sábado, 21 de agosto de 2010


A VITÓRIA DA PAIXÃO


1 O SENHOR disse a Moisés e a Arão, no Egito: 2 "Este deverá ser o primeiro mês do ano para vocês. 3 Digam a toda a comunidade de Israel que no décimo dia deste mês todo homem deverá separar um cordeiro ou um cabrito, para a sua família, um para cada casa. 7 Passem, então, um pouco do sangue nas laterais e nas vigas superiores das portas das casas nas quais vocês comerão o animal. 12 "Naquela mesma noite passarei pelo Egito e matarei todos os primogênitos, tanto dos homens como dos animais, e executarei juízo sobre todos os deuses do Egito. Eu sou o SENHOR! 13 O sangue será um sinal para indicar as casas em que vocês estiverem; quando eu vir o sangue, passarei adiante. A praga de destruição não os atingirá quando eu ferir o Egito. 14 "Este dia será um memorial que vocês e todos os seus descendentes celebrarão como festa ao SENHOR. Celebrem-no como decreto perpétuo. (Êxodo 12.1-3, 7, 12-14)

- No dia seguinte João viu Jesus aproximando-se e disse: "Vejam! É o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! (João 1.29)

Hebreus 9.28 e 10.10
28 assim também Cristo foi oferecido em sacrifício uma única vez, para tirar os pecados de muitos; e aparecerá segunda vez, não para tirar o pecado, mas para trazer salvação aos que o aguardam. 10 Pelo cumprimento dessa vontade fomos santificados, por meio do sacrifício do corpo de Jesus Cristo, oferecido uma vez por todas.
INTRODUÇÃO

• Páscoa (ou Pesach no hebraico) significa PASSAGEM é uma cerimônia religiosa iniciada no Êxodo (1.400 a.c) como símbolo do livramento do povo de Israel de seus pecados.

- Nesta cerimônia era sacrificado um cordeiro para a expiação dos pecados de todo o povo.

- Este sacrifício era uma ilustração, um prenúncio do sacrifício de Jesus.

- Com o Evangelho cumpre-se a promessa da Páscoa.

- Jesus substituiu a Páscoa pela Ceia.

- A Ceia não é um novo sacrifício de Jesus ou a anunciação do sacrifício.

- A Ceia é a renovação da lembrança, um memorial deste sacrifício.• A Páscoa revela a Paixão (do latim passie – sofrer) de Jesus, ou seja, todo o processo de prisão, flagelação, morte e ressurreição de Jesus.

• A Paixão (sofrimento) de Jesus e a sua posterior ressurreição é o ponto máximo da História da Redenção.

A Páscoa representa a vitória da Paixão, ou seja, a vitória que Jesus alcançou sobre o pecado e a morte.

A Páscoa revela...

1) A vitória sobre o pecado
No dia seguinte João viu Jesus aproximando-se e disse: "Vejam! É o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! (João 1.29)

2) A vitória sobre a morte
- Quando, porém, o que é corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal, de imortalidade, então se cumprirá a palavra que está escrita: "A morte foi destruída pela vitória" "Onde está, ó morte, a sua vitória? Onde está, ó morte, o seu aguilhão?" (1 Coríntios 15.54-55)

3) A vitória sobre a perdição

- O Filho do homem veio para salvar o que se havia perdido. (Mateus 18.11)

- A Paixão de Jesus nos convida a uma paixão por Jesus.

Seja apaixonado por Jesus...

1) Para ter amizade com Deus
- Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos. Vocês serão meus amigos, se fizerem o que eu lhes ordeno. Já não os chamo servos, porque o servo não sabe o que o seu senhor faz. Em vez disso, eu os tenho chamado amigos, porque tudo o que ouvi de meu Pai eu lhes tornei conhecido. (Jo 15.13-15)

2) Para ser mais feliz

“Ame a Deus e faça tudo o que você quiser.” Agostinho de Hipona

- A verdadeira felicidade não vem de se fazer o que se quer.

- A verdadeira felicidade vem de se fazer o que é certo, segundo a direção de Deus
3) Para encontrar um sentido na vida
- Jesus perguntou aos Doze: "Vocês também não querem ir?" Simão Pedro lhe respondeu: "Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras de vida eterna. (João 6.67-68)

- A vida só ganha real sentido quando entendemos o plano de Deus para a Humanidade e descobbrimos qual éa nossa participação dentro deste plano. Tudo o mais é apenas existir.

4) Para viver sem medo
- Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbe o seu coração, nem tenham medo. (João 14.27)

- Podemos viver sem medo.

- Podemos nos libertar do medo do perigo, da violência, do desemprego, da doença, etc.

- Podemos viver sem medo da morte.
5) Para ser salvo
- Jesus perguntou aos Doze: "Vocês também não querem ir?" Simão Pedro lhe respondeu: "Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras de vida eterna. (Atos 16.30-31)

Jesus é o Único caminho para a salvação. Não existe outro. Esta salvação está disponível a todos, basta aceitar o plano de Deus e entregar a vida para Jesus.

Autor: Pr. Ricardo Aurino




##############

=============


::::::::::::::::::::::::::

+++++++++++++



O PAI QUE

ANDA COM DEUS


Que tipo de pai você é?

“Aos 65 anos Enoque gerou Matusalém. Depois que gerou Matusalém, Enoque andou com Deus 300 anos e gerou outros filhos e filhas. Viveu ao todo 365 anos. Enoque andou com Deus; e já não foi encontrado, pois Deus o havia arrebatado”. Gn.5.21-24

O pai que anda com Deus...

1. Ora pelos seus filhos

“Terminado um período de banquetes, Jó mandava chama-los e fazia com que se purificassem. De madrugada ele oferecia um holocausto em favor de cada um deles, pois pensava: “Talvez os meus filhos tenham, lá no íntimo, pecado e amaldiçoado a Deus”. Essa era a prática constante de Jó.” Jó 1.5

“Um dos dirigentes da sinagoga, chamado Jairo, vendo Jesus, prostrou-se aos seus pés e lhe implorou insistentemente: “Minha filhinha está morrendo! Vem, por favor, e impõe as mãos sobre ela, para que seja curada e que viva”. Mc 5.22-23.

2. Instrui os seus filhos

“Que todas estas palavras que hoje te ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar”. Dt 6.6-7

“Pais, não irritem seus filhos; antes criem-nos segundo a instrução e o conselho do Senhor”. Ef 6.4

3. Disciplina os seus filhos

“A insensatez está ligada ao coração da criança, mas a vara da disciplina a livrará dela”. Pv 22.15

“Quem se nega a castigar seu filho não o ama; quem o ama não hesita em discipliná-lo”. Pv 13.24

“A vara da correção dá sabedoria, mas a criança entregue a si mesma envergonha a sua mãe”. Pv 29.15

4. É um bom exemplo para os seus filhos

Deus disse sobre o rei Amazias: “Ele fez o que o SENHOR aprova... Em tudo seguiu o exemplo do seu pai Joás”. 2 Rs 14.3

Queridos pais:

Andemos sempre com Deus, pois JUNTOS DELE E DE NOSSA FAMÍLIA, SOMOS MELHORES !!!

Autor: Pr. Luiz Sanches



=============

++++++++++++

###########