quarta-feira, 2 de junho de 2010


O PREÇO

PARA RECEBER

A VISÃO

Texto-Chave: Marcos 8:22-26


- Nossa igreja teve sua história mudada pela visão celular. Centenas de pessoas foram salvas nos últimos anos debaixo dessa unção.

- Hoje, todos são desafiados a se tornarem líderes e viverem a visão. O que se percebe, porém, é que muitos recebem a visão em seu espírito e se movem por ela alegremente, enquanto alguns não a recebem (simplesmente a obedecem ou nem isso).

Vamos entender através da ilustração do texto que lemos, o que é necessário para recebermos a visão:

1) QUEBRANTAMENTO PARA SER GUIADO - vs. 22

- Aquele cego foi levado a Jesus (a Fonte da Visão) por alguém que conhecia o caminho (já tinha a visão).

- Assim nós, precisamos ser quebrantados o suficiente para aceitarmos a influência de uma pessoa e nos deixarmos guiar por ela (meu consolidador, meu líder de célula, meu discipulador).

2) DISPOSIÇÃO PARA DEIXAR A VELHA ROTINA E A VELHA MENTALIDADE - vs. 23a

- A primeira coisa que Jesus fez foi tirar o cego da aldeia, do lugar onde ele estava acostumado a viver sem visão.

- Nós também temos que ter essa disposição para mudar nossos hábitos, nossa agenda, nossa mentalidade, para vivermos a plenitude da visão.

3) HUMILDADE PARA RECEBER A VISÃO DO JEITO QUE ELA VEM, SEM QUERER MUDAR OS MÉTODOS - vs. 23b

- Jesus trouxe a visão àquele homem de uma maneira muito controvertida (passando saliva nos seus olhos). Mesmo assim, ele não discutiu e nem tentou mudar o método do Senhor.

- Da mesma maneira devemos aprender a praticar a visão com nossos líderes, sem a pretensão de mudar as coisas e adequar tudo ao nosso gosto.

4) FÉ PARA VER O POTENCIAL DE FRUTIFICAÇÃO NAS PESSOAS - vs. 24

- Quando recebeu a visão de Deus, o cego de Betsaida começou a enxergar as pessoas como árvores. Isso deve acontecer conosco também.

- Precisamos exercer fé para ver o potencial de frutificação em cada pessoa, independente se é homem ou mulher, jovem ou adulto, pobre ou rico, culto ou iletrado. Para nós, todos devem ser vistos como árvores frutíferas.

5) SENSIBILIDADE PARA CUIDAR DE GENTE COMO GENTE - vs. 25

- A visão só está completa em nós quando enxergamos gente como gente.

- É importante ver a todos como árvores, mas é importante também ver a todos como gente, pessoas que têm carências e necessidades e precisam do nosso cuidado.

6) PERSEVERANÇA PARA PERMANECER NA ABUNDÂNCIA DA VISÃO - vs. 26

- Depois de dar-lhe a visão, Jesus ordenou ao homem que não entrasse na aldeia, ou seja, não voltasse à velha rotina de "homem sem visão".

- A perseverança é a marca que Deus espera daqueles que recebem a visão.

Gancho Evangelístico (10 min.)

– Se houver algum visitante descrente, faça o seguinte apelo:

Hoje estudamos sobre um homem que teve sua vida radicalmente mudada porque aceitou ser conduzido até Jesus.

Você aceita fazer esse caminho também?

- Oração de entrega e consolidação.

Fonte:
http://www.igrejavencedores.com.br/acervo_detalhes.asp?Id=81



++++++++++++++
++++++++++++++
++++++++++++++



PEQUENOS,
MAS PODEROSOS
Texto-Chave: Provérbios 30:24-28




- Muitas vezes justificamos nossa falta de sucesso e prosperidade, dizendo que somos fracos e limitados.
- Neste texto, Salomão usa a maravilhosa sabedoria que Deus lhe deu para nos ensinar sobre virtudes que podem nos fazer vencedores, ainda que sejamos pequenos e débeis.
Para isso ele usa a figura de quatro pequenos animais, capazes de grandes proezas.

Vamos ver o que as formigas, os coelhos selvagens, os gafanhotos e as lagartixas têm a nos ensinar:
1) AS FORMIGAS NOS ENSINAM SOBRE PLANEJAMENTO - vs. 25

- Salomão destaca a formiga por sua capacidade de antecipar-se, de trabalhar duro no verão estocando comida para depois, no inverno, não morrer de fome.

- Esse planejamento faz com que, nos tempos em que não é possível produzir, haja suprimento.

# Pv 6:6-11 - Deixar para depois ou para a última hora é uma terrível característica na vida de muitas pessoas e a Palavra de Deus confronta isto.

- O servo de Deus deve aprender a antecipar-se, a trabalhar duro enquanto pode para ter os frutos quando tempos difíceis lhe sobrevierem.

# Outras qualidades das formigas: Esforço (é proporcionalmente o animal mais forte que existe, pois carrega folhas e objetos que têm muitas vezes o seu peso), organização, solidariedade.
2) OS COELHOS SELVAGENS NOS ENSINAM SOBRE ESTABILIDADE - vs. 26

– O coelho selvagem (arganaz ou querogrilo) era uma espécie que habitava nas fendas das rochas. Por isso Salomão o usa como modelo de investimento em segurança e estabilidade.

- Era sua disposição de fazer a casa nas rochas que o protegia dos predadores muito maiores que ele.

# Mt 7:24-25 - Precisamos edificar nossa vida sobre a rocha, que é a palavra de Deus.

- Se não investirmos em conhecer e viver a Palavra, estaremos à mercê dos problemas e poderemos ver nossa vida (pessoal, familiar, profissional, ministerial) desmoronar.

# Precisamos nos esforçar para conquistar situações de estabilidade, assim como os coelhos se esforçavam para viver nas rochas.

- Há coisas que podem trazer estabilidade financeira (ser fiel nos dízimos e ofertas, valorizar o trabalho que temos, ter sempre uma reserva/poupança para momentos de emergência), estabilidade familiar (investir na educação dos filhos, tempo de qualidade em casa), estabilidade ministerial (lutar e ser fiel para conquistar um espaço num grupo de doze ou manter o espaço conquistado).
3) OS GAFANHOTOS NOS ENSINAM SOBRE UNIDADE - vs. 27

- Os gafanhotos são um modelo de unidade, pois sempre estão em bando e por esta característica têm um alto poder de destruição. Sua força está na unidade!

- Isso ressalta a importância de fazermos parte de uma grande igreja e nos movermos na mesma direção para grandes conquistas, causando estragos no reino das trevas.

# Pv 18:1 - O crente que escolhe a solidão, que não se envolve nos movimentos da igreja está se levantando contra a sabedoria de Deus.

# Gn 11:6 - Se quisermos grandes conquistas, temos que abrir mão do egoísmo, dos gostos pessoais e andar em unidade, falando a mesma língua dos nossos líderes.
4) AS LAGARTIXAS NOS ENSINAM SOBRE OUSADIA - vs. 28

- O último animalzinho tomado como modelo por Salomão é o geco (uma espécie de lagartixa). Embora pequeno, ele se introduz onde quer, inclusive nos palácios dos reis.

- Isso fala de ousadia, de não ser tímido, de ambicionar coisas grandes em Deus e escalar os obstáculos para conquistar novos espaços.

# I Co 1:28 - Temos o respaldo de Deus para grandes proezas. Ele tem uma predileção por usar os pequenos e frágeis..
- Gancho Evangelístico (10 min.)

- Se houver algum visitante descrente, faça o seguinte apelo: Você pode ser um vencedor na vida, ainda que tenha suas fraquezas e limites.

Isso será possível se você fizer uma aliança com Jesus e com seu povo. Quer fazer isso agora? - Oração de entrega e consolidação

Fonte:
http://www.igrejavencedores.com.br/acervo_detalhes.asp?Id=80



+++++++++++
++++++++++++
+++++++++++++
+++++++++++++