verdadeiro Jesus é inconfundível! Aqueles que o servem não serão enganados, pois Ele é a verdade e a vida (Jo 14:16)! Receba em seu coração o único e verdadeiro Salvador - Jesus Cristo, o Senhor!

II - NÃO SE ASSUSTE - v.6

- Muitas pessoas dizem que não gostam de ler o livro do Apocalipse por ser muito assustador o cenário dos últimos tempos.


- Outros dizem que não gostam nem de pensar no ‘'fim do mundo''. No entanto, para os servos de Deus, a volta de Jesus deve ser esperada com muita alegria, pois será a coroação da vitória daqueles que amam o Messias e têm certeza da sua salvação!


- Se você se sente assustado com tudo o que tem acontecido no mundo, se os sinais da vinda de Jesus o apavoram, então, você deve refletir a respeito da sua vida.


- Quem crê verdadeiramente em Jesus não se turba o coração e nem se atemoriza (Jo 14:1,27).


- Entregue-se verdadeiramente a Jesus e não se assuste com os sinais da Sua vinda, pois aquele que perseverar até o fim será salvo (Jo 14:16)!

III - NÃO PERCA TEMPO - v.6b

- O Senhor Jesus disse que esses sinais ainda não são o fim, ou seja, você ainda tem chance de se consertar com Deus, de se preparar para aquele Grande Dia!


- O tempo está correndo, não dá mais para ficar ‘'em cima do muro''. Jesus tem pressa em salvá-lo.


- Ele não quer que ninguém se perca, mas que todos venham a arrepender-se (II Pe 3:9).


- Há um hino cristão muito antigo, no entanto, a sua mensagem ecoa até hoje dizendo ''... meu amigo, hoje tu tens a escolha, vida ou morte, qual vais aceitar? Amanhã pode ser muito tarde, hoje Cristo te quer libertar!''


Decida hoje mesmo e tenha seu nome escrito no livro mais importante do universo o Livro da Vida (Ap 3:5)! Glória a Deus!

CONCLUSÃO:

- Todas as tragédias que têm abalado o mundo são apenas o princípio das dores (Mc 13:8)! Mas, a pior dor que o ser humano pode sentir é a privação eterna da presença de Deus, em outras palavras, é a morte eterna!


- Por isso, não se deixe enganar, não se assuste e nem perca tempo pois a contagem regressiva da misericórdia do Senhor já começou!


- Qual será a sua decisão? Maranata, ora vem Senhor Jesus!




Lição de Célula Nº 436 - 12 a 18/ 04 /2010 - Pra. Suzanne
FONTE: http://www.mibac.com.br/licoes-de-celulas/ainda-nao-e-o-fim















=============



==============



===============



================



=================








Quando Jesus

Mexe com o Passado

Texto: Jo.11:21,24,37a40




Marta e Maria mandam avisar Jesus da enfermidade de Lázaro seu irmão. Jesus chega quatro dias depois a Betânia e encontra ele morto. Elas cobram de Jesus uma ação não acontecida antes (passado)

1) “Se tu estivesses aqui...”, mostra o passado.

a) Elas culpavam Jesus pelo fracasso. Estavam decepcionadas.

b) Às vezes achamos que Jesus nos decepcionou no passado. Falhou conosco quando mais precisamos Dele.

c) As duas irmãs estavam presas a um passado frustrante, e não conseguiam ver nada de bom no presente.

d) Quando Jesus as chama para o presente, dizendo que Lázaro iria ressuscitar, elas apontam para o futuro: “... na ressurreição do último dia...”.

2) Em um momento de crise, ou nos prendemos ao passado ou descremos do futuro. O presente sempre é difícil para nós.

3) Jesus chora. Pergunta onde está o túmulo e manda tirar a pedra.

4) Jesus iria mexer com o passado. Marta lhe apresenta objeções. Lembrar o passado é sofrer duas vezes: Às vezes o passado cheira mal.

5) Mexendo com o passado:

a) Quando o homem mexe: cobrança (vs.37)

b) Quando o diabo mexe: Acusação

c) Quando Jesus mexe: Milagre: “... Lázaro sai para fora...” (vs.43).






Postado por Pr. Josias Almeida / http://www.josiasalmeida.blogspot.com/









+++++++++++++++



+++++++++++++++


+++++++++++++++++++


+++++++++++++++++++

sexta-feira, 29 de abril de 2011



A eficácia da oração



Referência: Tiago 5.13-20




INTRODUÇÃO

1. Sete vezes neste parágrafo Tiago menciona oração. Um cristão maduro é aquele que tem uma vida plena de oração diante das lutas da vida. Em vez de ficar amargurado, desanimado, reclamando, ele coloca a sua causa diante de Deus e Deus responde ao seu clamor.

2. Tiago é uma carta prática e por isso ele começa e termina esta carta com oração. Desperdiçamos tempo e energia quando tentamos viver a vida sem oração.

3. Neste parágrafo Tiago encoraja-nos a orar, descrevendo quatro situações em que Deus responde as nossas orações.

I. DEVEMOS ORAR PELOS QUE PASSAM POR PROBLEMAS
– V. 13

1. Nos problemas não murmure, ore!

- O sofrimento aqui é provado por circunstâncias adversas:
saúde, finanças, família, relacionamentos, decepções.



- Em vez de murmurar contra Deus ou falar mal dos irmãos (5:9), devemos apresentar essa causa a Deus em oração, pedindo sabedoria para usar essa situação para a glória de Deus (1:5).

2. Deus pode transformar problemas em triunfo pela oração

- A oração remove o sofrimento quando essa é a vontade de Deus. Mas também a oração nos dá poder para enfrentar os problemas e usá-los para cumprir os propósitos de Deus.

- Paulo orou para Deus mudar as circunstâncias da sua vida, mas Deus lhe deu poder para suportar as circunstâncias (2 Co 12:7-10).

- Jesus clamou ao Pai no Getsêmani para passar dele o cálice, mas o Pai lhe deu forças para suportar a cruz e morrer pelos nossos pecados.

3. Nem todas as pessoas passam por problemas ao mesmo tempo

- Ao mesmo tempo há pessoas sofrendo e há pessoas alegres (5:13). Deus equilibra a nossa vida dando-nos horas de sofrimento e horas de regozijo. O cristão maduro, entretanto, canta mesmo no sofrimento (Jó 35:10).

- Paulo e Silas cantaram na prisão (At 16:25). Josafá cantou no fragor da batalha (2 Cr 20:21).

II. DEVEMOS ORAR PELOS DOENTES – V. 14-16

1. O que o enfermo faz?

a) A pessoa está doente por causa do pecado
(5:15b-16) – Nem toda doença é resultadso de pecado pessoal, mas o caso mencionado por Tiago é de uma doença hamartiagênica.

b) O doente reconhece a autoridade espiritual dos presbíteros da igreja (5:14) – O crente impossibilitado de ir à igreja, chama os presbíteros da igreja à sua casa. O doente, reconhece assim, que os presbíteros e não um homem ou mulher que tem o dom de curar é que devem orar por ele.

c) O doente confessa seus pecados (5:16) – A confissão é feita aos santos e não a um sacerdote. Devemos confessar o nosso pecado a Deus (1 Jo 1:9) e também àqueles que foram afetados por ele.



- Jamais devemos confessar um pecado além do círculo que afetado por aquele pecado.



- Pecado privado, deve ter confissão privada.



- Pecado público requer confissão pública. É uma postura errada lavar roupa suja em público.

2. O que os presbíteros fazem?

a) Eles oram pelo enfermo com imposição de mãos a oração da fé
(5:14-15) – Os presbíteros são bispos e pastores do rebanho. Eles velam pelas almas daqueles que lhes foram confiados. Eles oram com imposição de mãos, num gesto de autoridade espiritual. A oração da fé é a oração feita na plena convicção da vontade de Deus (1 Jo 5:14-15).

b) Eles ungem o enfermo com óleo em nome do Senhor (5:14) – Não é a unção que cura o enfermo, mas a oração da fé. Quem levanta o enfermo não é o óleo, é o Senhor. O óleo é apenas um símbolo da ação de Deus.

Unção com Óleo

1. Desvios quanto ao ensino bíblico da unção com óleo

a) Extrema Unção
– A igreja Romana desde o século XII e XIII criou o dogma da extrema unção com base em Tiago 5:14. Esse dogma foi mudado e reafirmado pelo Concílio Vaticano II, quando se tira a expressão “extrema unção” e muda para “unção de enfermos”. A extrema unção é para a alma e não para o corpo. É preparação para a morte e não cura para a vida. Enquanto o propósito de Tiago é claro: unção para cura e não preparação para a morte.

b) Posição Neopentecostal – A crença que toda doença procede do diabo e consequentemente é da vontade de Deus curar a todos em todas as circunstâncias.

c) A Prática da Unção Generalizada – Pastores que ungem todas as pessoas que estão dentro da igreja, bem como objetos.

d) A Prática da Unção Realizada por todas as Pessoas – São os presbíteros que ungem e não outros membros da igreja.

2. A Prática da Unção com Óleo na Bíblia

a) O óleo como cosmético – Mt 6:17

b) O óleo como remédio – Lc 10:25-37; Is 1:6

c) O óleo como símbolo espiritual – Mc 6:13; Tg 5:14

3. A unção com óleo em Tiago é remédio ou um símbolo espiritual da cura divina?

a) A posição de que o óleo é remédio
– Jay Adams é o maior defensor desta tese. Seu principal argumento é a palavra usada por Tiago aleipho = friccionar + lipo (gordura) em vez de Chrio.



Thomas Goodwin defendia tese parecida e usava os seguintes argumentos:



1) Os presbíteros são os administradores da unção e não tinham necessariamente o dom de cura;



2) A generalidade da unção – A todos os crentes, enquanto os milagres nunca foram generalizados;



3) Os receptores da unção – eram membros da igreja, enquanto os milagres se estendiam a todas as pessoas;



4) Os limites do dom – O dom de cura não estava limitado ao uso do óleo;



5) Os resultados da unção – se toda unção significasse cura eficaz, então, os cristãos teriam encontrado uma forma de escapar da morte.

b) A posição de que o óleo é um símbolo espiritual – Calvino entendia que a unção com o óleo não era remédio, mas tinha o mesmo significado do dom extraordinário de cura em Mc 6:13. Mas cria que esse dom era restrito ao tempo dos apóstolos.

Tanto aleipho quanto Chrio significam ungir. Então, por que Tiago usou aleipho e não Chrio? Porque Chrio jamais é usado para o ato físico de unção. Chrio é sempre usado no sentido metafórico (Lc 4:18; At 10:38).

Josefo usava aleipho e chrio como palavras sinônimas.

LXX traduz aleipho e chrio como sinônimos e respectivos.

O óleo em Tiago 5:14 não é medicinal porque não é o óleo que cura, nem o óleo mais a oração que curam, mas a oração da fé.

São os presbíteros, autoridades espirituais e não sanitárias que devem aplicar o óleo em nome do Senhor. Se a unção fosse medicinal, poderia ser feita por qualquer outra pessoa sem a necessidade de convocar os presbíteros.

As palavras “em nome do Senhor” colocam os limites da cura. O poder está no nome de Jesus. A cura vem pelo poder do nome de Jesus e não pelo efeito terapêutico do óleo. Isso faz da unção com óleo um exercício espiritual e não uma prática medicnal.

O óleo era usado apenas para algumas doenças, enquanto para outras era totalmente ineficaz.

O caso mencionado por Tiago era de uma doença hamartiagênica e nesse caso o óleo não teria qualquer valor terapêutico.

Mc 6:13 usa também aleipho e é impossível interpretar esse texto como remédio. Os apóstolos estavam curando os enfermos pelo imediato poder de Deus e não através do remédio.

Richard Trench diz que aleipho é usado para todo tipo de unção (física e espiritual) enquanto Chrio é usado apenas para unção espiritual. Daí Tiago usar aleipho.

Aleipho não era apenas medicinal. Era usado também como cosmético (Mc 6:17) e até em mumificação (Mc 16:1).

Calvino e Lutero discordavam da interpretação medicinal do óleo em Tiago 5:14. Moody pediu para ser ungido quando estava doente. Martyn Lloyd-Jones defende a tese do símbolo espiritual.

3. O que Deus faz?

a) Deus cura o enfermo através da oração da fé –

b) Deus levanta o enfermo –

c) Deus perdoa o enfermo –

III. DEVEMOS ORAR PELA NAÇÃO – V. 17-18

1. Quando a nação se desvia de Deus os profetas de Deus devem orar e pregar

Israel se afastou de Deus, e Elias apareceu no cenário para confrontar o Rei, o povo, e os profetas de Baal.

Elias não só falou aos homens, ele falou com Deus, clamando chuva para Isarel.

2. Os crentes, embora não perfeitos, podem ter vitória na oração

Elias era homem sujeito às mesmas fraquezas (teve medo, fugiu, sentiu depressão, pediu para morrer), mas era justo e a oração pode muito em sua eficácia.

O poder da oração é o maior poder no mundo hoje. A história mostra o progresso da humanidade: poder do braço, poder do cavalo, poder da dinamite, poder da bomba atômica. Mas o maior poder é o poder da oração.

3. Elias orou fundamentado na promessa de Deus

Em 1 Rs 18:1 Deus disse que enviaria a chuva e em 1 Rs 18:41-46, Elias ora pela chuva. Não podemos separar a Palavra de Deus da oração. Em sua Palavra Deus nos dá as promessas pelas quais devemos orar.

4. Elias orou com persistência

Muitas vezes nós fracassamos na oração porque desistimos muito cedo, no limiar da bênção.

5. Elias orou com intensidade

A palavra com “instância” (5:17) significa que Elias orou em oração. Ele pôs o seu coração na oração.

Devemos orar pela nação hoje, para que Deus traga convicção de pecado e um reavivamento para a igreja.

IV. DEVEMOS ORAR PELOS DESVIADOS – V. 19-20

1. Devemos orar pelos membros que se desviam da verdade, da Palavra de Deus

Quando um crente se desvia devemos falar de Deus para ele (Gl 6:1) e dele para Deus (Tg 5:19). Salomão diz que “um só pecador destrói muitas coisas boas” (Ec 9:18).

Há sempre o perigo de uma pessoa se desviar de verdade – “Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza, às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos” (Hb 2:1).

O resultado desse desvio é pecado e possivelmente a morte (5:20). O pecado na vida de um crente é pior do que na vida de um não crente.

2. Devemos ajudar os membros que se desviam da verdade

Essa pessoa precisa ser “convertida” ou seja, voltar para o caminho da verdade (Lc 22:32).

Precisamos nos esforçar para salvar os perdidos. Mas também precisamos nos esforçar para restaurar os salvos que se desviam.

Judas 23 usa a expressão “salvar do fogo”.

CONCLUSÃO

Tiago neste parágrafo deu sua última instrução: oração pelos que sofrem, pelos enfermos e cuidado e restauração aos que se desviam.

Neste parágrafo Tiago falou sobre 4 coisas básicas:

a) O indivíduo em oração
– O princípio básico – v. 13

b) Os presbíteros em oração – Uma oração respondida – v. 14-15

c) Os amigos em oração – Um espírito de reconciliação – v. 16a: procura por espírito de penitência, espírito de reconciliação e espírito de oração.

d) O profeta em oração – um agente humano, um resultado sobrenatural – v. 17-18.

e) A busca da comunhão – pastoral cuidado e restauração – v. 19-20.


AUTOR: Rev. Hernandes Dias Lopes
FONTE: http://hernandesdiaslopes.com.br/2011/04/a-eficacia-da-oracao/












===============



===============



===================



===================



===================






quinta-feira, 28 de abril de 2011



UMA CORDA

CHAMADA JESUS



Mc. 4.35-41






Int.



- Esse dia no Ministério de Jesus, foi um dia de grandes milagres. Jesus havia passado a noite no Monte, orando ao Pai, Jesus buscava a Graça do Pai para realizar a sua missão na terra.


- Quando Jesus desceu do Monte, segui-o uma grande multidão. E um leproso chegou de repente e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo. E Jesus estendendo a mão, tocou-o e disse: Quero, sê limpo. E logo ficou purificado da lepra.


- E Jesus seguindo o seu caminho entrou em Cafarnaum, e chegou a Ele um centurião, rogando-lhe pelo seu criado que jazia em casa paralítico e endemoniado.


- E Jesus disse: Eu irei e lhe darei saúde. E o centurião cheio de fé disse a Jesus: Senhor eu não sou digno que entres debaixo do meu telhado, mas dize somente uma palavra, e o meu criado sarará.


- E Jesus disse ao centurião: Vai, e como creste te seja feito. E, naquela mesma hora, o seu criado sarou.

- Jesus depois entrou na casa de Pedro e curou a sogra de Pedro, que estava jazendo com febre. E ali na casa de Pedro, Jesus libertou muitos endemoniados e curou muitos enfermos.

- Como a multidão crescia, Jesus saiu da casa de Pedro e foi até a margem do Mar da Galiléia e ensinava a multidão com muitas parábolas: Como a parábola do semeador, a parábola da candeia, a parábola da semente e a parábola do grão de mostarda.

- E como já estava tarde o dia, Jesus disse aos discípulos: Passemos para a outra margem.

- Os discípulos com Jesus entraram no barco, e como Jesus estava cansado daquele longo dia, Jesus foi para a popa do barco, pegou uma almofada e dormiu.

- E a Bíblia fala: Levantou-se um grande temporal de vento, e subiam as ondas por cima do barco, de maneira que já se enchia de água.

I - O Grande Temporal.

- A tempestade chegou de repente no Mar da Galiléia sobre o barco. Não teve nenhum aviso que ela ia chegar. Pegou todos de surpresa.

- Assim acontece em nossa vida, as tempestades chegam de repente sem nos avisar.

- Na hora dos ventos contrários, os discípulos tiveram uma corda para se agarrar, uma corda segura: A corda chamada Jesus.

- Jesus estava no barco com eles na hora da tempestade.

- A humanidade nos dias de hoje naufraga no desespero, pelos problemas que lhes sobrevêm. Ondas gigantes que lhes acometem, a fúria do vento que lhes assopram. E procuram segurar em alguma corda que lhes dê segurança.

1 - Muitos Seguram na Corda Chamada Religião.

- Mas religião é uma corda apodrecida. Tem uma boa aparência, nomes bonitos e pomposos. Promete mundos e fundos e promete segurança. Na hora, porém, do vendaval, quando os ventos contrários começam a soprar, quando o mar se agita e as ondas se encapelam, e aquele que confiou nela e agarra-se a ela, ela se parte. Não tem nenhuma segurança. Podre, enganadora. E a vitima naufragou, e afogou-se.

- Amado religião não salva ninguém.

- Quem salva é Jesus.

- Nicodemos era príncipe dos judeus, era um grande religioso, mas tinha um vazio muito grande no coração, e foi procurar Jesus.

2 - Muitos Seguram na Corda Chamada Dinheiro.

- Maior número de pessoas hoje agarram-se firmemente a esta corda. Aparentemente é a mais firme, a mais resistente. No seu embalo, abre portas para os prazeres da carne, para comprar justiça, comprar honra, comprar privilégios e títulos.

- Parece garantir até o céu para quem o possui. Mas quando vai enfrentar a dura realidade e encarar o Deus que não se deixa levar pelos respeitos humanos; quando vai enfrentar o mar revolto e encapelada ondas, a mais podre de todas as cordas, nada resiste e por isso se parte.

- Em Lc.18.18-30- Um jovem rico, príncipe veio até Jesus em busca de Salvação, mas os seus bens materiais lhe impediram de ser salvo.

- Em Lc. 19.1-10- Zaqueu, publicano, que era rico, subiu a uma árvore para ver Jesus passar. Jesus foi a sua casa, e seu coração foi tocado, ao ponto de abrir mão de sua fortuna, ao ponto de Jesus dizer: Hoje entrou salvação nessa casa.

3 - Muitos Seguram na Corda Chamada Sexo.

- O sexo é de Deus; o abuso dele é do diabo. A presente geração, se entrega a um sexo liberal, a tal ponto, que o sexo chega a ocupar o lugar de Deus em muitas vidas

- Parece realmente que o sexo é tudo e vem a ser uma corda firme, capaz de suportar os vendavais do mundo. No entanto, é o contrário: Todos os que se aventuraram a atravessar o revolto mar da vida seguros nessa corda pereceram. A corda do sexo partiu-se.

4 - Muitos Seguram na Corda dos Prazeres.

- Quantos seguram na corda do cigarro.
- Outros numa corda chamada bebidas alcoólicas.
- Outros seguram na corda das drogas.

- Mas esta corda dos prazeres só tem nome pomposo, mas não resiste aos vendavais da vida. Essa corda também partiu-se.

II - A Corda da Salvação.

- Em que corda vamos segurar na hora do perigo, do vendaval e do encapelado mar?

- Há uma corda, uma corda que nunca partiu, nunca decepcionou ninguém; nunca falhou na hora do perigo.

- Essa corda chama-se Jesus Cristo.

- At. 4.12 - E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.

- Maria Madalena segurou nessa corda que é Jesus, recebeu o perdão pelos seus pecados e alcançou a salvação eterna.

- A mulher samaritana que viveu com muitos homens, um dia encontrou-se com Jesus no poço em Sicar, em Samaria, ela segurou-se nessa Corda, foi perdoada de todos os seus pecados e alcançou a salvação eterna.

- Um leproso samaritano, que vivia longe da sua família, numa aldeia em Samaria só para os leprosos; um dia viu Jesus passar, clamou por Ele, segurou na Corda que é Jesus, foi curado da lepra e alcançou a salvação eterna.

- Zaqueu, publicano, cobrador de impostos, rico e que vivia sem alegria; um dia Jesus passando em Jericó, Zaqueu subiu em uma árvore; Jesus o viu no seu estado, foi a sua casa; Zaqueu segurou nessa corda, seus pecados foram perdoados e alcançou a salvação eterna.

- Bartimeu, o cego, afundado na pobreza e na tristeza; soube que Jesus estava passando, segurou nessa corda, foi curado da sua cegueira e alcançou a salvação eterna.

- Ap.3.20 - Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei, e ele, comigo.

Conclusão:



- Você que tem sofrido a muito tempo; que tem procurado solução para os seus problemas em muitos lugares, e que a cada dia tem se afundado mais; esta noite é lhe oferecido a solução de todos os seus problemas; segure na corda que é Jesus, e você encontrará paz, alegria, segurança, esperança e solução de todos os seus problemas.

- Jo.14.27 - Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.

- Jesus é a Corda da nossa benção, da nossa vitória, da nossa esperança, da nossa salvação.

Hb.13.8 - Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente.




AUTOR: Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil

Fonte: http://www.adjabaquara.com.br/mensagens/20.02.2011.html




=======================
=======================
=======================
=======================

quarta-feira, 27 de abril de 2011



DEUS USA OS SIMPLES

PARA ALCANÇAR

OS PODEROSOS







INTRODUÇÃO:






Texto Bíblico: II Reis 5:1-19



1. Raras vezes Deus usou pessoas cultas e letradas em Sua obra de salvação.


2. Raras vezes Deus usou pessoas de poder político e social na missão de salvar pecadores.


3. Raras vezes Deus escolheu pessoas de grande poder aquisitivo para a pregação do evangelho.


I. DEUS USA MENINAS SIMPLES – II Reis 5:1-5


1. Menina, porém ousada – falou de seu Deus a Naamã, chefe do exército da Síria.


2. Menina cativa, porém, livre para falar de Deus e desejar o bem de quem lhe fez o mal.


3. Menina anônima, porém certa de que servia um Deus todo-poderoso.


Aplicação bíblica pessoal: Enquanto os grandes e fortes confiam em suas próprias habilidades, os pequenos e fracos confiam no poder e nas habilidades de Deus.


II. DEUS USA HOMENS POBRES – II Reis 5:6-10


1. A casa de Eliseu estava longe de ser comparada com o palácio do rei de Israel, onde Naamã não encontrou a cura.


2. A casa de Eliseu era vazia de bens materiais, mas rica em bens espirituais.


3. A casa de Eliseu era simples, mas ali Naamã encontrou esperança.


Aplicação bíblica pessoal: Enquanto os ricos confiam em suas riquezas que não oferecem satisfação de alma a ninguém, os pobres confiam em Deus, que pode fazer da casas simples e humilde um lugar de esperança para vidas arruinadas.


III. DEUS USA SERVOS PAGÃOS – II Reis 5:13-14


1. Na missão de salvar Naamã, seus servos foram os últimos recursos de Deus; mas graças a eles, Naamã se converteu ao verdadeiro Deus, recebendo assim a cura completa.


2. Na missão de salvar pecadores Deus não mede esforços, os servos pagãos de Naamã impediram-no de voltar para casa doente.


3. Na missão de salvar pecadores Deus faz uso de vários meios, mas os humildes são os que permitem serem usados por Deus.


Aplicação bíblica pessoal: Neste relato, a mulher de Naamã, o rei da Síria e os servos eram adoradores dos deuses siros, porém todos colaboraram com a restauração e conversão de Naamã ao Deus verdadeiro (II Reis 5:14-19). Deus pode te usar independente de que é você, apenas permita que Ele te mostre o que fazer.


CONCLUSÃO:


1. Deus usa pessoas simples, meninos e meninas a fim de alcançar os poderosos.


2. Deus usa pessoas simples, pobres e humildes a fim de salvar a vida de grandes homens do mundo.


3. Deus usa pessoas simples, servos e servas para facilitar a restauração dos homens mais poderosos.


APELO:


1. Se você se acha uma criança, se coloque nas mãos de Deus e veja o que Ele pode fazer com você.


2. Se você acredita ser destituído de recursos, busque recursos nAquele que supre as necessidades de quem deseja ser útil na missão de salvar pecadores.


3. Se você se julga desprovido de privilégios sociais, apenas permita que Deus te influencie com Seu poder, Ele deseja te usar para alcançar políticos, médicos, advogados, empresários, fazendeiros, gerente, tenente, etc.









AUTOR: Pr. Heber Toth Armí
FONTE:
http://portal-biblico.blogspot.com/












==============



===============



==================









terça-feira, 26 de abril de 2011



EM TUDO DAI GRAÇAS
“Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” (1 Ts 5:18 RA)









Introdução






- O versículo que acabamos de ler foi escrito pelo apóstolo Paulo
Mas, surpreendentemente, Paulo não teve uma “vida mansa”
Mas foi um homem experimentado nas adversidades:



Paulo foi perseguido em Damasco,
rejeitado em Jerusalém,
esquecido em Tarso,
apedrejado em Listra,
açoitado em Filipos,
escorraçado de Tessalônica e Beréia,
chamado de tagarela em Atenas, de impostor em Corinto.
Enfrentou as feras em Éfeso,
foi preso em Jerusalém,
acusado em Cesaréia.
Enfrentou um naufrágio,
foi picado por uma cobra em Malta
e preso em Roma.
Paulo passou frio e fome.
Foi açoitado com varas e enfrentou perigos em rios, desertos e mares.


O próprio Paulo escreveu:


“Cinco vezes recebi dos judeus uma quarentena de açoites menos um; fui três vezes fustigado com varas; uma vez, apedrejado; em naufrágio, três vezes; uma noite e um dia passei na voragem do mar; em jornadas, muitas vezes; em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos entre patrícios, em perigos entre gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre falsos irmãos; em trabalhos e fadigas, em vigílias, muitas vezes; em fome e sede, em jejuns, muitas vezes; em frio e nudez.” (2 Coríntios 11:24-27 RA)


- Mas, como Paulo continuava dando graças a Deus em meio a tantas adversidades?


VAMOS DESCOBRIR EM ALGUMAS CARTAS DE PAULO PORQUE O CRENTE DEVE SEMPRE DAR GRAÇAS A DEUS


POR QUE DEVEMOS EM TUDO DAR GRAÇAS:


1º) PORQUE TUDO COOPERA PARA O NOSSO BEM


“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.” (Romanos 8:28 RA)


- Você ama a Deus?
“Se alguém disser: Amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. Ora, temos, da parte dele, este mandamento: que aquele que ama a Deus ame também a seu irmão.”
(1 João 4:20-21 RA)


- Você foi chamado por Deus?
“porquanto Deus não nos chamou para a impureza, e sim para a santificação.” (1 Ts 4:7 RA)
“[Deus] nos salvou e nos chamou com santa vocação” (2 Timóteo 1:9 RA)
“[Deus] nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor,” (Efésios 1:4)


2º) PORQUE NÃO SOMOS DESTE MUNDO


“Porque nada trouxemos para este mundo e nada podemos daqui levar. Tendo, porém, alimento e vestuário, estejamos com isso contentes.” (1 Timóteo 6:7-8)


“Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.” (2 Coríntios 4:17-18 RA)


“Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,” (Fp 3:20 RA)


- Você realmente não é deste mundo?


“Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia.” (João 15:19 RA)


“Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.” (Tiago 4:4 RA)


3º) PORQUE SOMOS FORTALECIDOS COM A ADVERSIDADE


“aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece.” (Filipenses 4:11-13 RA)


“Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo. Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte.” (2 Coríntios 12:9-10 RA)


- Você tem buscado ainda mais a Deus nas adversidades?


“Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus.” (Filipenses 4:6-7 RA)


4º) PORQUE NADA NOS SEPARARÁ DO AMOR DE DEUS


“Quem nos separará do amor de Cristo?
Será tribulação, ou angústia, ou perseguição,
ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?”
“...nem a morte, nem a vida,
nem os anjos, nem os principados,
nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura,
nada poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.”
(Romanos 8:35,38-39 RA)


Conclusão


- Só não tem razões para dar graças a Deus em tudo aqueles que não têm a certeza da salvação.
Mas, hoje você pode ter esta certeza!
Reconcilie-se com Deus.
Arrependa-se dos seus pecados.



E, em tudo, dai graças!





















++++++++++++++



++++++++++++++



++++++++++++++






segunda-feira, 25 de abril de 2011



Vencendo as influências

de Mamom






TEXTO: Mt.6.24









INTRODUÇÃO:






- Jesus está falando sobre duas coisas opostas, de um lado Deus e do outro lado Mamom. Desta forma, se você serve a Deus, não pode servir a Mamom.


- Mamom é mais que as riquezas, são as nossas fontes.


- Mamom é um deus concorrente ao Deus verdadeiro, ele busca fazer aquilo que somente o Senhor Deus pode fazer em nossas vidas:


1 - Um deus dá segurança:


- As pessoas se sentem seguras com o dinheiro, mas não se sentem seguras com Deus apenas.


2 - Um deus exige o melhor:


- Podemos perceber como se exige integridade e transparência daqueles que lidam com o dinheiro?


- Aqueles que lidam com dinheiro são os mais bem treinados. Isto porque Mamom exige o melhor.


3 - Um deus determina o valor das coisas:


- Se uma pessoa tem dinheiro, sente-se valorizada. Se não sente-se sem importância.


Algumas características de pessoas que são influenciadas por Mamom (II Co. 2.11):


1 - QUANDO HÁ PREOCUPAÇÃO EXAGERADA EM RELAÇÃO AO DINHEIRO:


- Esse espírito não se restringe a pessoas apenas, mas atuam fortemente em empresas, organizações e infelizmente até nas igrejas.


- A influência deste espírito maligno trabalha assim: “quanto mais a pessoa tem, mais ela quer”, onde pessoas ricas temem perder o que tem, e pessoas pobres temem nunca ter o suficiente.


Três Pensamentos para Ficar Livre das Preocupações (I Pe.5.7):


a - Tudo o que tenho é um presente de Deus;
b - Tudo o que tenho são cuidados por Deus;
c - Tudo o que tenho está disponível ao Reino de Deus;


2 - QUANDO HÁ FALTA CONSTANTE DE PROVISÃO FINANCEIRA:


- Este problema normalmente ocorre, porque a pessoa gasta mais do que ganha.


- Ex. Todo final de mês, falta dinheiro.


3 - QUANDO HÁ INCAPACIDADE DE RESISTIR O DESEJO DE COMPRAR:


- Você costuma comprar algo que não precisa só porque está barato?


- Este é um forte sinal da influencia de Mamom.


4 - QUANDO HÁ ESPÍRITO DE AVAREZA (Cl. 3.5):


- Muitos trabalham duro para possuir uma quantidade razoável de dinheiro, mas por outro lado não sabem gastar, não sabem utilizar aquilo que conquistaram, este é um sintoma crônico da influência de Mamom.


5 - DESCONTENTAMENTO CONSTANTE (Fp. 4.11-12/ I Co. 10.10-11):


- Você vive contente com o que tem?


- O remédio contra a murmuração é um coração grato, quando agradecemos dizemos a Deus que confiamos Nele, independente das circunstâncias. Porém, estar contente é diferente de estar satisfeito.


6 - QUANDO HÁ SERVIDÃO AS DÍVIDAS (Rm. 13.8):


Guia do Compartilhamento


 Através dos pontos citados, você percebe a influencia de Mamom em sua vida, de que forma?


 Você tem usado as armas dízimos e ofertas para combatê-lo?


 Você está satisfeito com sua situação financeira? O que precisa fazer para que ela mude?









Por Pr. Silvio Galli










++++++++++++++




++++++++++++++++




++++++++++++++++++


















PÕE EM ORDEM

A TUA CASA










- Nesta noite,encerramos a Conferência com um imperativo, uma ordem que Deus deixou muito claro em sua palavra.



- Encontra-se em 2Reis 20.1 e será o tema da mensagem de hoje:

PÕE EM ORDEM A TUA CASA


- Você já viu uma casa em desordem? Bagunça mesmo?


- Ninguém se sente bem num lugar desarrumado, sujo. Você perde as coisas, espalha doença, aumenta a irritação, provoca desencontros, traz prejuízos.


- Pior do que uma desordem física, é a desordem emocional, moral, a desordem espiritual. Porque este tipo de desordem provoca desencontros de relacionamentos, choque entre as pessoas, e muitas coisas se perdem: amizade, respeito, segurança, confiança, causando grave instabilidade no lar.


- Como está a sua casa?


- Como está sua família? Está em ordem? Ou em desordem?


- A Bíblia conta a história de um rei chamado Ezequias. Houve um certo momento na vida daquele rei, que Deus disse assim para ele: Põe em ordem a tua casa. 2 Rs 20.1


- Será que esta palavra serviu somente para Ezequias naquele tempo? Certamente esta palavra é para hoje também.


- Veja que Deus não disse a Ezequias que iria enviar alguém para pôr a casa dele em ordem. A ordem foi para ele.


- Essa palavra Deus está trazendo para nós. Há sempre algo em nossa casa que precisamos colocar em ordem.


- Vejamos algumas áreas que precisamos deixar Deus tratar para a felicidade de nossos lares.


- São ações práticas que abençoam a nossa casa, e que dependem de nossa iniciativa.


- Deus não vai fazer por nós e não vai mandar um anjo entrar em nossa casa e fazer essas coisas por nós.


PARA POR EM ORDEM A SUA CASA...

I. PURIFIQUE O SEU AMBIENTE


- Não levem coisa alguma que seja detestável para dentro de casa. Dt 7.26


- Ai daquele que amontoa bens roubados e enriquece mediante extorsão! Hc 2.6


- Muitas vezes nós mesmos, por falta de atenção a esta instrução, não só deixamos de receber as bênçãos de Deus sobre nossas casas, como abrimos portas para ação de demônios em nosso lar, dando-lhes direito legal para trazer toda sorte de maldição ou perturbação.


- Diante de uma instrução clara como essa, cabe uma reflexão séria sobre os objetos que temos dentro de nossas casas.


- Você já parou para pensar nisso? Nada detestável, nada que seja adquirido por meios ilícitos deve ser levado para dentro de nossa casa. Faça uma avaliação das coisas que você abriga dentro de sua casa.


II. DIGA NÃO À IMORALIDADE


- A família está perdendo os seus referenciais.


- O casamento deixou de ser uma aliança para ser apenas um contrato comum.


- As pessoas casam-se para divorciar e divorciam-se para se casar.


- A infidelidade conjugal é vista como um escape para as neuroses e uma necessidade compulsiva.


- O sexo no namoro, a gravidez na adolescência, e o aborto já não nos deixam mais perplexos.


- A virgindade é motivo de chacota numa sociedade que aplaude a degradação moral e escarnece a virtude.


- O homossexualismo é visto apenas como uma opção livre e um direito inalienável.


A Bíblia diz: O corpo, porém, não é para a imoralidade, mas para o Senhor, e o Senhor para o corpo. 1 Co 6.13


- Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual como também de nenhuma espécie de impureza e de cobiça; pois essas coisas não são próprias para os santos. Ef. 5.3 / Cl 3. 5,7-8


III. REJEITE AS MÁS INFLUÊNCIAS


- O que ou quem está entrando em nossa casa que está mexendo com os valores, as crenças, as opiniões, as atitudes das pessoas de nossa família?


- Não se deixem enganar: "As más companhias corrompem os bons costumes". 1 Co 15.33


- Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores! Sl 1.1


IV. RESTAURE OS RELACIONAMENTOS


- Como estão os relacionamentos na família?


- Responda sim ou não para si mesmo: Há boa comunicação entre as pessoas de sua casa (paiXmãe, paiXfilho(a), mãeXfilho(a), irmãoXirmão)?


- O diálogo é algo natural em casa?


- As pessoas da casa se falam, se entendem, se respeitam, olham nos olhos uma das outras?


- As pessoas da sua casa gostam de estar juntas, brincam juntas, riem juntas, fazem refeições juntas, passeiam juntas, se sentem bem e acolhidas em casa ?


- Há expressões de afeto nos gestos e nas palavras?


- A Bíblia menciona a história de um pai que foi um homem muito ocupado, dava atenção para todas as pessoas, era um sacerdote, mas dentro de casa faltava atenção e não conseguiu ser sacerdote para os próprios filhos.


“...Eu lhe disse que julgaria sua família para sempre, por causa do pecado dos seus filhos, do qual ele tinha consciência; seus filhos se fizeram desprezíveis, e ele não os puniu” 1 Samuel 3.13


- Deus fez o lar para ser um lugar de relacionamentos intensos entre as pessoas e também com Deus.


- Os problemas de relacionamentos entre as pessoas da casa revelam a necessidade de buscar um relacionamento íntimo e verdadeiro com Deus.


- Quanto mais próximos nós estamos de Deus, mais perto estamos das pessoas.


- Para pôr a casa em ordem no que se refere aos relacionamentos é fundamental restaurar o relacionamento com Deus.


- Nossos pecados nos separam de Deus e das pessoas.


- Nosso relacionamento ficou quebrado, prejudicado, por causa do pecado. Mas há solução, Jesus! Por meio de Jesus, pela fé nele podemos voltar a ter comunhão com Deus.


- Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo, por meio de quem obtivemos acesso pela fé a esta graça na qual agora estamos firmes. Ef 5.1-2


- Deus deseja ter um relacionamento pessoal com cada um de nós. Ele nos ama, e por meio do sangue de Cristo tem poder para limpar a nossa vida e a nossa casa.


- Satanás tudo faz para nos afastar de Deus, cegando o nosso entendimento espiritual. Ele é o príncipe deste mundo, causando confusão nas mentes, nos lares, nas igrejas, escolas, instituições, governos e nações.


- A maior tragédia da humanidade é a falta de relacionamento sadio com Deus e com as pessoas. Mas nessa conferência Deus está nos curando. Ele está salvando vidas aqui. Deixe Deus colocar ordem em sua vida e em sua casa.


CONCLUSÃO


- Deus, no passado, instruiu o rei Ezequias a pôr a sua casa em ordem. A palavra de Deus é viva e atual. Ele também está dizendo isso para nós hoje: PÕE A TUA CASA EM ORDEM.


- Deus quer curar nossas famílias, mas há coisas que jamais acontecerão em nossas casas se nós não tomarmos a iniciativa.


- E nós vimos hoje que há certas coisas que Deus não fará por nós como: purificar nossa casa de objetos detestáveis, rejeitar a imoralidade e as más influências, e restaurar as relações promovendo um clima de afeto e amor dentro de casa.


- Todas essas atitudes dependem de nossa iniciativa e Deus vai abençoar essas iniciativas porque é isso que ele deseja.


- Aceite agora mesmo Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador.









AUTOR: Pr. Luiz e Nilce Sanches













++++++++++++++++++++



++++++++++++++++++++



++++++++++++++++++++



++++++++++++++++++++++



+++++++++++++++++++++++






quarta-feira, 20 de abril de 2011



AS PROMESSAS

VAZIAS

DA PÁSCOA






Texto: Lucas 24:1-11









Introdução:




A. Cerca de quatro anos atrás, eu comprei um vidro de um medicamento que prometeu me dar algo de volta que eu estava perdendo. Uma promessa que parecia muito boa para ser verdade.


1. Muitos de nós temos sido enganados por promessas vazias
(Perder peso, aumentar a massa muscular, crescer o cabelo, melhorar o desempenho, aumento de memória, mais energia, a supressão do apetite e etc...).


2. Estas promessas vazias nos fazem desconfiar de tudo o que parece bom demais para ser verdade.


B. A palavra de Deus diz: "Nenhuma promessa falhou de todas as boas palavras que o SENHOR falara à casa de Israel; tudo se cumpriu". Josué 21:45


1. Deus tem cumprido todas as promessas que ele tem feito ao Seu povo.


2. O mundo nos dá promessas cheias de vazio: Deus nos dá o vazio cheio de promessas.


C. Eu espero que você confie em Deus e em Suas promessas nesta Páscoa.


1. Quem aqui conhece Jesus Cristo?
2. Vamos observar duas promessas que surgem do vazio da Páscoa.


I. A primeira promessa vazia da Páscoa é... UMA CRUZ VAZIA.


A. Antes fiéis amigos de Jesus (Maria Madalena, Maria, a Mãe de Tiago, Joana e, várias outras mulheres) foram ao sepulcro, quando viram a cruz a uma distância. Lucas 23:50-53 “E eis que certo homem, chamado José, membro do Sinédrio, homem bom e justo. (que não tinha concordado com o desígnio e ação dos outros), natural de Arimatéia, cidade dos judeus, e que esperava o reino de Deus, tendo procurado a Pilatos, pediu-lhe o corpo de Jesus, e, tirando-o do madeiro, envolveu-o num lençol de linho, e o depositou num túmulo aberto em rocha, onde ainda ninguém havia sido sepultado”


1. A medida que o sol surgia, elas podiam ver a silhueta de três cruzes distantes contra o brilho de um céu avermelhado. (Ninguém tocou na cruz no sábado /Sabbath)


2. O do meio tem a sua atenção.


a. Inscrição sobre a cruz "Rei dos Judeus"
b. Sangue na viga transversal, cabeça, lado (soldado romano perfurou o seu lado para se certificar de que ele estava morto). Ele estava morto.


3. A cruz que as mulheres viram estava vazia, mas estava cheia de promessas de Deus.


B. As promessas da cruz vazia significa que você e eu estamos perdoados. (Jesus pagou o preço pelos nossos pecados na cruz.)


1. O pecado é qualquer coisa que fazemos que desagrade a Deus. Romanos 3:23 “pois todos pecaram e carecem da glória de Deus,”


a. Todos nós pecamos. (A pessoa ao seu lado, na frente de você, atrás de você).


b. Romanos 6:23 "Porque o salário do pecado é a morte..." Morte = Inferno


c. Antes da ressureição, Deus podia olhar no livro todos os nossos nomes e escrever culpado de pecado... Culpado de pecado... Culpados de pecado; contas a pagar.


2. Jesus veio para resolver as nossas contas e ele pagou na cruz.


a. Jesus nunca pecou. (Buda, Maomé, Davi, Moisés, etc.)
I Pedro 1:18-19 “sabendo que não foi mediante coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram, mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo,”
Hebreus 4:15 “Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado.”


b. Foi na cruz que Jesus sofreu, sangrou, morreu por uma humanidade pecadora.
I Pedro 3:18 “Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus; morto, sim, na carne, mas vivificado no espírito,”
Romanos 5:8 “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.”


c. Quando Jesus disse: "Está consumado" desde a cruz; o ato redentor para a humanidade estava, na verdade... concluído.


C. Vocês podem ver o que eu tenho na minha mão? Um recibo. Para qual propósito é que um recibo serve? É a prova de que o pagamento foi feito. Isso é o que a cruz de Jesus é. O recibo. A prova de que o pagamento é feito, que o poder do pecado já não tem poder sobre nós.
Como as mulheres continuaram depois de ver a cruz vazia, continuaram até o túmulo.


II. A segunda promessa vazia da Páscoa é... UM TÚMULO VAZIO.


- Lucas 24:1-3,12 “Mas, no primeiro dia da semana, alta madrugada, foram elas ao túmulo, levando os aromas que haviam preparado. E encontraram a pedra removida do sepulcro; mas, ao entrarem, não acharam o corpo do Senhor Jesus”. 12. Pedro, porém, levantando-se, correu ao sepulcro. E, abaixando-se, nada mais viu, senão os lençóis de linho; e retirou-se para casa, maravilhado do que havia acontecido.


A. Estas mulheres foram à espera de ver o cadáver de seu amigo, em vez disso, viram o túmulo vazio do seu Senhor ressuscitado. (24:6a) "Ele não está aqui, mas ressuscitou...”.


1. Muitos líderes religiosos morreram e seus ossos todos viraram pó, o túmulo de Jesus estava e está vazio.


2. Todos os tipos de prova: o túmulo vazio, o testemunho ocular de mais de 500 pessoas durante um período de 40 dias... Jesus está vivo!


B. O túmulo vazio de Jesus é uma promessa para cada um de nós que nós também seremos ressuscitados para a vida eterna.


1. Para aqueles de nós que conhecem a Jesus como Salvador e Senhor, a morte perdeu seu aguilhão.


a. Morte espiritual versus morte física


b. I Coríntios. 15:55-57 "Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão? O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Graças a Deus, que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo”


2. Jesus pode te dar a vida eterna se você conhecê-lo!


a. Você pode conhecer fatos sobre Ex. Presidente Lula, Barack Obama, Presidente Dilma Rousseff, Cristiano Ronaldo e etc., mas não conhecê-los?


b. Você pode conhecer os fatos sobre Jesus (Belém, cruz, túmulo vazio), mas você pode não conhecê-Lo. Tiago 2:19 “Crês, tu, que Deus é um só? Fazes bem. Até os demônios creem e tremem”


c. Apocalipse 3:20 “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo”


Conclusão:


Deus tem cumprido todas as promessas que ele já fez ao Seu povo. O mundo nos dá promessas cheias de vazio: Deus dá-nos o vazio cheio de promessas.


A. Nós observamos duas promessas que surgem do vazio da Páscoa.


1. Uma cruz vazia
2. Um túmulo Vazio


B. Espero que você confie em Deus e em Suas promessas nesta noite de Páscoa.


1. Cruz vazia: pecados perdoados
2. Túmulo vazio: a vida eterna


C. Quem aqui conhece Jesus Cristo?


- Acredito que na Páscoa, mais do que qualquer outra época do ano, percebemos que Deus tem feito todos os tipos de promessas extravagantes. Tão extravagantes, que alguns de nós não podemos acreditar. Ou, podemos?


- Esta noite, ouvimos sobre duas promessas que Deus fez para nós, a promessa do perdão dos pecados, a promessa da vida eterna, e a promessa de um relacionamento pessoal com Jesus Cristo.
Minha pergunta a vocês nesta noite é esta: você vai confiar na sua palavra? Se assim for, escute essa promessa final - é encontrada em Romanos 10:13 “Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”


- Esta noite, se você ainda não aceitou as promessas de Deus para sua vida, Ele está esperando, provavelmente pensando: "Pelo amor de Deus, porque está demorando tanto?”


- Não espere outro dia, faça hoje, e conheça a alegria da vida eterna em Cristo Jesus.


- Eu creio que o Senhor abençoará realmente a cada um de vocês nesta Páscoa.









AUTOR: Pr. Aldenir Araújo














++



++



++++



++++



++



++



++



++



++