sábado, 27 de novembro de 2010


COMUNHÃO


Quais são Os Propósitos ou Intenções de Deus?

• Adoração:
Pessoas encontrando e declarando sua satisfação em Deus

• Discipulado: Pessoas vivendo com corações abertos, 24 horas por dia e 7 dias por semana, como Jesus viveu de coração aberto.

• Comunhão: Pessoas vivendo sem barreiras umas com as outras e compartilhando em comum as satisfações de Deus Pai, Filho e Espírito Santo.

• Serviço: Ações de amor para incluir todos igualmente nas satisfações de Deus

• Missões: Buscando todos os homens para incluí-los na adoração, discipulado, comunhão, serviço e missão de Deus.

O que é Comunhão Bíblica? É ter em comum Deus e suas perfeições.

Três exemplos de comunhão Bíblica:

1. A nação de Israel no deserto Êxodo 40

2. Jesus com seus discípulos João 17 6-12 e 20-26

3. A igreja nascendo Atos 2

Quais são as características essenciais da comunhão Bíblica?

1) Comunhão somente existe pela graça de Deus.

Efésios 2.11-22
“Portanto, lembrem-se de que anteriormente vocês eram gentios por nascimento e chamados incircuncisão pelos que se chamam circuncisão, feita no corpo por mãos humanas, e que naquela época vocês estavam sem Cristo, separados da comunidade de Israel, sendo estrangeiros quanto às alianças da promessa, sem esperança e sem Deus no mundo. Mas agora, em Cristo Jesus, vocês, que antes estavam longe, foram aproximados mediante o sangue de Cristo. Pois ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um e destruiu a barreira, o muro de inimizade. Ele veio e anunciou paz a vocês que estavam longe e paz aos que estavam perto, pois por meio dele tanto nós como vocês temos acesso ao Pai, por um só Espírito. Portanto, vocês já não são estrangeiros nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e membros da família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, tendo Jesus Cristo como pedra angular, no qual todo o edifício é ajustado e cresce para tornar-se um santuário santo no Senhor. Nele vocês também estão sendo edificados juntos, para se tornarem morada de Deus por seu Espírito.”

2) Comunhão verdadeira existe somente na Presença de Deus.

João 14.15-17 “Se vocês me amam, obedecerão os meus mandamentos. E eu pedirei ao Pai, e ele lhes dará outro Conselheiro para estar com vocês para sempre, o Espírito da verdade. O mundo não pode recebe-lo, porque não o vê nem o conhece. Mas vocês o conhecem, pois ele vive com vocês e estará em vocês. Não os deixarei órfãos; votarei para vocês.”

3) Comunhão verdadeira continua somente enquanto concentramos em Deus.

1João 1.7 - “Se, porem, andarmos na luz, como ele está na luz, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.”

1João 2.20 - “Mas vocês têm uma unção qeu procede do Santo, e todos vocês tem conhecimento.”

“O que ganha a sua atenção ganha você”

4) Comunhão verdadeira existe enquanto obedecemos a Deus

Levítico 19.37 “Obedecem a todos os meus decretos e a todas as minha leis e pratiquem-nos: Eu sou o Senhor.”

João 15.9-10 “Como o Pai me amou eu os amei; permaneçam no meu amor. Se vocês obedecerem aos meus mandamentos, permanecerão no meu amor, assim como tenho obedecido aos mandamentos de meu Pai e em seu amor permaneço.”

1João 5.1-3 “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus, e todo aquele que ama o Pai ama também o que dele foi gerado. Assim sabemos que amamos os filhos de Deus; amando a Deus e obedecendo aos seus mandamentos. Porque nisto consiste o amor de Deus; em obedecer aos seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesadas.

“ No plano espiritual não crescemos passo a passo; ou estamos ou não estamos Nele. Deus não vai nos purificando gradualmente do pecado; quando estamos na luz, caminhando na luz, somos purificados de todo pecado. É uma questão de obedecer, e, imediatamente, o relacionamento se torna perfeito. Se nos desviarmos um segundo apenas da obediência, no mesmo instante a escuridão e a morte entram em ação.”
(Oswald Chambers)
5) Comunhão verdadeira sempre produz amor e a glória de Deus.

1João 4.7 Amados, amemos uns aos outros, pois o amor procede de Deus. Aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.”

João 13.34 “Um novo mandamento lhes dou; Amem-se uns aos outros como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros.”

Para ter comunhão temos que fazer o que?

• 1. Ter uma experiência pessoal com a graça de Deus.

• 2. Busque a presença de Deus em primeiro lugar momento a momento.

• 3. Concentra-se nas perfeições de Deus.

• 4. Obedeça a Deus em tudo.

• 5. Incluir outros na satisfação que você encontra em Deus.

Autor:
Pr. Ricardo Aurino / Fonte:
http://www.pibjacarei.com/esboco/esboco_31_10_2007.htm



===========

============

=============



Aos pés de Jesus



* Como é bom estar aos pés de Jesus, poder fazer a sua vontade e ouvir suas palavras tão doces como um favo de mel aos nossos ouvidos.

* É neste contexto de Lucas 10.38,42 que encontramos um contraste muito diferente entre duas irmãs Marta e Maria.

* A bíblia diz que quando Jesus chega a Betânia, mais precisamente na casa das irmãs, Marta o recebe em casa de bom gosto, mas Jesus decide ir pra fora da casa e ministrar sua palavra a todos os seus discípulos. É dentro deste cenário que Maria quis ficar “aos pés de Jesus” para ouvir sua palavra.

O que de fato significa para nós estar aos pés de Jesus?

I – Para compreendermos, temos que saber que só existem duas maneiras de estar “aos pés de Jesus”.

PRIMEIRA MANEIRA: Assentado
(Lc 10.39)

Estar assentado aos pés de Jesus fala de paciência, mansidão, calmaria.

 Lembre-se do episódio da multiplicação dos pães (Jo 6.1,11), Cristo ficou preocupado com a multidão que o rodeava em que iam comer, e lhe apresentaram um rapaz que tinha cinco pães e dois peixinhos, então Ele pede que o povo se assente para que ele possa operar o milagre, repare no que Cristo disse: que o povo se assentasse (Jo 6.10) todo o povo estava inquieto, muito disperso e alvoroçado e a senha era "assentar-se" para receber o milagre.

SEGUNDA MANEIRA: Prostrado ou de Joelhos (Mc 1.40 - Mc 5.33 - Mt 17.14)

Estar prostrado ou de joelhos significa me humilhar, reconhecer a Soberania Daquele que tem todo o poder e pode me dar vitória em qual seja a circunstância que vivo.

 Não posso me apresentar aos pés de Jesus com soberba, pois diz a bíblia “aquele que se humilhar sob a potente mão de Deus Ele ao seu tempo o exaltará, mas aquele a quem se exaltar será abatido” (1Pe 5.6).

Estar de joelhos é também reconhecer a minha dependência total do Criador, porque sem Ele nada podemos fazer (Jo 15.5).

 Somos seres limitados, falhos, cheios de defeitos e que precisamos de Jesus em nossa vida, e com isso me prostro aos seus pés reconhecendo que sou dependente Dele o Senhor.

II – O que eu faço aos pés de Jesus?

Primeiro:
Humilho-me (Mc 5.22 - Jairo se humilhou)
Aos seus pés nós nos humilhamos e ato de reverencia e total obediência a sua vontade.

Segundo: O Adoro (Mc 7.25 – Mc 5.6 - até o gadareno teve que O adorar).

=> O Senhor não recebe adoração de qualquer maneira, somente quando estiver com a vida no altar vivendo uma vida aos pés de Jesus e que Ele receberá a nossa adoração sincera.

Terceiro: Ouço a sua Palavra (Lc 10.39 – Jo 6.68)
Jesus chega dizer que Maria estava com a melhor parte e isso não lhe seria tirada, se Ele disse que tem uma parte melhor, a pior é ficar longe dos ensinamentos do Mestre Amado e da meditação da sua Palavra.

III – O que eu ganho estando aos pés de Jesus?

Ganho Intimidade e Comunhão
(Mc 5.40 – Sl 25.14 – Pv 3.32)

Muitos querem ter intimidade com o Senhor, mas não se submetem a sua vontade, a bíblia diz que Jairo se prostrou perante o Senhor e isso fez com que Jesus fosse a sua casa e lá entrasse. A Intimidade do Senhor é para os que o temem (Sl 25.14).

Ganho Benção e Vitória (Mc 7.29 – Mc 10.30)

 Jesus nunca disse que teríamos uma vida só de vitória de benção ou coisa semelhante, porém, disse: que todos os que se aproximaram de Jesus com sinceridade e prostraram-se aos seus pés receberam vitória naquilo que precisavam.

 Pedro chega a perguntar a Jesus o que eles os discípulos ganhariam por deixarem tudo e estarem O seguindo (Mc 10.30), Jesus afirma que ninguém que deixa pai, mãe, irmão, irmã, filho, filha, campos, por amor da sua obra e amor do evangelho, não recebe nada, pelo contrario recebera ainda nesta vida 100 vezes mais e no porvir a VIDA ETERNA, "com um detalhe com perseguições", pois o versículo termina assim.

Ganho Vida Eterna ou Salvação (Mc 10.30 – Gl 6.8)

=> Viver uma vida de comportamentos santos, ações e decisões que expressam de fato estar aos pés de Jesus é semear em terra fértil e colher intimidade, Vitórias e mais do que tudo o que é transitório, é colher o que é incorruptível a “Vida Eterna”.

Conclusão

 Jesus quer que fiquemos aos seus pés, junto Dele para podermos aprender com Ele e ter suas características, pois a ciência diz que o ser humano é um produto do meio, ou seja, do meio em que vive, pois a convivência traz características.

 Estar aos seus pés é uma questão comportamental, nós decidimos se queremos estar aos seus pés e submetermos a sua vontade ou não. Porém a nossa decisão pode mudar o rumo da nossa vida para sempre.

 Decida estar aos pés de Jesus e adorá-lo, reverenciá-lo pois isso lhe dará a VIDA ETERNA.

Fonte: Alexandre Pitante /
http://alexandrepitante.blogspot.com/2010/06/aos-pes-de-jesus.html


===========

=============

==============