sábado, 3 de julho de 2010


Vencendo
a Arrogância

Quebra-gelo: Você já duvidou das orientações de Deus por parecerem absurdas?

Textos: II Reis 7:1-2 e Tiago 4:6
Introdução:

- Muitas pessoas duvidam e questionam as orientações de Deus em sua Palavra por parecerem absurdas. Essa atitude nos torna arrogantes diante de Deus, e nem percebemos.

- Confundimos nossa arrogância com prudência, inteligência, conhecimento, firmeza de opinião, e outros; mas a verdade é que acabamos duvidando das orientações de Deus porque achamos que sabemos o que é certo e perdemos a oportunidade de receber graça e bênção, pois Deus não dá graça ao soberbo, ao arrogante.

- O texto de II Reis nos apresenta uma situação assim. A cidade de Samaria, capital do reino do norte (Israel), havia sito cercada pelos seus inimigos, e por causa do cerco começou a faltar mantimento dentro da cidade.

- O povo já estava morrendo e não havia indícios de que o cerco acabaria. O rei procura o profeta Eliseu que profetiza o fim do cerco e a abundância de alimentos no dia seguinte.

- Humanamente falando era impossível de acontecer, e por isso o capitão que apoiava ao rei duvidou. Por ter sido arrogante e ter duvidado da Palavra de Deus o capitão soube da abundância, mas não aproveitou a mesma, veio a morrer.

Se não quisermos perder a abundância de Deus precisamos vencer a nossa arrogância, para isso:
1) Precisamos dar ouvidos ao que Deus está falando, ao que Deus está tentando nos ensinar.
- Muitos andam tão preocupados com seus problemas e lutas que não param para ouvir Deus falar, e quando param querem falar o que Deus deve fazer ao invés de ouvirem a Deus.

- Se quisermos ser abençoados e viver a abundância de Deus, precisamos nos dedicar a buscar a Deus e ouvir o que Ele tem a nos dizer.

- Precisamos nos dedicar a procurar conhecer e prestar atenção ao que Deus está falando e ensinando.

Quer uma vida abençoada? Deixe a arrogância de lado e preste atenção ao que Deus está falando e ensinando.
2) Precisamos confiar no que Deus diz.
- Não adianta ouvir se não acreditamos.

- O capitão de II Reis ouviu, mas não acreditou.

- Mostramos nossa arrogância quando não queremos parar para ouvir a Deus, mas também quando ouvimos e duvidamos.

Quer uma vida abençoada? Deixe a arrogância de lado e acredite no que Deus tem te ensinado.
3) Precisamos fazer o que Ele manda.
- Parar para ouvir na hora da crise não é fácil, bem como acreditar naquilo que vai contra o que nós achamos, mas isso de nada adianta se não fazemos o que Deus nos manda, e isso é com certeza o mais difícil.

- Quer uma vida abençoada?

Então mesmo não sendo fácil, mude seu estilo de vida e comece a viver de acordo com as orientações de Deus. Faça o que Ele manda.
Conclusão:

- Quer uma vida abençoada?

- Quer conhecer e usufruir o melhor de Deus?

- Da abundância que Deus prometeu aqueles que o amam e são fiéis?

- Está disposto(a) a deixar a arrogância de lado, se dedicar a conhecer as orientações de Deus, confiar no que Ele diz e fazer o que Ele manda? Levante a mão, vamos orar.

Fonte:
http://www.imm.com.br/celulas01.php?cod=167


===============

===============


###############

##############



SACRIFICAR O BOM

PARA TER O MELHOR


Texto: Mt. 13:44-46

– Já falamos aqui sobre a bênção de se obedecer a Palavra de Deus – ela traz prosperidade.

- Também falamos sobre a bênção de honrar pai e mãe – traz vida longa. Hoje queremos falar da bênção de se fazer um sacrifício para Deus - para ter um relacionamento com Ele melhor do que já temos.

- Queremos isso?

- Sacrifício é algo chave na vida espiritual.

Queremos falar sobre 6 princípios que envolvem sacrifícios na Palavra de Deus:

1 - Coisas de valor são alcançadas por meio de sacrifício

- Ex. Um filho é gerado porque uma mulher faz o sacrifício de abrir mão de seu corpo; o salário é recebido após um período de trabalho que exigiu sacrifícios.

- Sacrifício significa que abrimos mão de coisas valiosas (pérolas) para se ter algo mais valioso ainda.

- O jejum é uma forma de sacrifício. Comer é algo que tem valor, mas quando abrimos mão de comer, o fazemos por algo mais valioso.

- Sacrifício não é penitência – Penitência é uma forma de castigo por algo que fizemos de errado e nos arrependemos.

- Sacrifício é algo que oferecemos de nós a Deus, de forma voluntária, para O agradar. O nosso sacrifício mostra o quanto queremos algo.

2 – O Reino de Deus é alcançado por sacrifícios

– Mt. 11:12 “Desde os dias de João Batista até agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele”.

- O que é o Reino de Deus? É a presença e o domínio de Deus na vida das pessoas.

- Sacrifício exige esforço.

- Adão abriu mão de uma costela para ter Eva.

- Um bom profissional é alguém que passou por muitos sacrifícios para aprender – sono, lazer, dinheiro, etc.

- Para se ter algo de Deus também é preciso sacrificar algo

– Ex. a célula não vai crescer sem sacrifício. Ser discípulo exige sacrifício- morrer para sua vontade - Mateus 16:24.

- Lider de célula que não se expõe ao sacrifício não vai conseguir crescer a célula.

- Quem quer ter coisas espirituais só as conseguirá com sacrifício. Deus só quer o que nos custa algum sacrifício – 2 Sm. 24:11-24

– Davi pecou e escolheu o castigo – fazer um altar para Deus nas terras de Araúna. Escolheu pagar o preço para que fosse um sacrifício.

- Se não custa não é sacrifício, não tem valor. Se não é importante para nós não tem valor para Deus.

- Ex. dar o dízimo é um sacrifício para muitos. Por isso Deus se agrada de quem da e cumpre a promessa de abençoar com prosperidade. De a Deus o que tem valor para você.

3 - Conhecemos o que as pessoas são e querem pelo seu sacrifício.

- Fazemos sacrifícios pelo que achamos que é importante.

- Dinheiro é importante - o que você está disposto a fazer para ter dinheiro?

- Ex. por causa de uma carreira, de um trabalho – muitos deixam filhos com empregada; deixam de se divertir, dormir, descansar etc. porque ter dinheiro é importante.

- Família é importante? Reino de Deus é importante?

– Nosso sacrifício mostra se são ou não.

- Pergunta: o que estamos dispostos a sacrificar para ver o Reino de Deus crescer?

- Nosso sacrifício fala do valor das pérolas que encontramos. O Reino é uma pérola para nós?

4 - Só alcançamos coisas do céu através do sacrifício

– Células e Igrejas não crescem sem sacrifício. Alguém precisa pagar o preço do crescimento.

- Sacrifício fala de compromisso, de orar, jejuar, ensinar a Palavra, aprender de Deus.

5 - Sacrifício é um processo espontâneo de dor

- ser um líder dói.

- Ser pastor dói.

- Jejuar por alguém dói – se não dói não é sacrifício.

- Casamento feliz tem preço de dor

- Ter filhos nos caminhos do Senhor tem preço de sacrifício.

- Se o que estamos fazendo não custa nada e não dói, é porque não tem valor.

- Nossas células só vão crescer quando os líderes de células sentirem dor para fazer a obra crescer.

6 - Somente pessoas apaixonadas vão ao sacrifício espontaneamente

- Jesus sabia que morrer era dolorido mas amava tanto as pessoas e ao Pai que foi ao sacrifício.

- Semeadura e colheita tem o princípio do sacrifício - a melhor semente não pode ser comida e sim semeada para se ter uma lavoura melhor.

- Temos semeado no Reino de Deus?

– quem não planta não colhe.
Quem não se sacrifica pela igreja de Jesus não vai ver a obra crescendo, e nem será recompensado por isso.

CONCLUSÃO:

- Sacrificamos o bom para ter o melhor.

-O que estamos sacrificando mostra a prioridade que temos.

- Jesus é nossa pérola de maior valor?

- Se temos o Senhor em nossa vida, então devemos sacrificar outros interesses para tê-lo mais em nós. Amem.


Fonte:
http://www.igrejavencedores.com.br/acervo_detalhes.asp?Id=347




############

#############

##############