sábado, 13 de novembro de 2010


TRÊS ELEMENTOS
ESSENCIAIS NA VIDA
DO CRISTÃO

Texto: Colossenses 1:9-11


Introdução:

- Três elementos são essenciais à vida humana; alimentos, água e ar. Sem estes três elementos as pessoas não podem viver por muito tempo. Sem ar, apenas dois ou três minutos, sem comida e água, uma questão de dias, talvez um par de semanas, mas finalmente o corpo humano irá morrer.

- Assim como o corpo humano necessita destes três elementos, há também três elementos essenciais para viver a vida cristã. Sem um desses três elementos a vida do cristão está longe de ser como ele poderia e deveria ser.

Paulo nos fala sobre os três elementos essenciais na vida do cristão.

I. Primeiro elemento essencialConhecer a vontade de Deus.
V. 9.

1. O cristão precisa ser preenchido com o conhecimento da vontade de Deus.

a. Toda a sua vida.

b. Cada momento, cada palavra, cada pensamento precisa ser o que Deus quer.

c. O comportamento e a conduta precisa refletir o Senhor.

2. Conhecer a vontade de Deus vem através da oração e estudo da Palavra de Deus.

a. É preciso aprender de Deus até que você esteja completamente saturado dele.

b. Tornar-se tão familiarizado com a vontade de Deus de modo que, ela controle automaticamente a sua vida.

3. Muitos cristãos vivem vidas superficiais, vivem derrotados sem desfrutar a vida abundante que poderiam ter.

a. A maioria dos cristãos não sabe muito sobre a vontade de Deus para suas vidas.

b. Infelizmente, muitos cristãos não querem que Deus esteja muito envolvido em suas vidas.

II. Segundo elemento essencial - Andar dignamente diante do Senhor Jesus.
V. 10

1. Conhecer, possuir a vontade e a sabedoria de Deus é uma coisa, chamada de "cabeça" do conhecimento.

2. Conhecer a vontade de Deus deve ser colocado em prática. A vontade de Deus deve ser vivida.

3. Para andar dignamente diante do Senhor Jesus é preciso:

a. Ser frutífero, produtivo em toda boa obra, não apenas em uma determinada área.

b. É tudo que Deus quer; tudo que uma pessoa faça e diga.

c. Crescer no conhecimento do Senhor, não é algo que acontece de uma vez.

d. Nada se aprende de uma vez, tudo vêm em etapas, graus, por isso é a vontade de Deus.

e. Constantemente estar receptivo a mudanças ou coisas novas que Deus tem para você ser ou fazer.

III. Terceiro elemento essencial - Ter o Poder de Deus.
V. 11

1. Uma coisa é conhecer a vontade de Deus, mas ser capaz de fazê-lo, tendo o poder é outra coisa.

2. Como uma pessoa pode andar dignamente diante do Senhor Jesus, se não tem o poder de Deus para fazer isso?

3. Quem tem esse poder de si mesmo? É humanamente impossível andar dignamente diante de Jesus.

a. Quem é perfeito?

b. Quem pode vencer a morte?

c. Quem pode suportar e manter-se de pé diante de tudo o que Satanás traz sobre aqueles que pertencem a Jesus?

d. Nenhuma pessoa pode ganhar de Satanás.

4. Somente o poder de Deus pode permitir a uma pessoa andar dignamente diante do Senhor Jesus e derrotar Satanás
.

a. O poder de Deus pode permitir que uma pessoa seja o que Deus quer que a pessoa seja.

b. O poder de Deus pode vencer a morte e dar vida eterna a uma pessoa.

c. O poder de Deus pode dar a força, permitindo uma pessoa suportar o que Satanás traz.

d. O poder de Deus pode permitir uma pessoa permanecer alegre em todas as coisas difíceis.

e. O poder de Deus pode dar a pessoa compreensão e paz, não importa sobre o quê.

f. O poder de Deus pode fortalecer e animar uma pessoa quando tudo parece perdido.

g. O poder de Deus pode dar a pessoa esperança e segurança.

5. Então, como se obtém esse poder de Deus?

a. Ao ser batizado?

b. Por pertencer a uma Igreja em particular?

c. Por cerimônias e rituais?

d. Por alguém, pelas mãos de uma pessoa?

e. O poder de Deus vem somente através da oração, muita oração.

Conclusão:

1. O cristão deve conhecer a vontade de Deus para ser o tipo de cristão que ele ou ela deveria ser.

2. O cristão deve andar dignamente diante do Senhor Jesus para ser um bom exemplo aos outros.

3. Somente pelo poder de Deus que é dado através da oração, o cristão pode ser tudo o que Deus espera que ele seja.

4. O cristão que tem estes três elementos em sua vida terá um espírito de paciência, perseverança, firmeza, coerência e alegria, não importa o que a vida traz.

5. Três elementos essenciais que os cristãos precisam para ser tudo o que Deus quer. Você os tem?


FONTE: Pr. Aldenir Araújo / Leia mais
http://opregadorfiel.blogspot.com/2010/11/tres-elementos-essenciais-na-vida-do.html#ixzz15AAQKARz




=============

============

==========

POR FAVOR, DÊ UM CLIC

EM QUALQUER ANÚNCIO

AO LADO OU ABAIXO

DESTES ESBOÇOS.

Conto com vc!


=

==

===

====

=====

======

=======

========

=========

==========

===========


Acorde,
Chegou a Hora!
Marcos 14.32-42


- Num mundo em que a exaltação ao homem é algo nitidamente perceptível, até porque isso é bíblico: "Lembre disto: Nos últimos dias haverá tempos difíceis. Pois muitos serão egoístas, avarentos, orgulhosos, vaidosos, xingadores, ingratos, desobedientes aos seus pais e não terão respeito pela religião. Não terão amor pelos outros e serão duros, caluniadores, incapazes de se controlarem, violentos e inimigos do bem. Serão traidores, atrevidos e cheios de orgulho. Amarão mais os prazeres do que a Deus; parecerão ser seguidores da nossa religião, mas com as suas ações negarão o verdadeiro poder dela. Fique longe dessa gente! (II Tm3.1-5).

- Em meio a esses sentimentos que já estão no mundo, precisamos como Igreja preservar a natureza e princípios deixados pelo nosso Mestre e Senhor Jesus o Cristo e termos a convicção de que os planos de Deus não se frustram, mesmo que estes nos fujam a compreensão.

- Parece que hoje a Igreja está mais voltada a vontade própria, do que, à vontade e Deus, ao invés de "buscarmos primeiro o reino de Deus (primazia à Deus em nossas vidas) e todas as outras coisas serão acrescentadas, hoje ora-se: "Senhor acrescenta todas as coisas à minha vida que eu buscarei o Reino do Senhor".

- Hoje parece que vive-se no Reino de ponta cabeça, ou seja, valores particulares e convenientes a minha vida.

- Jesus ao ensinar sobre a parábola do juiz iníquo disse: "Digo-vos que, depressa, lhes fará justiça. Quando, porém, vier o Filho do Homem, porventura, achará fé na terra? E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros" (Lc18.8-9).

- Havia em Jesus uma vontade humana real, separada da vontade do Pai, mas sempre submissa à ela. A aceitação da vontade de Deus é sempre uma vitória, enquanto que o exercício da vontade própria nos leva infalivelmente a derrota.

- É o que nos mostra o texto de: Jesus está terminando o seu ministério da mesma forma que começa, diante de Deus Pai, em oração buscando força para chegar ao lugar que Deus o queria, e por mais que seja incompreensível o lugar que Deus escolhera para seu Filho foi a Cruz.

- Nesse momento Jesus tinha acabado de cear com seus discípulos e caminharam rumo ao monte das Oliveiras, para a consumação do que a palavra chama de "plenitude dos tempos".

1. Acordar em um Imperativo de Deus para o Homem, Pois a Hora Chegou e ... Jesus o Recrutou para Ser Vigia
(vs.34-36)

• Jesus ao chegar ao pé do monte diz para 9 dos discípulos ficarem ali assentados. E leva consigo 3 deles, Pedro, Tiago e João, aqueles que Jesus se identificava mais.

- Na transfiguração, onde Moisés e Elias aparecem também estes três discípulos estavam com Jesus, o que nos chama a atenção de que precisamos de amigos mais chegados que um irmão, pessoas em quem possamos confiar nossas angústias e alegrias, o que também é bíblico:

"Confessai as vossas culpas uns aos outros e orai uns pelos outros, para que sareis; a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos." (Tiago 5:16).

- Fazer acepção de pessoas é desobedecer os princípios da Palavra de Deus, mas ter amigos em quem possamos confiar é um presente de Deus. Por isso quem não tem amigos é uma pessoa solitária.

• Jesus diz para os 3 discípulos amigos vigiar e ficarem alerta a qualquer movimentação diferente, o termo usado aqui é ... "tomado de pavor e angustia" ficar assombrado, aflito:

- Aqui denota Jesus estar dominado por um horror que o fazia tremer diante da terrível perspectiva à sua frente, e se retira para clamar à Deus por aquele momento de horror.

- Jesus faz menção ao Sl 43.5 "por que estás abatida, ó minha alma? E por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei. Ele é a salvação da minha face e Deus meu."

• Jesus no verso 35 mostra claramente seu lado humano e sua vontade naquele momento, Ele pede a Deus Pai que passe dele aquele cálice (v.36). "este cálice": referente a sua morte e paixão, humanamente falando, por causa da limitação do homem será impossível sondar toda a significação deste cálice de que Jesus recuou com tanto horror.

- É certo que simboliza mais que o sofrimento físico, pois alguns mártires sofreram honrosamente até a morte (Tiago, Estevão ...) pode-se imaginar que é a angustia de sua alma sem mancha que Deus fez pecado por nós.

“Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.

- (II Co 5.21), e sendo exposto a ira divina contra o pecado, ele experimentou toda a amargura daquela morte, que é o salário do pecado, para que todos os que confiam nele nunca tomassem daquele cálice.

- Vemos, porém, coroado de glória e de honra aquele Jesus que fora feito um pouco menor do que os anjos, por causa da paixão da morte, para que, pela graça de Deus, provasse a morte por todos.

- (Hb 2.9). O maior sofrimento de Jesus não foi a Cruz, mas o pecado sujo que o contaminaria e o afastaria da presença do Pai.

- Salmos 127:1 Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.

- Acordar é um imperativo de Deus para o homem, pois a hora chegou e ...

2. Os que Tiverem Dormindo Serão Pegos de Surpresa
(Vs. 37-40)

• Quando Deus separa Abraão e começa formar um povo separado e progressivamente vai relevando-se a esse povo escolhido, era para que esse povo tivesse em seu coração a certeza do amor de Deus e do plano de reconciliação com este, mas quando chega o Filho de Deus o povo não estava preparado para recebe-lo, e tudo o que os profetas disseram se cumpriram e crucificaram a Jesus por causa de suas tradições e preferências particulares.

• Jesus pediu para que seus discípulos vigiassem e nem uma hora eles conseguiram estar juntos naquele momento com Ele.

- Quando Jesus se volta reporta-se a Pedro, o corajoso Pedro, aquele que havia feito grandes afirmações sobre a fidelidade a Jesus (v.29-31), para prepara-lo para que estava por vir.

• v.38 - Jesus declara com propriedade um sentimento que todo cristão deve toma cuidado: sua vontade própria:

- Contudo não seja o que eu quero, e, sim, o que tu queres: estas palavras marcam o ponto crucial do Getsêmani.

- Mostra o mais alto ponto que Era sua natureza humana, sua carne, que era imaculada que repelia a cruz.

- Seu espírito estava pronto e desejoso. , este conflito ocorre m cada discípulo.

- Revela-se claramente no jardim o elemento de embate com forças satânicas, a forte luta espiritual que estava sendo travada ali naquele momento.

Vigiar = na parábola das 10 virgens somente 5 entraram para celebrar com o noivo o casamento, as ouras 5 não estavam prontas, na parábola das bodas os convidados não estavam priorizando o casamento e sim as suas necessidades pessoais e não participaram das bodas.

- Quando Jesus voltar, e isso ele prometeu que o faria como ele vai encontrar a sua Igreja? o seu povo? o seu servo?

Como Ele vai encontrar você? Todo envolvido em uma religião com valores e padrões e tradições humanas ou um servo vigilante e preparado?

v. 41 - Basta, chegou a hora!


FONTE:
http://www.pibmarilia.org.br/sermoes.php?ida6_sermoes=94




=

===

=====

=======

==========

============

==============



TRANSFORMANDO
O NOSSO TEMPLO

MT 21:12-17



– Jesus ao entrar no templo fez uma grande transformação.

- Aonde ele entra há transformações, aleluia!

- O que estava acontecendo aqui é que estavam abusando do comércio de sacrifícios.

- Os cambistas e outros mercadores estavam fazendo transações fraudulentas.

- Aumentaram os preços das ofertas e estavam fazendo transações de cambio negro.

- Isso estava atrapalhando a adoração a Deus e Jesus tomou uma atitude para mudar isso.

- Todas as vezes que alguma coisa atrapalhar a adoração a Deus, Jesus irá tomar uma atitude para mudar isso.

- Ele derrubará tudo aquilo que estiver atrapalhando a adoração a Deus.

Jesus fez quatro coisas aqui:

1. LIMPOU O TEMPLO – 1 Co 3:16

– Somos templo de Deus, e infelizmente muitas vezes nosso templo (corpo) se encontra impuro dominado por: ganância, egoísmo, ira, pensamentos impuros, vícios, más intenções, mágoa, ressentimentos, sensualidade, apego às coisas do mundo, avareza, glutonaria e etc...

- Jesus quer nos limpar e limpar tudo aquilo que esta sujando a igreja e toda imundícia que está acontecendo dentro do templo.

2. TRANSFORMOU NUMA CASA DE ORAÇÃO (V13).

- Jesus transformou novamente o templo em casa de oração.

- Temos que ser uma casa de oração, um templo de oração, isto significa vida oração.

- Muitos em vez de serem casa de oração, estão sendo casa de confusão, divisão e discórdia.

- Temos que orar não por obrigação, ma porque gostamos de estar na presença do Senhor.

- Temos que orar não por necessidade, mas por prazer de estar na presença do Senhor.

- Temos que orar dirigidos pelo Espírito Santo e não pela nossa vontade (RM 8:26-27).

- Vida sem oração é vida de derrota; a oração gera poder, fortalece, renova, barreiras caem.

- Jesus era uma casa de oração e colhia os frutos da oração: Curas, milagres, libertação, pregações poderosas e ungidas e revelações tremendas.

3. TRANSFORMOU NUMA CASA DE PODER (V14).

AT 3:6-8 – Quando somos transformados em casa de oração, seremos também transformados em casa de poder.

- O poder sairá de dentro de nós e começarão acontecer muitas coisas, milagres, pregações poderosas, a unção fluirá, evangelismo frutífero e seremos benção na vida das pessoas.

4. TRANSFORMOU NUMA CASA DE PERFEITO LOUVOR (V15-16).
- Seremos casa de louvor e não de murmuração.
- O louvor será um louvor genuíno saído de um coração de uma pessoa grata a Deus.

- Louvaremos o Senhor em todo o tempo e teremos vitórias nas lutas, aleluia!

- Jesus tem que expulsar da nossa vida tudo o que está impedindo que nos tornemos àquilo que temos que ser.

Ore agora e diga: Senhor, faça de meu templo uma casa pura, de oração, poder e louvor.

Fonte: Pr. José Carlos Rodrigues /
http://www.atosdois.com.br/print2.php?codigo=2382




+

+++

++++

+++++

+++++++

++++++++++

+++++++++++++

++++++++++++++

+++++++++++++++